História Learning To Love - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Once Upon a Time
Personagens August Wayne Booth (Pinóquio), David Nolan (Príncipe Encantado), Emma Swan, Henry Mills, Ingrid / Rainha da Neve / Sarah Fisher, Mary Margaret Blanchard (Branca de Neve), Regina Mills (Rainha Malvada), Robin Hood, Ruby (Chapeuzinho Vermelho), Zelena (Bruxa Má do Oeste)
Tags Emma Swan, Morrilla, Once Upon A Time, Regina Mills, Swanqueen
Visualizações 169
Palavras 552
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem e boa leitura!
*desculpem qualquer erro

Capítulo 11 - Capítulo 11


¥ Capítulo 11 ¥

Nós chegamos em Boston e daqui, iremos pegar um táxi e ir pra Storybrooke. Mesmo à noite não queríamos esperar, então fomos nesta noite mesmo.

-Vida nova, Lobinha. - falo deitando a cabeça no ombro de Ruby. Estávamos esperando por um táxi vazio.

-É, patinho... sinto que será bom! - ela sorri sincera.

-Também sinto isso. E sobre seu trabalho, meus pais acertaram tudo?

-Sim. Tenho uma reunião daqui dois dias com o Robert.

-Robert Gold? - lhe encaro.

-Sim, por que?

-Ele é legal, vai ser fácil.

-Espero. - ela fala acenando para um táxi, fazendo-o parar perto de nós.

-Boa noite, senhoritas. - fala um homem baixinho educadamente.

-Boa noite, pode nos ajudar? - pergunto. Ele assente e abre o porta-malas, pondo nossas malas. Em seguida entramos dando o endereço e ele arrancou com o carro.

***

-Puta que pariu, Ruby! Pelo amor que tem a mim, cala a boca! - sério, ela está falando muito, coisas que nem estou prestando atenção na verdade, mas está incomodando. Ele rir e dá de ombros, me fazendo rir também.

  ¥ SQ ¥

Me jogo na minha cama assim que entro no quarto, estava exausta. Com certeza dormiria a noite toda. Tiro minhas botas e sento na cama, indo pro banheira. Assim que termino o banho, visto uma calça folgada,  moletom e me jogo na cama novamente. Ruby já deveria estar no décimo sono. Apago o abajur e antes de dormir envio uma mensagem pra minha morena.

{EmmaSwan|20:27} : Ei morena, cheguei faz pouco tempo, vou dormi, estou exausta. Amanhã nos falamos, boa noite.

Assim que envio nem espero por resposta, guardo o celular e vou dormir.

***

Manhã de sábado, me acordo às 8 horas. Como não vou conseguir dormir mais, levanto e tomo um banho, pondo uma calça preta, junto à uma bota e jaqueta da mesma cor e uma regata cinza. Saí do quarto e fui direto pra cozinha, não encontrei com Ruby, então saio de casa para passear. Provavelmente aquela louca ainda está dormindo. Vou andando somente com meu celular e dinheiro. Vou parar em um parque, quase sem movimento, provavelmente por causa hora. Me sentei debaixo de uma árvore e pego meu celular. Ligo pra Regina e depois de muito tempo ela atende.

-Bom dia!

-Bom dia, Em.

-O que houve? Que vozinha é essa?

-Não é nada... só uma discussão com o Robin ontem novamente. Nada demais. - seguimos conversando por pouco mais de vinte minutos, pois ela precisaria ir pro restaurante. Desligamos e fico observando as poucas pessoas dali. Escuto uma barulhinho perto de mim, estranho e olho pros lado pra ver oque era e vejo um garotinho, de aparentemente dez anos, os cabelos escuros e estava chorando. Vestia uma bermuda jeans, uma camisa preta e branca e um tênis branco. Estava tão fofinho.

-Ei, rapazinho. - chamo, o assustando. -Desculpe, não queria assustá-lo. - ele enxuga o rosto.

-Tudo bem. Me desculpe também, senhorita. Não queria incomodar. - sorrio com seu jeito educado.

-Que isso! Bom dia, me chamo Emma. - estendo a mão. Ele aperta e sorri.

-Bom dia, é um prazer conhecê-la Emma. Meu nome é... - antes que ele possa responder, escutamos alguém chamá-lo. -Tenho que ir, é minha tia. - nos despedimos. Fico curiosa com o motivo dele estar chorando.


Notas Finais


Até mais 🖤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...