História Lendo O Futuro- Harry Potter e a Pedra Filosofal - Capítulo 16


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Harry Potter, Hermione Granger, Personagens Originais, Ronald Weasley
Visualizações 532
Palavras 1.906
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Luta, Magia, Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Eae pessoas! Sim outro capítulo. Esse é mais um dos Bônus sendo o segundo. Eu espero que vocês gostem, porque eu simplesmente amo.
Sem mais delongas.
Aproveitem esse capítulo.
Até lá embaixo.

Capítulo 16 - Capítulo Bônus


LENDO O FUTURO

FANFIC: Harry Potter

DATA DE CRIAÇÃO: 29\11\2017

CLASSIFCAÇÃO: 14 ANOS

CAPÍTULO  BÔNUS

SALÃO PRINCIPAL

- Vamos fazer uma pausa, vamos descansar um pouco. Depois voltaremos e continuaremos a leitura. – Dumbledore falou para todos presentes.

Todos começaram a sair do Salão Principal em grupos, cada um iria para um lugar diferente.

James e Lily resolveram sair andando pelo jardim, estava tudo  muito confuso para os dois. Algumas horas atrás tinham descoberto que iriam se casar, teriam um filho e que não sobreviveriam quando Voldemort fosse matá-los. Seu único filho teria que viver com pessoas detestáveis que nem ao menos aceitavam quem ele era, era coisa demais para assimilar. Lily se sentou em baixo de uma grande árvore que tinha perto do Lago Negro e James logo á acompanhou.

- Quem diria que um dia nós iriamos ler sobre nosso futuro e descobrir coisas que pensávamos serem impossíveis. – James falou com um pequeno sorriso, Lily sabia muito bem as coisas impossíveis que ele falava.

- O futuro é algo que desconhecemos James, não sabemos nem o que irá nos acontecer amanhã, quem dirá daqui á vários anos, nós simplesmente dormimos com a esperança que o dia de amanhã chegue e que nós possamos desfrutar dele. Sempre temos aquela esperança de que tudo vai ficar bem, de que tudo o que desejamos um dia será nosso, mesmo depois de um dia horrível quando vamos dormir á noite pedimos silenciosamente para que o dia que vai chegar seja melhor do que o dia que foi embora. Eu nunca imaginaria que estaria aqui ao seu lado discutindo como será o nosso futuro, eu nunca sequer imaginei que iria me envolver com você, e olha o que descobri, casarei com você e terei um filho, morri lutando por aquilo que eu acreditava que era certo. Você acha que um dia eu imaginei isso? – Lily falou tudo rapidamente, James sequer piscou enquanto a ruiva falava, ele também nunca tinha imaginado nada disso.

- Tenho certeza que você nunca se imaginou casada comigo. Você me detesta Lily, mesmo com essa minha mudança você ainda me vê como o garoto chato que sempre te chamava para sair, que pregava pegadinhas por toda á escola e que saia com todas as meninas, mas eu quero que você saiba que se hoje eu estou mudado, foi por você, sempre foi você. E mesmo que você não acredite que eu realmente te amo essa é mais pura verdade, toda vez que eu te vejo eu sinto meu coração bater mais forte, minhas mãos começam suar e eu nem ao menos sei o que irei te falar. – James falou olhando diretamente nos olhos de Lily, que agora se encontrava muito vermelha.

- Eu não te detesto, na verdade nunca te detestei James. Você só me irritava com esse seu jeito largado, me irritava ver você com todas essas meninas, e você não sabe quantas vezes eu tive vontade de dizer que sairia com você mais meu orgulho era muito maior para poder aceitar, eu simplesmente tinha medo de ser só mais uma na sua lista. Mas esse ano eu disse que ia te dar uma chance, mas você simplesmente parou de me chamar para sair, então eu pensei que você tinha finalmente desistido de mim, quando chegaram os livros você se aproximou de mim novamente, e quanto mais liamos cada página do livro eu via como você realmente tinha mudado. – Lily falou olhando para baixo sem coragem de olhar para James.

