1. Spirit Fanfics >
  2. Lie to Me >
  3. Você é a mulher da minha vida

História Lie to Me - Capítulo 42


Escrita por:


Capítulo 42 - Você é a mulher da minha vida


Selena Gomez Point View

Sinto mãos pesarem em minha cintura assim que tento me levantar da cama e então olho vendo o loiro dormindo tranquilamente. Me lembro da noite anterior, ficamos como um casal na festa de casamento de Miley e quando voltamos para casa decidimos dormir juntos. Me pego analisando cada extensão de seu rosto e me pergunto em como um ser desse pode ser tão bonito, suspiro derrotada com todos os meus pensamentos e então começo a distribuir beijos por todo seu rosto na intenção de o acorda-lo, ele abre seus olhos de forma estreita e me encara, seu sorriso se abre e eu não contenho o meu.

— Essa sempre será a melhor forma de acordar. — Ele diz e eu sorrio. — Bom dia amor. — Ele me puxa iniciando um beijo calmo.

— Minha mãe vai desconfiar. — Digo entre o beijo e ele da uma sorriso delicioso.

— Ela não está em casa. — Estranho. — Voltará apenas mais tarde. Então, temos um longo dia juntos. — Dou uma risada e ele inicia o beijo novamente.

Jogo todos os pensamentos de que eu não poderia fazer isso para longe e aprofundo o beijo de forma incrívelmente boa. Ele me coloca em seu colo ainda deitados enquanto passava suas mãos por todo o meu corpo, podia sentir seu membro duro em baixo de mim. Ele troca de posição ficando em cima de mim, e isso deixa as coisas mais quentes do que elas estavam, cerramos o beijo para respirar e ele começa a distribuir beijos por todo o meu pescoço e eu arfo com isso. Coloco minha mão em sua nuca e a direciono até a minha boca rapidamente iniciando um beijo, que estava mais apressado e com mais desejo, ambos estávamos necessitados um do outro.

— Eu senti falta disso. — Ele sussurra em meu ouvido e todo meu corpo se arrepia. Ele parecia notar isso.

O loiro se encontrava sem camisa alguma, e isso era tão bom, o loiro tira a blusa que eu antes vestia deixando meus seios à mostra. Ele não demora a abocanhar um deles fazendo todo o meu corpo se arrepiar com o ato do loiro, ele sabia perfeitamente o que estava fazendo e também sabia que eu estava gostando demais. Sua língua passa pelo o bico enrijecido de meu seio e eu arfo com isso, ele faz os mesmos movimentos no meu seio esquerdo, aperto fortemente seu braço enquanto sentia seus toques e ele não parece se incomodar com isso, pelo contrário, o loiro sorria de forma deliciosa.

— Você é perfeita. — Não contenho o sorriso e o puxo para um beijo profundo e quente enquanto ele tirava sua cueca. Sinto seu membro bater em minha coxa e me separo para encarar o mesmo. Justin tinha um sorriso sapeca em lábios e eu entendo.

Me coloco à frente de seu membro e sentia uma sensação estranha em ver a expressão de Bieber que esperava ansiosamente por aquilo, era uma mistura de saudade de tudo isso, com desejo e um pouco de culpa. Todos os meus pensamentos são jogados para longe quando as mãos do loiro vão até meus cabelos fazendo a minha boca se aproximar de seu membro, tomo a atitude de abri-la e abocanhar todo aquele membro que estava saltado, faço os típicos movimentos de vai e vem e mexo a língua para lhe proporcionar prazer enquanto minhas duas mãos incentivavam seu membro, olho para cima para ver o loiro que estava com seus olhos fechados e gemendo baixo mas o que era o suficiente para me deixar excitada, suas mãos ainda estavam em meus cabelos me incentivando a continuar e quando ele abre seus olhos sinto todo meu corpo se arrepiar com a forma penetrante que seus olhos me comem nesse momento.

— Selena. — Ele geme meu nome com sua voz rouca e eu sinto que iria explodir junto com ele nesse momento. — Isso. — Sua respiração estava descompensada e sei que ele estava prestes a chegar em seu ápice. Tiro minha boca de seu membro e paro com os meus movimentos recebendo um olhar de reprovação do loiro.

