1. Spirit Fanfics >
  2. Legolas - Minha Felicidade >
  3. Prólogo

História Legolas - Minha Felicidade - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Olá pessoal venho aqui com mais uma história pra vocês ...
Minha Felicidade promete ser uma estória de muito amor e carinho envolvido espero que gostem ♡.

Estou aberta a críticas e não se esqueçam de compartilhar comigo sua opinião sobre cada capítulo ☆.
Desde já agradeço e peço desculpas se tiver algum erro na escrita.

Beijos e boa leitura....

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction Legolas - Minha Felicidade - Capítulo 1 - Prólogo

Meu amado Legolas .

Hoje meu ada me contou sobre o seu desejo de ir embora , rever seus amigos , sua amada floresta e aquela elfa de cabelos avermelhados . Eu não digo que fiquei surpresa eu já esperava por isso , o que eu não esparava era que você fosse me fazer tanta falta , você ainda nem partiu e eu já sinto meu peito doer . Acho que esse seu jeito gentil e cavalheiro me conquistou aos poucos .

No começo você foi um estorvo pra mim , lhe sou grata por ter salvo meu ada mas senti ciúmes quando ele disse que te considerava um filho , senti raiva pela memória do meu irmão eu o amava tanto .

Mas agora depois de mais de um ano na sua presença , fico imaginando como será a minha vida quando você partir. Com quem eu vou treinar arco e flecha ou quem vai olhar as estrelas comigo toda noite ? perguntas assim vem ha minha mente , a cada minuto eu me pego pensando em você.

Sei que parece idiotice mas minha mãe insisti em dizer que eu devo lutar por você , por seu amor . Eu não sei nem o que dizer , você parte amanhã e eu creio que você ainda ame a filha da floresta. Tauriel! é um belo nome e como você mesmo me disse ela é linda com seus longos e ondulados cabelos ruivos , por mais que nunca a tenha visto posso imaginar como ela seja bela ao contrário de mim que sou uma branquela . Branquela , era assim que meu irmão me chamava , eu odiava mas agora eu daria de tudo pra ouvir ele dizer isso mais uma vez.

Eu vou entender se você quiser me esquecer , eu seria mais uma conhecida sua , seria apenas a princesa turrona de Ascalën . Mas eu vou sentir tanta saudade de você , do seu sorriso , até desse seu jeito certinho que me deixava tão enfurecida .

Se você decidir ir embora talvez eu devesse me aventurar na floresta nevada e enfrentar meus medos , lutar contra meus próprios demônios e voltar a cantar ; sim eu vou voltar a cantar pelo meu irmão e talvez o vento leve minha canção até seus ouvidos . Poderíamos manter contato , conversar por cartas e quem sabe um dia nos reencontrar-mos .

Só pesso que não me escreva sobre o seu reencontro com Tauriel ou sobre a sua vida conjugal , eu não preciso saber disso e se você chegar a se casar com ela ou com qualquer outra elfa não me mande o convite pois eu não irei . Seria demais pro meu coração ver o amor da minha vida caindo de amores por outra elleth .

Eu só quero que seja feliz e não se preocupe comigo , eu prometo não me meter em confusões ou tentar matar um Troll . Saiba que eu estou escrevendo essa carta com um sorriso no rosto pois seja lá qual for a sua decisão você vai estar caminhando em direção a sua felicidade e isso me deixa muito alegre , saiba também que eu vou cuidar do Taskyn aquele animal das neves vai crescer e se tornar um majestoso alce e eu vou monta-lo mesmo que eu quebre alguns ossos na tentativa mas eu vou conseguir doma-lo.

Bem agora eu acho que posso me despedir de você , não sei se minhas palavras lhe fizeram mudar de idéia ou se fizeram você querer correr de mim mas eu espero do fundo do meu coração que você ainda se lembre da minha pessoa pelo menos com uma amiga .

Nai tielyar nauvar laiquë arë laurië .

