História Letal Wish 2 - Capítulo 50


Escrita por:

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Justin Bieber
Tags Criminal, Justin Bieber, Madison Beer, Romance
Visualizações 47
Palavras 2.879
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá galerinha ✌💞
Bom,mais uma vez,me desculpem pela demora.Terminei o capítulo agora,e ainda assim,está péssimo.

Capítulo 50 - Problems


Fanfic / Fanfiction Letal Wish 2 - Capítulo 50 - Problems

POV.JUSTIN

Caminhei apressado pelo aeroporto após descer do jatinho,com uma mala preta em mãos.Os demais vinham logo atrás tentando acompanhar meus passos.

Dei a volta na BMW e abri a porta,me sentando no banco do motorista,coloquei a mala no banco de trás e fiquei a espera da Maddie se aproximar.

Após muita discussão sobre não participar do roubo hoje,ela acabou aceitando.Mesmo com a babá,as crianças precisavam dela.

Ela colocou nossos filhos nas cadeirinhas,e em seguida se sentou no banco do passageiro,fechando a porta com força.

- Sei que ainda está puta,mas...

- Puta não! - me interrompeu - Estou com raiva!

- Quero proteger você,droga! - suspirei e girei a chave,dando partida.

- Essa sempre foi minha vida,estou acostumada.Sempre cuidei de mim mesma. - ela tentava manter o tom de voz normal,por causa das crianças.

- Agora é diferente. - pude notar que ela me encarava com os braços cruzados.

- Diferente por que?

- Antes você não tinha pessoas ao seu redor,que queria seu bem.Agora á várias,que te amam,e que te querem bem.

- Amo a família que construímos,Bieber. - desviou o olhar para a janela. - Não quero deixar meus filhos sem uma mãe,mas também amo meu trabalho. - a encarei - Você deveria entender.Já que é da mesma forma sua situação.

- Me desculpe. - voltei a olhar para frente - Eu só quero você bem para o nosso dia.

- Eu também,Justin.Também quero você vivo.Sem nenhum arranhão. - suspirou impacientemente - Mas como você corre riscos,eu também posso correr.

- Maddie...

- Chega desse assunto! - se virou rapidamente para mim,apontando seu dedo para o meu peito - Não.Quero.Mais.Papo. - disse pausadamente,voltando a postura anterior.

Eu apenas suspirei e continuei o trajeto.Não era bom discutir com ela nesse estado.

Assim que chegamos no hotel,Maddie foi correndo pegar as chaves e foi direto para o quarto com as crianças.

- Problemas? - Nolan apareceu não sei da onde com um sorriso brincalhão nos lábios.

- Não se mete. - passei por ele,indo até o o elevador.

- Calma,cara.O culpado disso tudo é você. - me seguiu.

- Eu?

- É!Sabe que ela odeia ficar de fora,e ainda provoca. - entrou comigo no elevador,ficando de frente para mim.

- Proteção,Nolan.Sabe o que é isso?

- Liberdade de escolha,Drew.Sabe o que é isso? - rebateu.

- Melhor calar a porra da boca. - alterei o tom de voz.Ele fez um gesto de rendição com as mãos e pegou seu celular,me deixando em paz.Saí do elevador,ao chegar a cobertura e caminhei rapidamente até o meu quarto.Passei o cartão (chave) e logo a porta foi aberta.

Maddie assistia tranquilamente à um filme de animação na TV com as crianças.

- Maddie! - chamei mas não obtive resposta - Maddie,por favor.Para com isso.

- Você tá atrapalhando o filme. - disse simples.

- A gente pode,por favor,conversar? - perguntei,tentando manter o único pingo de paciência que eu tinha.

Ela bufou irritada e se levantou do sofá,vindo até mim.

- O que é? - cruzou os braços enquanto batia um dos pés no chão,impacientemente.

- Eu andei pensando... - cocei a garganta - Que,bom...

- Fala logo! - revirou os olhos.

- Você poderia vir com a gente hoje. - abri um sorriso largo.Ela continuou da mesma forma,me olhando com cara de tédio. - Achei que ficaria animada.

