História Let's Kill This Love? - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Blackpink
Tags Bangtan Boys (BTS), Blackpink, Jennie, Jimin, Jisoo, Jungkook, Lisa, Rose
Visualizações 2
Palavras 778
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Luta, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá, é a minha primeira fic então espero que gostem :3

Capítulo 1 - Behind a Smile!


Fanfic / Fanfiction Let's Kill This Love? - Capítulo 1 - Behind a Smile!

Já eram 07:00hrs da manhã e eu,ainda estava deitada na cama,com o cabelo todo bagunçado e a cara de sono,com preguiça me levantei só quando deu 08:00hrs,e assim fui tomar meu banho.

[ ... ]

Depois de sair de casa fui direto pro trabalho, logo quando entrei na lanchonete vi aquele sorriso maravilhoso, e se você está se perguntando isso,sim eu sou uma garçonete,cheguei perto do balcão abrindo um enorme sorriso para o Jungkook que estava atendendo uma moça.

— Oi Lisa- ele disse sorridente enquanto se despedia da moça com aquela famosa frase "Volte sempre".

— Oi Jungkook-sorrio- o movimento está grande hoje?-olho em volta vendo algumas pessoas sentadas.

— Mais ou menos, você sabe como é né?! As vezes está...as vezes não... e assim vai- rio da fala do mesmo

— Bom agora eu vou lá dentro colocar um avental e vir trabalhar, porque é pra isso que sou pagaaa-cantarolei a última parte,entrando na sala dos funcionários e trocando de roupa.

Eu gostava de trabalhar lá, o nome da lanchonete era "Bugs Burguer" um nome engraçado na minha opinião, eu também gostava do meu uniforme,claro,tirando a parte de que eu ficava parecendo um pimguim as vezes, estava tudo bem.

Depois de atender milhões de mesas comecei a sentir uma moleza,o que me fez repousar sobre o balcão até que senti uma mão tocar o no meu ombro e dizer as seguintes palavras:

— Eii sua preguiçoda acorda!

— Quem é você mero mortal? Que tem tal ousadia pra atrapalhar meu sono da beleza?- Jungkook rio do que eu falei,mas eu estava falando sério, não tinha deveria ser engraçado...ou devfalando

— Eu já vou,meu turno ja acabou- Ele sorrio deixando o avental de lado.

— Nossa já são 13:00hrs? nem percebi o tempo passar-Me espreguiço bocejando.

— Sim e agora eu preciso ir pro meu outro emprego- disse ele já passando pela porta.

 Eu realmente gostava do Jungkook, ele era bonito, engraçado, inteligente e era uma boa pessoa,eu gostava dele,gostava muito.Cada vez que via seu rosto meu coração acelerava,e eu ficava toda boba,não toda vez mas na maioria.Eu queria que ele gostasse de mim também, mas no fundo sei que me iludo não pouco ,mas muito,tanto que uma vez eu escutei ele falando "eu te amo lisa" nesse momento eu imaginei a nossa vida juntos, eu ele dois filhos e um cachorro... Talvez dois e um gato também, mas eu sempre gostei de peixes então uns cinco peixinhos dentro de um aquário, recapitulando...eu sou muito iludida e o pior é que eu sei disso Kjskjsk o que torna tudo mais engraçado.

[ ... ]

Já eram quase 22:00hrs e eu ainda estava dentro do metrô, AFF vida de pobre,a minha mãe ainda falou pra mim seguir a carreira de cantora,agora eu seria uma nicki minaj da vida,acabo cantando um rap um pouco alto de mais e percebo algumas pessoas olhando pra mimo que me faz morrer de vergonha.

— Ha oie - digo pra um homem que olhava pra mim sério, o que me dava medo.

Será que ele vai falar alguma coisa?- penso

— Sua voz é bonita moça

Naquele momento eu quase morri do coração, pensava que ele ia falar aquelas frases de pessoa velha como "os jovens de hoje em dia" ou talvez  "não educam as crianças mais como antigamente", tirando a parte de que eu não sou mais criança até daria pra relevar.

[ ... ]

Chego em casa e vou logo dando um murrão na porta,eu estava realmente estressad,quando eu ia saindo do metrô começou a chover,e eu abri o meu guarda-chuva e fui anda DK pela calçada, quando veio um maluco dirigindo um caminhão e espirrou água suja em mim,eu praticamente tomei um banho,depois disso ainda estava chovendo, mas eu fiquei tão pistola que joguei o guarda-chuva na rua e vim andando pra casa.

— Aaaaaa o mundo está contra mim! Era só o que faltava,agora se um raio cair em cima da minha cabeça eu vou rir porque surpresa não vai ser- grito comigo mesma subindo as escadas direto para o banheiro. Depois de alguns minutos com a cabeça fria eu já estava cantarolando qualquer coisa que vinha nespelho e pe.

— Oh baby,Oh baby-comecei a inventar a minha propía música- Meu nome é lisa! Eu sou uma garçonete de primeira classe,futuramente vou ser rica e tarara

Fiquei cantando aquela música até me enjoar dela,depois sai do banheiro pelada mesmo,eu moro sozinha posso fazer o que quiser,fui até meu armário e vesti o meu pijama,fiquei na frente do espelho e peguei o secador,fiz de conta que tinha poderes e que quando eu usava eles meus cabelos longos e loiros flutuavam,talvez eu ainda fosse uma criança bem no fundo.









Notas Finais


Foi isso :3 espero que tenham gostado, obrigado pra quem leu e siga em frente bem good vibes


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...