1. Spirit Fanfics >
  2. Learning to love you (imagine Jung Hoseok) >
  3. Problems?

História Learning to love you (imagine Jung Hoseok) - Capítulo 28


Escrita por:


Notas do Autor


Nada por enquanto;)

Problemas?

Tenham uma boa leitura 💜

Capítulo 28 - Problems?


Fanfic / Fanfiction Learning to love you (imagine Jung Hoseok) - Capítulo 28 - Problems?



Essa Ellie não me agradou muito não, ela é uma garota incrivelmente linda, tem um corpão e cabelos longos. É a mesma garota das fotografias no quarto do Hoseok, isso me deixou levemente incomodada. Só pelo jeito que ela olhava para ele nas fotos percebi que ela tem uma leve paixonite pelo meu marido. Mas isso já faz tempo, posso estar tirando conclusões precipitadas. E se ela for legal? Ela tem uma cara de nojo, cara de que se bater o dedo já faz um escândalo.


Tentei parecer legal e tentei ser educada com a garota, mas ela me tratou de forma fria e cortou de vez qualquer tipo de relação comigo. Ela veste umas roupas extremamente desnecessárias e vulgares. Parece uma prostituta as vezes de tão vulgar que são suas roupas. Em um jantar ela está vestindo uma blusa quase deixando amostra seus peitos e um short curtíssimo mostrando a polpa de seu bumbum. Me sinto uma daquelas velhas fofoqueiras que fica cuidando da vida dos outros, mas é impossível não reparar no jeito dela. Ela pode vestir a roupa que ela quiser, mas pelo menos tenha a decência de que ela não está na casa dela e de que o Hobi é um homem e tem desejos.


- Eu pretendo ficar aqui até conseguir um apartamento - estávamos jantando, Sojin preparou a comida e estava maravilhosa, Ellie se sentou ao lado de Hoseok, era pra eu estar ali, mas ela se intrometeu e se sentou no meu lugar.


- Que bom! Vai voltar morar aqui? - Hobi parecia feliz com isso.


- Sim meu anjo, senti saudade da Coréia então decidi voltar! - Meu anjo? - também senti saudade de você né meu amorzinho - Meu amorzinho?! - e o moranguinho, onde está?


- No apartamento dele, ele tem outras coisas pra fazer. - Hoseok em nenhum momento ficou incomodado com os toques da garota e nem com o jeito que ela o chamava, ele até sorria como sempre. Já eu, queria pular no pescoço dela.


- Ele namora? - toma um gole de vinho que tinha na taça.


- Não, depois do que aconteceu entre vocês ele nunca mais conseguiu namorar outra menina... só que parece que algo está mudando. - Disse pensativo.


- Mas não aconteceu nada entre a gente, ele que foi idiota e imaginou que eu estava afim dele. Hobizinho, eu NUNCA disse que queria ter algo com ele, e também nunca senti nada por ele.


- Mas também não precisava ter feito o que você fez. Você o magoou muito Ellie.


- Não vamos falar disso, hm? Vamos mudar de assunto. Por que não me disse que tinha se casado? Eu queria ter vindo ao casamento... - Ela põe a mão em cima da dele e a olha estranho.


- Foi algo só pra família e amigos... e você estava em Nova York, não iria te atrapalhar. - sorriu fraco e tirou sua mão de baixo da dela.


- Pelo menos ligasse para me avisar - esses dois conversavam como se eu não estivesse ali, eu já estava ficando brava - Eu me magoei com você... peça desculpas - Ela toca no rosto do Hobi e o faz olhar em seus olhos. Seus rostos estavam muito próximos um do outro, parecia que iam se beijar. Pela primeira vez Hoseok demonstrou estar levemente incomodado com a atitude da garota.


- Perdi a fome - deixo tudo ali e levanto da mesa, quando estava saindo da cozinha parei para ouvir os dois que continuaram conversando como se nada tivesse acontecido.


- Deixa ela Hobi, ela deve estar cansada. Fica aqui comigo eu estou com saudade! Depois você fala com ela. - Ela deitou sua cabeça no ombro do Hobi.


- Mas ela-


- Shiu! Fica comigo... Eu não quero mais sair de perto de você amorzinho. - Por que ela chama ele de amorzinho? Essa garota é uma atrevida.


