1. Spirit Fanfics >
  2. Life >
  3. Capítulo 14

História Life - Capítulo 14



Capítulo 14 - Capítulo 14


Fanfic / Fanfiction Life - Capítulo 14 - Capítulo 14

Ino

Vi uma Sakura passar por mim correndo e descontrolada, eu gritei por ela mas a mesma não me escutou, depois de alguns segundos vejo o garoto novo saindo as pressas atrás dela o mesmo pula na Sakura a abraçando por trás e caindo com tudo na piscina, foi cerca de minutos.

Eu me desesperei largando a recepção e correndo até onde eles estavam.

_Oque você pensa que está fazendo seu idiota? Largue a minha amiga agora. – grito com raiva, vendo o medo no rosto da Sakura.

Ele a solta e eu a ajudo a sair da piscina, a roupa que ela estava, ficou transparente, e colada em seu corpo, o idiota olha ela de cima a baixo e começa a lamber os lábios, aquilo me deu um nojo tão grande.

_Você é um doente, seu maluco pervertido, você estava tentando agarrar a Sakura, eu vou te matar.. – começo a fazer um escândalo.

Sakura se encolhe atrás de mim, e vejo a Temari chegar com uma toalha.

Ela cobre o corpo totalmente molhado e gelado da Sakura.

_Amiga vamos trocar essa roupa – Temari disse me tirando a atenção do imbecil, e quando volto a olhar ele já sumiu.

Puxo Sakura junto com Temari largando a recepção sem ninguém, e  que se foda em primeiro lugar vem a minha amiga, ela estava gelada e parecia com muito medo.

Fomos para o vestiário e a mesma tira a roupa, penso ter escutado um barulho de gemido ,mas não vejo nada diferente então ignoro.

_Amiga por que estava correndo e aquele louco estava atrás de você? – ela me olha mais assustada ainda e começa a falar.

_Eu estava dançando na minha sala, quando esse mesmo idiota chega por trás de mim e segura minha cintura eu me afastei e o empurrei, ele me disse que a música que eu estava dançando tinha que ter companhia, eu rapidamente o expulsei e mandei ele embora dali, mas pela cara dele vi uma tremenda malícia, mas não dei tanta importância, só que quando fui almoçar com o Sasuke alguém me manda umas mensagens estranhas sabe...E uma foto minha nua tomando banho.. – Eu e Temari demos um pulo com tamanho susto com oque Sakura nos fala, mas não para por ai..

_Depois que voltei do almoço eu passei direto pela musculação indo para minha sala de dança, quando me sinto sendo puxada e jogada na parede, ele tampou a minha boca, eu mordi ele, questionei oque ele estava fazendo – ela treme enquanto fala – ele disse que eu estava me oferendo e que foi me pegar – ela chora – eu disse que iria gritar, e ele disse que sim, mas falou que eu iria gritar na sua cama, sendo totalmente escroto com algumas coisas, eu nunca senti tanto medo. – ela chora mais alto – me senti suja.

Eu e Temari corremos para abraça-la.

_Amiga está tudo bem agora.. Você não fez nada de errado. Ele é um maluco transtornado, e você irá contar tudo para o Sasuke ouviu? – Temari disse, comigo concordando com tudo.

Sasuke

_Mãe? – Eu olhava surpreso por ela estar aqui.

_Vou deixar vocês conversarem – Gaara saiu fechando a porta.

_Filho ingrato, nem para ligar para sua mãe Sasuke Uchiha – ela vem até mim puxando minha orelha e só depois me abraça. – e bebendo Sasuke? Uma hora dessas – diz brava.

_Aaai mãe...Desculpe é só que.. – ela já sabia somente de olhar para mim, ela podia ver a dor estampada em mim.

_Eu sei...Seu pai me ligou ontem a noite...Você quer conversar? – apenas assenti. Ela me puxou para podermos  nos sentar no sofá do escritório. Ainda bem que não estava bêbado, se não minha mãe me bateria. – Seu pai me disse que você e a Sakura terminaram. Mas não me disse o motivo.

