História Let Me - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens Jackson, JB, Jeon Jungkook (Jungkook), Jinyoung, Kim Namjoon (RM), Mark, Youngjae, Yugyeom
Tags 2jae, Jingyeom, Marksonbam, Namkook, Pepigyeom
Visualizações 78
Palavras 1.122
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Lemon, LGBT, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Estupro, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá, desculpem a demora. Espero que gostem.

PS: História não betada, ou seja, perdoem os erros.

Capítulo 7 - Happend


Fanfic / Fanfiction Let Me - Capítulo 7 - Happend

Fazia um mês que havia sido dado início ao caso do Yugyeom. Em plena quarta feira o julgamento foi marcado. Aquele dia em especial, nasceu nublado e frio. Os sete amigos foram juntos e todos usavam preto ou cores escuras. O Lim, O Park e Wang estavam cara a cara com o juiz, enquanto os demais estavam sentados com o "público", apreensivos. O senhor Kim mantinha um sorriso de escárnio nos lábios e olhava presunçoso para os jovens advogados. Lançava olhares maliciosos para o filho que se encolhia quase se fundindo a cadeira.

Eles estavam naquele tribunal a 40, 50 ou talvez uma hora, o clima estava tenso, mas não restava dúvida que o Pai de Kim Yugyeom seria condenado.

 

-Kim Soonyang, você está condenado há 5o anos, por abuso de menor, violência e os demais crimes aqui citados. - disse o Juiz. - E a guarda de Kim Yugyeom será dada ao doutor Park Jinyoung, até que o garoto seja de maior .- Completou ele encerrando a sessão.

 

Os amigos se abraçaram contentes e Yugyeom chorou, pois finalmente se viu 'livre' do seu inferno particular.

 

-Você só mudou de dono, Kim Yugyeom. Sempre será uma putinha.- grita o Kim mais velho, sendo arrastado com mais força pelos policiais.

  Jinyoung teve que ser controlado por Jaebeom e Jackson, pois senão, voaria no pescoço daquele homem.

 

Saíram daquele lugar após acalmar Jinyoung e Yugyeom, este que chorava.

 

O fim do dia foi tranquilo, apesar do céu não se abrir, os sorrisos daqueles sete meninos cresceram, afirmando uma belíssima amizade que apenas crescia.

 

 

Semanas Depois

-Você está nervoso, Gyeom?- perguntou Jinyoung, saindo do seu prédio sendo seguido pelo mais novo.

 

-Sim, Hyung. É a primeira vez que vou ao um médico para saber sobre essa minha anormalidade.- respondeu o mais novo suspirando.

 

-Isso não é nada demais, seus cheiros são maravilhosos.- começa o Park dando partida no carro.- Mas acalme - se, vai dar tudo certo, os meninos estarão com você e o Namjoon é um médico excelente.- completa ele encarando o mais novo que cora.

 

-Até mais pequeno, fique bem.- diz Jinyoung parando o carro em frente ao consultório. Em um ato de coragem o moreno retira o cinto, inclina - se levemente e deixa um leve selar na testa do mais novo, que cora e fecha os olhos ao sentir o singelo toque.

 

-Até, Hyung.- sussurra ele saindo do carro e indo de encontro a Mark,  que iria acompanha-lo na consulta.

 

- O que foi isso?- pergunta o beta encarando o mais novo.

 

-Nada, vamos logo. - sussurra ele puxando o mais velho que ria das ações e da feição do mais novo.

 

-Kim Yugyeom?-pergunta uma ômega baixinha.

 

-Sim?!-responde o de cabelos azuis.

 

-O Senhor Kim lhe espera. - diz a ômega.

 

Mark e Yugyeom levantam - se e vão para a sala de Namjoon.

 

-Olá Mark, quanto tempo. Como está?- pergunta um ômega com cheiro de sândalo e jasmim, de pele levemente amorenada, cabelos roxos e olhos escuros, sorrindo deixando a mostra doces covinhas.

 

-Eu vou bem, Nam.- responde o Beta.- Deixe-me apresentar Yugyeom.- completa ele apontando para o mais novo que sorriu.