James estava com um enorme sorriso, o mesmo sorriso que deu quando descobriu que se casaria com Lily era uma felicidade ouvir que Lily não o odiava, que eles poderiam realmente ter um futuro.

James levantou o rosto de Lily devagar e a fez olhar para ele, quando os olhos verdes e castanhos se encontraram foi como se uma grande conexão existisse dentro deles, e realmente existia, James e Lily se completavam era perfeitos um para o outro, ficaram minutos se olhando até que James começa a se aproximar de Lily lentamente, quando o espaço entre eles estava quase mínimo, Lily fechou seus olhos podia sentir a respiração de James bater descompassada levemente em seu rosto, Lily queria logo acabar com aquela distancia então se inclinou levemente para frente fazendo com que os lábios finalmente se encontrassem.

O beijo começou lento, James transmitia todo seu amor por Lily através desse gesto tão comum, Lily soltou um suspiro involuntário quando James começou acelerar mais o beijo, ela já tinha muitas vezes imaginado como seria beijar James, ouvira muitas vezes por aí o quanto ele beijava bem, e ali agora com ele sabia que todos os boatos eram verdadeiros, James Potter sabia beijar muito bem, quando o ar começou a faltar, James terminou os beijos com pequenos selinhos, continuou com suas testas coladas. E com um enorme sorriso.

Lily abriu os olhos e viu James a olhando apaixonado e ela corou rapidamente.

- Você não sabe como me deixa feliz estar aqui assim com você agora, depois de tudo o que sonhei estar aqui com você agora é realmente um sonho. Eu quero que saiba que eu realmente te amo, Lily. – James falou olhando para á ruiva que agora tinha um sorriso enorme.

- Eu também te amo, James. Sei que mudaremos esse futuro. Juntos. – Lily falou sorrindo e pegando a mão do maroto.

- Juntos. – James pegou a mão de Lily e depositou um beijo na mesma, logo a puxando a mesma para seus braços abraçando a mesma fortemente. 

TORRE DE ASTRONOMIA

Sirius estava comtemplando a vista magnifica que tinha ali de cima. Sua cabeça estava rodando com o tanto de informações que tinha recebido, descobrir que seu melhor amigo seu quase irmão iria morrer o abalou e muito, descobri que teria uma filha o deixou irradiando felicidade, para logo depois descobrir que seria condenado de matar seus amigos o deixou completamente devastado. E o pior é que todos tinham acreditado que ele era o traidor.

- Sabia que estria aqui! – Sirius ouviu a voz da namorada e se virou para á mesma.

- Eu ainda me pergunto como você me conhece tão bem. – Sirius falou olhando para a namorada que andava lentamente em sua direção.

- Sirius aqui é o seu lugar de paz, você se sente bem aqui, e eu sou sua namorada te conheço muito bem Sirius Black. – Falou sorrindo e chegando mais perto dele.

- Você é uma das poucas pessoas que me conhecem realmente bem, então deve saber como estou me sentindo agora. – Sirius falou baixo.

- Eu sei que você está sentindo vários sentimentos, está feliz por saber que construíra uma família, está triste por saber que  nossos melhores amigos morreram, está com ódio e raiva do que aquele rato imundo fez com vocês e está com medo de saber qual a será a reação das pessoas. – Lottie falou olhando para o namorado que agora olhava fixamente para á parede. 

- Eu não sei se estou pronto para ler sobre tudo o que aconteceu comigo, eu sei que chegará essa parte, não sei se aguentarei o que as pessoas falarão sobre mim, e isso está me assustando. – Confessou Sirius finalmente olhando para á namorada.

- Não importa o que aconteça Sirius eu sempre estarei ao seu lado, e com certeza Sol também, mudaremos isso e você nunca pisará seus pés em Azkaban. – Charlotte falou convicta. – Que tal mudarmos de assunto e falarmos sobre sua família. – Assim que a mesma terminou de falar Sirius a olhou como se ela estivesse cometido um grande crime.

- Você quer mudar para um assunto que eu mais odeio? – Sirius perguntou irônico.