- Bieber,Bieber... - riu pelo nariz - Acha mesmo que eu ficaria aqui?!Eu iria de qualquer jeito. - me soprou um beijo,e voltou para o sofá tranquilamente.

- Filha da puta! - resmunguei baixinho.

- Eu ouvi isso.

(...)

POV.MADISON

Desci do carro sendo acompanhada por Justin.Os garotos estavam na porta dos fundos,achando uma maneira de entrar.

- Perfeito! Modifiquei a filmagem das câmeras.Nos próximos 20 minutos passará a mesma gravação. - Christian disse pelo escuta.

- Você é o cara,Beadles. - Justin disse com um sorrisinho nos lábios.

- Só tentem não fazer barulho.Está ouvindo Charles? - elevou o tom de voz.Com certeza ele estava tentando quebrar a porta.

Eu e Justin seguimos pelo pequeno corredor do banco que dava até os fundos,encontrando Chaz colocando um pé de cabra no chão.

- Sério? Pé de cabra,Charles? - abri um sorriso brincalhão - Nessa você se superou.

- Tem uma ideia melhor? - arqueou uma das sombrancelhas.

- Pensei que nunca fosse perguntar. - abri um sorriso e tirei do bolso um molho de chaves.

- O que?Como? - Nolan perguntou boquiaberto.

- Simples.Vim aqui mais cedo,coloquei sabonete na fechadura e levei para o chaveiro.Ele me fez algumas cópias que poderiam dar certo. - caminhei até a porta,pegando uma das chaves e a colocando na fechadura.

- Você sabia disso? - Chaz perguntou à Justin.

- Claro! - não estava olhando,mas pude ver um sorriso malicioso se formar em seus lábios. - Foi uma ideia brilhante.

- Espera aí.... Ninguém viu você aqui? - Chaz perguntou.

- Digamos que eu tive uma ajudinha especial de um dos guardas. - falei pegando a quarta chave.

- Corrupto?!Fala sério. - Nolan riu.

- Consegui! - falei assim que a porta se abriu.

- Vão rápido! Vocês tem apenas 11 minutos. - Christian nos alertou.

Entramos de pressa no banco,e corremos até a área dos cofres.

Fui até um dos cofres digitais e peguei o notebook na mochila,Justin se aproximou e conectou o cabo no cofre e no notebook em minhas mãos.

- Vamos lá,Chris! - falei digitando tudo que ele havia me ensinado.O resto era por sua conta.Eu podia ouvir o barulho do teclado do outro lado do escuta,a medida que os números apareciam na tela do notebook a respiração de Chris ficava cada vez mais pesada.

- Bingo! - ele gritou - 678938 - disse.

- 678938! - repeti para Justin que rapidamente digitou no cofre.

- Abriu! - sorriu animado.Ele pegou sua mochila e começou a encher ela com os dólares que estavam no cofre.Do outro lado,Chaz e Nolan faziam a mesma coisa.Fui para o cofre seguinte e fiz tudo novamente.

- 5 minutos. - Chris avisou,assim que eu abria o sexto cofre.

Guardei o notebook na mochila,e peguei a outra bolsa,onde comecei a encher com o dinheiro.

- É dinheiro demais,caralho. - Chaz apareceu ao meu lado,me ajudando a esvaziar o cofre.

- Nem me fale. - sorri de canto ao me lembrar do que poderíamos fazer com tanta grana.

- Tudo pronto? - Justin veio até nós com três bolsas cheias. - Melhor irmos logo.Fechem o cofre.

Terminei de pegar todas as notas e fechei o cofre novamente.

- 2 minutos.

Me levantei do chão,junto com Chaz,peguei as bolsas e segui Justin até a saída novamente.

- Droga! - Chris resmungou.

- O que ouve,Beadles? - Justin perguntou nervoso.

- Ouve uma quebra no sistema que invadi.Não sei exatamente o que aconteceu,mas não é um bom sinal.Saiam logo desse lugar!

- Vamos,Nolan.Porra! - Chaz disse irritado.

Em alguns segundos Nolan apareceu correndo com as bolsas.Saímos do banco e trancamos a porta novamente.

