1. Spirit Fanfics >
  2. Lemon Boy - (Sasunaru) >
  3. You are a monster from hell.

História Lemon Boy - (Sasunaru) - Capítulo 5


Escrita por: oldsatan

Capítulo 5 - You are a monster from hell.


Fanfic / Fanfiction Lemon Boy - (Sasunaru) - Capítulo 5 - You are a monster from hell.

Leiam as notas finais por favor ✨

—🌿🍋🍃—

Ele passa as mãos ao redor do meu rosto. Nos encaramos por um tempo, navego e afundo meus pensamentos dentro dos seus olhos. Naruto se aproxima cada vez mais e então lambe o canto dos meus lábios suavemente. Fecho os olhos com força, sinto borboletas no meu estômago e meu rosto corar violentamente, lentamente ele dá um leve e selar nos nossos lábios, sem língua nem nada, apenas um beijo normal. Posso jurar que estou enlouquecendo, mesmo que por um momento eu pensei que não seria uma boa ideia fazer isso no meio de um parque. O lugar. A situação. as sensações. Tudo girou em torno para tornar o momento mais especial. Talvez eu esteja exagerando. Talvez para ele tenha sido só um beijo, mas o que tem de errado em sentir?


Ele se afasta rápido e ambos desviamos o olhar, com vergonha.


– Me desculpa, eu não devia ter feito isso.– Seu tom de voz é meio triste.


– Idiota.– Ele me olha confuso – Eu te chamei de idiota! Me beija e depois pede desculpa? Quem é que faz isso!


– Eu pensei que você não quisesse!– Se defendeu.


– Se eu realmente não quisesse eu teria te empurrado ou alguma merda assim. Não vem me dizer que já se arrependeu!


– Ah, CALA A BOCA.– Agora você esgotou com a minha paciência.


– VEM CALAR ENTÃO– Eu ja estava me preparando pra trocar uns socos quando ele me jogou de costas pro chão e começou a me beijar novamente. Dessa vez com passagem para a língua, não sou a pessoa mais experiente com beijos, mas Naruto dirigiu cada detalhe, enquanto uma de suas mãos passeava na minha cintura e a outra enroscava os dedos no meu cabelo. Eu podia sentir a grama meio úmida e os raios de sol quente. Mas nada disso tirava minha atenção do garoto mais lindo que eu ja vi na minha vida.


Ele levanta e eu continuo deitado, com os olhos arregalados e as bochechas vermelhas.


– E não é que deu certo?– Ele ri– Você ficou quietinho!


– ABUSADO.


– Sasuke-chan?– Ouço uma voz familiar se aproximando, viro o rosto e atrás de mim está Deidara, me olhando com uma cara de constrangido, será que ele viu alguma coisa? Não tinha ninguém perto.


– Deidara-sama! Não tinha te visto aí, dando um passeio?


– Quem é o seu... amigo?– Por favor não tenha visto nada. Por favor não tenha visto nada. Por—


– Meu nome é Naruto! Naruto Uzumaki! É um prazer te conhecer– Ele solta aquele sorriso radiante novamente. Deidara aparenta estar menos suspeito e mais relaxado agora.


– Bem, eu estava só dando uma passada. To indo visitar uns amigos... Ei Naruto, nós ja nos vimos antes? Seu nome me é muito familiar...


– Haha, impossível, eu sou novo na cidade, difícil você ja ter ouvido falar de mim – Naruto está nervoso. Então ele realmente está escondendo alguma coisa.


– Se você diz. Se eu lembrar de alguma coisa eu aviso... Enfim! Vou indo agora, antes que eu passe a tarde aqui conversando, foi um prazer Naruto, Sasuke-chan, até mais!


– Até...


Olho para Naruto e ele me parece meio emburrado, e está fazendo um biquinho, realmente fofo.


– Naruto, o que houve?


– Hm. Nada.– O que há com esse cara?!


– Se não quiser falar tudo bem...


– É PRA VOCÊ INSISTIR!


– Mas você não quer falar!


– Ah é? VAI COM O DEIDARA ENTÃO!


Se passam uns 3 segundos até eu cair na gargalhada, então tudo isso é ciúmes?


– DO QUE VOCÊ TÁ RINDO?!


– Você é uma criança mesmo– Eu o abraço por trás– Não precisa ficar com ciúmes.


– Não to com ciúmes. Agora vamos pra casa.


– Você que manda.


