1. Spirit Fanfics >
  2. Levi Ackerman >
  3. Obcecados

História Levi Ackerman - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Oi bens, hoje a história se passa num vasto campo, aulas de equitação acontecem nesse campo...

Capítulo 4 - Obcecados


Fanfic / Fanfiction Levi Ackerman - Capítulo 4 - Obcecados

Era um dia ensolarado, S/N estava tão obcecada por Levi quanto ele por ela, os dois se detalhavam de longe...

S/N montava na sua Égua chamada "Amora". Levi estava observando-a. Pensou ele:

Ela monta muito bem. Deu um sorriso malicioso. Cavalga muito bem hunr.

Com seu caderno em mãos, ele escrevia as características de S/N

S/N olhava para o seu superior... pensando em como poderia irrita-lo...

Ele é bem organizado, eu poderia bagunçar o escritório dele, ele parece gostar de escrever e se eu jogar os seus cadernos fora, ou melhor, se eu sem querer acabasse derramando tinta neles, o quanto será que ele se irritaria comigo? Talvez eu devesse sujar todo o seu escritório também para que ele me mande limpar. Pensou ela sorrindo

Depois da aula, Levi pediu a Hange que S/N levasse os cavalos para o estábulo, ela seguiu levando todos os cavalos de um por um, antes de ir para o refeitório Armin deu-lhe um beijo na bochecha, S/N sorriu com a demonstração de carinho de seu amigo...

Levi pensou pasmo: o quê?!!! Armin??? Ela deixa que o Armin beije ela?? Será que ela o quer? Não... se ela o quisesse, já teria pego, e todos saberiam... Será que ele não a quis?? Óbvio que não, ela parece orgulhosa demais para continuar falando com alguém que a rejeitou, já estou perdendo a cabeça tentando decifra-la.

S/N continuou fazendo seus deveres, ela amava cavalos, mais nesse momento ela estava prestando atenção no que o baixo homem de olhos sem instusiasmo algum estava pensando...

S/N pensou impaciente: Será que está pensando no trabalho? Estamos à sós, seria um bom momento para que eu escutasse sua voz novamente...

S/N pisou num pedaço de madeira de propósito, porém com toda a dureza do seu corpo ela nem sequer reclamou, pediu calmamente ao baixo gostoso de olhos cinzas:

S/N: Com licença capitão, machuquei o meu pé nesse exato momento, será que poderia me ajudar? Falou ela num tom baixo e levemente provocante.

Levi: Sente-se, deixe que eu levo os últimos dois cavalos.

S/N: Está bem, obrigada.

Não era uma ordem, mais ela o obedeceu no mesmo instante. Levi colocou os dois últimos cavalos no estábulo e voltou para cuidar de S/N.

Levi: Como está o seu pé? Consegue andar? 

Examinou ele: Agora seria um ótimo momento pra tentar saber algo sobre ela, espero que ela não consiga andar... Pensou tentando segurar o sorriso de maldade que se formava em seu rosto.

S/N: Eu acho que não consigo. Mentiu ela.

Levi: Pois eu à levo.

Levi a levou no colo, enquanto isso ele pensava em como puxar assunto com a mulher que estara em seus braços

Levi: Para onde quer que eu à leve? 

S/N: Meu quarto, por favor. Perdoe-me a petulância, sei que vão sair rumores, mais sem dúvidas eu não vou conseguir voltar do refeitório.

Levi: Entendo, posso ver o seu pé quando chegarmos?

S/N pensou consigo: o que? Levi quer cuidar do meu pé?

S/N: Eu até aceitaria, porém sei que vão criar várias histórias, então fique somente se não o incomodar que no outro dia todo o quartel fale em seu nome. Mais eu peço que sim...falou ela corando. É a primeira vez que eu machuco meu pé, realmente não sei como cuidar.

Levi pensou: realmente é a primeira vez que ela se machuca, o que será que ela estava pensando para ficar tão distraída?

Levi: Já estou acostumado com isso S/N, não se preocupe. Falou ele como alguém experiente.

Levi a levou no colo até o seu quarto, ela aproveitou cada segundo no corpo perfeito de seu superior, ele mal prestara atenção nela, o que era ótimo dessa vez, S/N mordia os labios frequentemente para conter a excitação que sentia somente em ouvir seu brinquedinho novo.


Notas Finais


O que será que os outros vão pensar, e o que vai acontecer nesse quarto...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...