História Liberta-me - Capítulo 1


Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags @yellowu
Visualizações 3
Palavras 409
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Fluffy, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


olá pessoinhas ^^
tudo bem com vcs?
espero que sim.

é a primeira vez que escrevo sobre um assunto tão delicado como esse, não sabia nem por onde começar, então pensei em escrever algo sobre mim, no começo do ano descobrir que tinha depressão, não sei como isso aconteceu, mas desde que comecei a me cuidar passei a enxergar as coisas de outra maneira.

bjs e até a próxima.

Capítulo 1 - Liberte-me - Oneshot


Sempre soube que eu era diferente, apenas não queria enxergar isso, mas tudo começou quando eu pedia para brincar e as outras crianças me impediam de ficar perto delas, como se minha presença as incomodasse. Sofri muito no início, mas com o tempo me acostumei e não era mais problema para mim brincar sozinha, afinal, sobrava mais brinquedos para mim, certo?

Conforme eu crescia, mais dificuldades eu tinha para ter amigos, conseguia fazer um ou outro, mas sempre acabavam me trocando, mudando de escola ou simplesmente me largando, e na adolescência essa dificuldade só aumentava. Sempre via as meninas da minha turma sempre belas e arrumadas, eram rodeadas de amigos e por onde passavam, sempre chamavam atenção, enquanto eu era apenas a menina feia que sempre ficava de escanteio e tirava notas boas. Não tinha muita coisa para fazer além de estudar, então sempre encontrava nos estudos um refúgio de paz e depois esse refúgio se tornou os livros, onde também criei uma paixão inexplicável, tanto pela leitura quanto a escrita. Os romances onde a menina nerd se apaixonava pelo popular me encantavam e me faziam sonhar com quando será a minha vez.

No entanto, essa vez nunca chegou, não me sentia bonita suficiente para chamar a atenção de algum menino, sempre fui muito magra e por isso não tinha curvas como as outras meninas e muitas das vezes já me comparam com a carry por causa da minha personalidade calma e “estranha”. Não foi nada fácil sobreviver ao ensino médio tendo esta fama, tinha dias que nem vontade tinha de ir para a escola, mas precisava. Entretanto, como tudo tem um limite, o meu já havia sido ultrapassado e depois de anos tendo que ouvir e aguentar coisas horríveis, tentei me matar, queria que fosse da forma mais fácil, como um corte no pulso. Estava prestes a morrer quando ouvi a música, as palavras de minha família me confortando e dizendo que quão incrível, mas a minha maior salvação foi eu mesma.

Tive que, primeiramente, me amar do jeito que eu era e ignorar tudo e todos, precisava me libertar da minha própria prisão e viver…

E se você, que assim como eu, já teve ou tem lembranças horríveis dentro da escola ou até mesmo dentro de casa, lembre-se que você não está sozinho, às vezes você só precisa se olhar no espelho e enxergar a pessoa incrível que você é. A cura está dentro de você.

fim.


Notas Finais


meu perfil: @Inocenceapril.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...