Aquilo me deixou furiosa, mas não fiz nada. Deixei quieto, não estou afim de procurar briga com essa mulher.


Escovei meus dentes, arrumei meu cabelo, percebi que ele estava começando a crescer, por fim coloquei meu pijama. Me deitei na minha cama, no meu quarto. Por que não dormi no quarto do Hoseok? Quero fazer drama.


Não consegui dormir, eu estava me mordendo de raiva daquela situação. Que absurdo essa mulher aparecer aqui de repente e começar a dar em cima do Hobi. Era tudo o que me faltava.


Eu não estou sendo hipócrita? Afinal foi quase a mesma coisa que aconteceu comigo e com Jungkook. Mas isso já é passado e eu acabei com qualquer tipo de relação que eu tinha com ele. E essa menina abusada fica se oferecendo para ele, ah mas me dá uma raiva.


- É sério isso? Estou com ciúmes? - sussuro comigo mesma e escondo meu rosto com o travesseiro.


- Mochi? - Hoseok bate na porta do meu quarto e logo abre a porta - por que não vai dormir no meu quarto? - Ele se senta na minha cama.


- Já matou a saudade da sua amiguinha? - Pergunto debochada.


- Ela já foi dormir, quero ficar com você agora - Ele abraça meu corpo ainda coberto pelo cobertor.


- Ai! Sai você tá me esmagando! - empurro ele para o lado mas ele não me solta e passa sua perna pelo meu corpo me prendendo.


- Você não vai escapar - Ele me aperta ainda mais e eu não aguento e começo a rir, ele ficou fazendo cosquinha em mim. - Por que ta com essa carinha aí?


- Não é nada... - faço ele parar com as cosquinhas e seguro seu braço.


- Fala - começa a fazer cosquinha de novo em mim. Ai que raiva, não tem como ficar brava com ele - Não vou parar até me dizer o que você tem.


- Ta ta! Eu falo, mas para! - minha barriga estava doendo de tanto que eu ri - Você deu mais atenção pra ela do que pra mim. - Fiz bico.


- Mas você tem todo o meu amor e todo o meu coração só pra você, e eu posso te dar outras coisas além da minha atenção... - Me olha com um olhar malicioso. - Vamos pro nosso quarto?


- Não quero levantar agora, aqui está quentinho... - falo manhosa.


- Ah não! Vem agora pro nosso quarto - ele me destampou e me pegou no colo, colocando meu corpo em seu ombro me fazendo ver suas costas.


- Ah! Hobi me põe no chão! - ria alto e dava tapas em suas costas mas ele só ria, ou seja, não sentia dor com os tapas que eu estava dando. - Hobi para! Aaah!


- Não! - Deu um leve tapa em meu bumbum e fechou a porta do meu quarto.


- Aaah! Eu vou cair! Me soltaaa! - falava em meio vários risos, quando saímos do quarto eu pude ver Ellie na porta do seu quarto nos olhando com um olhar sombrio. Hoseok não viu nada entrou no quarto, fechou a porta e me jogou em cima da cama - Você é um abusado!


- E você é a coisa mais linda que eu conheço - Ele sobe em cima de mim e me beija.


Hoseok me ganhou de vez, não consigo me segurar perto dele, é incrível. Estou sentindo tanta coisa nesse momento, que é impossível ficar brava com ele. Ele melhorou minha vida de um jeito tão lindo... isso é muito bom.


Ele se tornou a minha esperança.


...


Eu e o Hobi estamos tomando café da manhã, estava tudo muito calmo e tranquilo até que chega a amiguinha do Hoseok.


- Bom dia Hobizinho! - Ela disse dando um beijo na bochecha dele, ela está com uma roupa bem vulgar e curta se esfregando no meu marido. Vontade arrastar a cara dela no asfalto - Bom dia _____. - Ela disse sem ânimo e eu não falo nada.


- Bom dia Ellie, dormiu bem? - Hoseok pergunta para a garota sorrindo.


- Na verdade eu não dormi bem não Hobizinho... - Ela fala fazendo uma voz que ela acha que é fofa e fazendo um biquinho.


- O que aconteceu? Você está bem? - Hoseok pergunta todo preocupado. Que ótimo, enquanto isso ele esquece que eu existo.


