História Life is better with FRIENDS - Capítulo 20


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amizade, Ficção Adolescente, Friends
Visualizações 13
Palavras 5.172
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Demorou mais está aí kkkk, vão ler logo porque não vou enrolar!

Capítulo 20 - "I was expecting this for a long time!"


Fanfic / Fanfiction Life is better with FRIENDS - Capítulo 20 - "I was expecting this for a long time!"

•••1 semana depois•••

Duda~

Em uma semana não aconteceu nada demais... Tá bom! Aconteceu sim! Primeiro a coisa mais top da semana e que Isana (Isaac e Ana) até que fim se assumiram! Segundo que eu e a Luna estão fazendo literalmente as mesmas coisas então eu vou ter um tempinho a mais com ela, na verdade a separação para as atividades ficou até boa: Anderson e os meninos- futebol americano e só isso porque não é obrigatório ter duas modalidades, eu como acho que já sabem peguei dança e fotografia, a Ana- dança e música, Laura- Karatê e artes cênicas, a Gabi- líder de torcida e dança, mas a maioria escolheu essas mesmas coisas então não preciso falar de cada um, a Gabi especificamente escolheu líder te torcida para ficar mais perto do Anderson, ela ainda AMA ele e tenta ficar próxima dele pra fazê-lo gostar dela também, no final de semana não aconteceu nada demais a não ser eu ter caído e machucado feio meu pé e eu tive que ficar com o Anderson de olho o final de semana inteiro enquanto o pessoal saía e curtia, achei chato demais mas pelo menos tinha alguém pra me animar... E a outra é essa semana eu tô estranhando o Anderson porque ele está muito carinhoso e de qualquer forma tá me fazendo sentir algo super confuso bem mais do que eu sentia antes! O final de semana passou rápido e hoje decidimos ir pela segunda vez ao letreiro de Hollywood, demorava um pouco chegar lá mas na verdade era bem divertido no caminho então compensava! Amanhã seria voltas as aulas e bom seria o último dia que poderíamos sair tanto assim e até mesmo ficar na casa do Kauan já que decidimos todos ficarem nos dormitórios! Fui pro carro e estavam todos se preparando, terminei de amarrar meu laço no cabelo e esperei o pessoal ir entrando nos carros!

-Ei, Duda me empresta? -Disse a Gabi já puxando o laço do meu cabelo e colocando no seu!

-Já pegou mesmo! -Disse revirando os olhos!

-Gabi devolve pra ela, ela tava usando! -Gritou o Anderson vindo em nossa direção!

-Ta bom! Pega! -Disse ela colocando em minha mão com a cara emburrada!

-Pode ficar Gabi, eu uso o boné do Anderson! -Disse soltando uma risada pegando o seu boné e colocando em minha cabeça!

-E quem disse que vou emprestar? -Perguntou ele cruzando seus braços!

-Eu disse, obrigado! -Disse soltando uma risada e mandando um beijo correndo pro carro!

A Gabi começou a rir que nem doida indo pro carro e ficou eu, a Gabi, o Anderson, o Isaac e a Ana... Como sempre eu segurando vela! Quer dizer não só eu mas né...

Anderson-

Já era segunda vez que a gente ia pro letreiro, é proibido tocar nele ou atravessar a cerca sem autorização, a gente fez isso uma vez pra nunca mas porque tivemos que sair correndo! A Gabi estava falando numa altura no carro que tinha hora que me assustava, a Duda estava com o fone do ouvido mas ainda escutava a conversa porque via ela rir de vez em quando e pensa num sorriso foda de ver porque até eu sorria quando via... Eu acho que não é só eu que acho isso não!

•••

Duda~

Sai do carro e vi que Diego chegava perto de mim... É meio irritante porque ele pode estar com a Ana Clara mas ainda enche meu saco só a Ana não sabe e nem pretendo falar! Vi o Rafael e corri até ele antes que o Diego chegasse!

-Oi Rafa! -Disse dando um sorriso pulando nas suas costas!

