História Lies - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Jikook, Jimin, Jungkook, Kookmin, Traição, Yoongi
Visualizações 174
Palavras 1.679
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), LGBT, Suspense, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Heey ^-^
Resolvi fazer uma OneShot na tentiva de ser triste, porém não sei se consegui KKKKKK eu espero muito que vocês gostem, fiz com muito carinho ♡

Capítulo 1 - - Capítulo Único -


Fanfic / Fanfiction Lies - Capítulo 1 - - Capítulo Único -

Eu acho que todo mundo já teve um relacionamento, não precisa ser apenas com um namorado, amizade também vale como um lindo relacionamento. 

Nós ficamos cegos, só temos nossos olhos grudados na pessoa em que amamos, esquecendo das maravilhas do mundo. Eu perdi tanta coisa na minha vida namorando, pra no final eu acabar descobrindo que era tudo mentira. 

Eu tinha um namorado, eu era completamente apaixonado nele, eu tinha o maior orgulho em mostrar nossas alianças, tirar diversas fotos e postar nas redes sociais, poder beijar aquela linda boca, nossas transas são inesqueciveis... O nome dele? Jeon Jungkook, o cara que amo ainda hoje, mas acabou fodendo minha vida. 

Eu tinha um amigo, que também era do Jungkook. Min Yoongi, me desculpa por não ter acreditado em você antes, você tinha toda razão, eu me lamento muito até hoje. Se eu fizesse o que você pediu mais cedo, eu estaria melhor agora. 

Aposto que vocês devem estar curiosos na merda que Jeon fez na minha vida, mas terei que voltar no tempo.

Flashback ON

Estava um dia tão lindo, hoje é nosso último dia de aula, eu não poderia estar mais empolgado do que já estou. Minhas vestimentas eram simples, mas sempre mantendo o meu estilo, aliás, eu namoro Jeon Jungkook, o garoto mais popular da escola. 

Eu me sinto tão sortudo, diversos caras e mulheres correndo atrás dele, e ele foi escolher justo... Eu. Um garoto simples, sem nenhum pingo de interesse à vida, mas eu prefiro ficar quieto, estou feliz assim.
Saí de casa e caminhei até a escola, vendo aqueles diversos alunos caminhando em grupos, todos animados, com enormes sorrisos no rosto, enquanto eu estava sozinho, sem nenhum sorriso, mas sim animado, só não estava demonstrando isso ao mundo. 

Depois de tanto caminhar, cheguei na escola, vendo Jungkook com seus outros amigos, um deles o Yoongi, o único que eu tenho contato. Jeon estava como sempre, com roupas de couro, um gorro vermelho, seus brincos de argola e nossa aliança, seu acessório em que eu mais admiro. 

- Jiminie - ouvi uma voz, mas não era qualquer uma, e sim a do Jungkook. 

- Oi Jungkookie - sorri, lhe dando um abraço apertado. 

- Hoje as aulas começam mais cedo, então saíremos antes do horário normal - explicou Jungkook com sua feição sorridente. 

- Você vai ficar comigo hoje à noite? - perguntei, formando um pequeno bico em meus lábios. 

- Eu não posso meu bem, eu trabalho à noite toda. 

Jungkook sempre dizia que iria trabalhar, mas nunca vi algum uniforme, ou até mesmo ele receber seu salário. Mas fico feliz que ele tenha seu emprego, isso é ótimo para ele. 

O sinal tocou, então Jungkook entrelaçou nossos dedos, seu ato de toda manhã para me levar na sala. Somos do mesmo ano, mas de turmas diferentes. O Yoongi é da minha classe, o único em que eu converso e passo a maioria do meu tempo. 

Caminhamos até minha sala, então paro na porta e me viro para Jungkook, me aproximando e lhe dando um selinho demorado. 

- A gente se vê depois - disse Jeon. 

- Tudo bem, até daqui a pouco - acenei, entrando na sala. 

Me sentei na carteira de sempre, uma do fundo na última fileira. Aquele lugar ficava ao lado da janela, eu gostava de ver a cidade movimentada quando não estava afim de ver a aula ou quando estava de cabeça quente, eu me acalmava desse jeito. 



[…]



As aulas tinham acabado, uns se viam pela última vez, enquanto outros ainda manteriam contato. Eu e Jungkook vivemos na mesmo condomínio, então o verei com bastante frequência. 

Yoongi vinha em minha direção, mas sua feição era preocupante, ele estava sério e ao mesmo tempo triste, me deixando assustado. 

- O que foi Yoonie? - perguntei assim que ele parou em minha frente. 

- Você precisa se separar do Jungkook, é sério Jimin, me escuta. Eu já lhe disse isso um milhão de vezes, mas faça isso, é pro seu próprio bem - dizia Yoongi quase desesperado. 

- Yoongi, eu não vou me separar do Jungkook só porque você quer, eu o amo muito, seria injusto da minha parte - mesmo não sabendo o motivo do desespero, eu não vou me separar dele. 

- Eu preciso te mostrar uma coisa de noite, pode fazer isso? Por você.

- Tudo bem, você sabe onde moro, passa pra me buscar - dei um pequeno sorriso.

Dei as costas para o mesmo, indo logo para minha casa. Jungkook já havia saído da escola, então eu voltei sozinho hoje. 

Assim que cheguei em meu apê, fui direto para meu quarto. Joguei minha mochila em um canto qualquer e deitei na cama, eu estava morto de cansaço, por isso acabei caindo no sono rapidamente. 

