História Let Me Love You - Capítulo 65


Escrita por:

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camren, Camreng!p, Laureng!p
Visualizações 4.043
Palavras 2.147
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Policial, Romance e Novela, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 65 - 65


Fanfic / Fanfiction Let Me Love You - Capítulo 65 - 65

 

POV'S CAMILA

 

Dormia abraçando o corpo da Lauren, quando acordei com a luz do sol entrando no quarto, tive que fazer muito esforço pra me levantar da cama, já que uma parte de mim queria ficar ali deitada com ela 

Lavei o rosto, amarrei o meu cabelo e escovei os dentes, saindo do banheiro, andei até o quarto do Lorenzo apenas pra ver como ele estava, o encontrei dormindo, um sono sereno e calmo.

Já no andar debaixo da casa da Lauren, liguei que tinha na sua cozinha, aumentei um pouco o som e comecei a fazer café da manhã enquanto ouvi as músicas que tocava no rádio

 

De todas as músicas com letras que falavam de romance, ou de amar alguém que ouvi, todas elas me fizeram pensar em apenas uma pessoa, na Lauren.

 

Comecei a prestar ainda mais atenção nas músicas que eram tocadas no rádio quando começou a tocar "Let Me Love You", do Justin Bieber, era a versão acústica, a qual eu sempre achei linda demais 

 

 


Say, go through the darkest of days

{Diga, passe pelos dias mais obscuros}

 

Heaven's a heartbreak away

{O céu é uma decepção}

 

Never let you go, never let me down

{Nunca vou te deixar, nunca vou te decepcionar}

 

Oh, it's been a hell of a ride

{Oh tem sido uma viagem e tanto}

 

Driving the edge of a knife

{Dirigindo na ponta da faca}

 

Never let you go, never let me down

{Nunca vou te deixar, nunca vou te decepcionar}

 

 

Aumentei ainda mais o volume esperando pela chegada do refrão da música

 

 

Don't you give up, nah-nah-nah

{Não desista, nah, nah, nah}

 

I won't give up, nah-nah-nah

{Eu não vou desistir, nah, nah, nah}

 

Let me love you

{Deixa eu te amar}

 

Let me love you

{Deixa eu te amar}

 

Don't you give up, nah-nah-nah

{Não desista, nah, nah, nah}

 

I won't give up, nah-nah-nah

{Eu não vou desistir, nah, nah, nah}

 

Let me love you

{Deixa eu te amar}

 

Let me love you

{Deixa eu te amar}

 

Estava completamente entretida ouvindo atentamente a letra da música enquanto cantava em meus pensamentos e terminando de fazer o café da manhã, quando senti a presença de alguém atrás de mim, seu corpo estava próximo ao meu. Peguei a penela que estava encima da pia e me virei rapidamente na direção da pessoa, parei na mesma hora ao ver que era a Lauren

 

- Você quase me matou do coração -respirei fundo- E se eu tivesse te acertado? Você não pode chegar assim quietinha Lauren 

- E você iria me acertar com essa panela? -questionou rindo

 

Ri colocando a panela de volta no lugar e voltando a olhar para Lauren

 

- Eu não cheguei quietinha, você que estava distraída amor -respondeu 

- É, eu estava um pouco distraída com os meus pesamentos mesmo -confessei

- Pensando em que? -perguntou curiosa

- Não seria em que, mas sim em quem -respondi

 

Me virei voltando a fazer o que estava fazendo antes dela chegar

 

- Você estava pensando em quem? Eu deveria me preocupar ou sentir ciumes? -perguntou curiosa me fazendo rir

- Eu não sei se você conhece ela, é uma linda mulher, ela tem a pele bem branquinha, é forte, tem cabelos bem negros, um sorriso lindo e os olhos verdes mais apaixonantes do mundo todo -respondi sorrindo

 

Senti o braço da Lauren passar pela minha cintura, seguido de um beijo demorado que ela deixou na minha nuca e logo depois em meu ombro

 

- Você é o amor da minha vida -declarou ao pé do meu ouvido- E eu nunca vou me cansar de dizer que eu te amo

 

Desliguei o fogo e me virei pra ela, a abracei pelo pescoço, Lauren aproximou os nossos rostos, fechei os olhos ao sentir os seus lábios tocarem nos meus. Acariciei a sua nuca enquanto ela tinha uma mão em minha cintura, terminamos com alguns selinhos

 

- Você já acorda cedo a semana toda, por que não ficou dormindo até tarde hoje? -Lauren perguntou

- Meu corpo esta acostumado a levantar cedo, não consigo ficar muito tempo na cama -respondi

