1. Spirit Fanfics >
  2. Legado >
  3. Arqueiro verde está de volta

História Legado - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


O legado de kira foi destruído assim como de nertuno, ane. Quem será o novo sucessor da organização secreta do fbi? Quem será o novo justiceiro dessa cidade? Acompanhe essa história que promete muitas emoções. Qualquer dúvida não se esqueça de está comentando, a cada dia tentarei desenvolver novos conteúdos para os leitores terem mais qualidades de leituras de cada episódio.

Capítulo 5 - Arqueiro verde está de volta


Fanfic / Fanfiction Legado - Capítulo 5 - Arqueiro verde está de volta

Narrador por brayan

Sentando no sofá espero a propaganda passar para ver o jornal

Televisão: E agora vamos para as notícias da noite, um ex empresário acusado de assassinato é morto hoje na madrugada,  nome do assassino é scott morgan, idade 19 anos, fez aniversário semana passada, nesta semana foi determinado morto pelos agentes do fbi, morador de jundiaí, a vizinha procurou a Polícia Civil para dar queixa do suposto assassino, a organização secreta da spk encontrou um vídeo do suposto assassino da vítima esfaqueado na sua casa.

Brayan: Agora ele virou vítima? Sério?

Televisão: Segundo ele, na manhã de ontem, no horário 2:10 da madrugada, será um novo investigador que está com o propósito de assassinar mais pessoas, porém com o objetivo de salvar as pessoas?

Brayan: Esses jornais são uma merda mesmo, agora virei assassino.

Bebendo café enquanto ouço o apresentador do jornal falando sobre ontem

Televisão: Agora com vocês, um recado breve de um dos agentes da spk.

Me assusto ao ver que um dos membros da organização secreta vai pronunciar alguma coisa referente ao caso

Brayan: Parece que deu certo.

Televisão: Olá caros cidadãos de stalin city, sou uma membra da organização da spk, o meu nome é rosita Mancini, tenho 30 anos, essa história sobre ter um suposto detetive querendo fazer justiça com as próprias mãos, na nossa raça não há espaço para pessoas desse tipo, a culpa da morte de scott morgan, um dos ex empresários mais rico, declaramos que onde ele estiver vamos colocar atrás das glades, não é assim que a lei ocorre, cada vítima tem o direito de ter justiça, você que está ouvindo isso suposto detetive, você não é melhor do que ninguém, qualquer um que capturar ele terá uma recompensa de 25 mil, isso é tudo, encerramos por aqui.

Pego o controle desligando a televisão

Brayan: Não deu certo mesmo, terei que usar o plano b.

Levanto do sofá andando para um lado e para o outro pensando em algo

Brayan: O legado de kira foi para o chão, agora vocês me deram as costas.

Pego o diamante que aquela garota me deu, segurando ele repito as palavras: Mkpa

Brayan: Por favor aparece preciso muito da sua ajuda, não posso fazer isso sozinho.

Fecho os olhos repetindo a frase

Atendente:  O que você deseja? Já falei para você que é somente para me chamar no caso de emergência, não por coisas chatas.

Uma voz ecoa atrás de mim, me viro e vejo a mesma garota de dias atrás.

Brayan: Preciso que você traga o legado do Olive Queen de volta para essa cidade

Atendente: E como faria isso gênio?

Ela lhe faz a pergunta ironicamente

Brayan: Olha, depois que voltei alguma coisa aconteceu, não sei como usar os meus poderes, enquanto ainda não sei preciso de um disfarce, estão me procurando, vou ser o novo oliver queen dessa cidade, preciso de um capuz, arco e flechas, não sei como fazer para que apareça usando magia, você é a única garota que eu conheço que é bruxa, aliás você não me falou o seu nome ainda.

Atendente: Me chama pelo apelido Lor

Brayan: Certo, o que devemos fazer?

Ela se aproxima de mim

Lor: Primeiro lugar, aprenda que eu não vou está sempre com você, não pode sair me chamando toda hora, resolva as pequenas coisas sem mim, porque você me tirou de um treinamento somente para fazer isso.

Assim que ela põe sua mão no meu ombro, sumimos do meu quarto aparecendo dentro do shopping.

Brayan: Por que estamos aqui?

