1. Spirit Fanfics >
  2. Laito Sakamaki ou Shu Sakamaki diabolik lovers >
  3. Capitulo 9 temp2

História Laito Sakamaki ou Shu Sakamaki diabolik lovers - Capítulo 38


Escrita por:


Notas do Autor


Como vcs preferem com o nome na frente ou com a - pq eu gostei com a barrinha msm eu aprendendo agora

Capítulo 38 - Capitulo 9 temp2


Acordo e vejo a figura de um urso e de um baixinho me encarando.


- quem que é em?.- pergunto olhando de cima abaixo, Quando percebo que era o kanato.

- olha como você fala de mim sua humana nojenta!.- fala o menor apertado o urso e me fuzilando com os olhos

- tá bom, tá bom...o que foi?.- pergunto sem o maior interesse afinal eu acabei de acordar.

- eu tô com sede, porque você acha que eu víria até aqui em? Sua humana idiota- fala ele tentando se acalma

- hmm...o que eu tenho ave? Vocês não tavam bebendo o sangue da kin? E também você sabe que eu sou meia humana né Kanato- termino de falar, e sem perceber ele tava em cima de mim


Era inevitável, ele segurava as minhas mãos com muita força, e me mordeu, ele tinha afiado as garras dele? Doia muito e ele bebia o meu sangue com muita força, parecia que ficou meses sem beber, até que ele finalmente para, eu estava muito fraca eu não conseguia mais falar e nem me mecher...


- isso é pra você aprender...e eu nunca iria tomar o sangue de uma criatura tão baixa como ela - kanato termina sua de falar e vai em direção a porta

- antes que eu esqueça de falar, eu acho que foi merecido oque você fez com aquele verme, assim vocês ficam quites...- ele sai pela porta e a fecha de leva, nem parecia aquele de agora pouco que parecia que ia me mata...


Evito pensar nisso, espero uns 30 minutos até conseguir andar direito, me levanto e vou ate o meu armário, e pego uma calça jogger preta e uma regata branca, deixo em cima da cama e vou até o banheiro, fico em frente ao espelho enquanto tiro a base que passei no pescoço, a minha sorte foi que o kanato mordeu longe da base e não tirou ela, assim que eu tiro vejo que ta ficando roxo, tento não me apavora, vou em direção ao chuveiro e ligo ele, deixo aquela água cair sobre mim, e fico cantarolando uma música, termino o banho e me enrolo em uma toalha branca, saiu de lá e vou até a minha cama, aonde eu me troco, vou no banheiro de novo e deixo a toalha lá e passa uma base novamente no pescoço, e Também na cara já que eu tô com olheira, saiu e vou até o armário e pego meu notebook e o carregador dele, deixo o meu celular carregando enquanto vou ligando o notebook, e pego um casaco preto também, coloco uma meia rosa e fico sentada na cama enquanto edito algumas fotos, tava um saco ficar editando já tô a um bom tempo assim, eu ainda não deci pra comer, olho no relógio do notebook e já tava quase na hora do almoço, eu ia comer depois pegar um copo de água e trazer prá cá, coloco meu tênis,e desço chegando lá só tava o Reiji


- como sempre uma das primeiras a chegar. - reiji se pronuncia assim que me ve entrando

- bom, eu tenho que me adiantar em algo né?... - olho pra ele, e o maior solta um sorriso de lado, me sento e pego o meu celular do bolso e fico jogando uns joguinhos


Se passa uns 2 minutos e todos estavam na mesa menos a minha cópia, e a Yui...ela sempre se atrasa


- nossa você teve força pra levantar é? - fala o menor com um sorriso enorme no rosto enquanto apertava o maldito do seu ursinho

- sim...e tive pra trabalhar Também...- respondo ele com um sorriso falso no rosto, e vejo o sorriso dele se desfazer e fechar a cara na hora, aquilo certamente era engraçado.

 - desculpa a demora Reiji-san...- fala a loira se sentando do lado do Ayato

- é sempre assim, parece que você não muda- fala reiji arrumando os óculos- agora cadê a kin?- pergunta ele sério novamente


Ela chega e se senta entrar o laito e o shu, ela tá tentando me provocar é isso?

Finjo que não tô nem aí e começamos a comer.


Eu vejo eles todos sérios e nem trocam uma palavra se quer, acho que conviver com os mukamis foi ruim porque qualquer coisa eu lembro deles, essas horas eu estaria vendo uma briga por comida haha, aquilo me agradava, eu termino primeiro afinal o meu não tinha quase nada, eu não tava com fome alguma, mais eu tenho que comer então mesmo que for só um pouco tá valendo...me levanto e pego o prato e saio dela, vou até a cozinha aonde eu lavo o meu prato e os talheres que eu usei, não tinha mais nada na pia, mais enfim né...vou até a geladeira e pego uma garrafa de água, e passo por eles pra ir pro quarto


- porque você comeu pouco?...- o Albino fala e chama a atenção de todos pra gente - ah...eu não tô fome...e também eu tenho que trabalhar agora... só isso mais Porque você tá perguntando isso?- falo e vejo o seu rosto corar levemente

- é .. porque se você ficar fraca, a gente que vai ter que cuidar de você... e isso é um saco! - o Albino termina de falar me fazendo soltar um sorriso fraco - ah entendi então...- saio dela e volto pro quarto, aonde se passa muito tempo já era 19:30, termino de fazer tudo que tinha e me deito e fico ouvindo música, sem perceber o laito e o shu estávam me encarando, finjo que não percebi e continua deitada ouvindo minhas músicas


- eu não aguento isso! - fala o ruivo enquanto pega meu celular e joga no chão

- você ficou louco foi?! - fui correndo na direção dele, a minha sorte é que só quebrou no canto da dela.- porquê você fez isso?! - falo enquanto vejo que os dois estavam na minha cama me encarando, aquilo me irritava muito.

- você merece isso e muito mais...- agora foi o loiro que se pronunciou, ele fala de olhos fechados e nem olhando na minha cara ele olha, mais é um desgraçado - ah sim eu mereço...e Também merecia coisa melhor...de vez pessoas que nem não aguentam uma semana, e transam com outra você tá certo!! - assim que falo sinto me rosto arerder, assim que abros os olhos novamente shu estava a minha frente e tinha me dado um tapa, como ele tem coragem, eu não consigo aguentar e deixo algumas lágrimas caírem


Eu me viro e vou até o banheiro e tranco a porta, e fico me olhando no espelho a base tava saindo, eu não parava de mecher no pescoço também né, tirei aquela e fico propucarando ela...droga tá lá fora...lavo meu rosto e vou decidida a ir buscar a base pra tirar esse roxo do meu pescoço, assim que eu abro a porta os dois estavam do lado dela, eu apenas ignoro e vou procurar a base, achei ela que   



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...