História Law of Attraction - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Tags Naruhina, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Sasusaku
Visualizações 44
Palavras 1.413
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Esporte, Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


>> Olá unicórnios, tudo bom com vocês? Não é first fic sobre Naruto mas enfim, sempre fico nervosa ksjdjajd

>> Naruto e seus personagens não me pertencem mas suas personalidades nessa história sim rs

>> não tenho dias certos de postagens mas prometo não enrolar muito com os capítulos, ok?! Espero que gostem da fic sz

>> boa leitura e desculpem qualquer erro ♡

Capítulo 1 - .preview.


Fanfic / Fanfiction Law of Attraction - Capítulo 1 - .preview.

 

“Assim como a gravidade


Atrai tudo para terra


Você pode ter tudo nas mãos


Seguindo a lei da atração.”
 

 

Law of Attraction — Chapter One.

Preview

 

A lei da atração estabelece que todo evento, positivo ou negativo, que acontece em sua vida foi atraído por você. Digamos que um amigo especial emprestou-lhe dinheiro quando você mais precisava. Você atraiu isso, mesmo sem estar ciente da lei. Digamos que um professor, colega de classe ou colega de trabalho proporcionou a você um momento difícil durante o dia. Você atraiu isso também. Novamente, nós estamos usando a lei da atração a cada segundo de todo dia. Ela até funcionou para atraí-lo até aqui. Há apenas três passos básicos a seguir: peça, acredite e receba.

Com certeza você já deve ter ouvido alguma frase do tipo “Você é o que você pensa”, e é a pura verdade universal. Na lei da Atração, atraímos tudo aquilo que acreditamos. Consciente ou inconscientemente. E esse é o ponto principal: nem TUDO que atraímos é porque, de fato, queremos. Às vezes, atraímos o que mais tememos, e, às vezes, atraímos a mesma situação e o mesmo tipo de pessoa repetidamente, e não sabemos o porquê.

Tudo que eu mantenho em mente tende a se manifestar. Essa é uma regra básica da vida que você pode começar a observar a partir de agora nas pequenas coisas.

Você come uma banana ou um chocolate porque manteve essa intenção em mente. Você vai viajar para algum local porque manteve a intenção em mente. Você liga para alguém ou manda um WhatsApp porque manteve a intenção em mente. Logo, o resultado só se manifesta porque você teve concentração para manter a intenção de realizá-lo.

E por que essa Lei da Atração não funciona com coisas grandes, como objetivos, sonhos e planos de médio e longo prazo?”

A verdade é que coisas grandes necessitam de maior concentração, esforço e tempo para se concretizarem. E por sermos imediatistas, acabamos desistindo e nos frustrando por não conseguir. Mas não conseguir também é uma afirmação falsa.

Na verdade, não conseguir significa que não quisemos o suficiente. Não quisemos o suficiente continuar adiante até estarmos maduros e preparados para o resultado se manifestar no tempo correto. Invocamos a criança birrenta dentro de nós que diz “eu não consigo” ou “já que não é para ser no meu tempo, não quero mais.”

Você realmente quer algo na sua vida? Então não importa quantas vezes você saia do centro, o que importa é quantas vezes você volta para o centro.

Errou com o outro? Não importa, desculpe-se e volte para o centro. Falhou? Não importa, perdoe-se e volte para o centro. Teve preguiça? Não importa, disponha-se e volte para o centro. O medo surgiu? Não importa, invoque coragem e volte para o centro. O resultado não saiu como você queria? Não importa, sorria e volte para o centro.

Você está estressado e se pressionando demais? Não importa, seja gentil consigo e volte para o centro. Está cansado? Não importa, descanse e volte para o centro. Está sem tempo? Não importa, atenda às urgências e volte para o centro. Você nunca tem tempo? Não importa, largue o supérfluo e volte para o centro.

As pessoas estão contra você? Não importa, honre e respeite a opinião delas e volte para o centro. Você não conseguiu? Não importa, persevere e volte para o centro.

Para qualquer desculpa que sua mente quiser justificar em autopiedade, vitimismo ou dramatização. Só existe uma resposta: voltar para o centro. Nada e nem ninguém pode te impedir de voltar para o centro, apenas você mesmo.

Então, a Lei da Atração funciona basicamente em manter sua intenção em mente.



 

A Lei da Atração é antiga, é científica, e é Bíblica. Também é filosófica, mas o mais importante: Funciona.

Se você não está convencido disso, comece a prestar mais atenção ao seu dia a dia.

Você deve ter notado que, se o seu dia começa ruim, você sente como o dia inteiro vai pelo ralo. Mas, de repente, você ouve uma boa notícia e o sol parece começar a brilhar novamente.