Lor: Você é tão bobo.

Ela pega um capuz novo sem ninguém perceber a nossa presença, vem na minha direção nós teleportando para em cima de um dos prédios se stalin city.

Brayan: Se eu soubesse que era somente fazer isso não teria te chamado

Ela me dá um cascudo

Lor: Segundo que o meu número é bem fácil de memorizar: 03426793636

Lhe direciono um olhar confuso

Brayan: Para que eu quero seu número?

Lor: Hare teer ke teer kee maulikata

De repente aparece várias flechas parecidas com a do arqueiro verde

Lor: Jaadoo tona jaadoo kshamataon ek lakshy ko yaad karane ke lie kabhee nahin

Brayan: O que tu está falando?

Lor: Agora você tem as habilidades do arqueiro verde original, fiz um encantamento usando a bruxaria para originar as flechas do verdadeiro oliver queen, e as suas habilidades de nunca errar um alvo no arco e flecha.

Brayan: Interessante, assim quando precisar novamente já sei como fazer isso.

Lor: Terceiro, o meu número serve para que você não seja burro suficiente para me chamar toda hora, me liga, e sim dá certo sim e seja paciência, a pressa ainda vai te atrapalhar muito no decorrer da sua vida. E sim, era mais fácil você ter comprado um capuz novo do que ter feito um, mas você não sabia o encantamento cabeção.

Brayan: Desculpa - solto risos

Lor: Você não tem jeito mesmo hein, por que afinal você quer ser o novo vigilante?

Brayan: Não querendo ser rude, mas não te interessa nenhum um pouco.

Lor: Não é da minha conta também, mas da próxima vez que me chamar por um motivo tão fútil assim vou atingir uma flecha na sua perna.

Brayan: Você não acha que está bem estressadinha?

Sinto uma dor imensa na minha perna quando vejo tem uma flecha perfurada 

Lor: É o meu jeito de ser, boa sorte para ser o novo arqueiro.

Coloco o capuz guardando as flechas

Brayan: Me dá um último conselho?

Lor: Diga

Brayan: Por que eu sou tão diferente dos outros bruxos? Não consigo focar na bruxaria, as escolhas do meu passado me fez assim, depois que eu despertei nessa realidade, não consigo entender como funciona as coisas.

Lor: Não sou uma boa conselheira, mas prove para si mesmo que você consegui, segui o seu caminho sem olhar para trás, treine para você ser um dia mais forte do que eu, você tem potencial use ao seu favor, você não precisa ser um bruxo para desenvolver as suas próprias habilidades.

Ela coloca o seu braço na minha frente com a mão para cima

Lor: shaktiyaan pustak

Aparece um livro nas suas mãos

Brayan: O que é isso?

Lor: Um livro de poderes usando a magia negra, branca e vários feitiços.

Ela me entrega o livro

Brayan: Não sei como agradecer

Lor: Você vai me dever um favor no futuro, ainda vou cobrar.

Ela solta risos

Brayan: Agradeço deste já 

Lor: Já sabe o que fazer, ibelata.

Ela some da minha frente

Brayan: Agora é por conta própria

Após ela sumir começo a caçada de  62.517 criminosos soltos, segundo informações do Ministério da Saúde. Isso equivale a uma taxa de 30,3 mortes para cada 100 mil habitantes, uma das mais altas taxas de assassinatos intencionais do mundo. Alguns dias depois, O número de assassinatos cai 19% em stalin city em 2020, menor da série histórica. Com o vigilante de volta,  Stalin city teve 41.635 assassinos de crimes violentos no ano mortos. Trata-se do menor número desde maio, a segurança Pública passou a coletar os dados. A organização secreta acompanha os assassinatos mês a mês, tentando capturar quem está por trás de tantas mortes, mas ainda não encontraram o vigilante, os agentes da spk colocaram vários cartazes durante esses dias para quem encontrar o indivíduo lhe disponibilizando as recompensas.


Notas Finais


Não perca no próximo episódio. Se você quiser participar também da história, basta apenas deixar a sua sugestão nos próximos episódios, deixarei créditos no perfil de quem deu as sugestões, somente os entendedores que leram as supremacias tecnológicas entenderão esse final, agradeço deste já.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...