Chaz foi com Nolan em seu carro,e eu entrei no de Justin.Jogamos as bolsas no banco de trás e logo Justin arrancou o carro,saindo cantando pneu dalí.

- Ufaa! - soltei todo o ar que estava preso. - Deu tudo certo.

- Nosso casamento está garantido. - sorriu malicioso. - Não passa da semana que vem.

- Tão rápido,mas e....

- Vamos providenciar tudo,amanhã mesmo quando voltarmos para Los Angeles. - desviou seu olhar da pista,para mim - Iremos escolher tudo amanhã.Buffet,decoração,convidados,convites.Tudo.

- Espero tanto por esse momento! - sorri animada.

- Eu também! - voltou a olhar para frente - Não vejo a hora de te ver se tornando a mais nova senhora Bieber.


Terminei de ajeitar minha bota e fui até o espelho checar como tudo estava.(Look notas finais)Eu simplesmente amei.

Justin adentrou no quarto e parou na porta assim que me viu.Pude notar através do espelho.

- O que foi? - perguntei ajeitando as ondas do meu cabelo e sentindo o maravilha cheiro de Justin tomar conta do quarto.

- Você está... - pensou um pouco - Incrível. - Terminou assim que me virei de frente para ele.

- Eu sei. - abri um sorriso convencido - Mas o que acha?Batom vermelho ou nude? - peguei os dois batons em cima da penteadeira.

- Vermelho! - sorriu malicioso - Cor do amor.

- Ai,que romântico. - debochei.

- Romantismo de vez em quando é bom,não acha? - se aproximou.

- É sim! - me virei novamente para o espelho e comecei a passar o batom.Vermelho.

- E as crianças? - perguntou após se sentar na beirada da cama.

- Anny levou eles para o outro quarto. - Anny era a babá que havíamos contratado. - Melhor irmos logo.Os garotos devem estar doidos lá em baixo. - coloquei o batom na penteadeira novamente e caminhei até a porta - Você vem? - parei e me virei para ele que olhava para minha bunda no momento - Você não perde tempo,em Bieber.

- Jamais,amor. - veio até mim,beijando o canto da minha boca. - Vamos? - se afastou com um sorriso safado.

Fechei a porta do quarto e o segui até o elevador.

- Até que enfim. - Chaz disse se levantando em um pulo do sofá da recepção. - Já são três horas da manhã. - olhou no seu relógio de pulso.

- Relaxa,Charles. - passei por ele - As putas não vão correr da boate.

- Vai saber. - Nolan disse rindo.

- Onde está Christian? - perguntei ao notar que ele não estava alí.

- Vocês não vão acreditar! - Disse Chaz com um sorriso de orelha a orelha - Foi buscar a Caitlin para ir com a gente.

- Isso é sério? - perguntei animada.

- Isso é incrível! - Justin disse com um sorriso bobo - Ele realmente está decidido a deixar Cait viver a vida dela.

- Tá,tá,tá! Muito legal isso!Mas o que acham da gente esperar eles na boate? - Nolan nos interrompeu e foi em direção a porta da frente.

- Acho ótimo! - o segui - Bethany também vem?

- Aham!Ela está mesmo disposta a cuidar da Cait. - Chaz disse passando por mim.

Entramos todos em um só carro e seguimos até a boate,com Chaz dirigindo.

- Então... - Nolan começou - Onde vão passar a lua de mel? - virou para trás,encarando eu e Justin no banco de trás.

- Na verdade,ainda não falam...

- Já providenciei tudo! - Justin me interrompeu e eu o olhei sem entender. - Já escolhi os lugares.

- Lugares? - franzi o cenho.

- Isso! São mais de um. - piscou para mim - É uma surpresa,baby!


Entramos na boate,que por sinal estava lotada e seguimos direto para a área vip.Havia magnatas por toda parte,mulheres semi nuas dançando no pequeno palco do local,era um lugar luxuoso.Dava pra notar que as pessoas alí tinham uma boa qualidade de vida.

Me sentei ao lado de Justin em um dos sofás,com ele me entregando uma bebida,enquanto bebericava em outro copo.