 

Lauren me ajudou a colocar tudo na mesa, nos sentamos uma de frente para outra começando a tomar café da manhã

 

Assim que terminou de tomar o café, Lauren pegou seu celular vendo algo nele

 

- Eu tenho que ir ver o Hulk, eu levei ele no hospital ontem, acho que ele foi envenenado pelo Alexandre-explicou

- Envenenado? Que horror Lolo -falei chocada

- Eu estou com medo de ir e me falarem que ele morreu, ele é tipo um filho pra mim Camz, eu não quero perder ele -disse triste

- Se tivesse acontecido o pior, não teriam te ligado? -arqueei a sobrancelha

- É, acho que sim... -disse confusa

- Então, acho que ele está bem -disse

- Eu espero... 

 

Sem saber mais o que falar, apenas peguei na mão dela por cima da mesa

 

- Espero que ele fique bem amor -falei sincera

- Eu vou lá ir ver ele -avisou se levantando

- Quer que eu vá com você? -perguntei

- Mas e o Lo? -perguntou confusa

- Vamos fazer assim, nós tomamos um banho, esperamos o Lo acordar e depois vamos ver o Hulk, pode ser? -ela assentiu positivamente com a cabeça

 

Segui Lauren até o seu quarto para tomarmos banho, passei no quarto do Lorenzo antes mas ele ainda estava dormindo 

 

- Você quer tomar banho comigo? -Lauren perguntou assim que eu entrei no quarto

- Eu não resistiria tomar um banho com você sem fazer nada -respondi sincera

- E por que nós não fazemos alguma coisa? -ela sorriu de lado

- Nós não vamos fazer nada com você com esse braço quebrado -falei- Eu tenho medo de te machucar

- Eu sei que você é bem agressiva na cama, mas não acho que eu me machucaria -ela respondeu

- Você acha que eu sou agressiva? Eu não sou agressiva -me defendi

- É sim, mas eu gosto da sua agressividade -Lauren disse

- Vai tomar seu banho Lauren -ri me jogando na cama dela

 

Lauren riu enquanto entrava no banheiro para tomar o banho dela.

 

... 

 

Lauren dirigia na direção do hospital de animais que tinha deixado Hulk, Lorenzo ia no banco de trás sentando em sua cadeirinha com seus brinquedos nas mãos

 

- Eu estou tão nervosa... -Lauren resmungou ao meu lado

- Ei, não fique com pensamentos negativos -pedi pousando minha mão no colo dela

- Eu estou tentando... -respondeu suspirando

 

Poucos minutos dirigindo e ela já estava estacionando em frente a um hospital para animais, ficamos no carro enquanto Lauren desceu para ter notícias do seu cachorro

 

 

POV'S LAUREN

 

Me sentia aliviada em saber que o Hulk estava bem, não estava correndo perigo de morrer, mesmo ele não podendo voltar pra casa comigo, estava feliz em saber que o meu cachorro estava bem.

 

No caminho resolvemos passar no mercado, estacionei o meu carro, descemos e Lorenzo segurou na minha mão e na mão da Camila enquanto entrávamos no mercado

 

- O que você quer comer no almoço hoje? É só você pedir que eu faço -falei me virando pra Camila

- Sério? -ela se virou pra mim rapidamente

- É claro amor, você que decidi, faço o que você quiser -repeti

- Hum...Espera, eu preciso pensar com cuidado -respondeu me fazendo rir

 

 Dei uma volta pelo supermercado com o Lorenzo enquanto corria com ele dentro do carrinho de compras, o mesmo apenas ria se divertindo com aquilo

 

- Eu já sei! -Camila exclamou surgindo de repente ao meu lado

 

Olhei pra ela que tinha um grande sorriso no rosto, esperando ela a contar o que tinha decidido

 

- Eu quero Chilli Mexicano -disse animada

- Ta bom, mais alguma coisa?

- Você pegou o vinho? -ela perguntou, apenas neguei com a cabeça

 

E então saímos atrás do vinho, e do que era necessário para fazer o prato que Camila havia escolhido 

 

Assim que chegamos em casa, fui direto para a cozinha, começando a preparar a comida

 

- Você quer ajuda? -Camila perguntou

- Não precisa Camz, eu faço sozinha -respondi

- Tem certeza? -insistiu

- Eu disse que faria alguma coisa pra você, não disse? Você só precisa relaxar, deixa que eu faço tudo -assegurei 

 

Fiz as coisas mais devagar que o normal, por conta do meu braço quebrado, mas depois de quase uma hora, a comida estava totalmente pronta para almoçarmos.

 

... 

