História League of Legends - Campeões "Lendários" - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias League Of Legends (LOL)
Personagens Aatrox, Ahri, Akali, Alistar, Amumu, Anivia, Annie, Ashe, Aurelion Sol, Azir, Bardo, Blitzcrank, Cassiopeia, Evelynn, Gnar, Jinx, Karma, Katarina, Lulu, Lux, Master Yi, Miss Fortune, Mordekaiser, Morgana, Nasus, Nocturne, Nunu, Poppy, Quinn, Rakan, Rengar, Riven, Ryze, Sejuani, Shaco, Shen, Shyvana, Singed, Sion, Sivir, Skarner, Sona, Soraka, Swain, Syndra, Tahm Kench, Taliyah, Teemo, Thresh, Tristana, Trundle, Tryndamere, Twisted Fate, Twitch, Udyr, Urgot, Varus, Vayne, Veigar, Vel'Koz, Vi, Viktor, Vladimir, Volibear, Warwick, Wukong, Xayah, Xerath, Xin Zhao, Yasuo, Yorick, Zac, Zed, Ziggs, Zilean, Zyra
Tags Game, História, Lol, Porno
Visualizações 240
Palavras 1.200
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Fantasia, Festa, Ficção Adolescente, Harem, Hentai, Lemon, LGBT, Literatura Feminina, Magia, Orange, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Necrofilia, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Ficou muito grande, nem sei sé vai dar para termina em apenas duas partes, então vão ser umas três ou quatro partes...

Capítulo 12 - Harém Estelar - parti 1 -


Fanfic / Fanfiction League of Legends - Campeões "Lendários" - Capítulo 12 - Harém Estelar - parti 1 -


