História Lia Levesque e os Semideuses - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Mitologia Grega
Personagens Personagens Originais
Visualizações 3
Palavras 667
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ficção Científica

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Capítulo 10 - Muitas caçadoras dão a vida para nos salvar


Desta vez vi Encélado em meu sonhos, ele estava ferido, ele estava com Porfirion e Peribeia o que era uma péssima notícia. A estátua do deus acorrentado havia sumido, as caçadoras o havia levado, Porfírion disse:

-COMO VOCÊ A DEIXOU FUGIR?

-A-as caçadoras chegaram, ia ser fácil pegar a semideusa,pois ela está com braço e perna quebrada, e o semideus também seria fácil, mas as caçadoras chegaram, levaram a estátua e os dois semideuses.

-Eu deveria ter confiado essa parte do plano a Polibotes.

-M-mas... mas....

-Sem mas, vamos embora.

O sonho se desfez, acordei e olhei para a minha perna que ainda doía e o braço também, suponho que dormi só 10 minutos porque Thalia provavelmente não veio com a curandeira. Daniel ainda dormia, eu fui acorda- lô

-Daniel acorde precisamos avisar as caçadoras que precisamos sair daqui.

-Porque?

-Porfírion,Peribeia e Encélado, eles estão vindo

-Ta, elas não chegaram aqui não?

-Suponho que dormimos apenas 10 minutos

-Ah, então deixa eu te ajudar

Ele me pegou no colo e me carregou até a porta, foi a melhor sensação, ele abriu e seguimos até o final do corredor, naquele momento Thalia estava no meio do caminho, ela gritou:

-LIA! VOCÊ TA MALUCA? MANDEI VOCÊ ESPERAR! DANIEL COLOQUE- A NO CHÃO E SAIA DE PERTO

-Desculpa senhora comandante, mas não saio de perto dela de jeito nenhum, tenho que protege- la, e ainda mais não está na hora disso, devolva-nos nossos pégasos, precisamos rapidamente sair daqui.

-Porque? Perguntou Thalia

- Porfírion minha irmã. Ele está chegando. Ele, Peribeia e Encelado.

-Provavelmente Órion vai vir também. CAÇADORAS EM FORMAÇÃO, SE PREPAREM PARA O COMBATE.

-Quem é Órion,Thalia?

-Órion é o anti- Ártemis, ele já teve uma queda pela Lady, mas ela sempre o recusou, um dia Lady Ártemis chegou com a péssima notícia que ele estava morto.

-Nossa, ele ter uma queda por uma deusa virgem?- Brincou Daniel

-FIQUE QUIETO MENINO! OS HOMENS NÃO SÃO BEM- VINDOS AQUI

-Irmã só queremos os pégasos

-Venham, eles estão aqui.

Ela nos conduziu por um monte de corredores, até chegarmos onde os pégasos estavam, em cima tinha uma área aberta onde eles podem ir e voltar o tempo todo, sorte que Drogon e Rhaegal estava lá, Daniel me colocou com a ajuda de Thalia em cima de Drogon e Daniel montou em Rhaegal. Antes de levantarmos vôo ouvimos uma explosão e em frente da porta do local onde estamos, estão os corpos de algumas caçadoras que não resistiram. No momento em que Porfírion apareceu na porta Thalia disse:

-Vão, vou dar cobertura para vocês.

Levantamos vôo e comecei a chorar, porque deixei Thalia lá, indefesa, Daniel tentou confortar- me, o que não deu certo; chorei muito. Voamos rumo ao nordeste do país, não percebi que saimos do Amazonas, e agora estávamos indo devolver a estátua ao deus que foi roubado. As caçadoras conseguiram colocar a estátua dentro de uma camuflagem e fazer os pégasos leva- lá sem nenhum problema de peso.

Pousamos 4 horas depois de completo silêncio, deixamos Drogon e Rhaegal pastarem e fomos procurar um local bom para descansar; minha perna e braço ainda estavam fraturasos o que me faz indefesa. Daniel estava fazendo o possível para ajudar. Fomos até um hotel chamado Hotel Flora- Mata e nos hospedamos lá. Nosso quarto tinha 2 camas e eu peguei a maior por causa dos meus ferimentos e Daniel a menor.

-O que você está pensando?-Perguntei

-Em você Lia, tipo estou sendo inútil aqui na missão, e estou me esforçando o máximo para nos manter vivos.

-Daniel dramático como sempre, não se preoculpe, nós temos um papel importantíssimo na nossa missão "Apenas uma semideusa e um semideus poderá os deter".

-Espero que sim

Daniel veio até a minha cama, olhou para mim com os olhos cor de mel dele cheio de preocupação, para que ela pudesse desaparecer, eu o beijei, naquele momento esqueci de tudo, até do meu braço e perna fraturados, até a dor me trazer de volta a realidade. Ele foi para a cama dele

-Boa noite flor do dia

-Boa noite gatinho

Ele deu o sorriso meigo dele e se virou e começou a roncar

Assim me acomodei e dormi também



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...