História Leave My Heart Out Of This - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Shawn Mendes
Tags Camila, Camren, Laucy, Lauren, Norminah, Shawmila
Visualizações 76
Palavras 2.183
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Apologies


                              

PVO Camila

Abro meus olhos, me viro e encaro o despertador ao lado da cama, como de costume acoredei 5 minutos antes do despertador fazer seu trabalho, já era 11:00 Am.

Aperto o botão o desligando em seguida e me sento na cama me espreguiçando, coço os olhos e me levanto em seguida indo em direção a cozinha para ligar a

cafeteira e vejo que não á café pois minha querida irmã não havia ido ao mercado mais uma vez.

Deixo a cafeteira de lado e vou em direção ao banheiro tomar um belo banho quente, só assim para que eu dispertasse durante a manhã, fico no banho durante

mais ou menos meia hora. Quando saio do banheiro sinto os pelos do meu corpo se arrepiarem devido ao frio e vou em direção ao meu quarto colocar uma roupa.

Pego uma calça de cintura alta, meu all star branco e uma blusa branca de meia manga.

Como não queria passar muita maquiagem hoje, passo apenas lápis de olho, rimel e passo um batom claro e deixo meus cabelos soltos e minha franja recaida

sobre minha testa. Me olho no espelho e fico satisfeita com oque vejo. Pego minha pasta com os livros da faculdade.

                            [...]

Desço do ônibus em frente ao Coffe Rice's, aquele com certeza era meu lugar favorito para estudar, para ler e tomar aquele belo café.

Atravesso a rua indo em direção a porta do local adentrando o mesmo e indo em direção ao balcão fazer meu pedido.

Olho em volta e vejo poucas pessoas no lugar, sinto meu celular vibrar em meu bolso e vejo mensagens de um número desconhecido.

Sinto todo meu corpo se irrigecer ao ler a mensagem, pois eu sabia muito bem quem era. Bloqueio o celular o colocando no bolso novamente e volto a olhar

o balcão e vejo que a mulher a minha frente já preparou o meu pedido, pego minha carteira em meu bolso pagando pelo café.

Quando me viro indo em direção a uma mesa só oque vejo é meu copo de café voando em cima de mim.

Levanto meu olhar e vejo uma menina extremamente branca de olhos verdes me olhando com uma cara de idiota como quem não acredita no que acabou de

fazer.

- E.. Eu sinto muito, eu não estava prestando atenção.. me desculpa senhora.

SENHORA?! nossa, ela so poderia estar de sacanagem com a minha cara. Idiota.

- Senhora? Eu provavelmente não sou mais do que dois anos mais velha que você e a propósito meu nome é Camila e não senhora.

E não me diga que você não estava prestando atenção, porque eu nem percebi.

Disse com ironia na voz. Sim eu estava muito puta. Eu tenho uma apresentação na faculdade em 1 hora. Porra.

- Camila, eu sinto muito por entornar a merda do café em você, eu pago outro caso queira, caso contrário, ótimo, assim não gasto dinheiro com uma tão estranha grosseira.

- Então pague o café por favor e a propósito eu preciso de outra blusa.

Estranha grosseira? Claro. A voz dessa menina estava me irritando.

Calma Camila, calma, respire.

- Tudo bem então. Toma.

Observo a morena tirar sua blusa xadrez e estender para mim.

- Obrigada pessoa destraida.

- Lauren, e não pessoa destraida. Olha eu realmente sinto muito por ter derramado café em você, é só que realmente foi sem querer, e eu sei que isso não é desculpa, mas eu posso tentar me redimir se você quiser se sentar comigo e comer um cupcake, e eu pago.

Calma camila, acidentes realmente acontecem e ela não está sendo tão estupida quanto eu pensei.

- Por qual motivo eu deveria aceitar isso?

- Porquê não sou nenhuma serial killer, porque você esta com a minha blusa favorita e eu vou querer ela de volta, porque eu derramei café em você, e porque eu estou tentando me redimir, então senão for pedir muito, por favor se sente comigo, tome seu café e coma seu cupcake, e não precisa falar nada, só não

faça meu dia pior do que ele já está.

Primeiro eu não sei de onde ela tirou fôlego para dizer tudo aquilo, segundo .. apenas talvez ela também estivesse tendo um dia de merda assim como eu.

