1. Spirit Fanfics >
  2. Legacy of gods >
  3. Você é minha luz

História Legacy of gods - Capítulo 14


Escrita por:


Notas do Autor


Mais um capítulo, fui dormir, sono...

Erros, reviso e tiro depois.

Capítulo 14 - Você é minha luz


Fanfic / Fanfiction Legacy of gods - Capítulo 14 - Você é minha luz

Camila pov



Sério depois que a Lauren ficou no hospital a minha mãe cismou para eu trocar de protetor, mas não me diz o motivo para isso e todo dia ela me diz a mesma coisa isso ficou chato, tanto que sai até mais cedo de casa e no meio do caminho recebi uma ligação, era da Veronica.


Ligação 


- Oie Veronica

- Eai Camila, tá ocupada?

- Não, aconteceu algo?

- Então aconteceu e eu vou te contar...

Depois que a Veronica me colocou a pá da situação, eu me senti tão mal, a Lauren não parecia estar com qualquer tipo de problema comigo.

- Com você ela não demonstra?

- Não, eu nem notei

- Não precisa ficar pra baixo, eu só vi que a coisa era séria ontem mesmo

- Eu quero ver ela

- agora?

- Sim, agora mesmo

- Kkk, ok vocês são muito grudadas, olha pode pergunta aos seus pais se você pode passar dois dias fora de casa?

- Fora?

- A Lauren vai ficar uns dois dias em uma casa de campo, acho que se afastar de tudo vai fazer bem e eu pensei que você iria…

- Eu vou!

- Sabia, kkkk, então esquece tudo e vem cá

- Okay

Voltei para casa e a sorte era que o meu pai ainda estava ali, falei com ele e o mesmo não viu problema, também me disse que falaria com a minha mãe e eu podia ir. Logo cheguei na casa da Lauren e ela estava do lado de fora junto com a Veronica.

- Visita pra você Laur

Veronica falou e a Lauren me viu e sorriu, eu fui até ela e dei um abraço bem apertado.

- Você tá bem?

- Estou sim Camz, desculpe te preocupar

- Não tem problema, eu estou aqui com você

Falei e ela sorriu me abraçando com força também .

- É.…que tal as duas se separarem e entrarem no carro?

Laura apareceu ali e eu larguei a Lauren no mesmo instante. A viagem estava sendo bem tranquila e a Lauren dormiu no meio dela, ela parecia cansada, eu sorri com o jeito sereno que ela estava dormindo.

- Ela não dormiu quase nada ontem, a Veronica ficou bem acordada também

Laura falou enquanto prestava atenção no caminho.

- Eu não tinha notado que ela estava mal assim

- Sinceramente nem eu, claro que eu notei as faltas de atenção dela, mas poderia ser algo normal, não é todo dia que um Deus toma o seu corpo né kk

- kk, espero que ela fique bem logo

Toquei uma mecha do seu cabelo que estava bem no seu rosto.

- Quando a Veronica deu a ideia para a Lauren vir para um lugar afastado, eu neguei complemente, mas ai ela me disse que você viria também, disse que você jamais deixaria a Lauren sozinha assim

- Eu não poderia, sinto que ela precisa de mim

- Vocês tem uma boa conexão, estou contando com você Cabello, ajude a nossa garota hein

Laura era uma pessoa bem animada, mas eu notei a preocupação em sua voz, a Lauren é como uma filha e ela como mãe deve estar apavorada com tudo isso.

- Pode deixar comigo

Mais alguns minutos de viagem e finalmente chegamos, era um lugar muito bonito e a casa era bem grande até, depois de nós mostrar tudo Laura precisou ir embora, porém antes deu um abraço aperto na Lauren e em mim, ficamos nós duas ali.

- É um lugar bem aconchegante

Me sentei perto da Lauren no sofa em uma sala.

- É sim, mas é muito grande

- Sim, kkk talvez devessemos trazer mais pessoas em uma próxima vez?

- Pode ser uma boa ideia kk

- Lauren?

- Hum?

- Estamos evitando o motivo de ter vindo para cá

- Não acho que seja isso, eu só não sei como dizer algo sobre

- Por quê não começa por ontem? O que você sentiu?

- Nada, era tudo vazio e nada me importava

Ela baixou a cabeça quando começou a falar.

- Se um deles morresse eu não iria me importar, eles são a minha família e eu não estava me importando com nenhum

Lauren começou a chorar e assim parou de falar, como fui que toquei no assunto achei que deveria fazer algo, então me levantei, fiquei na sua frente, levantei sua cabeça e me sentei no seu colo.