-Que foi peste? -Perguntou ele rindo!

-Nossa, também te amo! -Disse irônica saindo das suas costas e rindo junto dele!

-Você é muito enjoada, sabia? -Disse ele rindo vindo me abraçar!

-Já me disseram isso! -Disse rindo retribuindo o abraço!

Ele olhou pra trás e viu o Diego nos observando!

-É o Diego te enchendo o saco? Se for eu chamo o Anderson e o Kauan agora e a gente resolve isso! -Disse ele se alterando tirando imediatamente o sorriso do rosto!

-O que tem eu? -Gritou o Kauan vindo até a gente!

-Não e nada, vamos logo? -Disse encarando o Rafael irritada!

-Vamos! -Disse o Rafael deixando de lado!

-Ei Kauan, tu vai querer ir perto do letreiro? -Perguntei!

-Nem a pau! Quase deu merda da última vez! -Disse ele rindo!

-Estou com sede, tem água? -Disse mudando de assunto!

-Pega a minha garrafa! -Ofereceu o Diego sua garrafa!

O encarei e peguei indo um pouco mais pra frente, o caminho era escuro porque até chegarmos lá acaba entardecendo e ter que subir a rua comprida chamada North Beachwood Drive, e o letreiro de Hollywood demora muito, vi o letreiro se ergue alto na montanha à minha frente virado para o céu e agora o anoitecer!

-Não canso de me surpreender com essa vista! -Disse a Laura soltando um sorriso!

-Realmente! -Disse dando um sorriso desconfortável olhando toda hora pra trás pra ver o Diego!

A companhia dele ainda me perturba muito mesmo...

-Vamos descer pra pegar algo pra comermos e depois voltamos, não irá demorar muito! -Disse a Ana avisando indo com metade do grupo!

Fiquei com apenas a Gabi, o Anderson, o Rafael e o Diego! Estavamos com lanternas e eu não parava de apontar pra cada um com medo, sei lá o porquê mas estava com um sentimento ruim... Abaixei a lanterna ao perceber que todos estavam conversando entre si, fui até eles e fiquei curtindo a paisagem, sentir uma mão puxar a minha e logo depois tampar a minha boca, a lanterna caiu um pouco longe e ninguém escutou barulho algum então continuaram olhando a vista!

-Se você gritar ou falar algo, eu machuco todo mundo aqui e agora! -Sussurou o Diego no meu ouvido!

Afirmei com a cabeça olhando cada um com os olhos se enchendo de lágrimas!

-Agora você vai fazer o que eu mandar, tá entendendo? -Perguntou ele ainda sussurrando!

Eu fiquei calada com minha respiração ofegante e ele me puxou pra mais perto tentando colocar sua mão entre minha blusa pra pegar em meu peito e comecei a gritar dessa vez e ele me empurrou no chão e tampou minha boca!

-Eu falei pra ficar calada! -Disse ele estressado!

Comecei a chorar sem parar e nem eu sei o porquê! Nervoso, talvez!

Ele me puxou fortemente e tentou novamente pegar em uma parte do meu corpo, dessa vez tampando minha boca com o laço que eu usava... Comecei a tentar pegar a lanterna que estava perto de mim me afastando cada vez mais dele enquanto ele tentava me puxar, comecei a esticar meu braço e consegui puxar a lanterna, iluminei ele e o resto do pessoal e eles começaram a olhar o que estava acontecendo!

-Ei, Duda! -Gritou a Gabi vindo até mim me ajudar!

-Você é louco? -Disse o Rafael empurrando o Diego!

-Eu sou louco por ela! -Disse o Diego alterado e percebi que ele havia bebido!

-Você está bem? -Perguntou a Gabi e vi o Anderson ir com um murro pra cima do Diego!

Comecei a ficar com falta de ar mas continuava concordando que estava tudo bem!

-Duda, respira fundo! O pessoal vai matar ele se você ficar assim, tenta se acalmar! -Disse a Gabi mas tenho certeza que ela também queria matá-lo!

Comecei a respirar fundo e comecei a escutar os gritos!

