História Last Choice (FanFic Interativa) - Capítulo 2


Escrita por: e Saitama-sama

Visualizações 121
Palavras 591
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Magia, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


OLÁ MEUS AMORES!!
Começo essa FanFic com a personagem ''Micaela Campbell'' de -Zukki, e com uma entradinha de Solária Ônix (que vai aparecer mais no próximo capítulo)
QUERO AGRADECER MUITO AO AMOR DA MINHA VIDA, que fez esse desenho maravilhoso da personagem, a coatora dessa FanFic, obrigada Ju!!! Ficou muito bom!

E VOCÊS O QUE ACHARAM?!!

Capítulo 2 - Capítulo 1


Fanfic / Fanfiction Last Choice (FanFic Interativa) - Capítulo 2 - Capítulo 1

Pov. Micaela Campbell

  Eu nasci com um poder, pela minha concepção, diria que é um maravilhoso dom, e como tudo que é bom, uma hora existem os momentos de dor. Eu acordava todos os dias escutando o barulho das folhas de algumas arvores dançando com o vento, logo sentindo sua pura e bela energia, mas às vezes, eu também vou dormir com o choro da mata, que é a que mais sofre nas mãos dos humanos.

 Aprendi com meus pais, que apesar de toda a dor e sofrimento que escuto e sinto, apesar da natureza clamar por socorro, preciso me manter calma, preciso me concentrar em ajuda - lá como eu posso, pois mais tarde as pessoas vão sofrer as conseqüências nas mãos da própria mãe natureza.

 Era mais um dia de outono, época em que as plantas se libertavam de suas velhas folhas mortas, o ciclo da vida, deixando a paisagem com uma coloração alaranjada e bela. Depois de um breve banho, coloquei minha roupa mais confortável e sai perambulando até chegar ao lado de fora de minha casa, peguei uma maça da hortinha que a mamãe tinha feito e fui de encontro com as árvores. O fundo de nossa casa dava de cara com uma pequena floresta deserta, onde se tornou o melhor lugar para uma pessoa como eu morar.

Porém enquanto dava os primeiros passos diante as folhas caídas, um vento forte me atingiu, assim trazendo junto com ele a dor... A floresta estava triste, os animais estavam assustados e meu coração aflito, fechei meus olhos tentando me livrar dos gritos que vinham em minha mente, tentando me livrar das lágrimas e dor, porém um cheiro de fumaça atingiu minhas narinas e meus punhos se fecharam com força. Consegui entender, em algum lugar, a mata estava sendo queimada.

-Eu vou ajudar vocês meus amigos

Cochichei eu, sabendo que as coisas se acalmariam. Eu corri, corri escutando cada vez mais próximo as angústias e sofrimento, sentindo cada vez mais forte o cheiro de fogo. Foi questão de momentos até avistar três homens de meia idade, gargalhando e conversando enquanto jogavam gasolina no local onde o fogo se abaixava me escondi atrás de uma árvore de tronco largo e me ajoelhei contendo as lágrimas... Eu odiava chorar

-Vamos lá Micaela, você consegue!

   Estiquei minhas mão direita e poucos segundos depois raízes verdes e largar surgiram da terra, eu não iria machucá-los, apenas tentar acabar com o fogo. As raízes cercaram o fogo, e cada vez mais foram o fechando, como não havia mais combustão, e meus poderes encantados não permitiam a queima das raízes, o fogo se acabou, e os homens saíram correndo assustados, gritando que era algum tipo de bruxaria.

Os galões de gasolina ficaram no chão largados, e como sei bem, plástico e natureza não se misturam, caminhei até lá, encostando minhas mãos nos galões

-Nada como flores, em um local já tão belo

  Os galões com um simples toque se transformaram em pequenas e belas mudinhas de árvore, que logo iram crescer e florescer. Eu sentia uma conexão maior conosco, a natureza me retribuía, e eu, logo estava com um sorriso largo, feliz por ter feito a minha parte. Mas de modo repentino, escutei passos atrás de mim, e antes mesmo de me virar, uma voz feminina falou:

-Você fez um bom trabalho

Quando me virei, avistei uma garota de cabelo vermelho como fogo, com uma espada enrome cravada de rubis em mãos

-Quem é você?!

-Meu nome é Solária Ônix, e é um prazer conhecer você...

 

 

 

 

 


Notas Finais


UIAAA!!!
COMENTEM!!
(Não se esqueça de falar sobre o desenho rsrs)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...