História Let It Shine - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 21
Palavras 1.844
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 8 - Illusion


Fanfic / Fanfiction Let It Shine - Capítulo 8 - Illusion

P.O.V's Jungkook

“Não sei bem certo se é só ilusão, se é você já perto, se é intuição...”

- Jungkook, estou indo para o meu jantar romântico, com a garota dos meus sonhos!
Namjoon abria a porta do meu quarto, botando somente a cabeça para dentro do quarto, e eu sentei-me em minha cama rapidamente, e caminhei até ele, abrindo a porta.
- Como estou? – ele girou.
Eu sorri e tentei parecer feliz.
- Ótimo Nam! Ótimo!
- Os guys passaram aqui para te chamar para fazer algo?
- Sim, Jimin me chamou para jogar Frescobol, Tae me chamou para comer pizza com ele e o Yoongi!
- E em qual dos programas você vai?
- Em nenhum!
- Como assim em nenhum? Hoje é sábado Jeon! Eu estou preocupado com você cara! De verdade! Quer que eu cancele com a – eu o interrompi antes que ele dissesse o nome dela.
- NÃO! De jeito nenhum! Eu estou ótimo! Eu só quero assistir a um documentário na internet e dormir Nam, não há nada de mal nisso! Eu estou realmente bem! Bem não, eu estou ótimo assim! Você não pode faltar a esse jantar Namjoon, é a garota dos seus sonhos, não pode perdê-la! E sabe que estou falando sério não sabe?
Ele assentiu que sim com a cabeça, me olhando sério.
- Qualquer coisa, me ligue!
Ele virou-se e pôs se a caminhar em direção as escadas, mas eu o chamei, ele virou-se novamente:
- Não perca essa garota, por nada, nem por ninguém!

