1. Spirit Fanfics >
  2. Let's go together >
  3. Eu sei de tudo

História Let's go together - Capítulo 34


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura

Capítulo 34 - Eu sei de tudo


Fanfic / Fanfiction Let's go together - Capítulo 34 - Eu sei de tudo

Terminamos de nos arrumar nossas roupas talvez seja um pouco exagerada para ocasião, mas vamos mesmo assim (as roupas vão está na capa)

Sofya: parece que vamos para um restaurante do outro lado da cidade 

- não é tão exagerado- ela me olha com cara de tédio- talvez seja um pouquinho 

Sofya: vamos acho que ela já chegou- fomos para cozinha e demos de cara com uma mesa cheia de comida

- quem foi que fez isso?

Sofya: não faço a mínima ideia- ela se aproxima mais da mesa e pega um papel que estava encima da mesa, ela lê ele e depois revira os olhos

- oque diz aí?

Sofya: foi a vizinha, eu odeio ela

- pq?

Sofya: não vou com a cara dela, ela sempre está andando com o salto fino e com argolas que parecem bâmbole - rio - o filho dela e uma peste, ontem ele foi brinca e veio para a grama da nossa casa

- não conheci ela

Sofya: claro, estava na casa do seu namorado 

- qual o problema de está lá?

Sofya: nada

- é como foi ficar esses dias com o papai?

Sofya: nada de mais, nossa convivência está melhorando e também quase todo dia saia com o Sold 

- olha só que estava saindo com o namorado 

Sofya: ele não é meu namorado, só íamos passea um pouco

- hmm - a porta e aberta por meu pai

Pai: boa noite meninas, uau estão linda

- obrigada 

Sofya: podemos comer?

- calma Sofya 

Sofya: eu estou com fome

Pai: pedem comer, depois eu falo - Sofya pega o prato e se serve eu faço o mesmo, nosso pai falou que não queria comer, ele nos observava comer, eu estava desconfortável mas não liguei

Sofya: vai fica só nos vendo?

Pai: Eu vou para sala, depois vão para lá para conversamos- ele sai

Sofya: estou com medo do que ele for fala - fala baixo

- eu também- falo no mesmo tom, terminamos de comer e fomos para sala, sentam no sofá enquanto meu pai estava em pé 

Sofya: pode falar agora

Pai: é sobre a Sina - Sofya me olha

- ok

Pai: eu sei sina, eu sei de tudo, você está namorando o Noah Urrea, filha não faz isso ele não presta só está com você por interesse, ou você acha que ele iria se apaixonar pela pessoa que ele sequestrou,...tudo que ele falou é mentira, ele nunca te amou só está te usando,..Eu achava que você era mais inteligente 

- para, quem está mentindo aqui é você - Sofya  continua parada  e eu estava chorando

Pai: essa é a verdade sina, sorte que alguém me falou e deu tempo de te falar

- quem te falou?

Pai: não importa 

- QUEM TE FALOU?

Pai: não é assim que se fala com seu pai

- eu não te considero como pai só estava fingindo, eu não quero ter uma pai mentiroso que está atrás de mata a mãe de suas filhas

Pai: isso não é verdade sua mãe está morta e eu nunca menti, foi aquele imprestável do seu namorado ele colocou minhoca na sua cabeça 

- ele não é imprestável, você e um mostro

Pai: eu estou tentando te ajudar 

-  então some da minha vida, e se dedique a empresa que você escondeu de nós, você sempre falava que trabalhava em um hospital 

Pai: eu não trabalho em nenhuma empresa, Sina há pessoa melhor do que ele, pessoas que te amam ele só está interessado nas informações que você pode passar 

- para, para de se vitimiza e coloca ele como vilão 

Pai: é melhor você seguir meus conselhos

- eu não quero nunca mais te ouvi - saio daquela casa chorando horrores Sofya vem junto comigo 

Sofya: para onde vamos?

- eu vou tentar ir a mansão ou ao flert você pode ficar aí 

Sofya: eu vou com você, nunca vou te deixar- ela me abraça e eu retribuo

- acho melhor irmos

Sofya: eu trouxe meu celular e dinheiro podemos pedi um uber - sorrio e assento, ela chama o uber e minutos depois estamos no carro

(...)