 

-Olá, hyung.- diz Yugyeom.

 

-Olá, seja bem vindo. - diz Namjoon.- Vamos começar?!- completa ele e o mais novo assente

 

Passou meia hora de exames e perguntas para o diagnóstico.

 

-Yug, eu só tenho mais uma pergunta. - começa o Kim mais velho. - Em seu cio, você tem apenas sintomas de um cio comum de alfa?- completa ele vendo o mais novo corar dos pés à cabeça.

 

-Não. - diz o mais novo.- As vezes, poucas, eu sinto sintomas do cio de um ômega.- completa ele envergonhado.

 

-Então você possui os dois sistemas genitais, o de um alfa e o de um ômega. - começa Namjoon.- Mas aparentemente, o de ômega é praticamente inativo, fazendo com que você apenas exale o cheiro de um ômega e raras vezes sinta as sensações que um sente no cio.- completa ele e o mais novo assente.

 

-Mais alguma coisa? -pergunta Yugyeom.

 

-Não, apenas quero estender um convite a vocês.- diz o de cabelos roxos.

 

-Qual?- pergunta o beta.

 

-O do meu casamento, vocês estão convidados, avisem aos meninos .- diz Namjoon acompanhando eles até a porta do consultório, acenando para os mesmos.

 

-Yug, deixarei você em casa, conte ao Jinyoung sobre a consulta. - diz Mark e o mais novo assente.

 

Os amigos seguiram calmamente, Mark deixou o mais novo em casa e seguiu para a sua.

 

O alfa entrou e repensou tudo que havia acontecido em um curto período de tempo, acabando por cochilar no sofá.

 

-Gyeom, acorde. – pede o Lúpus tranquilamente fazendo um singelo carinho nas bochechas do mais novo que vagarosamente abria os olhos.

-Jin!?- sussurra o mais novo abrindo os olhos e levantando-se lentamente.

-Porque não foi para a cama?- pergunta o mais velho.

-Eu apenas cheguei e cochilei.- responde o mais novo coçando a nuca.

-Como foi no médico?- pergunta o Park sentando-se no sofá e colocando a cabeça no colo do mais novo, que se assustou de início, mas se acostumou e timidamente levou umas de suas mãos até os cabelos do mais velho.

-Ele disse que tenho os dois cheiros por que possuo os dois sistemas genitais.- respondeu o mais novo corando.

-Então isso afeta os seus cios?- pergunta o Park.

-As vezes.- sussurra o mais novo.

-Quando é o seu cio, Yug?- pergunta o Lúpus direto.

-Daqui a algumas semanas, eu acho.- responde o mais novo queimando de vergonha.

-O meu também.- começa o Park.- Mas não se preocupe, normalmente Jackson e JB me dopam.- continuou ele.

-Pensei que passasse com alguma ômega.- disse o mais novo.

-De uns tempos para cá percebi que essas coisas não eram certas.- respondeu o Park e o Kim concordou.

Conversaram mais um pouco, jantaram e foram dormir.

 

Semanas Depois

 

O pequeno alfa contorcia-se na cama, depois de anos, voltou a sentir as contrações de um ômega no cio. Seus cheiros estavam muito fortes e a dor na sua entrada e pênis era algo terrível.

Enquanto se contorcia e soltava sôfregos gemidos ouviu a porta da casa ser aberta e a do quarto ser praticamente arrombada. Park Jinyoung estava lá, com os olhos azuis, presas amostra, suando e com o cheiro extremamente forte. Ambos se encararam e o Lúpus sussurrou um “desculpas” antes de avançar no mais novo, atacando seus lábios e apalpando seu corpo.

Naquele momento eles se entregaram. Os lobos haviam se escolhido, estava feito. E em meios a gemidos,  sexo e palavras sem nexo, uma pré marca foi feita. O pesadelo de Kim Yugyeom havia acabado, mas será que ele e Park Jinyoung superariam as armadilhas do futuro e enfrentariam seus próprios medos?!.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...