História Latíbulo - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Sasuke Uchiha
Tags Sasuhina
Visualizações 153
Palavras 572
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Famí­lia, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Fanfic para comemoração do mês SasuHina.
Dia 1- Casa/Lar
Para o grupo: Curtidores da SasuHinaBr Oficial
Boa leitura ❤🌻🐝

Capítulo 1 - Minha maior arma...


Você já teve tudo que amava tirado de você? E viu sua vista turva de tanto sangue e lagrimas? Quando eu era uma criança eu perdi toda a minha família. E quando eu cresci um pouco, oh céus eu até já me considerava um adulto, eu matei o meu irmão porque pensei que fosse culpa dele.

Eu vaguei pelo mundo com meu coração quebrado e minha alma congelada, eu vaguei pelo mundo porque eu não tinha porque ficar. Onde ficar? O clã Uchiha era o meu lar quando havia pessoas me esperando nele, pessoas que me amavam, que sentiam falta da minha presença...

Um dia eu conheci essa garota. O nome dela era Hyuuga Hinata. Eu me senti imediatamente atraído por ela, pelo simples fato de que ela não estava interessada em mim. Hoje vejo que foi um motivo fútil, mas eu agradeço a Deus todos os dias porque se não fosse pela minha insistência em conquistá-la e a sua insistência em fugir de mim, talvez eu nunca a tivesse conhecido. E isso seria o maior erro da minha vida.

Você já se sentiu como se tudo mudasse de repente? Como se a luz que você achou extinta voltasse a brilhar e iluminasse toda a escuridão. Uma luz tão forte que ilumina cada pedaço seu até sobrar apenas quem você realmente é. E ela me viu. Como eu sou de verdade, cada marca, cada cicatriz, cada passo errado, meu passado assombrado, meu destino de sangue. E ela me amou mesmo assim. Ela viu o monstro e se compadeceu da sua dor que o levou a agir assim...Ela me amou quando eu não me amava. Me viu quando eu me escondi do mundo. E no seu coração eu encontrei um lar novamente.

...

Sasuke sorri ao entrar em casa, Hinata estava dando comida aos gêmeos enquanto Sayumi corria pela casa brincando com uma kunai que sua tia Hanabi dera a ela. Era uma kunai toda trabalhada com pequenos arranjos de flores traçados no aço.

-Papai...-ela grita correndo para ele.

Sasuke a abraça girando-a no ar. Ele deposita um beijo em sua testa e então com uma falsa cara de bravo ele diz:

-Sayumi o que você andou aprontando? Está fazendo de suas armas brinquedos como minha cunhada?

-Não tem problema papai. Minha maior arma é a minha família. –a menina responde e sai novamente correndo com a kunai na mão.

Sasuke olha para Hinata e ela já olhava diretamente nos olhos dele. Seu sorriso dizia mais do que qualquer palavra poderia. Ela deixa os gêmeos na cadeirinha brincando com a comida e anda até ele ficando na ponta dos pés e lhe beijando.

Sasuke fecha os olhos feliz em ser recebido pelo doce dos lábios da esposa.

-Eca...-Sayumi grita apontando para os dois.

Hinata ri suavemente enquanto Sasuke fecha o cenho fazendo a menina correr dali gargalhando.

-Bem vindo de volta ao lar, Sasuke. Como foi seu dia hoje? Quer que eu prepare o seu prato amor? –Hinata pergunta enquanto tirava seu casaco e pendurava no cabideiro.

Sasuke sorri fitando os olhos dela. Agora ele tinha um lar, não apenas por sua amada esposa e filhos ou pelos questionamentos dela que eram tão simples, mas com significado tão forte para seu coração antes tão solitário, mas porque lar é onde o nosso coração bate mais forte, e mesmo com doze anos de casamento seu coração sempre batia forte quando ela estava ao seu lado.


Notas Finais


Obrigada por ler ❤🌻🐝


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...