Chegamos na mansão, que estava toda colorida, com luzes e decorações para todo lado, na sala não havia ninguém, fomos para área da piscina onde tinha aproximadamente 80 pessoas, olho ao redor e vejo Noah, com um copo na mão apenas olhando a festa, ele estava com um calça preta e uma blusa larga branca estava com brincos de dado, com anéis  e um sapato totalmente preto

Eu e Sofya caminhamos até lá, ele estava surpreso ao nos ver ali, eu o abraço e o mesmo retribui, suponho que Sofya saio dali ela odeia ficar de vela

Noah: oque aconteceu meu amor - fala enquanto faz carinho na minha cabeça 

- podemos ir para um lugar mais afastado?

Noah: claro, vamos para o meu quarto- entramos na mansão e subimos para o seu quarto, chegando lá sento na cama e olho para o chão 

- você me ama mesmo? - ao ouvi minha pergunta ele se senta ao meu lado

Noah: é claro que sim, eu te amo muito, muito mesmo - olho para ele e sorrio - pq estava chorando? 

- não estava chorando 

Noah: seus olhos estão inchado e seu nariz está vermelho 

- como me conhece taõ bem?

Noah: sempre estou reparando seus detalhes, mas agora me conta oque aconteceu

- meu pai, ele descobriu falou que você só está comigo por interesse, disse que minha mãe está morta e tudo que você me falou e uma grande mentira eu sair de lá não iria suporta ele falando aquilo

Noah: por isso me perguntou se eu te amava?

- sim, eu fiquei com medo de ser verdade, e meio difícil um seguestrador se apaixona pela vítima 

Noah: não é impossível, eu sou a prova disso, eu te amo

- promete está sempre comigo?

Noah: sempre, sempre vou está ao seu lado Sina Maria  Deinert

- nunca vou te deixar Noah Jacob Urrea - ele coloca seus dedos no meu queixo e levanta meu rosto, me olha sorri e depois me beija, um beijo calmo  e apaixonado, a falta de ar se faz presente e nos separamos, ele cola nossas testas e sussurra

Noah: eu sempre vou te amar, nunca deixem de dizer ao contrário 

- também te amo - dou um selinho nele e depois nos deitamos na cama- pq fizeram essa festa?

Noah: estávamos no tédio, mas a festa começou e eu continuei no tédio esperando você aparecer 

- eu não vinha por causa do jantar mais estou aqui do mesmo jeito 

Noah: então vamos aproveitar que está aqui - ele me abraça e deixa um beijo na minha bochecha, passa algums minutos e percebo ele dormino, faço o mesmo 

F.D Sofya

ao ver Sina e Noah se abraçando resolvo dar um tempo a eles e procurar o pessoal, estava andando mas alguém derruba a bebida em mim

xxx: desculpa

- tudo bem - olho e vejo uma mulher de cabelo claros e olhos cor de mel

xxx: tenho que ir, desculpa mais uma vez- ela sai e vai em direção a um homem, volto a procurar eles e encontro Sabina sozinha

- saby

Sabina: Sofya, oque está fazendo aqui? o Krys falou que você não vinha

- aconteceu algumas coisas

Sabina: ata, pq está molhada?

- uma garota derrubou alguma bebida em mim

Sabina: vamos resolver isso- fomos para o seu quarto que é enfrente ao de Noah, dava para ouvir um barulho

- parecem que truseram a festa para i quarto

Sabina: parece mais uma casamento, "Eu nunca vou te deixar" " eu te amo Sina Deinert" - ela tenta imitar a voz deles - o noivo pode beija a noiva - ela fala me fazendo rir 

- vamos logo - entramos no seu quarto que estava uma zona- não limpa seu quarto?

Sabina: limpo, só que não sou boa em organizar - fala indo até seu closet 

- um pijama

Sabina: acho que esse serve - me entrega uma blusa e um shortinho de tecido fino com estampa de melancia- veste 

Visto o pijama que coube perfeitamente em mim

- obrigada saby

Sabina: de nada querida, se importa se eu saí?

- pode ir

Sabina: valeu, vou tentar fica com um bonitão 

- vai lá- ela sai e me deixa sozinha deito na cama e tento dormir com o barulho do som, demoro um pouco mais durmo 

 

 

 


Notas Finais


Tchau


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...