_Bom...A culpa foi toda minha...Eu meio que abandonei ela por causa da Hinata. – disse baixinho.

_Ela terminou com você por causa da sua falta de atenção e carinho pelo que posso entender. – minha mãe me entendia com apenas poucas palavras.

_Sim.. – suspirei – Ela achava que eu sempre amei a Hinata, que estava com ela por pena.

_E claro que você nunca deixou esclareceu seus sentimentos por ela. Certo? – minha mãe olhava para mim tão tranquila.

_É... – concordei envergonhado.

_Você sabe por que eu coloquei seu pai para fora de casa? – neguei, eles nunca falaram sobre isso comigo – pelos mesmos motivos que Sakura te deixou, seu pai era extremamente frio e arrogante, você mesmo sabe disso, nunca demonstrou amor e carinho nem para mim e nem para você. E depois de anos vivendo assim, meu amor por ele acabou, não suportava mais mostrar amor sozinha. – meu pai sempre foi assim mesmo, e não me surpreendo com nada sobre oque ela me diz.

_Eu não sei oque fazer mãe – meus olhos enchem de lágrimas, minha mãe é a única que consegue ver minhas fraquezas. – eu amo tanto ela, nós dois conversamos, e ela ainda está confusa com algumas coisas. Eu quero demonstrar meus sentimentos mas não sei como. E tem também a Hinata.

_Oque tem a Hinata? – me perguntou séria.

_Como eu disse, Sakura se sentia sozinha e desprezada por mim, me via sempre com a Hinata, as vezes até mesmo demonstrava alguns gestos de carinho com ela. Na nossa briga ela me jogou na cara que a Hinata estava estragando nosso relacionamento de propósito, eu não acreditei, mas a maior decepção e vergonha, foi saber pela própria Hinata, que sim, ela estava tentando estragar meu namoro. – não segurei as lágrimas e minha mãe me puxou para um abraço apertado. Eu me afastei somente para deitar no seu colo.

_E do que você tem medo meu filho?  Você já sabe que a Hinata estava te fazendo mal, agora pode concertar tudo com a Sakura. Você não teve culpa de nada pelo que a Hinata fez, e eu estou tão abalada com isso tudo, nunca pensei que a Hinata doce e gentil pudesse ser assim. Mas coloque uma coisa na sua cabeça.. Você não teve culpa de ser enganado, sua culpa é por negligenciar sua namorada, corra atrás do prejuízo filho.

_E se ela estiver quebrada demais? Se ela nunca mais confiar em mim? Eu não sei como agir, ontem ela foi tão carinhosa comigo depois da minha discussão com a Hinata, ela cuidou de mim, e hoje fomos almoçar juntos e tudo parecia bem, mas por dentro eu me sinto... – minha mãe afagava meus cabelos enquanto eu chorava.

_Filho...Essa garota te ama, ela não te afastou ontem e cuidou de você por que quer que você corra atrás do tempo perdido. Ela quer que você mostre que realmente ama ela, e sim.. Ela pode estar receosa, é normal...

_Eu já disse que amo ela...Mas como fazer para demonstrar?

_Você já levou ela para um encontro? – eu levantei enxugando minhas lágrimas.

_Não... – como eu nunca fiz isso antes?

_Comece por ai... Chame ela para jantar...Flores Sasuke, mulher gosta disso, chocolates.. Você fez algum pedido de namoro? – neguei com a cabeça – faça dessa vez, mostre que se importa. Pergunte como foi o seu dia, mande mensagem de bom dia ou um boa noite! Durma bem. Isso tudo mostra que se importa. Que pensa nela.

_Obrigada mãe.. – ela me abraça novamente. – a senhora pretende ficar hoje em Konoha? Poderíamos ir almoçar amanhã, eu a Sakura e a senhora.