- Essa boate não é nada comparada as outras da cidade. - Justin disse olhando em volta - Vegas tem as melhores casas noturnas.Só achei que a gente não precisava de muita coisa pra comemorar.

- E não precisamos. - disse Nolan de olho em uma garota de cabelos avermelhados. - Olha só essas garotas.Puta que pariu.

- Desencana,Nolan. - Chaz riu - Ela nunca te daria mole. - se referiu a ruiva.

- Me respeita,Somers. - ajeitou a camisa - Ela está todinha na minha.

- Se você diz.

- Caitlin! - falei ao vê-la passar pelos seguranças,acompanhada de Christian e Bethany.

Em um movimento rápido,Chaz se levantou da poltrona e ajeitou os cabelos.

- Hello,boys. - Bethany cumprimentou e foi direto a mesa de bebidas.

- Como se sente? - perguntei a Cait que olhava tudo em volta com espanto.

- Bem. - sorriu - Estou feliz de estar aqui,como uma pessoa normal.

- E o que achou daqui,pequena? - foi a vez de Justin perguntar.

- É estranho. - soltou uma risada nervosa - Mas parece ser divertido.

- É maravilhoso! Você vai gostar. - Bethany disse com um copo de whisky nas mãos - Só não te ofereço uma bebidinha,porque está em tratamento.

- Ouviram né,garotos? - Chris perguntou repreendendo cada um dos garotos com o olhar.

- Relaxa,Beadles.Ninguém aqui quer atrapalhar a recuperação da Cait. - Chaz disse se sentando novamente.Eu já havia entendido tudo.Chaz sempre gostou dela,e parece que continua gostando,porém está com receio de se aproximar.

- Bom,Cait! - me levantei e fui até ela - Por quê não se senta aqui?! - a fiz se sentar ao lado de Chaz - Caramba! Você está realmente linda!

- É.... Obrigada! - sorriu timidamente - Na verdade eu queria ter vindo mais coberta do que isso.Christian disse que era bobagem.

- Claro que é! Não precisa esconder seu corpo. - me sentei ao lado de Justin novamente - Você é linda de qualquer forma.Não é mesmo,Charles? - joguei para ele.

- É....Sim!Com certeza. - tentou não parecer nervoso.

- Sei o que está fazendo. - Justin disse baixinho - É legal!Mas melhor ir com calma.

- Eu sei. - suspirei enquanto olhava os dois à minha frente - Só espero que ela se lembre logo. Não quero que ele sofra.

- Não vai!Chaz sabe bem se virar. - colocou seu copo na mesinha ao lado - A propósito.... Você tá muito gostosa com essa roupa. - mordeu o lábio inferior. - É claro que ficaria mais ainda sem ela.

- Deixa isso pra mais tarde,ok? - sussurrei bem próximo ao seu ouvido - Temos tempo de sobra.

- Nem tanto. - sorriu malicioso - Gosto de adiantar as coisas.


Justin me empurrou contra a parede do quarto,enquanto distribuía beijos pelo meu pescoço.O afastei um pouco e puxei sua camisa,a jogando em um canto qualquer.Segurei em sua nuca e o puxei para um beijo intenso.Ardente.Repleto de desejo.

Justin me deu impulso,fazendo eu entrelaçar as pernas em volta de sua cintura.Sem quebrar o beijo,ele nos guiou até a cama,onde fez questão de me jogar com força.Ele subiu cuidadosamente em cima de mim e tirou meu cropped,e em seguida minha saia,me deixando apenas de calcinha naquela cama.Desci minhas mãos pelo seu abdômen e desabotoei sua calça.Justin se aproximou do meu rosto e me beijou intensamente.Com sua ajuda,retirei sua calça,o deixando apenas de box vermelha.

