História Lendas da Caos e Ordem - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias .hack//Roots, Accel World, ARIA The ANIMATION, One-Punch Man, Pandora Hearts, Sword Art Online, Tokyo Ghoul, Tokyo Ravens
Personagens Personagens Originais
Tags Comedia, Romance Magia Drama
Visualizações 0
Palavras 676
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Magia, Romance e Novela, Sobrenatural, Survival, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sadomasoquismo, Suicídio, Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 6 - A verdadeira Lucy


Enquanto Ichan está preso em uma nave, em um lugar bem distante, um planeta pouco conhecido, alguém avista algo rasgando os céus, ardendo e chamas. A parte da frente da nave onde estava Lucy cai no chão, para uma huamana normal não sobreviveria, por sorte Lucy não se encaixa em nenhuma dessas definições.

Uma equipe de doze pessoas foi investigar, a queda.

Lucy estava machucada, afinal foi uma reentrada na atmosfera. Ela consegue sair dos destroços da nave. E assim o grupo expedicionário achou a Lucy sentada a uns dois metros da do que parecia ser a a cabine de comando, ela parecia bem consiente. Ao chegarem a primeira coisa que notam é a roupa de oficial Laurenciana, ainda que despedaçada, bem como que ela ainda estava com a maleta.

-Você está bem moça? Alguém pegunta.

Ela demora um pouco para responder:

-Não sei acabei de cair, ainda estou viva.

-Podemos te ajudar-

-Não, espere ela é Laurenciana, olhe aquele uniforme. Diz uma voz

-Eu não sou! Disse Lucy.

-Claro que é, e essa nave é um A21-35, pelo menos era uma nave bem usada por eles, o que você deve ter uma maleta deve valer bastante, além do seu resgate. Disse outra pessoa.

-Vocês não dão trégua nem a uma dama que caiu dos céus como um anjo? Ironiza Lucy

-Um anjo caido, e ainda por cima Laurenciano. Retrucou outro.

Lucy se levanta apoiando em sua espada, e em seguida tira ela da bainha.

-Ha por favor, isso é uma espada, eu tenho 30 balas calibre 762. Diz outra pessoa do grupo e aponta um fuzil para Lucy, todos os outros fazem o mesmo.

Lucy da uma respira profundamente, ela quebra com suas mãos a algema que está no mesmo braço que usaria a espada.E e alguém do grupo diz:

-Ela é forte, mas acabou de cair e nós é que estamos armados, é melhor fica quieta!!

Lucy sorri por um instante. Derrepente dois se separaram do grupo, levando correntes, eles tentam prender Lucy enquanto os outros então preparados para atira caso não desse certo. Eles até tentam enrolar Lucy nas correntes, mas como se fosse um cabo de guerra ela simplesmente puxa e ignora quem estava do outro lado da corda. E parte para cima dos que estão armados, e chegando perto deles rapidamente, consegue derrubar alguns no chão ou demais começam a atirar, outros não, já que eles estavam bem perto um dos outros, e haveria caso de fogo amigo, e Lucy tinha pensado nessa hipótese, dos que atiram algumas balas não acertam umas passam raspando, e ao menos duas acertam Lucy mas ela continuou lutando, e com sua ação rápida sabia que muitos deles não tereiam tempo de reagir da maneira correta. Ela precisa ser mais rápida que nunca. Com isso sua espada parece apresentar um aspecto estranho, a lâmina prateada tornava se cada vem mais escura, até que uma névoa escura se espalhasse, isso deserientou o grupo. Mesmo com a espeça camada escura Lucy sabia exatamente onde cada um estava, com isso apenas 3 consguiram sair de perto de fumaça e não foram pegos por Lucy.

-Monstro! Grita um homem que dá uma coronhada em Lucy.

Ela não se balada e dá uma porrada nele com a espada, ele cai no chão. Os outros dois chegam por traz, um deles tenta tomar a espada de Lucy, porém quando a tocar sente sua mão arder.

-Que diabos é isso? Disse ele, parando de tocar a lâmina no mesmo instante. Lucy então o nocalteia dando lhe um chute entre suas pernas.

-So falta você! Diz Lucy

-Espera um pouco. Diz ele, em seguida ele põe a mão do braço de Lucy que segurava a espada, ele estava com uma luva que emitia descargas elétricas, ela tocou nele de volta, ele foi ao chão mais ainda consiente, já que o choque que sentirá é apenas uma parte da energia sentida por Lucy.

-Quem, o que é você? Pergunta ele.

-Eu sou a ordem. Em seguida dá um soco nele, assim ele apaga, Lucy começa a tirar as balas de seu corpo, olha para o céu, pensa " será que o Ichan está vivo ainda?".



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...