_Sim pretendo ficar hoje filho, eu vou ficar em um hotel essa noite, e eu adoraria almoçar amanhã com você e a Sakura. Agora eu já vou indo. E quando precisar conversar você já sabe. – ela se levanta e eu a acompanho até a porta. – eu te amo filho.

_Eu também te amo mãe. – ela me olha com tanta ternura eu lhe dou um beijo na testa e ela logo vai embora.

Depois dessa conversa com a minha mãe consegui me sentir mais tranquilo, e decidi esquecer que fui traído por uma amiga. Seguiria minha vida, e seguiria tentando me redimir todos os dias com a mulher que sempre amei.

Passei o resto do dia trabalhando, dei algumas aulas de luta, e me lembrei do imbecil do Naruto, esse idiota não apareceu e não respondeu minhas mensagens e nem me ligou.

Depois de dar minhas aulas, fui até o escritório pegar minhas coisas para ir embora. Quando peguei meu celular vi que chegou uma notificação. Mensagem do Naruto.  Resolveu dar as caras. Tsc! Idiota.

Sasuke...Precisamos conversar. Venha no meu apartamento com a Sakura assim que saírem da academia.

Mandei apenas um Hunn... – ele entenderia que eu iria.

Depois de pegar tudo e fechar o escritório fui até a sala da Sakura para pegá-la, iria levar ela até a faculdade, mas pelo jeito nosso caminho seria outro.

Em frente a sala de Sakura pude vislumbrar ela dançando alguma música qualquer, seu vestido balançava de um lado para o outro. Deveria estar me esperando enquanto dançava. Devagar segui até ela, a agarrando por trás, ela se sobressaltou se assustando.

_Calma amor sou eu... – beijei seu pescoço.

_Estava tão distraída que não te vi chegar – ela arfou enquanto beijei sua orelha.

_Sabe que fico fascinado quando te vejo dançar – me esfrego nela, mostrando que já estava duro – quando vejo você rebolando, só consigo imaginar você fazendo isso no meu pau. – ela vira de frente pra mim, e enlaça meu pescoço.

_Eu vou adorar rebolar bem gostoso em você essa noite – eu a puxo para um beijo quente.. Ela desce a mão para o meu pau e o acaricia por cima do short.

_Sua diaba – arfei quando beijou meu pescoço.

_Agora temos que ir... Tenho faculdade. Terminamos isso mais tarde – mordeu minha orelha, e se afastou de mim e eu respirei fundo tentando controlar a vontade de jogar ela nessa parede e meter nela gostoso.

_O Naruto me enviou uma mensagem, quer falar com a gente no apartamento dele, parece ser sério. – ela me olhou confusa mas assentiu.

_Então vamos. Quero ir logo para casa com você depois – sorriu maliciosa para mim, saindo rebolando na minha frente, certamente para fuder o meu juízo.

(...)

Assim que entramos no carro dei partida e seguimos rumo ao apartamento do Naruto.

Sakura ligou o rádio, que tocava um funk, ela se vira para mim com um sorriso malicioso. Senti quando ela pousou a mão na minha coxa alisando bem lentamente, se aproximou do meu ouvido sussurrando baixinho a letra da música.

Ela é do tipo que gosta muito de conversar

Nós não fica de papapa

Vai se despindo deitando na minha cama

Prontamente conversando, ela tira a minha roupa

Essa menina mete muito gostoso

Meus pelos estavam todos arrepiados, minha excitação estava no nível máximo.

Ela começou a beijar o meu pescoço, e sua mão subiu até o meu pau, o apertando e alisando, me deixando louco.

Dá pra ver que ela gosta do que faz

Novinha safada e simpática

Deixou o Kevin com gosto de quero mais

Enfiou a mão no meu short, colocando o meu pau para fora, que estava duro de tanto tesão por ela. E começou a movimentar devagar, um sobe e desce delicioso.

_Sakura – gemi seu nome, apertando com força o volante – diaba estou dirigindo – soltei outro gemido quando ela começou a movimentar mais rápido.

