História Lie Life - Imaginie Jung Hoseok ( JHope ) - Hot - Capítulo 3


Escrita por: e ParkChiminsz

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jung Hoseok (J-Hope), Personagens Originais
Visualizações 40
Palavras 616
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Fluffy, Harem, Hentai, LGBT, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oioi bebêzes, tudo bom? Espero que sim.
Perdoem a demora para trazer o capítulo, mas é que eu a Ju estou sem celular e agora usei o da minha mãe.
Bom, para o pr capítulo vou querer a interação de vocês, escolham se quetem um capítulo Hot ou uma treta, digam nos comentários. Boa leitura e até o próximo!

Capítulo 3 - Kiss...


Depois de uma longa e cansativa caminhada até o Rio Han, eu estava suada e cansada, respiração desconpensada e ofegante,  diversas vezes Jin me zuava, dizendo que eu era sedentária e que se ficasse acima do peso deixaria de ser meu amigo, eu o ignorei, pois eu sabia que isso não aconteceria e ele estava apenas enchendo meu saco. Agora caminhávamos tranqüilamente até um banco próximo, minhas últimas forças foram usadas para correr até o acento, respirei fundo.
Estava pensando muito no que tinha acabado de acontecer: minha mãe estava noiva de um cara vinte anos mais novo que ela. Não é para tanto, algumas pessoas até consideram normal, até seria se ele não escondesse algo, tem algo intrigante nele, ao perceber estou com o cenho frazido olhando fixamente para o Rio a nossa frente.

- No que tanto pensa Lia? - Jin quebra o silêncio que antes nos cercava.
- Na notícia de hoje. - tecido os olhos e passo a fitar meus dados entrelaçados em meu colo.
- Você sabe que estou contigo, no que ser e vier, Lia. Mas acho que não deva se preocupar com isso agora...- balbucia ele, e parece tenso, respira fundo antes de prosseguir -, acho que...Chega de falar! - ergueu meu rosto pelo queixo e o puxou para si, tomou meus lábios em um beijo suave e delicado.

Minha deusa interior arregalou os olhos surpresa e deu pulinhos como uma criança, eu estava envergonhada sem saber o que fazer,  apenas segurei seu rosto com minhas mãos,  e alguns minutos depois, meu pulmão pedia por oxigénio e então nos afastamos mantendo nossas destas unidas e sorrimos um para o outro.

- Talvez eu não esperasse por isto. - digo ofegante.
- Desculpe-me...- fita o banco.
- Eu gostei! - o tranquilizo deixando um rápido selar em seus lábios carnudos.
- Mesmo? - questina intrigado.
- Mesmo! - confirmo com um sorriso no rosto.

Talvez eu eperasse sim, eu e ele sempre muito próximos, confesso que sinto uma atração por ele dês do primeiro dia no emprego, dês de sempre, charmoso, galanteador, protetor, romântico um pacote completo talvez, sorri boba com tal pensamento.

- O que foi? - ergue uma sobrancelha. 
- Você! 
- Eu sou engraçado? - arregala os olhos.
- Não bobinho, você em si, a deixa!
- Que tal irmos para casa, acho que você precisa comer. - diz firme endireutando sua postura no banco.
- Nã...- antes de negar, meu estômago: entrometido, faz barulho,  desmentindo-me.
- Parece que algo não concorda com o que diz! - sorri vitorioso e eu bufo descontente.

Mais uma longa caminhada até a casa de Jin, ao chegarmos, me jogo de qualquer forma no sofá, e ele logo me trás um copo de água. 

- Obrigado! - sorrio gentil.
- Vou preparar kimchi com arroz e frango. - diz vestindo seu avental azul-bebê.
- Delícia! - digo -, acho que preciso e um banho...- credo estou suada e grudenta.
- Você sabe onde fica o banheiro, logo levo umas roupas e toalha. - pega uma de suas panelas.
- Sim oppa! - o abraço por trás - Obrigado por hoje...- sussurro em seu ouvido e deixo um selar em sua nuca.
- De nada! 

...

Lavo meus cabelos com seu shampoo e em seguida o condicionador, ambos de camomila, lavo meu corpo com um sabonete líquido de morángo - um aroma maravilhoso -, ouço batidas na porta e em seguida o ranger dela ser aberta. Graças o vapor e o vidro embaçado ele não pode me ver.

- Lia? Aqui estão as roupas e a toalha, a comida está pronta. - avisa ele e logo ouço a porta ser fechada.

MAS...


Notas Finais


Novamente obrigada por ter lido❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...