O dia ainda é o mesmo. Mas, porque a sua perspectiva mudou, você começa a perceber as coisas boas que estão ao seu redor. E esse exemplo, bem básico, serve para nossa vida inteira.

As coisas já estavam lá. Você só tinha focado em outra direção. Quando retornou seu foco para elas, as percebeu.

“Percebeu qual o problema?”

O problema não é a Lei da Atração. O problema é que nós não a usamos corretamente. Não a usamos para nossa vantagem.

Nós deixamos nossos pensamentos vagar sem rumo, sem uma finalidade específica, sem um propósito definido, como um jardim mantido sem jardineiro.

Sem cuidados e orientação, um jardim sem um jardineiro atento, em breve se tornará cheio de ervas daninhas, insetos e predadores. Suas plantas morrerão. Mas, se esse mesmo jardim, tem um jardineiro cuidadoso e amoroso, ele vai florescer maravilhosamente.

Você deve cuidar e orientar sua mente como um jardineiro cuida do jardim, porque se você não o fizer, seus resultados serão trágicos. Assim como no jardim.

O grande segredo da Lei da Atração, na verdade, não é tão secreto assim. O segredo da Lei da Atração é alinhar seus pensamentos e sentimentos com ações práticas. Apenas saber dessas coisas. Saber os passos que precisar dar, e nunca dar passo algum, não mudará nada.

Se você realmente deseja fazer mudanças positivas em sua vida. Mudanças duradouras, você tem que agir.

Foi dito que conhecimento é poder. Mas isso é só meia verdade.

O conhecimento só é poder quando colocado em prática. Se você não colocar em prática o que aprendeu, será só mais alguém com um monte de teoria que não serve para nada…

— Sakura?

Foi então que eu ouvi aquela voz rouca penetrar em meus tímpanos, fazendo-me arquear o cenho e encarar a figura morena a minha frente.

— Uchiha — disse despreocupada, sem esconder meu descontentamento com a aparição do garoto.

Sasuke avaliou-me rapidamente dos pés a cabeça e segundos depois, revirou os olhos ao voltar sua atenção para minha face, que sem dúvidas, não deveria ser das melhores. Contudo, logo abriu um sorriso de canto.

Preciso conversar muito sério com você.

Foi tudo o que ele disse, e conhecendo bem Sasuke como eu conheço, só podia ser alguma gracinha da qual eu não tinha nenhum tipo de interesse em ouvir.

Sério? — arqueei o cenho, duvidosa.

— Sim, mas tem que ser sem roupa.

E foi então que o idiota aumentou o sorriso que carregava na cara. Eu sabia, como eu disse, era uma das suas idiotices. Mesmo depois de tanto tempo, ainda não era capaz de prever quando Sasuke faria suas graças e eu, particularmente, não entendia o porquê daquilo.

Tá que não era surpresa pra basicamente ninguém que Sasuke Uchiha, o aluno mais popular do segundo ano e um dos mais populares da escola, também um dos mais cobiçados do colégio, era misteriosamente apaixonado por mim, desde os 8 anos, vale ressaltar.

Eu não fazia a mínima ideia do porquê alguém como Sasuke, que notoriamente, era lindo de morrer, podia ser apaixonado por alguém como eu, com essa testa enorme e essa cor de cabelo chamativa. Não que eu me achasse feia, muito pelo contrário, contudo, eu não entendia o porquê, já que nunca, em hipótese nenhuma, nunca nos falamos muito bem. Então, logo, não fazia a menor ideia do porque Sasuke Uchiha tinha essa “paixão” para com a minha pessoa.

— Sasuke, me poupe e se poupe, por favor. — encarei aqueles olhos tão escuros como a noite.

— Queria saber quando é que você vai me dar a famosa chance.

Cruzei os braços e ergui uma das sobrancelhas, diante a sua declaração sem nenhum pudor. Esse era um dos motivos pelo qual eu não suportava Sasuke, ele era direto demais, literalmente, e em todas as situações, deixava-me envergonhada, e eu não gostava disso. Tirando o fato de que ele vivia dando no meu saco.

— Sasuke — suspirei — já conversamos sobre isso.

E realmente já havíamos conversado sobre aquele assunto. Ele podia ser bonito, rico e o caralho a quatro, mas eu, felizmente, já havia me interessado por outra pessoa. Logo, não estava disposta em perder meu tempo com o mimadinho do Uchiha mais novo.

— Caralho, Haruno — chiou, puxando os cabelos nervosamente, fazendo-me encará-lo curiosa. — Porra, você tem uma boca, o que custa me dar um beijo, desgraçada?

Revirei os olhos e estreitei meu olhar sobre ele: lá vamos nós de novo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...