Deste o começo do mundo as trevas é a luz travam uma guerra agressiva pelo equilíbrio da existência. É as vezes essa guerra pode tomar a forma física para contar essa historia.
É dentro dessa guerra, o lado do bem era presentado por oito garotas que eram conhecidas como:
-Guardiãs Estelares! - Berrou Poppy - Recuar!!! 
Estavam no centro de uma guerra onde raios negros e explosões de fogo estelar que destruiu um prédio inteiro em poucos segundo.
-Não!
-Jinx, me obedece logo, não vamos vencer essa!
-Eu não vou recuar, vou morre brigando!
No céu haviam dezenas de criaturas cheias de dentes e tentáculos atirando fogo negro para todos os lados, mas pouco a pouco sé focando contra as balas da jovem mais inconsciente do time, Jinx. Ahri estava segurando Soraka em suas costas tentando carrega-la para longe daquele caus. Poppy estava com medo de perde algum membro do time, era uma batalha perdida, mas não podia deixar a guerra ser travada daquela forma, vez o que era mais inteligente e correu contra a atiradora.
-Vamos, Não vai conseguir!
-Vou sim! - Ela apontou o canhão com a força máxima para o centro do caus enquanto farpas voavam contra si rasgando-lhe a pele - Só...Uma... Vez...
A tensão crescendo todo o caus, a desordem o possível Armagedom vindo em forma de uma chuva de morte dos céus. O tempo parecia diminuir o dedo de Jinx formigava pelo tiro então o braço de um ser colossal sé teletransportou para alguns metros das duas guerreiras, mas como milagres surgem em horas ruins a luz venceu a escuridão em um raio constante de luz pura vindo da direita enquanto um arco cósmico de ordem partindo da esquerda sé encontrando no centro da mão, a rasgando em uma bomba de pura luz e brilho.
Quando a nuvem de fumaça sé dissipou é no horizonte paralelo de duas torres haviam dois jovens guerreiros apontando suas armas cósmicas recentemente usadas. O vento em seus cabelos mostravam o quão poderosos eles eram frente aquele combate.
A garota pulou e começou a surfa em seu cajado indo direto contra a torrente. Já o rapaz sé teletransportou para frente das outras guerreiras e falou com o peito estufado:
-Iremos ganhar tempo, mas vamos precisar de um plano melhor, em seguida.
As duas demoraram para responder, estavam impressionadas com tudo, mas em fim falaram:
-Prisma de Luz...
-O que é isso?
-Nossas armas estão conectadas com cores da luz, sé unirmos pelo menos cinco de nós poderemos usar-las para criar um golpe forte o bastante para derrota-lo. - Poppy explicou saindo para buscar reforço.
-Quem é você, capitão luzes no cabelo?
-Meu nome e Ezreal, aquela ali e Lux, estou seguindo ela para perdi desculpas...
-Tá bom, tá bom, saquei que você vai ser o único macho nessa fic de Harém... Tá.
-O que?
Não houve tempo, para questionar a quebra da quarta parede, já que Poppy voltou agora acompanhada por Miss Fortune a unica ainda em condições de lutar.
-Ainda volta uma pessoa!
-Vou chamar Lux - De um bolso de Ezreal saiu uma criatura que voou ate Lux nos céus que estava lutando sozinha versos centenas de monstros. A criatura chegou aos ouvidos da jovem e entregou-lhe a mensagem - Sei que você não gosta de min, mas vamos precisar trabalhar em equipe.
Ela demorou para pensar em algo para ser contra o argumento, mas não havia tempo para aquele sentimento de vingança, precisava vencer aquilo de uma vez. Por isso desceu ate onde os quatro estavam.
-Qual é o plano?
-Peguem suas armas é apontem aos céus.
De dentro das cinco armas saíram raios coloridos que sé uniram no centro e atingiram em um raio de luz perfeito e na forma de um arco iris partiu ate destruir todos os monstros em fogo puro e cinzas.
Assim que tudo passou eles sé entre olharam felizes por terem vencido juntos. O vento com odor de flores, é a luz do sol vencendo as nuvens negras revelando assim um céu azul, mostrava-os a mudança que somente os ventos da vitoria poderiam revelar.
(...)
Haviam sé passado alguns dias nós quais todos resolveram sé tornarem um mega time de 10 pessoas dedicadas a luz, o combate contra as trevas é as aulas na faculdade de gastronomia que todos ali faziam juntos nas horas vagas como civis.
-"Atenção estudantes da classe de alimentação casual de queixos finos numero 2" - Dize uma voz em um alto falante da faculdade - "Vocês foram selecionados para uma viagem até Batarotocity, preparem-se para aproveitarem as ferias mais excêntricas de suas vidas."
-Vamos viajar! - Berrou Janna - Isso sim vai ser uma novidade em nossas vidas!
-Vai ser incrível finalmente sair dessa cidade para algo que não seja para lutar contra criaturas trevosas.
-...Ahg - Reclamou Jinx pendendo a cabeça para trás - Vai ser esse roteiro clichê mesmo?
-O que você esta falando louca?
-É isso que todos dizem para os loucos do time... Vamos ver o que você diz enquanto estivermos fora dos destroços do avião quando acontecer o acidente.
-Ignorem-a - Lux tomo espaço na discussão - A única coisa que quero dizer sobre esse time, nesta viagem é: não quero ficar perto de você E.Z.
-Lux, eu já falei, eu mudei, sou uma pessoa diferente agora... Será que não vai me perdoar por ter sido o panaca?
-Nada nesse mundo vai me fazer lhe perdoar.
Jinx pulou na frente da tela e apontou para trás onde estavam os dois.
-Estão vendo isso? Gente isso aqui é um clichê sé aproximando em um roteiro de Haren... Nossa - É colocou os dois dedos nos olhos - Nossa é pensar que vou ser a primeira a ter um filho com esse cara... Bem é no roteiro da dimensão principal da fic eu estou me preparando para tortura a Vi... Bem... Vamos logo para a viagem...Ahg.
(...)
O avião estava calmo nas primeiras milhas da viagem, mas quebrando todas as expectativas uma tempestade colossal tomou os céus. Raios e ventos tomaram o mundo ao redor da nave, Todos estavam em pânico lá dentro enquanto as turbulências faziam Poppy vomita. É entre gritos e mãos agarrando braços de cadeiras, apenas Jinx estava com os braços cruzados olhando para a câmera.
-Eu...Já...SABIA!
Um raio atingiu o centro da nave (estilo Lost) partindo o avião em dois.
-Ahhh agora todos os personagens coadjuvante morrem -_- serio?
(...)
Alguns minutos depois da tempestade, foi que as águas sé aquetaram é os ventos voltaram a serem amenos, que Ezreal conseguiu acorda enquanto via que o avião havia quebrado em pedacinhos é agora estavam alvarados como náufragos naquele paraíso tropical.
-Meninas? - Ele começou caminhar e berra por todos os lados - Alguém vivo?
Depois de alguns metros adentro da mata ele encontrou ali caída contra uma almofada Miss Fortune Sem as roupas de cima, demonstrando os enormes seios bem molhados e brilhantes devido ao suor. Talvez tivesse batido a cabeça, ou talvez tivesse tomado algo, ou talvez a adrenalina em ter escapado da morte, mas não estava resistindo em não começar a sé tocar. Enquanto olhava para ela.
Jinx do outro lado da ilha: - Eu sábia!!!
 


Notas Finais


(continua...)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...