— Eu quero você dentro de mim. — Minhas palavras parecem mexer com o loiro pois ele se levanta e me puxa rapidamente para si.

— Antes eu preciso fazer uma coisa, amor. — Sua voz sai tão sexy, puta merda. Ele fica em cima de mim enquanto deposita beijos pelo meus pescoço.

Seus beijos vão descendo devagar e de forma calma, ele deposita beijos por minha barriga e enquanto de forma agil ele tira minha calcinha e a joga em algum canto do quarto e começa a descer seus beijos até a região, mordo meus lábios esperando ansiosamente por esse momento. Todo meu corpo gritava por isso e enquanto ele deposita um beijo molhado na região dou um grunhido, ele aperta a minha coxa abrindo as minhas duas pernas, eu engulo a seco ao sentir sua língua ir de encontro com a minha parte íntima, ele faz movimentos ágeis e perfeitos, sinto uma onda elétrica caminhar por toda a extensão de meu corpo. Tento controlar a minha respiração que estava descompensada, e os gemidos que saiam de forma involuntária de meus lábios, meus quadris se mexiam sozinhos conforme os movimentos da língua de Bieber. Eu não me lembrava de quão bom isso era.

— Porra. — Grito. — Justin. — Gemo seu nome e ele parece aprovar isso pois intensifica os movimentos. — Eu...— Não consigo finalizar minhas falas sinto o líquido quente sair de forma rápida, o loiro suga todo ele e parece saborear todo o meu gozo.

— Você é deliciosa, Selena. — Ele levanta sua cabeça lambendo seus lábios e eu sinto que poderia gozar novamente só com ele fazendo isso. Puxo o loiro para que ele me penetre mas ele nega e eu o olho brava.

— Eu quero que você peça. — Ele sussurra. Droga. Eu odeio ele. — O que você quer amor? — Me controlo ao ouvir sua voz rouca.

— Eu quero. — Mordo o lábio inferior, eu sei que ele quer ouvir. — Eu quero que você me foda. — Ele sorri.

O loiro me puxa até seu corpo e coloca seu membro na entrada de minha parte intima, eu o olho suplicando e o mesmo lança um sorriso cafajeste. Ele ajeita suas mãos em minha cintura firmemente e me penetra de uma vez só fazendo eu soltar um gemido alto, o loiro aperta minha cintura fortemente enquanto me entocava diversas vezes. Movimento meus quadris para que possamos sentir mais prazer e nesse momento eu e o loiro gemíamos juntos, me sentia em outro mundo sentindo a melhor sensação possível, os movimentos de loiro eram ágeis e precisos.

— Justin. — Gemo seu nome e ele parece aprovar isso, ele me lança um sorriso e eu não contenho outro.

Os movimentos de Justin só aumentavam enquanto eu gemo seu nome, meus quadris se mexiam por si próprio. O loiro vira meu corpo me deixando de quatro, empino minha bunda e ele me penetra outra vez, a posição deixava as coisas ainda melhores. Bieber anuncia que estava chegando e então começo a aumentar meus movimentos, a mão de Justin vai até meu clitóris masturbando-o, não controlo o meu prazer e sinto meu gozo me preencher. Não demora muito para que eu sinta o líquido quente do loiro me atingir como um jato, ele tira seu membro de dentro de mim e se joga na cama suando, e me puxa para deitar em seu peitoral.

— Você é a melhor. — Ele beija a minha testa e acaricia meus cabelos.

Meus dedos brincavam no peitoral do loiro enquanto ele fazia carinho em minha cabeça, suspiro pesado e ele parece notar, pois me olha de canto mas logo deixa de tomar atenção. Mil coisas passavam por minha cabeça, e parecia que a mesma iria explodir em poucos segundos. Nossas respirações estavam descompensadas pelo o ato de poucos minutos atrás. O celular de Justin toca, em movimentos ágeis ele pega-o e atende quem quer que seja, e rapidamente uma onda de insegurança me toma e eu me sinto a Selena de um ano atrás quando estava com ele, e tudo aquilo aconteceu. Sem que eu note lágrimas descem queimando minha bochecha enquanto Bieber ainda falava no telefone.

