História Letters to Lou (Larry Stylinson AU) - Capítulo 99


Escrita por:

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Louis Tomlinson
Tags Cartas, Gay, Harry Styles, Larry, Larry Stylinson, Louis Tomlinson, Romance, Stalker
Visualizações 81
Palavras 1.408
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Poesias, Romance e Novela
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 99 - Última Correspondência


Fanfic / Fanfiction Letters to Lou (Larry Stylinson AU) - Capítulo 99 - Última Correspondência

Hoje, já não estais mais aqui. E, como a cada dia, penso em você.

Sinto um vazio na minha pele, por que será? Sinto que nada mais é igual. Ainda sinto seu cheiro no travesseiro e escuto passos no corredor. Foi de repente que pensei em te chamar, mas uma lágrima fez eu me calar.

O que resta no mundo quando você já não está? Quem posso chamar de amor? Tudo que eu faço todos os dias é pensar em você, seja acordado ou dormindo, eu penso em você; que suas mãos me acariciam. Penso em você em cada instante da minha vida.

Não sei por onde continuar, se o homem que eu jurei amar, já se encontra do outro lado. Não sei por onde seguir, não sei nem se irei conseguir. Estou desorientado. O caminho que trilhávamos deu uma curva no lugar errado.

Me encontro em um lugar onde tudo é preenchido por escuridão, há apenas um pedaço de luz no final, algo que começa a brilhar, mas logo se põe a apagar. É você. Era você. Minha luz. Minha sorte. Minha alegria.

Eu tenho tentado compreender, tenho tentado buscar uma razão. Tenho parado de perguntar se algum dia você irá voltar. Sei que agora eu não verei mais seu rosto. Oh, meu amor... eu faria qualquer coisa só pra ter mais um dia com você.

Pode estar um dia lindo lá fora, mas aqui dentro é sempre chuvoso. Sinto falta da sua voz, me sinto repousado no nada, me falta até o oxigênio. De costas para o sol, passo mais um dia sem você. E não me serve de nada tentar seguir adiante, nem todo sucesso, nem todo o dinheiro. Não me serve de nada se você não está comigo. Com quem vou dividir minha vida se não for com você?

Cada momento é uma memória, o tempo não é nada gentil. Cada hora é preenchida pelo vazio e cada pensamento é direcionado a você. Gostaria que você estivesse aqui me segurando com força, pelo menos nesse momento em que eu pareço uma criança.

Como posso esquecer seu amor? Como posso ficar sem te ver nunca mais? Não existe lugar ou tempo em que exista um momento certo sem você. Está tudo errado. Como posso recomeçar, (como me dizem pra fazer)? Como posso tentar amar outra pessoa? Alguém que não é você... como poderia esse amor ser verdadeiro se eu nunca vou conseguir esquecer você?

Pode ser que o tempo venha a diminuir a dor, mas eu só quero que as minhas memórias se mantenham intactas para que eu possa ouvir sua voz do jeito que ela costumava ser, e para que eu possa ver seu rosto do jeito que só eu podia ver. Jamais vou deixar de pensar em você, e se eu viver por mais cem anos, por cem anos pensarei em você.

Desde que você se foi fiquei tão sozinho. Guardei tuas coisas no quarto que seria do nosso filho. Não pude empacotar e jogar fora toda a nossa história. Ficou faltando ainda tanto amor. Aqueles minutos que tínhamos se transformaram em horas. A cama rapidamente se alargou. O telefone não toca, a campainha não soa. Parece até que o mundo inteiro me abandonou.

Dizem por aí que me perdi, que nunca pude resistir a tua ausência. E é verdade que foi nos teus braços que encontrei um lugar para viver. Dizem por aí que já não durmo, que amanheço sem dar trégua aos meus pensamentos. Acontece que eu não quero te encontrar em meus sonhos e, então, despertar para descobrir que você não existe nessa realidade.

Eu não me importo com o que dizem por aí. Eles acreditam que o amor é um momento e não sabem que um momento é como uma vida inteira para mim. Do que importa, se você não está mais aqui? Não importa que digam que apenas estou vivo nas recordações de você e que sigo morto nessa realidade. Acontece que já não encontro mais com quem conversar sobre você.