- Eu estou toda dolorida... pode fazer uma massagem em mim? - ela pergunta passando a mão no braço do Hoseok.


Me levanto da mesa irritada e ela me olha com um sorriso de canto debochado. Subo as escadas e logo ouço Hoseok vir atrás de mim.


Segura seu ciúmes, ________. Se controla, não surta por favor.


- _______ o que tá acontecendo? Ontem você fez a mesma coisa. - Ele pergunta abrindo a porta do quarto.


- Você ainda pergunta Jung Hoseok? - me viro de costas para ele.


- Não consigo entender vocês mulheres. - Bufa.


- A resposta está bem embaixo do seu nariz, você que não quer enxergar.


- _____, me fala o que está acontecendo.


- Você está bem animadinho com a Ellie aqui em casa não é.


- Ela é minha amiga, óbvio que vou ficar feliz.


- Tá - Disse seca.


- ______!


- Ai Hoseok! Eu só não acho certo ela ficar se exibindo para um homem que ela sabe que é casado.


- Aaah então é só isso... - suspira.


- Como assim "só isso"? Hoseok eu sou sua esposa. - Me viro de frente para o homem já furiosa.


- E ela é minha amiga, _______. - Disse firme.


- Pois então fique com a sua "amiga" eu vou embora. Não vou ficar aqui vendo ela se esfregar em você e você ficar todo animadinho. - tento sair do quarto mas Hoseok segura meu braço. - Me solta Hoseok.


- Não, eu não vou soltar.


- Hoseok me solta agora! - tento soltar meu braço mas ele me abraça forte se tornando impossível de me soltar. - Hoseok eu não quero, me solta agora. Vai lá abraça a sua amiguinha e me deixa.


- Eu não vou te soltar até você entender que quem eu amo é você, eu me casei com você porque eu te amo, _______. - Ele beija minha testa. - Eu jamais te trocaria por ela amor, eu te amo. - paro de tentar sair do abraço e vou me acalmando aos poucos.


- você conseguiu me acalmar por um tempo, mas quando eu pegar aquela loira oxigenada eu arrasto a cara dela no chão, vou expulsá-la daqui com um soco. Ela não vai mexer com o que é MEU, ela não sabe com quem ta mexendo, eu sou pequenina mas sei meter a porrada, principalmente se ela encostar de novo o dedo em você. - depois que percebi o que falei, afundei meu rosto em seu peito. Eu fiquei vermelha de vergonha e ele ria da minha cara


Eu não creio que falei isso...


- Eu só seu Jung _______. - Ele fala e então me beija, aquele beijo que me deixa louca. Eu estou na ponta dos pés, já está doendo então me separo do beijo.


- É a última vez que eu te perdoo Hoseok. - Falo e dou um tapa fraco no seu braço, ele faz um biquinho fofo então eu me aproximo e dou um selinho em seus lábios.


Voltamos para a cozinha de mãos dadas, me sentei na mesa e voltei a comer a comida. Ellie me olhava com nojo e deboche, mas quando Hoseok a olhava ela mudava sua expressão e sorria forçadamente. Falsa.


- Tenho que ir trabalhar... - se levantou e limpou sua boca com o guardanapo - Volto só mais tarde, até depois - Ele me deu um selinho e fez um sinal com as mãos para Ellie que sorriu inocentemente para ele o seguindo com os olhos. Depois que ouvimos Hoseok fechar a porta ela mostrou sua verdadeira cara. Me levantei para sair dali, estar no mesmo lugar que ela me dá náuseas.


- Eu vou ser bem direta - ela segura meu braço impedindo que eu saia do lugar. Fecho meu punho me segurando para não dar um soco na cara dessa mulher. Tirei sua mão do meu braço como se tivesse nojo dela, e eu tenho nojo. Limpei o lugar que estava sua mão e a olhei forçando um sorriso - Não vou deixar que roube o Hoseok de mim. - Ela disse e eu ri.


- Hoseok já não é mais seu a muito tempo. E acredito que ele nunca foi seu, nem nos seus mais lindos sonhos - sorriu cínica.


- Não me proveque ou eu posso fazer com que seu casamento acabe rapidinho - Me olha debochada.


- Quero ver você tentar meu anjo, Hoseok confia mais em mim do que em você. Vê se acorda pra vida garota.