Enquanto eu dormia, tive um sonho estranho. Eu chorava muito, estava sozinho dentro de casa e depois ficou tudo preto. Isso tem algum significado? Te haver com que Yoongi quer me mostrar? Por quê esse sonho assim do nada? Por quê tantas perguntas sem respostas? Isso é um inferno!

Acordo com alguém me balançando, então abro meus olhos lentamente e vejo Yoongi, me fazendo pular por ver ele dentro da minha casa. 

- Como entrou aqui? - perguntei me sentando na cama. 

- A porta estava encostado, me desculpa - explicou-se - Mas agora você precisa se arrumar. 

Yoongi saiu do quarto e me deixou sozinho, me deixando totalmente confuso. Ele entra na minha casa e manda eu me arrumar na total grosseria, que coisa linda para cara dele. 

Me levantei sem proclamar nada e peguei uma roupa, vou tomar banho quando voltar. 

Assim que terminei de me arrumar, desci para a sala e vi Yoongi olhando uma foto que estava em um quadro, quando me aproximei, era eu e Jungkook na piscina. 

- A gente é um casal tão lindo, não acha? - perguntei encarando a foto sorridente. 

- É - respondeu Yoongi sem ânimo - Não vamos enrolar muito, vamos logo. 

O mesmo segurou meu pulso, me puxando para fora de casa. Descemos para a garagem e entramos em seu carro, que não demorou para que ele o ligasse e começasse a dirigir rapidamente. 

Eu estava confuso, não sabia para onde ele estava me levando, muito menos para que ele estava fazendo isso. Eu espero que isso seja realmente muito importante, eu poderia estar em casa, esperando meu namorado calmamente sem nenhum estresse. 

O carro logo parou, então olhei para janela e nós estávamos em frente uma boate, me fazendo encarar Yoongi furioso. 

- Você tá maluco? Você acha mesmo que vou trair o Jungkook? - perguntei aumentando meu tom de voz. 

- Não é isso, eu não quero que você não pegue ninguém, só vou mostrar uma coisa - respondeu saindo do carro. 

O que tem na boate que ele queira me mostrar? Vadias se esfregando nos caras e bebendo até desmaiar? Não quero ver nada disso. 

Respirei fundo, logo saindo do carro também. Entrei na boate junto com Yoongi, me sentindo desconfortável ficar grudando nas pessoas para poder passar no meio da multidão. A música era alta, mas era boa, eletrônica é um ótimo estilo de música. 

Eu ainda não entendi o porquê de estar aqui, Yoongi não me explica nada, só manda segui-lo, e eu idiota obedecia. 

Min subiu para o piso de cima, as escadas tinham um tapete vermelho de veludo, me fazendo passar a mal discretamente. O mais velho parou em uma porta, e tinha uns sons de gemidos lá dentro. 

- Que? - encarei o outro ao meu lado. 

- Jungkook não trabalha, ele vem pra cá todo dia, gasta seu dinheiro bebendo, eu sou a prova, pois eu venho com ele - disse Yoongi, me deixando tristonho. 

- Eu não vou acreditar nisso Yoongi, ele trabalha sim! - falei sério. 

- Mesmo? - Yoongi abriu a porta, me mostrando uma cena horrível. 

Jungkook estava transando com uma mulher, seus olhos estavam fechados enquanto aquela vadia quicava nele. Meu coração se quebrou em mil pedaços, que serão impossível de se juntar um dia. 

- J-Jungkook - o chamei, deixando minhas lágrimas caírem. 

Jeon e a mulher pararam e me encararam, logo pegando suas roupas e as vestindo. Eu só conseguia ficar parado, deixando minhas lágrimas quentes escorrerem nas minhas bochechas. 

Eu pensei que ele me amava, eu pensei que tudo era recíproco, eu deveria ter escutado Yoongi antes, eu me sinto um nojo, me sinto um brinquedo nas mãos de um canalha. 

Eu apenas me virei e saí daquele lugar. Eu encarava o chão, estava com vergonha de olhar na cara das pessoas sorridentes e mostrar meu desgostos e tristeza. 

- Jimin! - ouvi sua voz rouca me chamar. 

Apertei meus passos, passando a correr pelo meio da rua, mas sou impedido quando sua mão segura meu pulso, me fazendo o encarar. 

- Me solta seu nojento - falei o encarando. 

- Jiminie, deixa eu me explicar... 

- NÃO! - gritei - Eu não quero ouvir mais uma de suas mentiras, eu virei corno, eu te amava de verdade, eu sou cego o suficiente para ver que você é um canalha, que é um cara como todos os outros. Você é um idiota, eu te odeio Jungkook, te odeio! - eu dizia tudo em tom auto. 

- Me desculpa, eu não queri... 

- Cala a boca Jungkook! - o interrompi - Me esquece pra sempre, parabéns pra você, acabou de foder a minha vida - falei me soltando de sua mão. 

Voltei a caminhar ainda chorando, tirando a aliança do meu dedo e jogando em um lugar qualquer.

Flashback OFF

 E foi assim que descobri que meu relacionamento era tudo baseados em mentiras. Fui usado, enganado, iludido, uma farsa. 

Hoje eu tenho a resposta daquele sonho estranho, era um aviso do que iria acontecer realmente. 

E hoje em dia estou aqui. No mesmo apartamento, do meu mesmo jeito, mas dando amor e carinho só para quem realmente merece. Posso ter sido idiota por não ter descobrido antes, mas aprendi uma coisa: "nem todo mundo que amamos é fiel".


Notas Finais


Foi isso anjinhos, tentei ser sad, mas acho que foi pelo menos tristonho KKKKKKKK espero que tenham gostado e se vemos por aí 💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...