História Legados (Reader Insert) parte 2 - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Harry Potter, Hermione Granger, Lílian Evans, Narcissa Black Malfoy, Nymphadora Tonks, Personagens Originais, Regulus Black, Remo Lupin, Ronald Weasley, Severo Snape, Sirius Black, Ted Lupin, Tiago Potter, Tom Riddle Jr.
Tags (seunome), Drama, Harry Potter, Leitora, Morte, Remo Lupin, Reversão, Severo Snape, Sirius Black, Traidores, Você
Visualizações 25
Palavras 810
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Magia, Musical (Songfic), Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Linguagem Imprópria, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 11 - Confusão de Ideias e Perdas


Nathan on

E do nada o mundo dá voltas e ninguém percebe que está tudo fora do lugar.

Percebi isto quando acordei nos dias seguintes depois daquele incidente e vi que tudo estava silencioso, não literalmente claro, as pessoas continuavam barulhentas, sem noção, mas mesmo assim estava tudo tão silencioso. Me arrumei com a intenção de procurar Ted e falar com ele sobre o pai, mas não foi necessário porque ele já estava na porta da Grifinória esperando alguém sair e ele não parecia muito feliz.

- Sim, Ted? - perguntei educadamente, ele cruzou os braços e me disse uma coisa que me fez paralisar um pouco.

- O que aconteceu ontem e por que meu pai está praticamente fugindo da escola daquele jeito?

- Do que você está falando, Teddy, você está louco, e mais você está me acusando, como ousa? - eu falei em voz baixa, claro, mas não escondi minha irritação.

- Meu pai, eu não sei o que aconteceu ontem, mas agora ele está se arrumando e juntando suas coisas para ir embora, ele não quis falar comigo porque ele já estava falando com Harry e eu ouvi seu nome e o nome do professor Snape. - ele disse, também irritado e triste.

- E é claro que a escolha mais óbvia é me acusar, certo?

- Bom, eu não vejo outra explicação, e eu me lembro muito bem do que você fez com aquelas crianças que fizeram algo que te aborreceu, eu ainda me lembro dos professores correndo para salvar um deles de se afogar então não é minha culpa. - ele disse me acusando, eu fiz isso mesmo, mas em minha defesa eles queriam me botar para baixo fazendo bullying comigo.

- A culpa não é minha que eles não sabiam nadar e mais eu gosto do tio Remo, não faria nada contra ele, eu pensei que você fosse meu amigo e não um inimigo, por favor mantenha distância, se eu precisar de você, você vai saber e até lá não somos mais amigos,nem primos, nem irmãos. - eu disse sem arrependimentos, sem pausas e sem piscar, encarando friamente um dos dois únicos que eu considerava como irmão mais velho, me virei de costas para ele e fui até a sala do tio Remo, Harry ainda estava lá e meu tio estava dando algo a ele.

- Como eu não sou mais seu professor eu não me sinto culpado de te dar isto. - ele disse entregando um pedaço de papel a Harry.

- Obrigado, professor! - Harry disse enquanto guardava o pergaminho no bolso.

- E eu não ganho nada? Há quanto tempo o senhor me conhece e não me dá presentes? - eu perguntei, sorrindo brincalhão, ao meu tio.

-Nathan, não me assuste e eu nunca precisei te dar persente porque (seu nome) não te deixava faltar nada.

- Meu tio Severo sempre me deu presentes no meu aniversário, Natal, dia das crianças...

- Sim e é típico de sonserinos mimarem as crianças, ou o que eles têm de mais próximo de um filho ou coisa assim... - meu tio disse, pensativo.

- Bom , eu devo assumir que Ted Lupin estava correto ao afirmar que o senhor iria embora? - eu perguntei, meu tio e harry fizeram caretas de confusão.

- Ted Lupin? É assim que vocês estão se chamando agora, por nome completo? Mas, de qualquer forma, sim, eu vou mesmo, professor Snape deixou escapar sem querer meu segredo.

- Sem querer é... - Harry começou, mas tio Remo o interrompeu.

- Vamos fingir que sim, pelo bem de todos... adeus, crianças, Nathan até daqui uns dias.

- Até mais, tio. - eu disse, observando-o sair, depois olhei Harry de canto de olho e saí também.

Resumo do dia de hoje: perdi um amigo, um professor, e não sei o que está acontecendo comigo, mas algo me diz que eu não deveria me importar.

Nathan off

(Seu nome) on 3ª pessoa

Os dedos (cor da sua pele) passavam as folhas do jornal lentamente, na mesa de café (sua comida favorita), a mulher não estava bem apesar daquele lugar calmo e cheio de luz natural. Não, na verdade (seu nome) estava preocupada, cansada e basicamente esgotada, Nathan ia chegar em apenas alguns dias, e por mais que ela quisesse ver o filho, queria um tempo só para si também. Passando as mãos nos cabelos (vermelhos, loiros, pretos, castanhos, etc, longos, curtos etc.) a mulher suspirou, poderia mandá-lo para a casa de seus pais por duas semanas e descansar, e depois curtir seu filho no resto das férias, afinal se ele ficasse em casa com (seu nome) tão estressada os dois acabariam machucados.

É isto, (seu nome) pensou, vou deixá-lo lá por duas semanas enquanto descanso e depois eu vejo o meu bebê o restante das férias. Nada pode dar errado, certo?

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...