1. Spirit Fanfics >
  2. Lei do amor >
  3. Clima natalino

História Lei do amor - Capítulo 20


Escrita por:


Capítulo 20 - Clima natalino


Já era noite de véspera de natal. Eu estava me maquiando para ir para nossa ceia, me olhei no espelho e admirei minha barriga,ela não era muito grande mas dava pra ver sua formação. 

Mesmo assim,meu pai ainda não sabia. Não queria criar um clima entre ele e o Peter. Então resolvi ficar calada. 

Coloquei um vestido Gold rose de cetim simples, ele era curto de cordinha dos lados e tomara que caia e botei uma sandália plataforma alta branca a qual eu amava. E desci, a ceia era formada por mim, pela Safira e meu pai. 

Com o decorrer dos dias,ele estavam ficando super bem e totalmente próximos ...até demais. Eu os observava tirando o pernil no fogo, felizes e dando uma risada alta. Enquanto eu estava sentada no sofá totalmente indisponível. 

- Vocês tão esperando alguém? — perguntei e eles negaram com a cabeça.— deixa que eu atendo. — fui até a porta e dei de cara com um buquê de flores enorme. 

- Eu errei com você. Mas não parte meu coração,Katherine. — ele disse. — Eu soube o por que você foi naquele dia no escritório. E descobri também que a vasectomia não atingiu todos meus espermas e um deles, foi pra você. Talvez um milagre,não que acredite nessas coisas,mas... — ele abaixou a cabeça.— eu quero ficar com você. E eu só fiz aquilo por que você estava diferente comigo.

- Isso não justifica sua sede de senverginhisse.— cruzei os braços séria.

- Eu sei. Eu sei.— ele coçou a cabeça.— Mas eu quero ter você. 

- Eu não sou sua propriedade,Peter.— taquei o buquê na cara dele e bati a porta com força.— IDIOTA! 

- O que houve,Kat? — perguntou meu pai. E logo abriu a porta e viu Peter indo em direção do carro.— O que você está fazendo aqui? 

- Eu vim ver a mãe do meu filho,algum problema? — ele cruzou os braços. 

- Só se você for muito louco.— meu pai riu.— não tem ninguém com filho seu aqui!  — ele me olhou sério.

- Josh... Deixa ela explicar.— Safira disse.

- VOCÊ SABIA? — ele gritou.— VOCÊ SABIA,SAFIRA? VOCÊ DEIXOU ELA COMETER ESSE ERRO, VOCÊ ACOBERTOU ISSO? 

- Josh... Acalma-se. Vamos entrar todos conversar civilizadamente.— ela tentou acalma-lo. 

- EU NÃO QUERO ESSE PROJETO DE IMBECIL AQUI! — meu pai gritou. 

- Pai...

- CALA A BOCA! — ele suspirou.— Você foi minha pior decepção.— ele falou e saiu andando pra dentro de casa aquilo soou nos meus ouvidos como uma facada no meu coração. 

- Katherine... — Peter tentou me abraçar mas eu recusei.

- NÃO TOQUE EM MIM! SE NÃO FOSSE POR CAUSA DE VOCÊ NADA DISSO ESTARIA ACONTECENDO! — entrei dentro de casa e corri pro meu quarto. 

- Ela errou,Josh,mas não deixa de ser nossa filha. — ouvi Safira tentando justificar.

- Eu não queria que isso acontecesse isso com ela por isso mesmo. Por ser minha filha.— ele suspirou.— Eu a amo e não queria que um qualquer a magoasse.

- Essa qualquer é pai do nosso neto ou neta. Ele também merece nosso respeito, Josh. Por favor! — ela se ajoelhou na frente dele e ele acariciou o rosto dela.

- Como eu vivi tanto tempo sem você? — ele falou a admirando.

- Eu ainda amo você.— ela falou e ele a puxou para um beijo. Volto pro meu quarto e me deito na cama. 

- Posso entrar? — meu pai perguntou e logo Safi também apareceu. Eles se sentaram um em cada canto da cama e eu me sentei também. 

- Me desculpa pai, por mentir pra você. — abaixei a cabeça.

- Me desculpa por eu dizer que você é minha decepção. Eu nunca diria isso fora da raiva. Por que você nunca foi uma decepção pra mim. — ele segurou a mão da Safira e a minha e deu um beijo.— Pelo contrário você foi feita do meu maior amor. 

- Eu te amo pai.— o abracei. — Eu amo vocês dois.— logo tivemos um abraço trisal. O natal não poderia ser melhor,e se eu pudesse parar esse momento no tempo,eu pararia eu não me sentia tão amada há anos. Mas hoje eu estava com meu pai...e com a minha mãe. 

- Acho que devemos comer o pernil.— ele mudou o assunto.— Sua mãe quase queimou o pernil.— rimos. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...