História Letal Wish 2 - Capítulo 27


Escrita por:

Postado
Categorias Justin Bieber, Madison Beer
Personagens Justin Bieber, Madison Beer
Tags Criminal, Justin Bieber, Madison Beer, Romance
Visualizações 163
Palavras 1.966
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bom,mais uma vez,me desculpem pela demora.
Não esta dando para postar
SORRY!
E essa fofurinha aí em baixo em 👇👇👇
Muitoooo fofa ❤😻

Capítulo 27 - Ciúmes


Fanfic / Fanfiction Letal Wish 2 - Capítulo 27 - Ciúmes

-Maddie! - Sky me abraçou assim que cheguei na sala - Que bom que encontrou a Meg - se afastou de mim sorrindo - E a Jennifer?O que vocês fizeram com ela?

-O Justin achou melhor manter ela presa no porão.Ela parece saber de mais coisas do que a gente pensa - bufei - Ela disse algumas coisas estranhas.

-Que coisas? - Chaz perguntou do sofá em que estava sentado.

-Ela disse que tem coisas nos aguardando...E outras merdas - revirei os olhos.

-Ela é louca Maddie... Não dá importância pra isso - Sky disse - Tenta curtir sua filha - sorriu - Ela é tão linda...E aqueles olhinhos - suspirou - São igualzinhos o da Pattie.

-Azuis? - perguntei surpresa.Eu ainda não havia visto os olhinhos da Megan,o momento em que eu estive com ela,ainda estava de olhos fechados.

-É! São incríveis...Ela é definitivamente,perfeita - sorriu.

-É claro! É minha filha - Justin apareceu na sala com uma caneca em mãos.

-É difícil acreditar que ela é metade sua - Sky revirou os olhos.

-Aonde está o Cody? - Justin perguntou.

-Está no quarto dele,com o Chris - Chaz disse.

-Ótimo! Precisamos de uma reunião...Com tudo isso estamos deixando nossas missões de lado - Justin disse - Precisamos resolver umas coisinhas.

POV.JUSTIN

-Pode falar - me joguei em minha poltrona,encarando o par de olhos azuis em minha frente.

-Precisa retomar ao poder,nessas últimas semanas nossos fornecedores pararam com as entregas - Chris disse pacientemente.

-Diga à eles que voltei,melhor do que nunca - abri a gaveta da mesa à procura de um cigarro - E que quero um carregamento pra amanhã - coloquei o cigarro entre os lábios e o acendi.

-Ok - disse pegando o celular em seu bolso da calça - E...Tem mais uma coisa - coçou a nuca.

-O que ? - traguei o cigarro.

-Seu pai ligou de Stratford,e disse que há algumas atividades suspeitas pó lá...- pausou - De inimigos seus.

-Que tipo de atitudes? - arquei uma sombrancelha.

-Assaltos constantes,roubos de carros e sequestros de pessoas vizinhas a sua casa - explicou.

-Realmente...- pensei um pouco - Stratford não é um lugar em que acontece esse tipo de coisa - bufei,apagando o cigarro no cinzeiro - Acha que pode ser alguém tentando me atingir?

-Não acho... Tenho certeza - suspirou - Tem alguém tentando conseguir seu poder sobre aquela cidade.Sei que é pequena,mas com isso eles iriam conseguir cada vez mais,até te derrubar - guardou o celular - Essas atitudes são para mostrar que eles estão agindo Drew.Eles não estão brincando.

-Droga! - bufei - Tem alguma idéia de quem pode ser?

-Pensei que poderia ser o Henry... Só que pensando bem,ele não ia querer uma cidade pacata como Stratford - se levantou e começou a andar de um lado para o outro no escritório - Ele já tem toda a Rússia,não ia perder tempo com algo tão pequeno.

-Tem razão - cocei o queixo - Mas ele pode estar fazendo isso apenas pra me atingir,destruindo minha cidade onde vivi quase toda minha vida.

-Se ele quisesse te atingir,ele iria usar alguém da sua família,e não uma cidade - revirou os olhos.

-Então quem pode ser?A Lucy? Florence? - propuz.

-Talvez,algum inimigo novo - coçou a cabeça.

-Era só o que me faltava,bem... - antes que eu terminasse de falar,os garotos e a Maddie entraram alí.

-Fala aí Drew.O que tá pegando? - Nolan se jogou em um dos sofás,sendo acompanhado por Chaz.

-É,tem que ser algo muito importante pra me tirar do momento mais sagrado da vida - bufou - Eu estava comendo bolinhas de queijo.

-Fala aí Bieber - a Maddie disse com um sorrisinho de lado.

Vagabunda.

-Aonde está a Scarlett? - perguntei.

-Está de olhos nas crianças - Mais disse.

-Bom,primeiro... - comecei - Temos que encontrar o Lil,ele está sumido à meses - bufei - Não fazemos idéia do que ele pode estar fazendo,sem memória.