Vai, rebola pro pai, vai novinha, vai

Descendo, descendo

Vai, rebola pro pai, novinha, vai

Descendo, descendo

Vai, rebola pro pai, vai novinha, vai

Descendo, descendo

Vai, rebola pro pai, novinha, vai

Descendo, descendo

_Eu vou te chupar aqui e agora Sasuke, quero sentir você gozando na minha boca – eu suei na hora, já louco imaginando ela me chupando gostoso, como só ela sabia. – ela disse tudo enquanto chupava com força o meu pescoço, soltando uma risada gostosa, e se afastou um pouquinho apenas para me olhar sorrindo e se ajeitando enquanto descia a cabeça, tremi já imaginando oque faria.

Quando ela passou a língua na cabecinha, entrei em desespero e procurei um lugar para estacionar. Ou eu bateria o carro.

Ela começou a chupar gostosinho, subia e descia devagar, me fazendo delirar.

A mãe quis prender demais sua filha

E virou um controle sem pilha

Pra que foi maltratar a menina?

E hoje de maior o Kevin cria

Segurei firme os seus cabelos.

_Caralho Sakura!...Isso chupa tudinho sua safada – impulsionei meu quadril fodendo com vontade sua boca. Ele acelerou os movimentos, sua língua trabalhava tão gostoso me fazendo revirar os olhos de tanto prazer.

_Porra! Delícia.. – ele engolia meu pau com vontade, até o fundo.

_Eu vou gozar e você vai engolir tudinho.. Vai tomar tudo oque eu te der – urrei de tesão, puxando forte o seu cabelo, enquanto gozava enlouquecido em sua boquinha gostosa. Ela engoliu tudinho, sem deixar escorrer uma única gota.

Vai, rebola pro pai, vai novinha, vai

Descendo, descendo

Vai, rebola pro pai, novinha, vai

Descendo,…

Minha respiração estava descompensada, Sakura uma hora iria me matar. Ela se levantou olhando para mim com uma cara vitoriosa.

_Você vai me pagar quando chegar em casa Sakura, eu vou te fuder tão gostoso que você não vai andar depois– ela deu uma gargalhada.

_Aguardarei ansiosa amor – me deu um beijo sedutor, e eu pude sentir meu próprio gosto em sua boca- agora vamos logo falar com o Naruto, para terminarmos nossa noite..

Naruto

Não acredito que fui tão idiota, como deixei me levar, mas vou resolver isso.. Pego meu celular enviando uma mensagem para o Sasuke.

Sasuke...Precisamos conversar. Venha no meu apartamento com a Sakura assim que saírem da academia.

Voltei para sala com alguns sanduíches.

_Hina vem comer alguma coisa, preciso que você fique forte. Eu já pedi para que a Sakura viesse aqui hoje depois que sair da academia.

_Estou com medo Naruto. – ela olhava assustada para os lados.

_Não precisa ter medo, eu vou estar com você quando contar tudo para a Sakura, ela precisa saber com quem está namorando.

Passei a tarde toda cuidando da Hinata, ela não parecia estar nada bem, estava muito abalada, e sempre estava roendo as unhas muito nervosa.

(...)

Escuto a campainha tocar

_Hina acho que ela já chegou- Ela vai para o canto da sala e fica encolhida.

Vou abrir a porta e dou de cara com Sasuke e Sakura.

_Vamos entrem. – quando eles entram escuto o grito da Hinata.

_Naruto você me disse que só a Sakura vinha! – ela parecia irritada.

_Sim Hina eu chamei só a Sakura. – olho para o Sasuke que parecia não entender nada. – mas é bem melhor assim não acha? Assim resolvemos de uma vez tudo isso, eu não vou deixar eles te machucarem.

Olho para os dois que estavam olhando confusos, mas não falam nada.

_Estou aqui Naruto o  que você e essa naja quer falar comigo? – Sakura diz impaciente.

