1. Spirit Fanfics >
  2. Liberdade >
  3. Liberdade

História Liberdade - Capítulo 1


Escrita por: Levi_Killua

Notas do Autor


Minha ideias original era causar um questionamento pras pessoas que vão ler isso e talvez um debate, eu não tinha gostado mas alguns amigos meus gostaram então eu li de novo e não achei tão ruim como no início

É isso, esse foi betado mas se tiver algum erro me digam, obrigada por ler

Capítulo 1 - Liberdade


Liberdade.

É uma palavra interessante, com um significado forte e as vezes, um sonho.

Quando você escuta, ou lê essa palavra, o que você pensa?

Que morar sozinho te faz livre? Casar é ser livre? Trabalhar vai te dar a liberdade? Morrer é liberdade?

O que é liberdade?

Ter suas próprias escolhas, certo? Mas só isso?

Liberdade é uma palavra pesada justamente por ser profunda, ela contém tantas formas de interpretar, pensar e modos de visão diferentes, que não da para resumir liberdade em “Quando eu sair de casa serei livre", “Quando eu tiver meu próprio dinheiro e escolhas serei livre". Acho que liberdade é mais que isso. Não da pra resumir ela em algo, mas podemos concordar que ter suas próprias escolhas é sim ser livre, mas não apenas isso.

O que te faz lembrar a liberdade?

Natureza, pássaros, cenários?

Eu gosto de asas. Asas me remetem a liberdade, não exatamente pássaros.

Eu gostaria de ter asas, assim eu poderia voar e ser livre, sentir o vento, viajar por onde eu quisesse, ter minhas próprias escolhas. Eu poderia fugir para o meu próprio mundo no momento em que eu quisesse.

Se eu tivesse asas, tudo seria melhor, mas eu não tenho asas.

Sou um humano, e humanos nunca serão 100% livres.

Religião, política, preconceitos, julgamentos.

O que nos fará livres?

Em relacionamentos corremos o risco de sermos abusados, manipulados, julgados, tanto familiar quanto amoroso, até mesmo em amizades. Religião é pior, visto por jeitos diferentes. Você acredita em um Deus que diz lhe dar livre arbítrio, mas se você por acaso questionar ele, você é um pecador? Se você não acreditar nele vai para o inferno? Se você crer em religiões distintas, você merece morrer? Eu prefiro sumir do que ter a porra desse falso livre arbítrio. Julgamentos, se eu fizer algo diferente vou ser julgada, se eu tiver um estilo diferente sou julgada, se eu me vestir, cantar, dançar e ter um estilo musical “estranho” sou julgada. Política, eu não entendo disso, talvez eu nem queira, mas eu sei, que se eu for o que “ele(s)” acham errado, eu corro risco de morte.

Preconceitos, se for preto/negro então podem morrer, se for LGBT então podem morrer, se for pobre, então nem se importam, se for de outra religião? Mortos.

Ninguém tem liberdade, nem ricos.

Tem que manter sempre uma boa reputação, mas mesmo que aconteça alguma merda, o dinheiro dos ricos podem deixá-los vivos.

Então, de novo, ninguém é livre.

Nem na morte. O que adiantaria eu me matar pra ser livre se eu nem mesmo poderia aproveitar isso?

Se eu não sou livre no geral, então eu poderia aproveitar momentos em que sou livre.

Sair com os amigos, estar sozinha e poder gritar, xingar, dançar que ninguém vai me julgar.

Meu sonho é ser livre, talvez em alguma reencarnação eu tenha asas para ser, e talvez nem todos concordem que asas, te tornaria livre, mas é meu sonho.

O sonho de todos é ser livre, e é uma merda que não possamos ser.

Liberdade é o sonho inalcançável que todos temos.


Notas Finais


<3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...