-Tem razão - Chaz disse - Ele pode estar até morto...Ele sumiu em um lugar sem conhecer ninguém.

-Dá um jeito de encontrar ele Chris,urgentemente - ordenei.

Ele apenas acentiu e pegou o celular novamente em seu bolso.

-E,o mais importante - me joguei na poltrona novamente - Estou com problemas em Stratford,e precisamos ir pra lá o mais rápido possível - falei rápido vendo todos me olharem atentamente.

-O mais rápido possível,tipo,quando? - Nolan perguntou enquanto tentava ver o que o Chris fazia no celular.

-Tipo,amanhã após pegarmos o carregamento - dei de ombros.

-Por mim tudo bem,tô com uma saudade daquele lugar - Chaz disse.

-Eu também,cara - Chris concordou - Grandes lembranças - ele disse arrancando gargalhadas de todos,menos de mim e da Maddie.Eu sabia exatamente do que eles estavam rindo,e não tinha graça.Não para mim.

-Desculpa - Nolan pediu tentando parar de rir.

Revirei os olhos.

-Quero todos prontos às dez da manhã - fui seco - Podem se retirar.

Os garotos se levantaram e saíram do escritório,ainda rindo.

-Do que eles tanto riam? - a Maddie perguntou se aproximando de mim com uma sombrancelha arqueada.

-Bobagem - dei de ombros - Coisas do passado - sorri fraco.

-Sei - envolveu seus braços em volta do meu pescoço.

Cara,como eu sentia falta dessa mulher.

-O que acha de tirarmos o atraso em? - sorri maliciosamente,vendo ela fazer o mesmo.

-Eu acho uma ótima idéia - mordeu o lábio.

Coloquei uma de minhas mãos em sua cintura,e com a outra a puxei para um beijo,segurando em sua nuca.

Começamos um beijo,calmo,que foi se intensificando cada vez mais.Desci minhas mãos até sua bunda e a apertei,ouvindo ela arfar.

Tão necessitada quanto eu.

Dei alguns passos para a frente a prensando contra a mesa,sem quebrar o beijo.

-Drew,eu queria sab... - Chaz entrou no escritório,mas parou de falar assim que nos viu - Ah foi mal aí... Não sabia que vocês estavam indo transar - riu.

-O que você quer,porra? - perguntei,enquanto a Maddie se afastava de mim e caminhava até minha prateleira de bebidas.

-Eu só queria perguntar se eu podia sair hoje?Tipo,um dia de folga? - deu um sorriso sem vergonha.

-Vaza Somers - revirei os olhos.

Ele abriu um sorriso largo e saiu batendo a porta.

-O que acha de um pouco de whisky? - a Maddie encheu um copo e caminhou até mim novamente.

Momento perfeito para eu fazer meu pedido.

-Justin! - me chamou,fazendo eu despertar.

-Claro - sorri.

-Em que estava pensando? - me entregou o copo.

-Só nesses acontecimentos recentes - menti bebericando um pouco do whisky.

-Pois não pense - pegou o copo da minha mão e o colocou na mesa - Vai ser uma ótima oportunidade do seu pai e dos seus irmãos conhecerem a Megan.

-É uma ótima oportunidade - sorri - Mas sabe,essa oportunidade que estamos tendo é melhor ainda - mordi o lábio - Não sabemos quando as crianças vão nos deixar em paz outra vez.

-Você até que tem razão - sorriu maliciosa enquanto mordia minha orelha - Eu estou louquinha pra que você me foda - sussurrou em meu ouvido,me causando um leve arrepio.

-Sabe que estou aqui para realizar seus desejos mais profundos - à empurrei com força,fazendo a mesma se chocar contra a mesa - Só um segundo - falei enquanto caminhava até a porta e a trancava - Não quero que nos interrompa de novo - me aproximei novamente dela.

-Então vamos aproveitar!

(...)

POV.MADISON

Assim que terminamos de passar minhas coisas parar o quarto do Justin,que agora,seria meu também,tomei um banho,comi uma macarronada e fui dar uma olhada nas crianças,no quarto.

Assim que abri a porta,vi Cody brincando com alguns carrinhos no chão e a Megan dormindo tranquilamente em seu berço,a o lado da nossa cama.

-Está na hora de dormir Cody - falei,atraindo seu olhar para mim.

-Posso dormir aqui? - perguntou.

-No seu quarto Cody - caminhei até o berço,me certificando de tudo.

-Mas eu quero dormir aqui - fez manha.

-Mas você tem seu quarto - fechei as cortinas.

-E por que a Megan pode dormir com vocês? - fechou a cara.

-Porque ela é um bebê,e precisa de cuidados especiais - expliquei carinhosamente.

-Isso é porque ela é sua filha de verdade,e eu não - se levantou e saiu batendo a porta,fazendo a Megan acordar chorando.

-O que deu nele? - Justin cruzou a porta com uma sombrancelha arqueada.

