1. Spirit Fanfics >
  2. Legacy >
  3. O Despertar

História Legacy - Capítulo 3


Escrita por:


Capítulo 3 - O Despertar


Fanfic / Fanfiction Legacy - Capítulo 3 - O Despertar

A alguns anos atrás, inimigos muito fortes apareceram. Foram tempos  conturbados, mas que com muita luta (literalmente) conseguimos atingir os momentos de calmaria atualmente. Entretanto. . . 


E se um inimigo mais poderoso do quê todos que enfrentamos  aparecesse? 

Não sei se estariamos preparados para algo tão grande.

- O VEGETA NÃO VAI VIR POR QUE ESTÁ TREINANDO? E O GOKU TAMBÉM?! _ gritara mamãe stressada


Não entendi a surpresa em sua voz, afinal de contas é uma característica de nossa raça.



- Queria eu estar com eles_ falo em um sussurro 

- Hey! Se anima! Por que essa cara?

- Não se faça de sonsa Pan, você sabe muito bem que a última coisa que eu queria era estar aqui

- Então. . . Por que veio Bra?

- Dona Bulma é assustadora quando fica nervosa_ respondo-a suspirando, olhando para a terra firme que aos poucos o Cruzeiro se afasta, e com isso minha vontade de sair voando para longe só aumenta...


- AAAAAAAI EU VOU MATAR O GOKUUUUU, POR QUE ELE TINHA QUE INVENTAR DE TREINAR BEM AGORA?!!!!_ Exclamara a tia Chichi aos berros.


Os sayiajins deveriam ser estudados pela NASA, seus gostos por parceiras é um tanto quanto peculiar. . . Será esse um fetiche por mulheres stressadas?


(. . .)


- Pensei que ficaria em casa pai

- É complicado _ dava para notar que seus músculos estavam tensos, parecia estar preocupado com algo_ quero que me prometa

- Olá principe Vegeta_ uma voz cortou-o, olhamos ao nosso redor, mas ninguém estava ali

Muito menos sentíamos algum ki.

- Ahm? O que tá acontecendo?_ indaguei confusa, senti meu corpo tremer e algum tipo de angústia em meu peito

Mas...

Por qual motivo eu sentiria medo?

Teria sido somente minha imaginação pregando-me uma peça?

-Olá!_ a voz retornou acompanhada por seu dono e junto dele um homem de topete

- Quem é você?! _ pela cara de meu pai, ambos estavam longe de ser amigos.

Estar diante daquela espécie de gato era como estar com a gravidade aumentada umas cinquenta vezes a mais do quê meu corpo suportava, até mesmo para olha-lo era difícil. 

- Eu preciso me anunciar? Pra quê? Afinal você já está morta!_ dissera em um tom claro de soberba, me encontrava apavorada com tudo que estava acontecendo

-AH SEU MALDITO!_ papai estava pronto para ataca-lo mas sequer conseguiu se aproximar do bichano para desferir-lhe um golpe, caíra no chão no mesmo instante.


- Achei que você teria se tornado alguém com quem eu pudesse matar um tempinho, mas eu estou desapontado, eu deveria ter destruído  você junto com aquele seu planeta_ me espanto com sua revelação,  teria ele vindo destruir a terra sem qualquer motivo? 


Não creio que tenhamos tido todo aquele trabalho de reunirmos todas as esferas do Dragão atoa. Lágrimas de ódio  e desespero tomam o meu rosto ao ver a aproximação daquele ser dos infernos diante de papai que estava impotente, me sentia uma criança indefesa sem poder ajuda-lo.

-Escutem_ fizera uma pausa para encarar-me de relance, retornando seu foco para meu progenitor _ por acaso já ouviram falar alguma vez no Deus Super Sayiajin? 

- O quê? Deus Super Sayiajin? _ falamos em uníssono, sem entender essa história 

- Vocês não fazem idéia não é? _ nos perguntara retoricamente, virando seu rosto e fechando os olhos.

- Ahm?. . . Ah, então cês' tão  aqui é? 

- Saia daqui!_ ordenara o Príncipe, controlando seu aparente desespero, mas mamãe já deve ter bebido o bastante para deixa-la alterada.

- Vegeta?

- SAIA DAQUI!!

- Mais que falta de modos com a moça Príncipe Vegeta_ esse cara consegue meter medo até  com a voz calma_ pelo visto ele andou bebendo de mais, sabe?

Droga! Por que ele está se fazendo de bonzinho agora?

- E quem são vocês dois? 

"Inimigos mulher! Vai chamar o tio Goku agora" 

Era o que minha mente gritava, mas minha voz sequer saía.

- Ora, mil perdões! Meu nome é Whis e este é meu mestre, o grande poderoso Senhor Bills_ falara educadamente o cara de topete.

- Nós acabamos esbarrando no senhor Vegeta quando viemos dar um pulinho na terra.

- Quem diria que o gatinho tinha alguma educação _ acabei dizendo inconscientemente, em troca recebi um olhar fulminante do mesmo, Enquanto aquele que agora sei se chamar Whis, ria disfarçadamente. 

- Que surpresa, o Vegeta tem amigos_ dissera a mais velha estranhando aquela história_ é verdade, vocês não parecem terráqueos _ cada palavra era um passo, só parou quando se encontrava cara a cara com o tal de bills, que não esboçava nenhuma emoção_ sou a Bulma, esposa do Vegeta_ se apresentara estendendo-lhe a mão, que apertara amigavelmente. 

Olhando assim, nem parece que queria nos matar a poucos instantes. 

- Querem participar da minha festa? Hoje é meu aniversário, e com certeza vocês dois serão bem-vindos. 

A conversa entre eles parecia bem mais interessantes do quê nos destruir, a Briefs mais velha enroscou seu braço nos fino braço com pequenos músculos daquele gato arroxeado, afastando-se da gente.

Quando consegui me mover, pude respirar aliviadamente


Enquanto papai olhava a cena embasbacado. Fomos em direção a eles, e observamos a mamãe os apresentar animadamente.

Só rezo para que tudo corra bem. . .





Notas Finais


Desculpem qualquer erro, até a próxima ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...