Mesmo que isso não diminúisse minha raiva, tornava oque ela fez um pouco mais "plausível".

- Nossa... Tudo bem..

Vou em direção a mesa que ela estava a minutos atrás e me sento de frente para a mesma, sinto meu celular vibrar e vejo na tela o mesmo número que havia me mandado mensagem. Apenas rejeito a ligação e coloco o celular no silêncioso. Fico em silêncio e apenas tomo meu café.

Eu não queria pensar no Shawn, eu não queria pensar no que havia acontecido ..  Na verdade eu só queria desligar minha mente por algumas horas, fazer oque nem mesmo o sono estava conseguindo fazer. Afasto aqueles pensamentos ruins e olho discretamente para Lauren. Ok, talvez nem tão discretamente assim pois ela percebeu meu olhar e eu vi um mero sorriso no canto de seus lábios. Queria entender porque caralhos ela estava sorrindo, porque eu estava suja de café e não via graça nenhuma no que havia acontecido.

- Então Camila, estou conseguindo me redimir ou ainda não está nem perto disso?

Solto uma risada debochada e a olho com o sorriso no canto da boca.

- Com certeza nem perto disso, eu tenho uma apresentação importante na faculdade daqui a uma hora e olha meu estado.

Digo sentindo a raiva voltar novamente. Ela acha oque? que vai me compra com comida? que apenas um cupcake e um café concertam o estrago que ela fez?

Ela está muito enganada. Vejo ela comprimir os lábios .. talvez eu estivesse sendo rude demais, porém ela acabou com a minha roupa e o resto da paciência

que eu estava, ao menos acho que estava ..

Passo minha mão pelo meu rosto tentando manter a calma e a vejo anotar algo em um papel e me passar em seguida.

A olho sem entender até que ela começa a falar.

- Eu vou querer minha camisa de volta, então se puder me avise assim que for me devolver ela amanhã, eu posso te dar uma carona até sua casa caso queira se

arrumar antes de ir para a faculdade.

Pego meu celular para ver a hora e vejo varias chamadas perdidas e mensagens de Shawn e aquilo me deixa com ainda mais raiva. Guardo o aparelho e olho

a garota a minha frente, eu estava tão irritada que não me importava com o tamanho da grosseria que faria a seguir.

- Menina você realmente ainda não entendeu? eu iria sair daqui e ir para a minha apresentação na faculdade, não tem como ir até minha casa e eu simplesmente

trocar de roupa, porquê não da tempo.

Digo com a voz alterada e sinto o olhar dela queimar sobre mim, eu estava de cabeça quente, estava começando o dia de uma forma horrivel e parecia que tudo

oque acontecia só o fazia piorar.

- Camila faça como quiser, eu já fiz minha parte em ser gentil, mas parece que com você não adianta! Pela última vez, você vai ou não querer a carona?

Naquele momento eu não sabia se ela era maluca ou se simplesmente eu havia falado com ela em outra língua e ela não entendeu oque eu disse.

Aquele com certeza foi meu limite.

- Não!

Essa foi a única palavra que saiu da minha boca antes que eu a visse virar as costas e sair em direção ao estacionamento. Solto um longo suspiro e termino meu

café e o cupcake guardo minhas coisas e vou em direção ao banheiro trocar a blusa.

[...]

Pego meu celular e vejo mais e mais mensagens de Shawn, apenas ignoro e ligo para Ally avisando que estava a caminho da faculdade.

    Flash Back on

- Shawn me coloca no chão por... fa.. favor, eu vou cair !

Minha voz era entrecortada pela gargalhada que eu não conseguia controlar.

- Mila sabe que eu não vou deixar você cair.

Escuto meu esposo falando, só que em seguida ele me joga na cama sorrindo.

- Eu vou sempre te proteger, sempre te segurar firme.

Sorrio para o homem que me abraçava e o beijo em seguida. Era em momentos como esse que eu me arrependia de ter duvidado do nosso casamento, ele

valia a pena, e eu sabia disso cada dia mais.

Flash Back Off

Balanço a cabeça afastando as lembranças, e vejo Ally me olhando de canto de olho, haviamos acabado de sair da faculdade, a apresentação havia sido um sucesso, estavamos a caminho do carro de ally, ela me daria uma carona até meu apartamento.

