História Lembranças - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Drama, Jongkook, Kook, Romance, Taehyung
Visualizações 7
Palavras 859
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Mais um capítulo para vocês.

Capítulo 13 - Capítulo 10



 

Acabamos o jantar e eu não tive coragem de contatar a Sam sobre a mudança, não acho que isso está certo, mas como que eu digo para o Tae. Ele parecia tão feliz no telefone com a ideia de nos mudarmos para lá.

Ponho Sam para dormir e como de costume ela pede para eu cantar para ela.

Sam- mamãe, você canta tão bem, poderia ficar famosa.

Sorrio com afeto para a criança que retribui o sorriso sonolenta. Após a Sam adormecer eu vou até a pequena adega na cozinha e pego um vinho tinto alemão, despejo um pouco do liquido cor púrpura escuro e faço o ritual de degustação, que aprendi com o Tae, antes de beber.

Eu não costumo beber bebidas com álcool, mas a ocasião é bem propícia para isso, com tantos problemas para resolver eu não consigo nem ouvir meus próprios pensamentos, isso é ruim eu preciso me recompor o quanto antes.

Respiro fundo e despejo o vinho novamente na taça, que já estava vazia, olho a vista do meu apartamento e me lembro do que o JungKook disse “não estou falando dela” porque essa simples frase me afetou tanto?

Parando para pensar eu sempre estou na defensiva com o JungKook.

Summer- (suspira) porque é tudo tão complicado?

Eu passo um bom tempo olhando para a vista do meu apartamento, até adormecer sem perceber.

Acordo de manhã assustada. Sinto uma dor de cabeça assim que tento me levantar.

Summer- (coloco a mão na cabeça) acho que bebi demais.

Resmungo, pois meu corpo do doí, devido eu ter dormido em uma poltrona desconfortável.

Summer- concerteza eu bebi demais.

Eu me levanto, pego a garrafa de vinho, praticamente vazia, que estava em cima da mesinha de centro. Olho meu celular em cima da mesa de jantar.

Summer- que estranho eu tenho quase certeza que de eu tinha posto isso do meu lado na poltrona.

Aproveito e olho a hora, são nove da manhã, ainda bem é fim de semana e eu estou de folga. Vou até o quarto da Sam e a acordo.

Summer- filha acorda o seu pai vem te buscar daqui a pouco.

Sam- uh, bom dia mamãe.

Summer- bom dia minha princesa, é melhor você já ir se arrumar para você não se atrasar.

A menina se levanta da cama e vai até seu closet para trocar o pijama, e eu vou até a cozinha preparar algo leve para ela comer, já que, está um pouco tarde para um café reforçado.

Sam- mamãe eu estou pronta.

Eu olho para criança que veste um vestido floral com babadinhos, uma sandalinha e um chapéu com um laço azul claro.

Summer- aonde você vai tão bonita?

Sam- o papai disse que eu e ele vamos fazer um piquenique na praia hoje.

Summer- que legal, bom! a praia é um pouco longe então é melhor você comer antes de ir ok?

A menina se dirige até a mesa e pega um sanduiche de queijo com tomate.

Sam- está uma delícia mamãe!

Summer- que bom.

Eu escuto o interfone tocar e vou atender.

Summer- pode deixar ele subir. Sam! seu pai já chegou.

Sam- eba eu vou para a praia!

Eu dou risada da animação da menina.

Summer- você já arrumou a sua bouça?

Sam- sim.

Summer- colocou trocas de roupa, uma toalha, repelente para a praia?

Sam- sim mamãe.

Summer- e roupa de banho para entrar no mar?

Sam- mamãe não se preocupe eu estou levando tudo que preciso.

A campainha toca e eu vou atender, é o JungKook.

Summer- (grito) filha seu pai chegou. Oi JungKook.

Ele apenas me comprimenta com a cabeça. A Sam vem correndo e abraça o pai.

JungKook- minha querida está pronta para ir a praia?

Sam- eu nasci pronta.

Todos nós damos risadas da menina que também sorri. Eu me lembro de algo.

Summer- filha você passou protetor solar?

Sam- ah, eu me esqueci, mas eu estou de chapéu mamãe.

Summer- mesmo assim você tem que passar, vem cá para mim passar em você.

Eu entro com a menina para passar o protetor, mas o JungKook não entra, continua parado na porta como um poste.

Summer- não vai entrar, não?

JungKook- eu estou bem aqui.

Summer- ok.

Ele está estranho será que aconteceu alguma coisa?

Termino de passar o protetor na criança.

JungKook- está faltando mais alguma coisa?

Sam- acho que não né mamãe?

Summer- também acho que está tudo ok.

Sam- então vamos papai.

JungKook- vamos sim filha.

Summer- se divirtam.

Eu me despeço dos dois que parecem animados com a praia “espero mesmo que eles se divirtam”, como era meu dia de folga eu decidi dar uma adiantada em alguns papéis pendente e eu acabei adormecendo em cima da papelada. Fui acordada pelo meu telefone tocando desesperadamente.

Summer- nossa eu acabei dormindo.

Eu atendo o telefone.

Summer- aló.

???- oi Summer.

Summer- JungKook? porque você está me ligando?

JungKook- a Sam sofreu um acidente e está no hospital.

Eu desligo o telefone correndo pego algumas coisas incluindo dinheiro e documentos da Sam e desço o mais rápido possível até o estacionamento pego o meu carro e vou rumo a praia.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...