Sei que preciso mudar a gravação da secretária eletrônica e que preciso parar de ligar para minha própria casa, mas é a única maneira de ouvir sua voz. Sei que preciso jogar fora aquele calendário que você marcou o dia 28 de setembro, já que nós não podemos mais comemora-lo juntos... mas então, quem vai me lembrar da data? Sei que preciso parar de ouvir o CD que fiz pra você e parar de ficar vendo minha sombra dançando sem você pela primeira... ou pela milésima vez, mas... isso só faz eu me lembrar de como as coisas costumavam ser; e como deviam ser.

Em tempos como esses é que eu mais preciso de você. Você sempre soube o que fazer ou o que dizer. Não quero soar repetitivo, mas eu realmente sinto a sua falta... um ano já se passou e, para mim, parece que foi ontem que te vi partir. Aquela maldita doença...

Volta, não importa a hora, estarei aqui, esperando por você, entre as quatro paredes do nosso quarto. Essa tua ausência dói e você não sabe o quanto. Volta, aparece, te comunica de alguma forma. Cada hora é como um golpe de desolação. É entediante demais não estar ao seu lado.

Vem, que eu não consigo aceitar que você teve que ir. Estou cada vez mais cheio de desesperança. Nunca pude imaginar como era estar só. Não sei o que fazer e não me resta nada de nada.

Desculpe... sei que você não pode voltar. Essa loucura de querer te ver já se transformou em alucinação. É que eu sempre estou recordando de você e do quanto eu te amo. Meus sentidos já estão fora de controle.

Você me ensinou muitas coisas na vida, mas você não me ensinou a viver sem você. E agora, o que é que eu digo pra esse coração? Se você se foi, então tudo eu perdi. Por onde recomeço se tudo acabou? Você não me ensinou a ficar sem você... talvez tenha até ensinado, mas eu nunca aprendi.

 

 

 

 

 

Meus olhos já estavam cansados de tantas lágrimas, minha mente já não aguentava mais ficar desejando que você ainda estivesse aqui. Meu corpo não podia mais suportar um dia em que eu ficasse costurando o meu coração. Então, em uma certa noite, eu pensei em acabar com tudo isso. Eu queria acabar no lugar em que tudo começou.

Eu estava prestes a me jogar quando senti algo me segurar, e eu sabia que era você, porque eu senti seu calor outra vez. Eu senti seu cheiro, senti sua presença, senti a sua voz dizer “não desista nunca... a vida é algo maravilhoso”. Então, eu me dei conta de que você continua vivo dentro de mim e que você apenas se foi para se tornar um anjo pra mim.

Se é verdade que você está olhando por mim, eu espero que você fique orgulhoso de mim. Você disse que sempre poderia contar com você e que mesmo nos meus momentos mais sombrios, você me amaria. Todas as vezes que eu caía, você fazia eu me sentir melhor. Todo o amor que você me deu ficará comigo para sempre.

Se eu pudesse passar outro dia com você, então eu provavelmente só te contaria coisas que você já deve saber. Ah, eu tenho tanta coisa pra dizer, mas eu acho que você já sabe o quanto sinto sua falta. É por isso que eu não devo me preocupar com isso, pois mesmo que você não esteja mais comigo, sei que não está longe.

Eu compreendo que, se algo de você ainda resta em mim, é que você me ensinou a ser feliz. Tudo o que eu fiz foi por causa de você e o que eu vou seguir fazendo vai ser por orgulho e amor a você. Compreendo que você se foi, mas deixou seu amor, que converte toda dor em fé e que se tornou minha razão de ser. É o teu amor que impulsiona os meus pés e faz até o céu mais cinza se tornar azul.

Lembro do seu sorriso e sei que é o seu amor que me faz renascer, que é o que vai me ajudar a sobreviver. Talvez eu possa amar um outro alguém. É... agora, sim, já sei o que tenho que fazer. Não importa se você não está mais aqui, eu irei sempre te fazer feliz.

 

Always in my heart, Harry
Yours sincerely, Louis



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...