 

Camila, Lorenzo e eu passamos o dia todo juntos, assistindo desenhos e brincando, no final do dia, minha sala estava cheia de brinquedos espalhados, e o Lorenzo estava jogado no sofá, em um sono pesadíssimo 

 

- Deixa que eu pego ele -Camila disse na minha frente

 

Ela pegou Lorenzo com cuidado, subi atrás da Camila e fui direto para o meu quarto, onde tirei minha calça que já estava me sufocando

 

- O quarto do Lo é uma gracinha, você que escolheu tudo? -ouvi a voz da Camila

- Eu que escolhi tudo que achei a cara dele, e o resultado foi esse -dei de ombros

 

Andei até a minha cama me deitando, Camila andou na direção do banheiro entrando nele, fiquei deitada na cara encarando o teto

 

- Você vai dormir de cueca mesmo? -Camila questionou ao sair do banheiro

- Sim, por que? -perguntei confusa

- Nada não... -respondeu por fim

 

Camila se deitou ao meu lado na cama,me virei ficando de frente pra ela 

 

- Eu estava pensando em uma coisa... -comecei a falar

- O que? -perguntou levando a mão até meu rosto e  acariciando

- Acho que nós deveríamos morar juntas, quer dizer, quando passamos o final de semana todo juntas, dormindo uma na casa da outra, nós nos damos tão bem -falei

 

Fiquei encarando Camila esperando ela responder, demorou um pouco, mas ela respondeu

 

- Como você disse, nós nos damos bem dormindo uma na casa da outra nos finais de semana, mas morar junto é totalmente diferente, acho que deveríamos pensar melhor sobre isso, é um passo muito grande -ela respondeu

 

Assenti com a cabeça olhando-a

 

- Se é o que você acha... -respondi- Mas acho que daria super certo -resmunguei

- Vamos pensar mais sobre isso,ta bom? -pediu, concordei com a cabeça

 

Soltei um bocejo demorado por conta do sono que já estava sentindo, peguei a mão da Camila que estava acariciando a minha bochecha e levei até os meus lábios, onde deixei um beijo demorado nas costas da sua mão

 

- Boa noite princesa -desejei enquanto beijava seu rosto

- Boa noite amor -desejou de volta

 

Estiquei o meu braço desligando a luz do abajur, Camila abraçou o meu corpo por trás, e assim nós dormimos. 

 

{DIAS DEPOIS}

 

Estava sentada no sofá de casa, Lorenzo estava deitado ao lado no sofá enquanto os dois filhotes estavam encima dele, quando ouvi a campainha de casa tocar

 

- Fica deitadinho aí -pedi pro meu filho

 

Me levantei andando até o portão, ao ver que era Demi, abri o portão pra ela entrar

 

- Oi -ela disse

 

A olhei confusa pois faziam vários dias que não via Demi ou tinha noticias dela, a mesma tinha simplesmente sumido

 

- Lembra daquele dia que você estava me mostrando aquelas suas fotos de quando era bebê? -assenti sem entender porque ela estava lembrando daquilo- Eu preciso ver as fotos de novo

- Por que? -questionei confusa

- Depois que eu ver eu te falo, porque agora não tenho certeza de nada -disse, ela estava meio estranha

- Ta bom... -disse desconfiada

 

Deixei Demi na sala com o meu filho e subi buscando o álbum de fotos que ela estava vendo a dias atrás, depois voltei ao andar debaixo

 

- Pronto -entreguei o álbum a ela

 

Demi começou a folhear o álbum passando algumas fotos com rapidez, ela parecia estar procurando uma foto especifica 

 

- Eu conheço esse lugar... -falou apontando

 

Me sentei ao seu lado analisando a foto que ela mostrava, vendo que era uma foto em que eu estava na fazenda do meu avô

 

- Nessa eu estava na fazenda do meu avô, quando criança eu amava ficar lá -contei

 

Olhei pra Demi, ela parecia confusa, perdida, ou em um conflito, não dava pra decifrar direito a feição dela. Demi continuou passando as fotos até que parou em uma foto que estava com a minha avó, era uma das únicas fotos que tinha com ela, já que a mesma morreu quando eu ainda era criança

 

- É a vovó... -sussurrou

 

A encarei confusa, sem entender nada do que estava acontecendo

 

- Por que você tem uma foto com a vovó Angelica? -questionou me olhando

 

Demi ficou me encarando de um jeito estranho, levantei o meu braço mostrando a tatuagem que fiz com o nome da minha avó, em homenagem a ela,em seguida, respondendo a pergunta que Demi fez;

 

- Angelica era minha avó.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...