História Life in dreams - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Amor Doce, Eldarya
Personagens Erika, Lynn
Visualizações 10
Palavras 1.259
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Magia, Romance e Novela, Sobrenatural, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Apenas um sonho



Faz dois meses que eu não durmo direito, e acho que isso tem me afetado no dia-a-dia.

Eu sou a Lynn, eu tenho 19 anos e sou a pessoa mais desajustada do mundo.

Faz algum tempo que eu entrei para a faculdade e isso está sendo um saco dese que eu sai de Sweet Amoris, e por isso, meu pai e minha mãe acharam que eu já posso me virar sozinha, e me correram de casa.

Eu não tenho mais tempo para nada.

Nem para cuidar de mim mesma.

Mas reclamar não vai ajudar em nada, fui para a cozinha e peguei um suco de maracujá.

Isso me deixa tão calma.

Peguei meu celular e comecei a olhar Gravity Falls, um desenho que eu comecei a olhar faz poucos dias, isso é o tipo de coisa que abaixa meu extress.

O Dipper tinha aceito a proposta do Ford, a Mabel ficou arrasada. Tomei um gole do meu suco e comecei a chorar. - V-vai se fuder, Dipper, e a Mabel? Como você pode? - resmunguei.

Porque eu choro com essas coisas?

Eu estava quase tendo um ataque por causa que a Mabel tinha saido pra floresta quando meu celular apitou e eu peguei o mesmo para ver quem mandou mensagem.

Era a Rosa, estava me chamando para ir para a faculdade juntas amanhã.

Sabe que eu tô pouco me fudendo pra faculdade?

Vou ir não.

Apenas ignoro a mensagem e volto a assistir a série.




E foi assim que eu passei a tarde toda.





Acabou minha série... Nem chorei, só tremi.

Me levantei e chamei Hawk, meu porquinho de estimação para dar comida a ele.

Depois disso vejo a hora e vou me deitar, mesmo eu não querendo ir para a faculdade amanhã, eu sou obrigada a ir, pelo meu bem ou a Rosa vem me estrangular por deixar ela no vácuo.

- o que pensa que eu sou - cantarolo indo até o banheiro - se não sou o que pensou, me libera, não insista, vai viver um outro amor.

Pego minha pasta de dente e me olho no espelho, parando o que estava fazendo.

Puta merda eu tô horrível.

Olheiras, rímel borrado por causa do choro e uma bela cara de morto.

-Eu sou uma merda - digo colocando a pasta de dente na escova e logo escovando meus dentes sem parar de me olhar no espelho. Quando eu termino lavo meu rosto e o seco, me olhando novamente.

Pelo menos eu tô sem rímel borrado agora.

Saio do banheiro e vou direto para a cama e me deito, logo fechando os olhos e suspirando.

Durmo.


                           ♥♥♥


Acordo por conta do frio, abro os olhos lentamente e vejo que estou usando roupas diferentes do meu pijama de ontem de noite, era dia, e eu não estava mais no meu quarto, me encontrava em um campo de frente a uma floresta.

Me levanto meio zonza e passo a mão nos meus cabelos.

Que merda é essa, ele tá mais curto.

Observo o lugar que estou, eu estou bem longe de casa, mas como eu vim parar aqui?

Me viro e consigo ver um grande muro, me aproximo e vejo um placa com alguma cosa escrita nela.

Quartel General e refúgio de Eldarya.

O que é Eldarya? Porra onde eu tô?

- Érika?

Me viro para ver de onde veio essa voz e vejo um cara moreno, com cabelos grisalhos e muitos músculos, acompanhado de um homem de cabelos negros e um tapa olho, e de um homem de cabelos azuis e orelhas... Pontudas?... Que carregava um sorriso sarcástico.

Os três me olhavam.

Khe

- Lhe procuramos a tarde inteira, onde você estava? - pronunciou o homem de cabelos negros se aproximando e tocando o meu rosto.

Dou um passo para trás e eles me olham confusa.

- Q-quem são vocês? - digo aos mesmos que se entre olham.

- Ah tá a madame vai se fazer de desentendida agora. - falou o cara de cabelos azuis.

- Cala a boca Ezarel - falou o homem de cabelos brancos.

