História Letter - Capítulo 15


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, D.O, Kai, Sehun, Xiumin
Tags Baekyeol, Chanbaek, Chanyeol Bobão, Fluffy, Fluffy!kkaebaekyeol, Long!kkaebaekyeol, Longfic, Sekai, Tentativa De Comedia, Xiusoo
Visualizações 798
Palavras 646
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Ficção Adolescente, Fluffy, LGBT, Literatura Feminina, Romance e Novela, Shonen-Ai, Slash, Universo Alternativo
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


oi oi mores ~~~
trazendo aq mais um capitulozinho pra voces que com certeza vao deixar vcs muito felizinhos rsrsrsssssss AAA esse cap eh muito fofo nhanhanha

AVISO IMPORTANTE: eu, a mais burra, fui inventar d trocar a minha data de nascimento do twitter e por causa daquela palhaçada de idade deles lá, minha conta foi bloqueada :( tinha bastante leitor q me seguia e eu fiquei muito triste aaaaaa entao vou deixar nas notas finais o meu novo twitter, me sigam lá que eu sigo todo mundo de volta, poxa eu gostava tanto de falar com vcs por lá :(

espero q gostem
boa leitura ~

Capítulo 15 - O que acha?


 

 

        Sehun e Jongin se conheceram tão bem que os dois simplesmente sumiram após o treino da semana seguinte, deixando Chanyeol sozinho com os outros meninos do time, mas não é como se ele se importasse, já que, como havia virado costume, Baekhyun também estava ali, sentando ao seu lado, saboreando um milk-shake de morango enquanto ria das palhaçadas que os garotos faziam.

 

        — Ei, Chan? – o mais alto quase teve um ataque ao ouvir aquela vozinha linda lhe chamar por um apelido, era a primeira vez!

        — Hm? – murmurou sem condições de dizer muita coisa.

        — Que tal a gente ir começar aquele trabalho de redação? – ele perguntou e o maior não demorou a concordar.

        O coreano havia lhe chamado, no dia anterior, para fazerem juntos o trabalho que havia sido passado em dupla, o menor dos dois dizendo que possuía algumas dificuldades naquela matéria e que queria que ele o explicasse.

       

        E, mais uma vez, o Byun passou a tarde em sua casa, ora os dois conversando sobre varias bobagens, ora eles apenas se concentrando no exercício e Chanyeol notando, com facilidade, que o outro adolescente não possuía dificuldades coisíssima nenhuma e que, ele até escrevera bem o texto que havia sido pedido!

       

        .

        .

        .

 

        — Baek? – chamou após certo tempo em silêncio, observando o garoto esparramado em sua cama, massageando a própria mão após um longo tempo escrevendo – digo... Baekhyun. – se corrigiu envergonhado ao pensar que ele ainda não havia lhe dado tanta intimidade assim.

        — Pode me chamar como quiser. – ele sorriu e lhe encarou, lhe dando incentivo para continuar falando.

        — Bem... porque pediu pra fazer o trabalho comigo? Digo, você disse que tinha dificuldades, mas até agora fez tudo muito bem... e... não é a primeira vez que faz isso... – perguntou tímido, encarando o mais velho apenas quando ouviu a risadinha baixa dele.

        — Sabe, eu já estava começando a desconfiar que você tinha algum tipo de parentesco com o Jongin. – disse enquanto se sentava no colchão macio, completando o que falava quando viu a expressão confusa no rosto do maior – Por conta da lerdeza.

        O Byun riu novamente ao vê-lo continuar confuso, se endireitando na cama e virando-se de frente para ele antes de continuar falando.

        — Sei que não é tão bobo e sabe que tudo começou naquele dia em que te pedi o caderno emprestado. – ele falou, vendo o maior desviar o olhar e se remexer desconfortável, mas apesar disso, concordar com um aceno – Como pode imaginar, eu li sim a sua carta.

        A expressão que o Byun viu em seguida foi a mais fofa, ele não apresentava surpresa, mas estava completamente corado, as mãos se remexendo inquietas sobre o colo e os olhos em todos os lugares, menos em si.

        — E você... não... – ele começou hesitante, porém parou.

        — Bem, não vou mentir, fiquei bastante surpreso e até pensei que talvez pudesse se tratar de outro Baekhyun... no dia em que te devolvi o caderno, até pensei em falar algo, mas decidi esperar e te observar... suas reações eram todas tão transparentes que eu não tive dúvidas; era sobre mim. E eu me senti feliz ao perceber isso.

        Viu o maior lhe encarar pela primeira vez, agora surpreso.

        — Eu gostei de saber que você se sentia assim sobre mim, e quis me aproximar, te conhecer... e ver mais das suas reações quando eu estava por perto. – sorriu.

        E Chanyeol estava completamente sem reação, seu coração batia acelerado e nenhuma palavra saia de seus lábios entreabertos.

        — Eu não vou dizer que estou apaixonado... – ele começou devagar – não ainda... quero te conhecer mais, passar mais tempo em sua companhia... – continuou, se deitando no colo do maior que se tremia todinho – o que acha?

        E aquele rostinho fofo lhe encarando de cabeça para baixo com um sorriso no rosto não poderia lhe tirar outra resposta que não um ‘’sim’’ quase sussurrado junto de um carinho delicado nos cabelos.

 

 

 


Notas Finais


finalmente chano tomou coragem de perguntar e o byun revelou tudo aaaaaa
acabou tao rapidinho ne? aaaa mas espero q tenham gostado szsz
até a proxima semana nenes sz

meu twitter https://twitter.com/kkkaebaekyeol


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...