História Lia Levesque e os Semideuses - Capítulo 15


Escrita por:

Postado
Categorias Mitologia Grega
Personagens Personagens Originais
Visualizações 5
Palavras 1.135
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ficção Científica

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Capítulo 15 - Destruímos Porfírion, mas ainda tem muito por vir....


Fanfic / Fanfiction Lia Levesque e os Semideuses - Capítulo 15 - Destruímos Porfírion, mas ainda tem muito por vir....

Ainda estavamos voando para o Centro- Oeste, Myra vôo até nos alcançar e disse:

-Qual é o seu plano?

-O meu plano é acabar com essa guerra entre meu pai e Hades e depois derrotar Gaia, mas teremos que ir ao Palácio Do Planalto, porquê lá fica o Monte Olimpo, todos somos o resto da profecia

-Ei você pode se transformar em um dragão de novo?

Olhei para Daniel e sussurei

-Ei eu vou deixar Drogon descansar, se você quiser ficar nas minhas costas na minha forma de dragão. ....

-E é claro que eu vou aceitar- ele disse soltando um riso

- Na hora que eu me transformar pule, sem medo, controlarei o vento para que você chegue em segurança, entendeu?

- Sim

Falei para o meu pegáso, e por incrível que pareça eu entendi o que ele falou "Claro, você ta um pouquinho pesada", saltei de Drogon e imaginei um dragão adulto de vinte metros, fiquei gigante e escamosa, abri as asas para ter o controle total, olhei para cima e Daniel pulou, comandei o vento e ele chegou são e salvo as minhas costas.

-Uau, isso vai ser demais

Abri a boca e soltei fogo, Daniel gostou, acho que ele entendeu aquilo como um sim, alcancei o pessoal lá em cima e Aimi disse:

-Nossa, posso subir ai também?

-Claro que não- Respondeu Daniel

-Vai deixa........

Okhei para ela e soltei meio que "Rugido" ( sei lá o que os dragões dão), o que foi ensurecedor, pois todos fecharam os ouvidos, quando terminei ela disse:

-Detecto isso como um não

Comecei a descer, e o pessoal foi com a gente, aterrisei e me abaixei, Daniel desceu e eu voltei a minha forma normal, olhei para Aimi e disse:

- Claro que eu não vou deixar você ir nas minhas costas

- Sempre meu irmão tem que levar a melhor.

Olhei para Daniel e disse:

-Posso deixa- lá em cima de uma árvore?

-Claro

Me transformei em águia gigante, peguei Aimi e a levei em cima de uma árvore, pousei e voltei a minha forma normal, e eu disse:

-Você vai ficar aqui até eu voltar

- Sério isso?

- Sim

-Cara que Saco

- Se reclamar eu te levo mais alto

-Ta eu paro

Me transformei em águia e peguei Aimi e levei- a de volta, olhei para ela e sorri, eu teria que aguenta- lá até vencermos Gaia, o que ela seria uma peste

-Bom o que vamos fazer?- Perguntou Elizabeth

- Vamos nos separar, eu e Daniel vai procurar alimento, Myra, Lyn e Charles vão ver se tem alguma ameaça perto, Elizabeth e Aimib dêem alimento e cuidem dos pégasos

- Pode deixar - Respondeu Aimi

- Vamos nos encontrar aqui as quatro da tarde, se tiverem problemas é só gritar; eu ouço de longe, se eu tiver problemas eu me transformo em um dragão de porte médio e guspo fogo, e vocês venham rapidamente, entenderam?

-Sim

-Bom até as Quatro

Eu me transformei em uma águia novamente e Daniel subiu em minhas costas, voei e fiquei olhando para baixo, até que achei um restaurante, comecei a descer, aí chegamos ao restaurante chamado "Come e saia cheio". Voltei a minha forma normal e disse:

-To achando estranho esse restaurante

-Eu também, bom.... vamos?

Entramos no restaurante, não tinha ninguém, fomos até onde fica coxinha e muitos salgados, tinha um homem lá, e ele disse:

-Olá freguêses, o que vocês vão querer?

-Queremos dez coxinhas, cinco risoles de queijo por favor, para viagem- disse Daniel

-Querem algo para agora?