Melinyes , namarië !

                    Princesa Eleneth

Legolas fechou o envolpe dourado e o guardou em uma gaveta de sua cômoda , andando pelo quarto ele pois se a pensar no que faria depois da carta da princesa. Eleneth não era só uma princesa , era turrona e destemida mas não deixava de ser medrosa e delicada.

O dia amanheceu e com ele vinha a decisão do príncipe ; Legolas andava pelos corredores do castelo em busca da formosa elleth de cabelos louros e ondulados até que a viu sentada em um banco nos jardins . Ela usava um corpete dourado trabalhado com jóias e vários adereços , o grande decote em v ia até o meio da barriga , colado como era marcava a curva de seus seios e a fina cintura da mesma .

O vento balançava a delicada seda da saia da princesa , seu cabelo preso em cima permitia que todo o resto caisse em cima de seus ombros e costas . Seu semblante era triste e seu olhar estava perdido em meio as flores do jardim , a cena fazia Legolas ter a certeza de que estava tomando a decisão certa para a sua vida .

Lentamente ele se aproximou e sentou ao lado da princesa que nem percebeu sua presença até sentir sua mão ser tocada . A princesa o olhou espantada mas logo se recompôs ainda deixando visível sua tristeza.

- Pensei que já tinha partido . Disse ela voltando seu olhar para a borboleta que passará a sua frente.

- Eu estava em dúvida , passei a noite olhando minhas malas e tentando encontrar uma solução e a sua carta me deixou muito nervoso . Falou o elfo de cabelos tão loiros e radiantes quanto o próprio sol .

- Desculpe não quis te deixar nervoso , só queria que soubesse o que eu penso e sinto antes que partisse . Disse ela quase que inaudível mas Legolas com sua audição aguçada escutou perfeitamente.

- Você não é branquela . Disse ele arrancando uma fraca gargalhada da donzela .

- Obrigado por vir se despedir, pensei que se esqueceria de mim . Contou com os olhos marejados se levantando.

- Nunca me esqueceria de você . Disse Legolas também se levantando . A princesa evitava olhar para os olhos do príncipe não queria que ele visse suas lágrimas .

- E eu não vou partir ! Disse ele colocando uma mecha de cabelo atrás da orelha pontuda da princesa.

- Você vai ficar ? Perguntou ela incrédula .

- Salvar seu pai e levar uma flechada envenenada foi a melhor coisa que me aconteceu , eu conheci esse reino maravilhoso cheio de magia e pessoas boas , conheci você e é por você que vou ficar . Disse ele acariciando o delicado rosto da princesa.

- Oo...que? Perguntou ela sem acreditar nas palavras que Legolas dizia .

- Melinyes. Falou ele aproximando seu rosto do da elleth .

- Melinyes , melmë . Sussurrou ele roçando seu nariz no da princesa que nem ao menos piscava e por fim a beijou como se beijasse uma flor , com toda a delicadeza ele a puxou pra si colando seus corpos . A princesa demorou a ter certeza de que o beijo era real , com as mãos no peito do príncipe ela se entregou ao momento , entreabriu os lábios dando passagem para a lingua do príncipe que não perdeu tempo em toma-la em um beijo prufundo e apaixonado.

Com a falta de ar se separaram e Legolas perdeu-se nos olhos cristalinos de Eleneth .

- Não é um sonho é ? Perguntou ela deixando suas lágrimas escorrem por suas bochechas rosadas .

- Se for um sonho eu não quero acordar. Respondeu o príncipe voltando a beija-la com fervor , a princesa enlaçou o pescoço do príncipe tento a esperança de um futuro feliz ao lado do elfo que ama.



Notas Finais


•Elleth - Elfa
•Melinyes , melmë - eu te amo , meu amor .
•Nai tielyar nauvar laiquë arë laurië - Que seus caminhos. sejam verdes e dourados
•Melinyes , namarië ! - Eu te amo , adeus!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...