1. Spirit Fanfics >
  2. Learning To Love Again >
  3. Capítulo 11

História Learning To Love Again - Capítulo 11


Escrita por: browniee_fics

Capítulo 11 - Capítulo 11


-Pode ser no meu aniversário? - perguntou Alvo. 

-Claro. - falou Harry. 

-Você e o Tiago estão convidados para o meu aniversário. - falou Alvo para Gina. 

-Está certo então, estaremos aqui. E que dia é? - falou Gina. 

-31 de agosto. - falou Alvo. 

-Você faz perto do Tiago. - falou Gina. 

-Sério? Quando ele faz? - perguntou Alvo. 

-27 de agosto, no caso semana que vem, e eu estou montando uma festinha para ele, estão convidados, será lá em casa. - falou Gina. 

-Que legal. - falou Alvo animado. 

O assunto sobre Alvo e Tiago fazerem aniversário quase perto se estendeu, o mais novo parecia feliz com aquilo, e Harry achava engraçado em como ele falava sobre ele e o Tiago, sendo que eles mal se falavam, e Gina adorava o ver daquele jeito, animado, e ela só pensou em como ia ser a reação do filho ao contar como Alvo ficou ao falar do aniversário dele, e foi ai que a ruiva lembrou que o mais novo estava com o pai, mas tentou não pensar naquilo para estragar a noite de felicidade do mais novo. Não demorou muito para Gina ver que estava muito tarde e que precisava ir para casa, mas antes que falasse algo, o seu celular apitou e viu que era mensagem de Tiago. 

 

“Mãe, eu irei posar no pai, ele disse que montou um quarto só pra mim, espero que não se importe. Te amo, beijos.” 

 

Gina resolveu mandar apenas um “ok, te amo, beijos e se cuide”, porém aquilo deixou ela mexida de certa forma, mas evitou demonstrar aquilo, porém Harry sentiu que tinha acontecido algo, mas preferiu não falar até porque a ruiva estava tentando agir naturalmente. Depois de Alvo começar a ficar cansado, Gina viu que era a deixa para ela ir embora. 

-Bom, Alvo, está ficando tarde e eu tenho que ir para a minha casa. - falou Gina. 

-Já? - perguntou Alvo chateado. 

-Está tarde já, Alvo. - falou Gina. 

-Tá bom. - falou Alvo um pouco chateado. 

-A gente ainda vai ser muito, ok? - falou Gina para animar o mais novo. 

-Tá bom. - falou Alvo com um pequeno sorriso. 

Alvo correu e deu um abraço bem demorado em Gina que sorriu com aquele pequeno gesto, e assim que se soltaram, ela deu um beijo na cabeça dele e deu tchau. Já Harry resolveu levar a ruiva até o estacionamento, coisa que a mesma achou que não havia necessidade, porém o moreno insistiu. Ao chegarem na frente do carro de Gina, a mesma deu uma encarada no carro e respirou fundo, pois ia passar a primeira noite sem o Tiago junto dela. 

-Está tudo bem? - perguntou Harry vendo que Gina parecia estar perdida em seus pensamentos. 

-Estou sim, só estou pensando no Tiago. - falou Gina com uma tentativa de sorriso no rosto. 

-O que ele tem? - perguntou Harry. 

-Ele vai ficar com o pai dele essa noite. - falou Gina. 

-E como você se sente com isso? - perguntou Harry. 

-Sinceramente? Eu não sei, pois estou tão acostumada a estar sempre com o Tiago e saber que vou passar a minha primeira noite sem ele em casa, me dá um pouco de agonia. Até em questão de ir para os amigos, ele voltava para dormir em casa e sempre preferiu levar os meninos para posarem lá em casa. - respirou fundo Gina antes de continuar. - Mas os filhos crescem e uma hora ou outra isso ia acontecer, só não imaginei que fosse agora.  

-Mas o pai dele não irá fazer nada de mal a ele, não precisa se preocupar. - falou Harry tentando tranquilizar Gina. 

-Eu sei, mas ele nunca deu sinal de vida, e agora que chegou, está levando o meu filho para casa dele, e eu sei que o Tiago precisa de uma figura paterna, mas eu tenho medo de que ele machuque o Tiago, largando-o d’novo. - falou Gina. 

-Não fique pensando no pior agora, tente pensar em como o Tiago está feliz com o pai aqui. E caso não se sinta bem, temos um quarto de visitas, pode ficar lá, Alvo ficaria muito feliz. - falou Harry sorrindo ao falar sobre como o filho reagiria com Gina posando com eles. 

-Com certeza Alvo ficaria muito feliz, mas achou que vou para casa, preciso começar a me acostumar com essa nova vida de o pai do meu filho estar presente, e também preciso da minha cama. - falou Gina rindo no final. 

-Está certo, então. Caso precise de algo, pode me ligar. - falou Harry entregando um papel com o seu número e da casa dele. 

-Obrigada, Harry. - falou Gina sorrindo. 

Harry e Gina pareciam não saber o que fazer, ou melhor como se despedirem, o moreno bagunçou mais ainda os seus cabelos negros que por natureza já eram rebeldes, pois não sabia o que fazer, mas então Gina se aproximou e lhe deu um abraço simples, e Harry apenas retribuiu.  

-Boa noite, Harry. - falou Gina após dar um beijo na bochecha do moreno. 

-Boa noite, Gina. - falou Harry sorrindo e dando um aceno enquanto a ruiva entrava no carro. 

Assim que Gina entrou no carro e colocou o cinto, deu um aceno de volta para Harry, e então ligou o carro e se dirigiu para fora do estacionamento do prédio, e foi direto para casa. O moreno apenas observou o carro ir embora, e depois que ele saiu da sua vista, voltou para o seu apê, onde Alvo estava dormindo no sofá, devia ter ficado ali esperando, porém era nítido que ele estava muito cansado, então Harry o pegou no colo e o levou para o quarto, onde tirou apenas as calças jeans e os tênis para colocar na cama, e depois que o tapou, deu um beijo e voltou para a sala, onde se atirou na poltrona e ficou pensando em como aquele dia tinha sido um pouco louco, totalmente fora de sua rotina normal, e sem contar que Alvo conseguiu se comunicar um pouco com ele, e isso o deixaria muito feliz. 

-Gina está fazendo mágica com você, Alvo. - falou Harry baixinho enquanto pegava um vinho e colocava na taça de vidro, e logo após bebeu um pequeno gole, e o moreno ficou olhando para a janela que mostrava o céu cheio de estrelas brilhantes. 

 

 

Assim que Gina chegou em casa, largou suas coisas tudo na mesa e pegou uma taça de vidro e um vinho, e se dirigiu para o sofá, e ficou olhando para a parede enquanto bebia um pouco de vinho, e ficou pensando em como a sua vida começou a mudar de uma hora para outra, e de como ela não sabia como reagir a tudo aquilo. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...