-Sim por favor

Eu e Daniel pegamos o lanche, e nos sentamos, eu disse :

-Daniel, pelos deuses, to achando esse restaurante estranho

- Também. ... agora deveria estar cheio

- Sim.....

-Bom vamos comer?

- Eu vou no banheiro rapidinho

-Ok

Assim que me levantei; fui até o banheiro, o estranho que na parede estava escrito (ΖΥΚΑ, ΑΞΤΕΣ ΠΥΕ ΣΕΚΑ ΤΑΡΤΕ), em grego estava escrito "FUJA ANTES QUE SEJA TARDE". Ouvi um grito ensurecedor, corri e vi Daniel caido no chão segurando o pescoço, a comida.... estava envenenada, eu precisava avisar os outros, o estranho é que tinha cordas nele, me transformei em um dragão, se eu lança- se fogo lá, morreriamos, então fiz um barulho ensurecedor avisando aos outros, voltei a minha forma normal, e corri para Daniel, então alguma coisa disse:

- Não se preoculpe, ele vai sofrei muito, depois vem a paralisia e depois a morte.

- Ahhhhhhh, tinha que ser você Porfírion.

-Com certeza, agora o meu foco é VOCÊ.

Ele desferiu um golpe, que eu me desviei facilmente, me transformei em dragão e lancei fogo nele, ele me olhou surpreso e disse:

-Como.....?

-EU SOU LIA LEVESQUE, FILHA DE ZEUS, REI DOS CÉUS ESTOU AQUI NESSA MISSÃO PARA DETER GAIA E SALVAR O MUNDO, VOCÊ, PORFÍRION, VAI SER AGORA MESMO MANDADO PARA O TÁRTARO, COM OU SEM AJUDA DE MEU PAI

De repente um homem barbudo apareceu, espera.... meu pai, ele sorriu e disse:

-Belas palavras minha filha; agora vamos mandar ele para o Tártaro

- Zeus!!! Finalmente, você veio para morrer?- Perguntou Porfírion

-Infelizmente para você, não, e felizmente para nós, um semideus e um deus juntos consegue destruí- lo

Voltei a minha forma de dragão e gospi muito fogo, meu pai olhava e mirava com o seu raio mestre em Porfírion, então o Gigante disse:

-Tolos; eu vou voltar, esperem para ver

Meu pai atirou o raio mestre e o Gigante se desintegrou, percebi só agora que meus amigos assistiam na porta, olhei para o vendedor, furiosa, e lancei fogo nele; que o queimou até virar pó, me transformei de volta e Zeus disse

-Bom trabalho minha filha, eu agradeço por destruir Porfírion; agora nos encontraremos em Brasília

Antes que eu pudesse falar algo meu pai sumiu, corri até Daniel, o grupo já estava lá, Aimi disse:

-Você está brilhando

-O quê?

-Você está BRILHANDO. A bênção de Zeus, e você está mais alta também -Disse Elizabeth

-Ei, eu consigo cura- lo- Disse Myra

-Então cure- o

Ela colocou a mão na cabeça dele e murmurou algumas palavras em grego antigo, Daniel estava voltando ao normal, ele abriu os olhos, sorriu e disse:

-Eu sonhei que você estava lutando contra Porfírion em forma de dragão, e seu pai foi lá e o destruiu. E que você começou a brilhar

Sorri e o beijei, fui em seu ouvido e sussurei :

-Isso não foi um sonho

Abracei ele até Charles disser:

-Anh... pessoal, temos que ir

-Claro,e.....-Disse Lyn

-Vamos gente, eu vou dar carona

Me transformei em um dragão adulto, todos os seis subiram nas minhas costas, levantei vôo e Charles disse:

-Ahhhhhhhhh, como eu odeio voarrrr

Chegamos ao nossos pégasos e eu me transformei de volta e falei:

-Agradeço a todos por terem ido ajudar.

-Que bom né! Quem não iria ouvir você com aquele barulhão? -Brincou Aimi

-Agora teremos que ser cuidadosos, vocês viram um dos gigantes, ainda tem mais por vir. Aimi, agora se você quiser eu te dou carona nas costas!

-Depois se ver você matar Porfírion? Não obrigada

Sorri e me transformei em dragão, Daniel subiu em minhas costas, o resto montaram nos seus pégasos e assim voamos



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...