1. Spirit Fanfics >
  2. Leave me lonely, if I want to >
  3. Feel Special

História Leave me lonely, if I want to - Capítulo 15


Escrita por:


Notas do Autor


Olá meus amores!
O que é capitulo novo em um dia para quem esperou 8 meses né?
Ai gente, eu tive que reler a fanfic toda para conseguir escrever os novos capítulos (E apesar de curtinha, eu achei muita coisa que eu podia ter melhorado, but enfim... Questões de amadurecimento)
Esse capitulo tem uma dose extra de amor e bom, eu espero muito que vocês gostem.

Boa leitura <3

Capítulo 15 - Feel Special


Eu me sentia como um filho sob o olhar pesado de sua mãe após uma travessura.

Desde que havia me encontrado em meio à lagrimas ao lado de um Albus adormecido embaixo daquela arvore, Lily vinha me encarando de forma quase resoluta.

Como se soubesse qual era razão de ter me encontrado daquele jeito, o que eu não duvidava.

Afinal, suas feições foram bastante expressivas ao encontrar James junto de Angeline na direção a qual eu havia encarado por poucos segundos.

Felizmente naquele dia, eu consegui escapar sorrateiramente da garota antes que ela iniciasse seus questionamentos.

O que me fez praticamente empurrar um Albus sonolento para o castelo adentro após acorda-lo aos tapas com a desculpa de que estávamos atrasados para a próxima aula.

Mas eu sabia que a Potter mais nova não se deixaria levar pela maneira na qual eu comecei a fugir dela como o diabo foge da cruz.

Tanto que, não fora muita surpresa quando ela finalmente conseguiu me abordar em uma de minhas idas a biblioteca num dia livre ao qual eu tinha certeza que essa teria aula.

- Precisamos conversar.

Ela falou de forma séria e eu suspirei derrotado, fechando o livro no qual eu havia acabado de abrir antes de sua chegada.

A garota se sentou à minha frente e sem abandonar o olhar atento sobre mim se inclinou.

- Scorpius, me diga a verdade. – Sua voz pediu soando um pouco mais calma. – Você estava chorando naquele dia... Por causa do James?

Olhei para minhas mãos na qual eu mexia sobre a mesa e por alguns pensei em negar a questão.

Mas aquilo só me traria mais dor de cabeça, já que tendo conhecimento sobre mim como Lily tem, ela provavelmente não acreditaria.

E não estava nos meus planos perder a confiança dela ou, após refletir nos últimos dias, guardar aquilo só para mim mais.

Mesmo que eu negasse, James era um problema constante para os meus sentimentos.

E além de toda a carga emotiva que me proporcionava, sua presença na minha vida vinha afetando cada vez mais minha relação com seus irmãos.

Portanto, eu só pude assentir calado em resposta à pergunta da mais nova.

- E você... – Ela falou, parecendo mais cautelosa ao continuar. – Você gosta dele?

Assenti novamente ainda sem fazer barulho e ergui o rosto para ver sua reação, que não fora tão exasperada como eu havia imaginado.

- Hmm, e por que você não nos contou? Digo, a mim e Albus. Aliás, ele sabe disso? – Questionou e eu neguei com a cabeça para a última pergunta, soltando a respiração que eu nem havia notado ter começado a guardar.

- Eu sempre achei que fosse muito estranho falar sobre isso. Você e Albus sempre tiveram aversão a qualquer garota que se aproximava com segundas intenções de James e como qualquer coisa entre mim e ele parecia algo impossível de acontecer, resolvi guardar só para mim. – Fui sincero em minhas palavras.

Lily aparentava estar pensando enquanto me escutava, como se tentasse buscar antes que eu respondesse os motivos por trás da minha omissão.

Quando terminei falar, seu olhar se abrandou e quase que imediatamente eu senti o toque da palma de suas mãos sobre as minhas.

Ela suspirou.

- Você não é qualquer garota, Scorp. Você é nosso amigo. – Disse de forma reclusa, começando um carinho com os dedos sobre a minha pele. – Nós nunca nos importaríamos se fosse você a se aproximar com segundas impressões dele. Nossa relação vale muito mais que isso. E sem contar que, um a mais ou a menos correndo atrás do grande James Potter, não faria tanta diferença.

Abriu um sorriso divertido em minha direção e eu comecei a rir baixinho com seu último comentário.

 - Eu, você e Albus somos um trio. – Continuou a falar após alguns segundos e eu a encarei com mais atenção. – E tanto eu quanto ele amamos muito você. Mesmo que eu não concorde com isso, eu entendo seus motivos por ter escondido de nós. Mas eu não quero que isso se repita, ok?

Apertou minhas mãos ao terminar de falar e eu concordei, já sentindo uma rotineira ardência que me acompanhava ultimamente tomar conta dos meus olhos.

- Obrigado. – Fora tudo que eu consegui dizer, antes de começar a fungar quando a primeira lágrima desceu pelo meu rosto.

Eu me sentia como se um peso tivesse sido arrancado das minhas costas.

E apesar de tudo que eu havia dito como justificativa, eu me sentia bastante idiota por não ter feito isso antes de forma espontânea.

Afinal, o que eu estava pensando?

Meus amigos eram Lílian Luna Potter e Albus Severus Potter. Duas das pessoas mais doces, gentis, compreensivas e leais que eu conhecia.

E mesmo que em partes eu os ajudasse na distribuição de algumas pequenas doses de veneno diárias, eu sempre tive a certeza de que eles nunca virariam as costas para mim.