—🌿🍋🍃—


Chegamos em casa e notei que Itachi não estava lá. Decidi ficar um tempo no meu quarto estudando, afinal as provas estavam se aproximando e eu ainda não domino a matéria direito. Naruto senta na sala e fica assistindo qualquer coisa na TV, subo as escadas e sem mais espera pego meus materiais. Sinceramente toda essa matemática é inútil, afinal por que um escritor usaria isso? A não ser que eu seja John Green escrevendo o Teorema de Katherine, nunca vou precisar usar todas essas contas.


Começo a viajar um pouco nos meus pensamentos e a me lembrar do beijo, meu rosto volta a esquentar ao me recordar de tudo o que aconteceu no parque. Nunca achei que estaria nessa situação, amigos supostamente deveriam de beijar? Itachi vive beijando os amigos dele, é pra fortalecer a amizade ou algo assim ou sou eu que estou vendo tudo errado?


Pensar em Itachi me lembrou de Deidara no parque, ele parecia realmente suspeito em relação ao Naruto, não que ele esteja errado, afinal desde o início Naruto não me contou nada. De onde ele veio. Quantos anos ele tem. O motivo da sua morte. Ok, talvez essa última pergunta seja um pouco invasiva, mas eu tenho o direito de saber! Afinal, agora que ele invadiu a minha vida completamente temos que estabelecer uma relação de confiança. Mas Deidara estava agindo como se estivesse junto com um ex criminoso que fez algo horrivel, só que é impossível. Ja viram o rostinho do Naruto? Ele jamais faria nada de mal pra ninguém. Eu pelo menos espero que não, espero que eu não esteja me deixando levar.


Ouço leve batidas na porta do meu quarto e me levanto para ver o que, Naruto esta parado na frente da mesma, meio cabisbaixo, abro caminho para ele entrar e então nos sentamos em cima da cama.


— Você acha que o seu amigo não gostou de mim?– Pergunta entrelaçando os dedos.


— Quem? Deidara? Deixe de besteiras, não tem motivo pra ele não gostar de você, afinal você foi bem simpático e acolhedor, como sempre– Assegurei.


— É só que... ele me olhou de uma forma estranha. Será que ele realmente já me conheceu? Tipo... Quando eu estava vivo?

— Se ele tivesse, ele teria se lembrado. Não tem por que você se preocupar, agora vem cá.– Pego sua cabeça e deito ela no meu colo, faço um cafuné de leve em seus cabelos macios, e aos poucos, vejo seus olhos fechando e ele caindo no sono. Acho que Naruto não dormiu muito bem hoje, afinal deve ser estranho pra ele. Deixo ele deitado lá e desço para desligar a TV, quando escuto meu celular tocando. Desbloqueio a tela e atendo, é o Deidara, me pergunto do que ele precisa uma hora dessas...

— Alô?

— Sasuke-chan, que bom que atendeu. Tem uma coisa que eu preciso falar, sobre aquele seu amigo... Naruto.

— Estou ouvindo.– Sei que é errado cuidar da vida dos outros desse jeito, mas é como eu disse, eu tenho o direito de saber. Então se ele não vai contar, eu vou descobrir.

— Como eu disse antes, eu vim pra casa de uns amigos meus, e resolvi perguntaram se eles conheciam esse nome. E assim como eu, eles também acharam bem familiar. Resolvemos pesquisar um pouco e Sasori descobriu que Naruto estudou com ele a uns dois anos atrás.

— Ah, então eles se conhecem, talvez eles possam se reencontrar um dia desses...

— Não Sasuke, você não ta entendendo... Naruto se matou no começo do ano passado, depois do namorado dele ter vendido ele pra pagar uma dívida de drogas, ele deu um tiro no namorado e depois em si mesmo... é impossível esse seu amigo ser o Naruto.

—🍃🍋🌿—



Notas Finais


VISH KK

primeiro, MUITO OBRIGADA PELOS COMENTÁRIOS E PELOS 96 FAVORITOS EU AMO VOCÊS DEMAIS AAAAAA

ME DESCULPEM O SUMIÇO, meus amigos tavam cheios de problemas e eu tinha q cuidar deles, dar atenção sabe, sou a mãe do grupo, JURO QUE NÃO VAI ACONTECER DNV E Q O PRÓXIMO CAP VAI SAIR O QUANTO ANTES.

É SÉRIO HDKEJD DESCULPA 😔😔


desculpa pelo capitulo curto também, DESCULPA POR PEDIR MUITAS DESCULPAS.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...