- Sirius uma hora ou outra você terá que falar sobre sua família, ainda temos mais seis livros para ler, você acha mesmo que em nenhum momento do livro eles serão citados, porque você não conversa com eles, acho que já está na hora. – Lottie falou olhando para o moreno séria. Ele á olhou como se ela estivesse ficando louca.

- Você só pode estar brincando! Eu não quero falar com a minha família, eu acho que você esqueceu, mas eu fui deserdado da família Black, queimado da porcaria da árvore, e nem você e nem ninguém pode mudar isso. – Sirius falou seco.

- Sirius isso é uma das coisas que devem ser mudadas, você viu como sua mãe defendeu Sol de Bellatrix e como a mesma ficou preocupada se Sol tinha ficado bem, eles não são monstros, eles só precisam encontrar uma maneira de sair da escuridão que eles mesmos entraram, e você pode ajudá-los. – Lottie falou olhando para o namorado que olhava para o lado de fora. – Não aja como uma criança, e não finja que não está me ouvindo, você precisa...

- VOCÊ ACHA QUE É FÁCIL FALAR COM ELES DEPOIS DE TUDO O QUE EU SOFRI DENTRO DAQUELA CASA, DEPOIS DE TODAS AS TORTURAS, DEPOIS DE TODO O ÓDIO QUE ERA DIRECIONADO Á MIM, POR EU SIMPLESMENTE SER UM GRIFINÓRIO ME RELACIONAR COM TROUXAS E MESTIÇOS, EU NÃO ESTOU AGINDO COMO UMA CRIANÇA EU SÓ ESTOU AGINDO COMO UMA PESSOA QUE TEM MEDO DA PRÓPRIA FAMÍLIA, VOCÊ NUNCA PASSOU POR ISSO CHARLOTTE, EU NÃO TINHA AMIGOS ATÉ ENTRAR EM HOGWARTS, EU  ME LEMBRO DE TUDO ENTÃO NÃO ME PEÇA PARA CONVERSAR COM ELES. – Sirius gritou olhando para a namorada que deu dois passos para trás com medo do namorado, Sirius quando percebeu que a namorada estava com os olhos lacrimejando olhou arrependido para ela. – Me desculpe, eu não devia ter falado desse jeito com você, você só está tentando me ajudar, não tem culpa de nada. – Falou caminhando até a namorada e a puxando para um abraço.

- Não grite mais comigo, você fica assustador quando está com raiva, e você sabe como fico quando brigo com você. – Lottie falou com a voz embargada.

- Me desculpe princesa, prometo nunca mais gritar com você, me desculpa mesmo. – Sirius pediu e abraçou ela mais forte.

- Da próxima vez que gritar comigo vou enfiar minha varinha na sua garganta e deixar você implorar de joelhos para eu tirar ela de lá. – Falou ameaçando o namorado que riu.

- Essa é a Charlotte que eu conheço e me apaixonei, a garota que ameaça todo mundo e que não tem medo de quase nada, te amo muito loira. – Sirius falou olhando diretamente nos olhos da namorada.

- Eu também te amo, mesmo que ás vezes você me deixe louca, eu não consigo mais viver sem você, você faz parte do meu mundo e eu não sei que consigo viver mais sem você nele, então nem ouse sair do meu mundo, porque se não eu irei para Azkaban sendo culpada de matar Sirius Black por te me trocado. – Lottie falou séria olhando para Sirius.

- Nunca te trocaria quero envelhecer ao seu lado, acordar todos os dias e vê você ao meu lado, você é a única que me completa , e nada irá nos separar, iremos permanecer juntos por um bom tempo. – Sirius falou sorrindo para loira, que sorriu também logo o puxando para um beijo. 

Depois de duas horas todos voltaram para o Salão Principal para começar ler o outro capítulo.

- “ Lembre-se mesmo que digam que você não é possível de conseguir, olhe para eles e fale que eles é que não são possíveis de acreditar.” – A.

 

- “O amor não é cruel. O ser humano que é.” – A.


Notas Finais


O que acharam?
Comentem o que acharam.
Vejo vocês em breve.
Beijos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...