- Você não sabe com quem está mexendo, _______. Eu posso fazer da sua vida um inferno em poucos dias, e você não vai gostar muito né? - Disse com um sorriso cínico.


- Mulheres como você, podem conseguir o que quiserem apenas dando pra qualquer um. Mas não é assim com o Hoseok querida, ele é alguém doce de mais para ter uma cobra venenosa do lado dele. Passar bem - dei um tapinha em seu ombro de saí dali.


Ela iria falar alguma coisa mas não deu tempo, eu já estava longe subindo as escadas para ir para o meu quarto.


Ela vai ser um grande problema, como que Hoseok não percebeu a falsidade que essa menina tem? Ela é uma cobra. Se Jina estivesse aqui elas duas já teriam brigado de chute e soco, e Jina ganharia, ela fez aulas de luta quando perdeu os pais, ajudou ela a se distrair um pouco. Seu eu fosse Ellie, não faria os meu joguinhos quando Jina estiver por perto.


Percebi o interesse dela em Hoseok, mas não vou abrir mão do meu marido. Posso ter beijado outro homem estando casada, mas isso não significa que não amo ele... muito pelo contrário, eu aprendi a amá-lo.


Peguei meu celular que estava em cima da cama e olho as notificações, vi uma mensagem que era de Dawon.


DW: ________, precisamos conversar muito seriamente. Venha até meu apartamento assim que ver minha mensagem.


- O que será que aconteceu? - penso comigo mesma.


Me levanto rapidamente e procuro alguma roupa pra vestir. Peguei um café na cozinha e pedi um táxi. Cheguei no apartamento de Dawon e toquei a campainha.


- V? - Me espanto ao ver que quem atendeu a porta foi V. Ele ficou nervoso quando me viu e abriu espaço para que eu entrasse. Não disse nada apenas saiu, já entendi o que aconteceu.


- _______, você o viu? - Dawon aparece ali apertando suas mãos nervosa.


- Vi... - Disse sem graça.


- Não fale nada pra ninguém, por favor... não queremos que ninguém saiba sobre isso, ainda. Vem comigo. - assenti e a segui até uma sala, ela me ofereceu chá e eu aceitei.


- Eu fiquei preocupada, o que aconteceu pra você me chamar aqui com urgência? - tomo um gole do chá que ela preparou.


- É sobre sua mãe... ela está em outro país, em uma viagem. - Me engasgo com o chá. O que minha mãe faz em outro país?


- Q-que?! Como assim, em outro país?! - estava indignada com isso.


- Ela postou algumas fotos nas redes sociais, e ela não parece nem um pouquinho doente. - cruzou os braços.


- E se o tratamento dela for lá? Em que país ela está?


- Alemanha, como ela está fora, é uma ótima chance de procurar os exames na sua casa. O que me diz? Vamos tentar?


- É, é uma boa tentar pegar os papéis... mas o que eu vou fazer agora que temos uma visita extremamente desconfortável lá em casa?


- Visita? Quem que está lá?


- Uma amiga do Hobi, o nome dela é Ellie.


- Ah não - Ela põe uma mão no rosto - ________ cuidado com essa mulher, ela tem grande influência na vida do meu irmão e ela gosta dele.


- Por que eu teria que ter cuidado com ela?


- Porque ela pode fazer de tudo para separar meu irmão de você, sério, não deixe ela sozinha com o Hoseok, ela pode fazer de tudo. Quando digo tudo, é tudo mesmo.


- Você está me assustando...


- Não baixe a guarda, quando você menos esperar aquela cobra pode dar um bote.


- Acho que Hoseok não faria nada com ela... Não é?


- Ela ferrou com a vida do meu irmão e ele não percebeu isso ainda. Só estou te avisando, não de espaço para ela.


Dawon me preocupou muito com isso, já tinha percebido o quanto essa Ellie é uma mulher problemática, mas Dawon a conhece a muito mais tempo que eu e o jeito que ela falou daquela mulher me deixou realmente preocupada.


Ok, isso vai ser um grande problema.



Notas Finais


Tô vendo que terá muitas tretas futuras....

Por enquanto é só isso <33
Obrigada por terem lido <33
Beijinhos e até amanhã 💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...