- Camila…tá fazendo o que?

- Te acalmando...

Encostei nossos lábios bem devagar até que ela me desse libertade para começar um beijo mesmo, isso não demorou muito e já estávamos nós beijando, ela me deu total controle e eu mordia seu lábio inferior levemente as vezes, nosso beijo terminou com um pequeno selinho.

- Mais calma?

Perguntei juntando as nossas testas.

- Muito...

- Ótimo, agora me escuta, você não é assim, e isso vai passar, eu vou estar com você

- E se eu me perde no caminho da escuridão?

- Eu vou pegar sua mão e te chamar, gritar seu nome, para que volte para mim

Ela sorriu e me abraçou, mas ai eu notei que ela estava cochilando.

- Ainda com sono?

- Sim…

- Você dormiu metade da viagem

- E ainda estou com sono

- Kkk nossa

Acabou que eu dormir ali no sofa com ela e acabei tendo aquele mesmo sonho, um lugar sombrio, muitos mortos, muito sangue e uma Lauren que eu não quero nunca vê no mundo real, aconteça o que acontecer, não vou deixar ela ir por esse caminho.

Quando acordei a Lauren não estava ali comigo e nem na casa já que eu chamei e a mesma não deu nenhuma resposta. Então sai para procurar por perto e encontrei ela perto de uma árvore grande, fui até lá e ela nem notou minha presença ali.

- Lauren?

- Que? Oie Camila, acordou agora?

- Sim, fiquei preocupada, não suma assim

- Me desculpe kkk

- Não rir de mim

- Mas você fica fofa assim

- assim como?

- Tentando ficar brava comigo

- Eu vou mesmo ficar se sumir do nada

- Não vou fazer isso kk

- Acho bom, mas por quê está aqui?

- Tem alguma coisa ali

- Ali?

Ela apontou para uma outra árvore na nossa frente.

- Como assim alguma coisa Lauren?

- Eu não sei, parece der algo ou alguém

- E por quê você está tão calma?

- Eu deveria me assustar? 

Ela me perguntou isso com tanta naturalidade, que eu até estranhei, foi assim que ela agiu com a sua família?

- Eu vou ver o que é

- Não, pode ser perigoso

- Eu sou a sua protetora, tenho que ter certeza que vai estar a salvo

- Lauren você...

Agir assim friamente não é o jeito da Lauren. Eu observei ela ir até a árvore, mas quando chegou lá só tinha um coelho, ainda bem.

Porém o que me assutou foi a Lauren puxar uma espada negra, e mira naquele bichinho.

- Lauren, não!

Corri até ela e por pouco consegui impedir, aquela espada é a mesma do meu sonho, não isso não pode acontecer.

- Por quê o defendeu?

- Ele não vai fazer mal, por quê quer matar por nada?

- Por quê?

Ela repetiu isso duas vezes e depois a espada sumiu, mas a Lauren parecia confusa e perdida, não me deixou chegar perto dela então fiz algo para vê se ela voltava ao normal, dei um tapa no sei rosto, não foi forte, mas isso fez a mesma se ajoelhar e me olhar sem entender nada, e assim eu fiquei ajoelhada na sua frente segurando seu rosto com as minhas mãos.

- Camila…

- Eu não vou deixar você se tornar assim entendeu? Você é uma pessoa boa e gentil

- Eu sou?

- Sim você é, e eu vou te dizer isso sempre se precisar, por quê me apaixonei por você assim desse jeito

- Eu não entendo

- Lauren…quem sou eu?

- Camila

- O que eu sou sua?

- Minha protegida...

- Não, o que eu sou sua Lauren?

- Minha namorada

- Isso, agora o que você sente por mim?

Ela pareceu pensar sobre.

- Sentir?

- Lauren o que você sente por mim?

Eu estava prestes a chorar ali mesmo, não quero perde a Lauren para algo sombrio.

- Eu…eu te amo

Sorri, mas como um sorriso de alívio.

- Te amo Camila

- Sim, eu também te amo, não vou deixar as trevas ficarem com você

- Mas....

- Serei oque for preciso serei, não se preocupe estamos juntas nisso

- Você é minha luz…camila.

Eu sei que é ela quem deve me proteger, mas sempre que eu puder, serei eu quem vai ajudá-la.


Notas Finais


Mais um capítulo calmo e tranquilo é bom né


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...