- Que? - falou o de crina azul, Ezarel.

- Eu perguntei uma coisa. - repito. - Quem são vocês, e onde estou?

- Ué, tem alguma coisa errada. - Falou o homem de cabelos negros.

- Será? Sim, mas acho que não é o simples fato dessa humana estar fazendo nós perdemos o nosso tempo se fingindo de esquecidinha, não deve ser isso, né Nevra? Vamos, Érika, Miiko tá te esperando. - disse Ezarel se aproximando e pegando no meu praço me puxando para o grande portão.

- Me solta - resmunguei tentando soltar a mão dele no meu braço.

- Érika é sério, nós precisamos de você agora, por favor vê se dá pra parar de dificultar? - falou o mesmo me puxando mais rápido.

- MAS EU NEM CONHEÇO VOCÊS! E MEU NOME NÃO É ÉRIKA. - gritei e me soltei jogando um olhar feio para Ezarel me me olhou com reprovação e suspirou.

- E EU NÃO SOU O EZAREL, PORRA O QUE TU TEM HOJE?

- PAREM DE GRITAR. - falou Negra se aproximando junto do outro cara e nos encarando. - Ezarel, vamos ouvir ela.

- Para de tentar agradar ela, Nevra, tu sabe que ela não tá nem ai pra você. - disse Ezarel provocando o mesmo.

- Repita o que disse! - falou Nevra.

E os dois começaram a discutir.

Eu acompanhava a discussão observando quando o homem de cabelos brancos se aproxima de mim e me olha.

- Está tudo bem? - perguntou.

- Não.

- Porque está dizendo que não é Érika?

- Porque eu não sou, eu nem conheço ela e... nem esse lugar, nem essas pessoas...

- Entendi, e qual é o seu nome então? - perguntou, olhei para ele e disse.

- Meu nome é Lynn.

- De onde você é, Lynn?

- E-eu sou de Sweet City.

- E porque você se parece tanto com a nossa amiga, Érika?

- O-oque? - pergunto confusa, o mesmo procura algo na sua mochila e quando acha sorri e me entrega um espelho.

??

- Se olhe - disse o mesmo.

Abri a caixinha e...

- AI CU

Os dois que brigavam pararam para me olhar.

- O-O QUE ESTÁ ACONRECENDO? ESSA NÃO SOU EU! O QUE VOCÊS FIZERAM COMIGO? - digo desesperada fechando o espelho e olhando minhas roupas a procura de uma resposta.

- Não fizemos nada, venha-cá, vamos te levar até Miiko, talvez ela saiba responder sobre isso. - disse o mesmo pegando o espelho das minhas mãos e segurando meu ombro, fazendo com que eu me acalme e o acompanhe até o grande portão.

Os outros dois nos seguiram silenciosamente até uma pequena vila, atravessamos ela e entramos em um lugar grande, não sei bem o que dizia, mas os meninos me explicaram que aquilo era um Quartel General.

Atravessamos o "quartel" e entramos em uma sala onde tinha um enorme cristal e uma mulher...com calda de raposa, super normal.

- Oh, Érika! - ela veio até mim. - onde você estava?

- Miiko, alguma coisa aconteceu com a Érika e - Valkyon é interrompido por um homem loiro que se aproximou.

- Érika! Te procurei por toda parte! - disse se aproximando e me abraçou.

- ãh, b-bem, quem é você? - pergunto e o homem parece perplexo.

- Érika? - ele pergunta preocupado colocando a mão sobre o meu queixo. - Você está bem?

De repente sinto uma dor de cabeça insuportável - aaaaaarg - gemi alto e coloquei as mãos sobre a cabeça me sontorcerndo.

A mulher e o cara loiro me seguraram para que eu não caísse.

- Levem-na para a infermaria, rápido.

Tudo fica preto, eu me sinto sendo carregara por alguém, para algum lugar.


Abro os olhos e logo me acostumou com a claridade do local.

Meu quarto!

Levanto rapidamente e olho em volta procurando o espelho e me vejo.

EU SOU EU CARALHOOO.

Mas, que sonho estranho, parecia tão real.

- Bem, foi apenas um sonho.


                         ♥♥♥


Notas Finais


Espero que tenham gostado mesmo♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...