***



Na verdade eu não ia assistir a nenhum documentário! Eu não conseguiria me concentrar em absolutamente nada! Eu estava até agora tentando entender o porquê de ela preferir Namjoon a mim, me machucava tanto! Afinal de contas, ele era bem mais interessante do que eu, claro! Ela deveria ser meu karma, só pode! O destino está tentando me ensinar alguma lição com tudo isso, eu só não sei qual é, ainda! A noite estava quente e mesmo assim eu sentia um pouco de frio quando o vento se encostava a minha pele, e por isso eu encolhia os ombros hora ou outra enquanto eu caminhava pela praia, que por sinal estava bem cheia! Algumas pessoas sentadas na areia, com fogueiras e violões, outras contando histórias e rindo! Eu avistei uma pequena multidão de gente há alguns metros de mim, e eu conseguia ouvir um som diferente, uma música diferente, então resolvi me aproximar de onde vinha o som.
Era algo parecido com salsa, ou mambo, eu não sei direito! Mas havia três casais que dançavam loucamente no meio da roda, que ia se abrindo cada vez mais para que mais pessoas pudessem vê-los, e uau, como dançavam!
Aos poucos as pessoas à minha volta se arriscavam tentando dançar também, os casais de namorados, e até gente que nem se conhecia se juntava para dançar. Eu observava o lugar calmamente, sentindo uma repentina calmaria me invadir. Todo mundo ali parecia tão feliz, tão relaxado, porque eu também não poderia me sentir assim?
Dei alguns passos para trás, tentando me afastar um pouco para que eu pudesse observar mais, e me esbarrei em alguém, que descobri ser nada mais nada menos que Jimin:
- O que você ta fazendo aqui? Você não sabe dançar!
Revirei os olhos com a pergunta e fitei-o, ele tinha duas raquetes de frescobol nas mãos e uma bolinha.
- Justamente, as pessoas daqui estão aprendendo!
- Ah entendi, então você quer aprender a dançar? – ele ergueu uma sobrancelha – Ou veio em busca de dar uns beijos na boca da sua parceira de dança? Se você arrumar uma!
Ele deu uma gargalhada alta, e eu permaneci em silêncio, ouvindo a risada dele cessar rapidamente.
- Foi mau cara! Foi uma brincadeira estúpida! Eu não devia ter dito isto! Foi mau mesmo!
- Arrumou alguém para jogar com você? – eu mudei de assunto.
- Não! Yoongi e Taehyung saíram, Jin e Hoseok ficaram lá fazendo nada e eu não estava com a menor vontade de ficar lá com os dois! Prefiro a praia! E você ?
- Também estava mais a fim de ficar aqui na praia!
- Não mudou de ideia sobre jogar o frescobol não é?
Eu balancei que não a cabeça, e ele sorriu de canto.
- Tem alguma coisa acontecendo não é Kookie ?
- Tem! Mas eu não quero falar sobre isso agora, pode ser Jimin?
Ele assentiu que sim com a cabeça e não insistiu, eu conhecia Jimin, assim como ele me conhecia o suficiente para saber que havia algo errado comigo e eu sabia que ele se preocupava, da forma dele, mas se preocupava.
- Vou procurar alguém para jogar comigo! – deu de ombros e sorriu me olhando.
Sorri de volta e ele acenou me deixando sozinho em seguida, aliás, sozinho não, as pessoas ainda dançavam à minha volta.
Sorri sozinho ao observar um casal de idosos dançarem não muito longe de mim, e senti que havia alguém ao meu lado, e ouvi uma voz familiar soar perto o suficiente de mim:
- Ah, que bonitinhos! Não dançam nada bem, mas são bonitinhos não é ?
Virei meu pescoço em direção as duas, e elas estavam com os braços dados observando o mesmo casal que eu! Espera o que ela estava fazendo ali? Ela não deveria estar jantando com Namjoon? Já haviam voltado? Mas ela não parecia arrumada o suficiente para um jantar, digo, não que ela estivesse mal vestida, ou feia! Muito pelo contrário, ela estava linda! Um macacão jeans longo e skinny e estava descalça, o que me fez ficar parado, hipnotizado olhando-a. Balancei a cabeça algumas vezes e umedeci meus lábios com a língua:
- O que você está fazendo aqui ? Você não deveria estar com Namjoon? Onde ele está?
Ela ergueu as duas sobrancelhas e - se não me engano – fez o mesmo.
- Como assim? Namjoon está com a Fernanda, Jungkook! Esqueceu-se?
- Esqueci ? Como assim esqueci? Ele não saiu para jantar com você? Ele me disse que ia jantar com a garota dos sonhos dele, e essa garota é você!
- Hã? , olha, vou dar uma volta e você me liga quando explicar as coisas para ele! Pode ser?
balançou que sim a cabeça e a amiga dela me mandou um aceno antes de nos deixar sozinhos. Elas eram malucas?
- Garota dos sonhos? Jungkook você está bem? – ela ergueu uma das mãos e botou em minha testa, apertando-a.
- Ué! Eu não estou entendo! –falei mais para mim mesmo do que para ela.
- Não! Eu não estou entendendo! – ela dizia dando ênfase na palavra eu.
- Namjoon é super afim de você! E vocês iam jantar hoje! Ele estava super animado! – eu balançava a cabeça sem parar.
- Jungkook! Jungkook me ouve! – segurou-me pelos ombros.
Eu a olhei e ela parecia preocupada com algo, involuntariamente minhas mãos foram parar na cintura dela.
- Namjoon não está afim de mim, ok? Ele está afim da Fernanda, e isso está escrito na testa dele! E, além disso, ele mesmo me confessou! Os dois saíram hoje para jantar!
Ela me explicava as coisas como se falasse com um garotinho de cinco anos ou algo do tipo. Senti cada músculo do meu corpo se enrijecer ainda mais, e ela ainda segurava o meu rosto, preocupada. Como assim não era dela que Namjoon estava afim? Sentia meu coração se acelerar mais e mais dentro do meu peito!
- Jungkook, por favor, você está me deixando preocupada! Fala alguma coisa!
-Eu – eu pausei tentando formar alguma frase que fizesse sentido – Eu achei que fosse você!
Balancei a cabeça mais algumas vezes, e me afastei bruscamente dela, fitando-a de novo.
- Mas, como você ficou quando ele te disse que estava afim dela?
Ela gargalhou alto, pendendo a cabeça para trás, fazendo meu coração se acalmar estranhamente.
- Meu Deus! Agora eu entendi tudo! – ela balançava a cabeça.
- Hey vocês dois? Porque não estão dançando, hã?
Um cara alto e moreno com o cabelo grande se aproximou de nós depositando uma das mãos sobre meu ombro me aproximando de Julia . Ele tinha um sotaque estranho, provavelmente por ser mexicano, ou algo assim, eu o reconheci como sendo um dos caras que dançava quando eu cheguei.
Ele posicionou uma de minhas mãos na cintura de e posicionou uma das mãos dela, sobre meu ombro. Ela carregava as sandálias na outra mão, o rapaz as pegou depositando-as no chão, e aproximou nossas mãos no alto.
- Ahora, bailem! Não importa como, hã? Só sintam a música invadir vocês! Hã? Bailem, bailem!
movimentou levemente o quadril no ritmo da música que tocava, e eu tentei acompanhá-la, sem muito sucesso, por sorte não esmaguei o pé dela embaixo do meu, ela voltou a rir me encarando.
- Desculpe! Não sou bom com esse tipo de dança!
- Não é tão ruim assim! Você só é muito alto, e eu tenho que ficar nas pontas dos pés e tal, mas eu amo dançar! Relaxe e curta o momento oras!
- Você não respondeu minha pergunta anterior!
- Você achou que eu estivesse afim do Namjoon e o Namjoon de mim, não é? - balancei a cabeça que sim enquanto esperava ela continuar – Ai depois, percebeu quando eu falei, que o Nam estava realmente afim de Fernanda, e pensou que eu estivesse afim dele e que eu havia ficado chateada por isso por estar afim dele, não é?
- E não é isso? – nós paramos de balançar os corpos, mas ainda estávamos grudados um ao outro.
- Não é isso! Eu nunca estive afim de Namjoon! Ele é quase uma versão masculina de mim! – ela observava meu pescoço – Espera, tem um fio de cabelo aqui no seu pescoço, vou tirar.
Assim que senti os dedos dela passarem por meu pescoço senti cada parte do meu corpo se arrepiar e fechei meus olhos.
- Eu não aguentaria conviver muito tempo com alguém que fosse extremamente parecido comigo como Namjoon! Não nesse sentido sabe? De relacionamentos! E ele não é exatamente meu tipo de homem, digo não me atrai, entende?
Observei os olhos dela quando abri os meus, e percebi que as minhas mãos ainda estavam na cintura dela, e ela não havia reclamado ainda. Ok, pé no chão Jeon! Isso não quer dizer nada!
- Que tal dançarmos separados? Você é realmente muito alto, e está começando a me dar dor na coluna de ficar assim!
Eu assenti e soltei-a vagarosamente, deixando meu olhar encontrar o dela novamente.
- Qual seu signo Jungkook? Eu costumo ser meio rigorosa com esse negocio de signo sabe? Se nosso signo não der certo, é melhor nem começarmos nada, sabe? – ela soltou uma risada – Adoro signos!
- Sou Virginiano, e você?
- Hum, meu paraíso astral! 

-E você ?
- O que você acha quando olha para mim? Tenho cara do que? – ela ergueu uma sobrancelha.
- Você é linda! – eu disse espontaneamente e tapando a boca logo em seguida.
- E você é maluco! 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...