-Acho que está com ciúmes - peguei cuidadosamente a Megan em meu colo.

-Isso não é motivo para ele sair batendo as portas - disse bravo.

-Dá um desconto - revirei os olhos,enquanto balançava a Meg nos braços, no intuito de faze-la dormir novamente.

-Eu vou falar com ele - tirou a camisa e a jogou no chão.

-Amanhã você fala,Justin - suspirei - Deixa ele pensar no que fez.

-Tudo bem - bufou - Vou tomar um banho - disse enquanto caminhava em direção ao banheiro.

Assim que a Meg dormiu,a coloquei no berço e me deitei na cama.Eu estava exausta.

Alguns minutos depois,o Justin saiu do banheiro,enrolado em uma toalha,foi até o closet e voltou usando apenas uma bermuda.

-Você vai com a gente amanhã ? - perguntou após apagar as luzes e se deitar ao meu lado.

-Claro - senti seus braços em volta de mim - Temos que arrumar uma babá.Não quero deixar meu trabalho de lado.

-Não confio muito em babás - disse - Por que não pede a Sky ? Ela quase não participa das missões,fica mais aqui com o Chris.

-É,tem razão - pensei um pouco - Tem que ser alguém de confiança.

Não sei se ele havia dito mais alguma coisa,estava tão cansada que acabei adormecendo.

Acordei sentindo algo me cutucar.Abri meus olhos e vi um Justin todo arrumado ao lado da cama.

-O que foi? - resmunguei.

-Primeiro,sua filha está chorando a um eternidade,não consegui acalma-la - bufou - E segundo,está quase na hora de buscarmos o carregamento.

-Droga! - me levantei,indo até o berço.

Peguei a Meg em meus braços e a dei de mamar.

-Fome - Justin riu - Pensei que estivesse com dor.

Revirei os olhos.

-Já acordou o Cody para ir à escola? - perguntei vendo ele bufar.

-Esqueci,droga! - resmungou caminhando até a porta - Vou leva-lo a escola,fique pronta em uma hora - disse antes de sair do quarto.

-Seu pai é bem chato em - ri,enquanto olhava aqueles pequenos olhinhos azuis - O que foi ? - perguntei vendo ela abrir um sorrisinho fraco - Gosta de falar do seu pai né - ri - Mas,ele é um chato mesmo.

POV.JUSTIN

Abri a porta do quarto,me deparando com o Cody ainda dormindo.

Fui até ele e o balancei devagar.

-Cody! Está na hora de ir pra escola - falei.

Ele se mexeu um pouco e abriu os olhos.

-Eu não quero ir - disse bravo.

-Você tem que ir Cody,anda levanta.Já está atrasado - falei tirando sua coberta.

-EU NÃO QUERO IR PRA ESSA DROGA DE ESCOLA - gritou se sentando na cama e puxando a coberta novamente.

-Eu não estou brincando - fui até ele e o peguei pelo braço - Eu sou seu pai,não grite comigo e me obedeça - puxei ele -Não com muita força,para fora da cama - Você vai sim pra essa escola.Não tô entendendo,o que tá pegando?

-EU NÃO QUERO IR.SE A MEGAN PODE FICAR EU TAMBÉM QUERO FICAR - berrou furiosamente.

Ele realmente estava diferente.

-Entenda Cody,ela é uma bebê.Você já é um rapaz - tentei me acalmar - Por que está assim?

-Vocês gostam mais dela do que de mim - se soltou de mim e caminhou até o abajur - Agora que vocês têm uma filha que é de vocês mesmo,vão me esquecer.

-Isso não é verdade - falei.

-É sim - chutou o criado mudo.

-Para com isso Cody,não quero te colocar de castigo - falei pacientemente.

-Eu não tô nem aí,pode colocar - me desafiou - É bom que a burra da Maddie fica mais tempo com a filhinha dela - entrou no banheiro e bateu a porta.

Esse menino tá merecendo uma surra.

POV.MADISON

-Eles devem achar que não sei - comecei a falar sozinho,enquanto tirava minha roupa para tomar banho - Querem me mandar pra escola,para ficarem com a idiota da Megan - joguei a roupa no chão - Mas eu não sou idiota,ela não vai chegar agora e roubar meu lugar - liguei o chuveiro - Não mesmo.Vou fazer de tudo para retomar meu lugar aqui.Ela não perde por esperar.

NOTAS FINAIS 


NOTAS FINAIS 


NOTAS FINAIS 


Notas Finais


Primeiro,me desculpem pelos erros.. Não tá dando tempo de corrigir😬
E segundo,o que vocês acharam do fofo do Cody ter mudado completamente? rsrs
Realmente,o que o ciúmes não faz 👌
Mas será que o bonzinho ficou mau? Será que vamos ver o Cody fazer coisas que jamais imaginamos?
Isso só vamos saber no próximo capítulo😂😂😂😂
Beijos,até o próximo❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...