Até porque isso realmente nunca fora uma hipótese.

É, eu me sentia bastante idiota.

- Fico feliz que você esteja mais tranquilo. – Lily disse ao me ver mais tranquilo com o passar do tempo, recomeçando o carinho em minhas mãos.

A encarei, pensando um pouco sobre o que dizer.

- Eu... Me desculpe por isso, por favor. – Falei e ela fez um gesto com a cabeça como se dissesse um breve “Já passou”.  – Eu fui realmente um idiota.

E demoraria um bom tempo para eu deixar de me sentir assim.

- O que você acha que Albus vai pensar? – Questionei após algum tempo, começando a me preocupar ao pensar que ainda teria que conversar com meu melhor amigo.

- Creio que assim como eu ele não irá se importar. – Ela deu de ombros demonstrando ser algo que não a preocupava.

Voltei a olhar para minhas mãos, começando a me sentir um pouco afoito de novo.

- Mas se ele ficar bravo comigo por não ter lhe contado antes? Ou por não ter confiado em vocês? Você sabe como ele é! Se souber que você soube disso primeiro, eu não duvido que ele realmente fique magoado e me ignore por alguns dias.

- Se eu fosse você não me preocuparia com isso. – A mais nova disse parecendo querer encerrar aquele assunto, soltando uma risadinha em seguida.

A encarei sem entender sua atitude e franzi o cenho ao notar que seu olhar não estava mais em mim, mas em algo um pouco mais adiante.

Sem pensar muito, me virei na tentativa de ver o que ela olhava.

O que literalmente me fez dar um da cadeira ao me deparar com a figura de Albus quase encostada as minhas costas.

O moreno começou a rir alto devido a minha reação exagerada, acompanhado de Lily que não se negou a dar algumas gargalhadas.

Me sentei novamente na cadeira e esperei com o rosto queimando de vergonha eles pararem de rir.

O que não tardou muito a acontecer, já que ao notarem a expressão desgostosa da responsável pela biblioteca em nossa direção, se calaram rapidamente.

Aproveitei quando Albus arrastou uma cadeira e se sentou ao meu lado para falar baixinho:

- Quando foi que você chegou aqui?

- Eu estou aqui desde que Lily te chamou para conversar. – Falou com o tom de voz ainda divertido pelas risadas que ainda havia dado e eu arregalei os olhos.

Encarei Lily em busca de respostas, vendo ela suspirar enquanto se aconchegava melhor em sua própria cadeira.

- Albus estava tão desconfiado de você quanto eu, Scorp. Quando você começou a me ignorar, logicamente ele notou e me interrogou. – Disse me encarando serena. – E eu contei tudo para ele, desde você chorando até sobre eu ter visto James no lago com Angeline. Dessa forma, decidimos então conversar com você, com ele ficando encarregado de me avisar quando você estivesse sozinho e sem chances de fugir como um filhotinho acuado. Quando perguntei sobre ele saber de algo, foi só para que não suspeitasse que ele havia me ajudado.

Explicou e eu automaticamente olhei para o moreno, que se mantinha sorrindo para mim.

- Você ouviu tudo? – Ele concordou calmamente com a cabeça. – E você está bravo?

- Lily estava certa quando falou que assim como ela eu não iria me importar, Scorp. Na verdade, eu me sinto até mal por não ter notado isso antes. Desde que você se assumiu, eu tenho descoberto que deixei muitas coisas sobre você passarem despercebidas e é bem frustrante, pelo fato de eu ser seu melhor amigo.

O Potter do meio falou encolhendo os ombros e eu senti vontade de me bater por faze-lo se culpar.

- Albus, você não tem culpa... Eu que sempre me preocupei em não te contar ou demonstrar. – Refutei, ainda sem saber o que dizer.

A mão de Lily alcançou a minha novamente e eu a encarei de forma amuada.

- Scorp, o que o Albus quer dizer é o mesmo que eu já te falei. Nós te amamos, ok? Não me faça repetir isso de novo. – Disse a última sentença fazendo cara de brava e eu sorri fraco, sentindo um dos braços do meu melhor amigo me envolverem.

- Isso aí, você sabe que eu não sou bom com palavras. – Ele me apertou contra sí. – Aliás, foi por esse motivo que a Lily veio sozinha te por contra a parede.

Comentou e eu sorri, porque era a cara de Albus jogar a parte pesada de algo nas costas de alguém e só concordar com tudo referente aquilo.

Mas apesar disso, eu sabia que diferente das outras vezes ele não estava concordando só por conveniência.

E sim porque se preocupava comigo e acima de tudo, como a garota a nossa frente havia dito, me amava.

E eu só pude me sentir especial.

Muito especial.


Notas Finais


É isto...
Quem ai ama a Lily sendo uma mulher séria e madura, apesar de ser mais nova que esses dois? y.y
Eu amo o Albus, meu pai, tenho vontade de lascar um beijo nesse garoto. (>^3^)>
Agora com os amigos de Scorpius tendo conhecimento de seus sentimentos, nosso garotinho pelo menos vai ter com quem pra chorar as pitangas de James ashuashua
E meu Deus, tem muita pitanga ainda por vir!
Enfim, espero que tenham gostado. Por favor favoritem, comentem, indiquem e deem amor uns aos outros. <3
Quem puder, por favor, respeite a quarentena e fique em casa. Use máscaras e lave as mãos sempre que puder.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...