_Sakura é muito doloroso o que você vai  escutar, então peço que você fique calma. – digo para ela que parece bem irritada agora.

_Anda logo Naruto não  tenho  paciência para enrolações. – Sasuke fala arrogante.

_Pode falar com ela Hina – vejo que ela esta travada olhando para o Sasuke – bom deixa eu que falo então. Sakura a Hinata e o Sasuke são amantes. – digo sem rodeios.

_Oque? Você  enlouqueceu seu idiota? – Sasuke grita nervoso.

_Fique quieto você é um idiota teme Hina fale com a Sakura, diga quem é o namorado dela.

 Ela vai até o sofá e senta olhando para a Sakura e começa a falar.

_Sakura primeiro de tudo saiba que eu não queria nada disso, eu gostava do Naruto, mas ele não me dava bola, e como eu sempre fui muito amiga do Sasuke, quando vi já estávamos envolvidos, ele sempre me consolou por eu sempre sofrer pelo Naruto, então nossos sentimentos foram mudando– ela se levanta e começa a andar de um lado para o outro -  como a gente saia muito junto foi impossível negar a atração, eu sei que você me viu dormindo com o Sasuke e foi naquele dia que fizemos amor pela primeira vez, depois de tudo ele vestiu as roupas rápido e eu também. Não queríamos que você descobrisse daquela forma. E foi por pouco que você não nos pegou. Quando voltamos do cinema no dia seguinte eu escutei vocês brigando no quarto e que você tinha nos visto dormindo juntos.

_Você enlouqueceu Hinata – Sasuke estava enfurecido. Ia avançar nela mais a Sakura o segurou.

_Cale a boca seu imbecil deixa a Hina falar – gritei com ele.

_Fica quieto sasuke eu quero terminar de escutar, deixa ela falar.. – Sakura disse ainda segurando ele.

_Eu não queria te fazer mal, não queria te machucar, mas o Sasu disse que iria resolver tudo e ia te largar... mas só me enrolou, ele me queria mesmo como amante.

_Você está mentindo sua desiquilibrada, você é louca – Sasuke estava vermelho de ódio.

_Então nega Sasu, que você gemia meu nome, que você puxava meu cabelo enquanto metia forte em mim, que dizia que eu era melhor que a Sakura e te dava muito mais prazer, que ela não te satisfazia e que iria larga ela pra ficar comigo, você me enganou. Na nossa discussão ontem você queria ficar comigo, disse que iríamos continuar juntos. – ela começou a puxar os cabelos.

_Eu vou te matar Hinata – ele gritou alto, e se soltou da Sakura, ele estava fora de si, fui até ele o segurando pela camiseta que usava.

_Cala a boca teme você não vai matar ninguém, como você pôde fazer isto com a minha mulher Sasuke? ela me amava, você a seduziu e ainda proibiu ela de ficar perto de mim, por que sasuke? Acho  que no fundo  você sabe que eu sempre fui melhor que você! – o empurrei, indo até a Hinata.

Todos me olharam chocados, a Sakura anda bem devagarinho até a Hinata que se esconde atrás de mim.

_Eu tenho pena de vocês dois, você Hinata por ser tão sínica ao ponto de pensar que eu acreditaria nas suas mentiras, e você Naruto me decepcionou, como pode defender uma desequilibra que você mesmo falou que tinha nojo que era uma manipuladora? Como pode duvidar do seu melhor amigo desse jeito? Hinata eu vou te dar só um aviso. FIQUE longe do Sasuke e de mim ,por que até agora a surra que te dei estou achando que foi pouca..

_Viu Naruto ela não acredita em mim, eu sabia o Sasu já convenceu ela.. – Hinata disse para mim que me afastei, me viro para o lado olhando para um Sasuke que me olhava decepcionado e com muita raiva, e dou uma gargalhada alta.

_Teme seu idiota! você não acha que eu iria acreditar nisso né?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...