- Sem mais delongas. - disse retirando seu membro para fora.Em um movimento rápido ele tirou minha calcinha,me deixando completamente nua e entregue à ele.Bieber se inclinou em cima do meu corpo,apoiando seus braços fortes na cama,um em cada lado da minha cabeça e me beijou.Eu já sentia sua ereção roçar em minha intimidade,me fazendo ficar cada vez mais excitada.Em questão de segundos ele penetrou com força seu membro em minha vagina.Soltei um gemido extremamente alto,que ecoou por todo o quarto.Justin começou um movimento rápido de vai e vem dentro de mim,enquanto os músculos dos seus braços se contraiam.Afundei minhas unhas em suas costas,ao sentir o prazer ficar cada vez maior.Alguns minutos depois soltei um gemido do fundo da garganta ao chegar ao meu clímax.Justin entocou mais algumas vezes e então também teve seu orgasmo.Ele se jogou completamente ofegante ao meu lado,e me puxou para mais perto.Deitei minha cabeça em seu peito enquanto ele acariciava de leve meu cabelo.

- Maddie! - chamou e eu levantei minha cabeça para o encarar - Eu te amo! - sorri ao ouvir essas palavras.

- Eu também te amo,Bieber!


Descemos as escadas da boate de mãos dadas e caminhamos de volta à área VIP.

- Huuuum...Safadinhos. - Nolan disse com um olhar malicioso - Aproveitaram que ninguém estava olhando e foram logo acasalar né.

- Que jeito horroroso de se referir à uma transa. - falei indo até a mesa de bebidas. - Onde está Bethany? - enchi um copo com um pouco de vodka.

- Acho que está balançando a bunda lá em baixo. - Chaz deu de ombros

- Por que não vai dançar um pouco também,Cait?

- Eu? Eu não sei dançar! - abriu um leve sorriso.

- Oras,isso não é problema. - virei a bebida transparente na boca - Quando quiser é só dizer. - pisquei para ela.

- Obrigada!

- Alguém tem um cigarro? - perguntei.

Justin me estendeu um,junto com o isqueiro.Coloquei o cigarro entre meus lábios e o acendi,entregando em seguida o isqueiro para ele.Meu corpo precisava de drogas,eu podia sentir o desejo percorrer minhas veias.

Traguei o cigarro,soltando aos poucos a fumaça pelo ar.

Entreguei o cigarro para Justin e peguei meu celular,ligando para Anny.No terceiro toque ela atendeu.

- Oi,Anny! - falei assim que ela atendeu - Como estão as coisas?

- Aah senhora,está tudo bem.Estão dormindo como dois anjinhos. - disse docemente.

- Que bom. - respirei aliviada - Era só isso...Até mais. - falei e desliguei.

- E aí? - Justin perguntou.

- Tudo bem por lá! - sorri - Estão dormindo,como esperado à essa hora.

- Hey pessoal! - Chris adentrou na área VIP - O que acham de um brinde?Ao sucesso do roubo?

- Ótima ideia! - Justin foi até a mesa e encheu seu copo com whisky,todos fizeram o mesmo,só Cait que encheu o copo com refrigerante. - Ao nosso sucesso. - Justin levantou seu copo.

- Ao nosso sucesso!


Alguns dias depois.

- É hoje,Maddie! - Cait disse assim que saí do banheiro do meu quarto.Ela estava sentada na cama,olhando algumas revistas de maquiagem - Como está se sentindo?

- Estou muito ansiosa,nervosa,feliz e com medo. - suspirei rindo em seguida - Que loucura!

- Realmente.Achei que casamentos não deixassem os noivos nervosos. - riu.

- Nem eu! Como será que Justin está?

- Com certeza,bem mais nervoso que você.

- Com certeza! - ri - Estou tão feliz,Cait!

- Imagino! - sorriu docemente - É o seu dia,Maddie!Tomara que seja inesquecível.

- Senhora,senhora! - ouvi Anny gritar enquanto batia fortemente na porta.

- Entre!

- Senhora,aconteceu uma coisa. - disse completamente ofegante após entrar no quarto correndo.

- O que houve,Anny? - perguntei,me assustando com a situação.

- A Megan! - limpou algumas lágrimas que escorreram de seus olhos.

- O que tem minha filha?O que ouve? - me aproximei dela.

- Ela sumiu,senhora! Não a encontro em lugar algum da casa.


Notas Finais


Look da Maddie: https://goo.gl/images/9Uptw1

Look da Caitlin: https://goo.gl/images/eUoD5V

Então é isso,amores.... Até o próximo ✌♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...