- Mila, está realmente tudo bem? Você parece distante ..

Solto um suspiro e abro a porta do carona adentrando o carro, ally era minha melhor amiga, ela sabia oque havia acontecido para que eu pedisse o divórcio, e não era justo mentir para uma pessoa que estava sempre me ajudando tanto.

- O Shawn tem me mandado mensagens e até mesmo tentou me ligar, na hora que ele fez isso eu estava no Rice's e aconteceu todo aquele estresse com aquela

garota. Eu acho que nunca quis tanto bater em alguém como naquela garota, sinceramente Ally.

Digo rindo de leve e vejo minha amiga sorrir. Eu realmente fui muito grossa com aquela garota, de certo modo eu deveria lhe pedir desculpas, porém eu ainda estava com raiva por conta do incidente de hoje cedo.

Assim que Ally dobra a esquina do meu apartamento eu tenho a nítida vista de um homem sentado na escadaria que dava ao portão do prédio.

Sinto meu sangue ferver e vejo Ally me olhar com preocupação. Assim que o carro para desço dele me despeço de Ally e vou em direção ao prédio parando em

frente ao homem.

- Porque você está aqui Shawn?! Vá embora, você ainda não entendeu que a única coisa que você me causa agora é nojo?

Digo com o maxilar trincado e as mãos fechadas em punhos, eu sentia a raiva me corroer por dentro. A minha vontade era de socar a cara daquele imbecil parado na minha frente com os olhos vermelhos por conta do choro recentemente nítido.

- Mila, espera só um minuto e me escuta por favor. Eu amo você, eu não queria ter feito aquilo, eu não entendo oque aconteceu aquela noite, pelo amor de deus me perdoa. Não acabe com nosso casamento por isso.

Eu apenas sentia minha mão arder após o encontro dela com a cara do Shawn, a raiva e o ódio que eu estava sentindo eram tão grandes .. Eu queria sair de lá e entrar no meu quarto e apenas chorar de raiva, tristeza, angustia, decepção e vários outros sentimentos que mal cabiam em mim. Como ele tinha a coragem

de ir até minha casa e fazer aquilo? como ele teve coragem de fazer oque fez? o pior, porque ele fez aquilo?

- Vá embora, e a próxima vez que você pensar em aparecer na porta da minha casa eu vou ao quartel com uma denúncia nada agradável e você sabe que isso acabaria com a sua carreira.

Após dito isso apenas passo por ele e escuto o choro baixo, eu não olharia para trás, eu não sentiria saudades ou remorso outra vez ou então me culparia pelo que aconteceu. Mas eu queria que por apenas um segundo, tudo oque aconteceu fosse apenas um sonho, até mesmo meu casamento com ele.

Subo as escadas já que o elevador ainda estava quebrado e pego meu celular para mandar uma mensagem para Sofi, a essa hora ela deveria estar saindo da aula de piano clássico.

Abro a porta do apartamento e começo a tirar meu tênis o deixando do lado da porta, coloco minha pasta sobre a bancada da cozinha e vou em direção ao banheiro, eu precisava de um banho para relaxar, e precisava de um tempo só meu no qual eu colocasse tudo de ruim para fora antes que eu explodisse.

Saio do banheiro com os olhos inchados, me amaldiçoou por ter chorado mais uma vez por isso, por ele, por um ''nós'' que nunca existiu. Sento na minha cama escovando os meus cabelos, mais uma lágrima cai assim que abro a gaveta da mesa de cabeçeira da minha cama, minha aliança estava lá, me encarando outra vez, me pergundo o por que dela ainda estar comigo, mas não acho resposta acabo fechando a mesma com força me auto enganando, não era a primeira vez que via

ela e não tinha forças para jogar fora, para colocar um ponto final. Deus! Por que ainda não estou pronta?  Poque você ainda não quer aceitar...porque você

ainda não quer aceitar que falhou Camila?!

- Chega !

Grito para calar meu subconsciente. Me levanto indo para a lavanderia, tinha que ocupar minha cabeça. Assim que coloco a blusa da menina de olhos verdes lhe

mando uma mensagem eu tinha que me desculpar com ela, só não sabia como.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...