— Amor. — Ele diz assim que nota que choro. — Por que chora? — Ele desliga seu celular e volta sua atenção a mim.

— Eu...— Minhas palavras não saiam. — Eu me sinto com medo, insegura e prestes a explodir.

— Insegura com o que? — Suas mãos me acariciavam e sua voz saia suave.

— Com nos dois. — Sua feição muda, ele se surpreendeu. — Eu não sei se consigo confiar totalmente em você, toda vez, aquele um ano volta à tona. — Choro ainda mais.

— Amor. — Ele me puxa para si. — Não tem muita coisa que eu possa te dizer, pois isso você terá que se resolver com seus próprios pensamentos. Você sabe que é tudo coisa da sua cabeça, eu já te provei que te amo tantas vezes, eu faço qualquer coisa para você e com você. Eu te amo com todo o meu coração, Selena Gomez e eu não conseguiria de forma alguma te machucar pois quando isso acontece eu me machuco junto. — Sinto mais lágrimas cair e dou uma risada, eram lágrimas de felicidade.

— Obrigada. — Sussurro e me aconchego em cima de seu corpo. Sentia todo o meu corpo relaxar conforme ele fazia carinho.

        

                                                                        •••

Sinto meu corpo ser cutucado diversas vezes enquanto meu nome é chamado. Abro meus olhos dando de cara com o loiro com a cara amarrotada por conta do sono e sorrio, ele era extremamente lindo. O sorriso do loiro também aparece enquanto eu tento entender o motivo dele ter me acordado, todo o meu corpo parecia mais relaxado e eu fico animada com isso. O celular de Bieber estava em suas mãos e ele parecia manter sua atenção nele em diversos momentos, tento me controlar para que isso não me irrite. Depois de longos minutos entediantes ele larga seu celular e começa a me encarar de forma incrivelmente boa.

— Eu te amo. — Ele diz sorrindo e eu sorrio rapidamente com sua fala. — Você é a mulher da minha vida. — Ele me puxa para ficar em cima de seu corpo e assim eu faço.

— Eu também. — Digo enquanto brinco com meus dedos em cima do peitoral de Bieber. — Muito. — Selo nossos lábios em um selinho longo.  

Eu sinto que nesse momento eu era completamente e inteiramente do loiro a minha frente, o olhar penetrante dele fazia meu corpo todo arrepiar e seu sorrio, eu sentia que poderia ir aos céus com aquele sorriso. Não me canso de brincar com meus dedos em seu peitoral enquanto o mesmo fazia carinho nos fios de meus cabelos, o silêncio era predominante mas não de uma forma ruim, pelo contrário, era um silêncio aconchegante e que me trazia uma enorme paz. Eu poderia ficar por horas com ele nesse momento incrivelmente bom. Minha expressão se murcha quando ele com cuidado se levanta da cama me deixando com cara de idiota o encarando, o mesmo pega novamente seu celular e digita alguma coisa.

— Eu irei a empresa. — Ele diz e toda a minha animação some de forma repentina.

— Não. — Exclamo e puxo o loiro para mim. — Fique o dia comigo. Por favor. — Minhas mãos abraçavam sua cintura enquanto eu encarava o loiro que tinha uma expressão pensativa.

— Ok. — Ele diz e eu sorrio de imediato. — Eu fico. — Ele se joga na cama e me puxa de volta para ficar em seu peitoral.

— Eu não me importaria de ficar para sempre em seus braços. — Digo sem olhar diretamente para o loiro mas eu sei que ele estava sorrindo.

— Eu me sinto tão bem em ter você em meus braços. — Ele beija o topo da minha cabeça. — Durante esses meses eu sonhava com você todas as noites, meus pensamentos estavam frequentemente em ti e eu sempre idealizei o momento em que eu a veria novamente. —Seus olhos brilhavam. — Eu te amo com todo meu coração e nunca mais irei te magoar. — Lágrimas acumulavam em meus olhos e o do loiro e assim iniciamos um beijo cheio de amor e ternura. Nesse momento eu me sentia viva como nunca antes.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...