História Let's go to hogwarts - Capítulo 26


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Fred Weasley, Harry Potter, Jorge Weasley, Personagens Originais, Remo Lupin, Severo Snape, Sirius Black
Tags Amizade, Família, Harry Potter, Romance
Visualizações 29
Palavras 1.116
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Famí­lia, Fantasia, Magia, Romance e Novela, Saga

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Galera tô postando mais um pra compensar o de ontem qq eu nn postei.

Capítulo 26 - Conversinha com Remus Lupin


Fanfic / Fanfiction Let's go to hogwarts - Capítulo 26 - Conversinha com Remus Lupin

Vivi estava voltando da sua aula de Trato de criaturas mágicas com o trio.

- Só espero que o Malfoy tenha quebrado o braço, e demore a se recuperar - Rony comentou.

- Rony!!! - Hermione Ralhou com  o ruivo. 

- Concordo com o Rony - Vivi comentou, ela parecia demasiado Feliz mas ainda estava pensando na sua última aula de DCAT.

- Que!!? - Hermione perguntou incrédula olhando pra garota.

- É mione, eu concordo com ele - Ela diz e se vira para olhar a castanha - O Malfoy foi um babaca.

- Como sempre - Harry diz.

- Sim, como sempre - Ela concordou com o moreno, quando eles chegaram de volta para dentro da escola Vivi os avisou que teria que ir falar com Lupin.

- Porque!!? - Rony perguntou.

- Porque ele me chamou lá ué - Ela respondeu - Avisa o Fred pra mim?.

- Aviso - Rony a respondeu. 

Vivi começou a andar até a sala do professor, quando ela chegou a sua porta, bateu três vezes e escutou um "entre". Ao entrar ela se deparou com ninguém mais ninguém menos, que Severus Snape, este que estava conversando com Lupin, os dois se viraram para encarar a garota, "é sério? Merlin se você quiser me dizer que alguma coisa de ruim vai acontecer, manda isso logo de uma vez poxa", ela pensava consigo mesma.

- Ham... O senhor me chamou professor!? - Ela perguntou.

- Ha!, sim claro - Ele respondeu e se voltou para Snape - Bom acho que era só não!?.

- Claro - Snape respondeu do seu jeito frio, se virou e começou a andar para sair da sala, quando chegou perto de Vivi ele a encarou nos olhos, e ela não esitou e continuou a sustentar o olhar do professor.

- Já lhe disse professor, não funciona comigo - Ela disse com um sorrisinho - Já melhorei bem mais nisso, do que no ano passado.

Então com essa fala ele saiu da sala deixando Vivi e Lupin sozinhos, Vivi se aproximou mais da mesa do professor, esse que indicou uma cadeira a sua frente, para que ela pudesse se sentar, ela o fez e se encaram por alguns minutos até Lupin quebrar o silêncio.

- Bom, a senhorita deve saber porque está aqui não!? - Ele perguntou.

- Por causa do meu bicho papão ter se tornado uma bola de cristal - Ela não perguntou, ela confirmou, o que fez Lupin dar um sorriso. 

- Sabe senhorita, você é idêntica ao seu pai, éramos muito amigos, mesmo ele sendo da sonserina e eu da grifinoria - Ele diz isso e Emma logo o encara - Ele também era bem direto e eficiente, sabia bem das coisas - Ele termina e arranca um sorriso da garota - Mas voltando, porque seu bicho papão é uma bola de cristal!?.

- Er... bom, é que eu, meio que - Ela não sabia o que dizer "droga pensa em alguma coisa Vivi, não fica aí parada" ela pensava.

- Não precisa realmente me contar, só perguntei para ajudá lá - Lupin diz vendo a situação da garota com um sorriso no rosto.

- Não, eu conto - Ela disse o que fez o sorriso de Lupin aumentar mais ainda - É que eu tenho medo de ver meu futuro, e de ver algo ruim acontecendo.

- Então foi por isso que a senhorita não se inscreveu para a aula de adivinhações imagino? - Ele perguntou.

- Exato - Ela respondeu - É meio que, sei lá, tenho medo de acabar vendo coisas que eu não quero.

- Entendo - Ele diz coçando o queixo - Emma... Posso lhe chamar assim? - Ele perguntou.

- Prefiro Vivi, mas pode ser também - Ela o respondeu com um sorriso.

- Certo Vivi, imagino que você saiba o do porque o meu bicho papão é a lua cheia não é - Ele diz já sabendo a resposta dela.

- Já, na realiadade eu só suspeitava - Ela afirmou, e Lupin logo sorriu de novo.

- Imaginei - Ele disse.

- Ham... professor posso lhe fazer uma pergunta? - Ela perguntou meio desconfiada.

- Claro Vivi - Ele a responde.

- O senhor sabe que se eu quisesse, eu poderia sair falando pra todos de hogwarts sobre o seu probleminha peludo, não sabe!? - Ela perguntou e o sorriso dele só aumentou "tô achando ele muito estranho" ela pensava. 

- Eu sei que você não vai contar - Ele a respondeu.

- E como o senhor pode ter tanta certeza disso!? - Ela perguntou mais desconfiada ainda.

- Eu te conheço desde que você nasceu,  e voce herdou o dom do seu pai, a lealdade, por isso - Ele respondeu como se fosse o óbvio.

- Como assim!? - Ela perguntou já confusa de tudo.

- Eu... bem - Ele respirou fundo e a respondeu - Eu sou seu padrinho Vivi - Ele falou isso e a garota ficou boquiaberta.

- O senhor... o senhor é meu... padrinho? - Ela perguntou boquiaberta.

- Sou - Ele respondeu.

- Meu pai...? - Ela não terminou a Frase, ela estava muito surpresa.

- Seus pais e o seu outro padrinho me indicaram - Ele disse rindo da cara da mais nova.

- Eu... eu tô surpresa - Ela disse, então ao olhar novamente para Lupin, ela se permitiu um sorriso - Eu posso... ham... te dar um abraço - Ela perguntou sem graça, Lupin sorriu e confirmou com a cabeça. Ela se aproximou dele e o abraçou, foi um abraço até que demorado, mas foi um abraço aconchegante.

- Acho melhor você ir pra sua torre não!? - Ele perguntou depois de se separarem.

- Tem razão - Ela confirmou - O Fred devê tá preocupado.

- Ha, então você e o Fred realmente estão juntos!! - Ele falou Feliz.

- Siim!! - Ela respondeu mais feliz ainda.

- Que bom, mas agora eu acho melhor você voltar, tá ficando tarde, e se você demorar, é capaz do Filch te encontrar.

- Não se preocupa padrinho - Quando ela diz "padrinho" ele ficamais feliz ainda, nunca ninguém tinha o chamado assim - Eu sou monitora não tem problema.

- Mesmo assim, acho melhor você já ir andando.

- Ha, tudo bem então - Ela responde - Até amanhã padrinho - Ela falou já na porta.

- Até amanhã Vivi - Ele respondeu.

"Definitivamente, melhor noite" ela pensava enquanto ia para sua torre, chagando lá ela contou tudo para o trio e para os gêmeos, ambos ficaram tão surpresos quanto ela, logo em seguida ela subiu para dormir, mais feliz do que era seu normal.










Notas Finais


Galera acho qq o 3 ano da Vivi vai ser um pouquinho maior qq os outros dois, mas mesmo assim espero qq gostem.

E aí? O qq acharam dessa conversa? E essa revelação gnt??? Tô chocada 😂😂😂💛


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...