-Encosta um dedo nela de novo pra você ver o que eu faço com você! -Gritou o Anderson e vi o Diego rindo!

Vi o Rafael bater nele fazendo ele cair no chão mas ele ainda sorria...

-Não meche mais com ela, você está entendendo? Já basta a última vez, se ela estiver machucada, você está morto! -Disse o Rafael vermelho de raiva!

Rapidamente vi eles virem até mim e o Diego continuar rindo! Sentia a Gabi passar suas mãos pelo meu cabelo e eu passava minhas mãos sem parar na minha barriga e peito com nojo de que ele fez! O Rafael tentou tocar no meu braço mas comecei a me distanciar chorando!

-Por favor! De novo não...-Disse chorando me vindo o flashback do Diego tentando passar a mão por mim!

-Ei, calma sou eu! Tá me vendo? -Perguntou o Rafael!

-Por favor...-Disse abaixando a voz!

-Duda, ele não está aqui! -Mentiu o Anderson pois ainda escutava sua risada! -Pega na minha mão... Tá vendo, não vai acontecer mais nada! -Disse ele segurando minha mão e comecei a me acalmar!

-Tira ele daqui e tenta dar uma acordada nele... Nada de socos Rafael! -Disse a Gabi e o Rafael foi em direção ao Diego resmungando!

-Me diz que ele não vai fazer isso de novo...-Disse olhando a Gabi que me acalmava passando as mãos no meu cabelo!

-Não vai! Mas o pessoal não pode saber então vem cá que eu vou te ajudar! -Disse ela me levantando e arrumando meu cabelo e limpando a terra que sujou minha blusa!

•••

A Gabi ficou abraçada comigo o tempo todo e o Anderson segurava minha mão pra eu me acalmar, comecei a escutar um barulho e percebi que o pessoal havia chegado... Eles estavam com sorrisos no rostos e começaram a rir e tive de fingir um sorriso também, eu sei que o Diego tava bêbado não vou fazer o pessoal procurar mais intriga com ele do que já aconteceu! Eles me trouxeram um hambúrguer e batata frita mas apenas consegui comer um pouco da batata!

-Duda, come o hambúrguer! -Disse a Ana ao perceber nem ter tocado no hambúrguer!

-Já to cheia! -Disse dando um sorriso falso pra ela!

-Você mal comeu essa batata, o que aconteceu? -Perguntou ela!

-Não é nada! Só não estou me sentindo bem, estou com um pouco de dor na barriga! -Disse e ela concordou com a cabeça!

-Chegando em casa faço uma bolsa quente pra você! -Disse ela dando um sorriso!

Começamos a nos preparar para irmos embora depois de todos comerem! Entramos no carro e deitei no ombro do Anderson mexendo com sua mão, ele apertava minha mão e eu mexia com a mão dele, foi até uma distração pra eu não pensar mais em tudo e até mesmo dei um sorriso...

•••

Chegando em casa já era umas 19h e fui direto pro quarto, tomei um banho e me deitei! Ana veio depois com uma bolsa de água quente e coloquei sobre a barriga, não estava com dor nem nada mas era bom sentir quentinho da bolsa de água! Fiquei um tempão apenas olhando pra porta com medo de que o Diego entrasse, fechei meus olhos e começou a vir novamente na minha cabeça ele me empurrando tentando pegar em mim! Me sentei na cama e tirei a bolsa de água de cima de mim, respirei fundo e coloquei minha mão sobre o rosto ao perceber estar chorando, me bateu uma dor de cabeça e eu não conseguia mas controlar os soluços e fungadas que dava a todo momento!

-Ei, uma princesa assim não pode chorar! -Disse o Anderson tentando me animar!

Apenas assenti, levantei puxando a coberta e me cobri ainda com o rosto inchado de chorar!

-Tudo bem? -Perguntou o Anderson sentando do meu lado!

-Sim! -Afirmei com a cabeça e novamente me sentei!

Comecei a olhar pra coberta e pensar se estava bem mesmo!

-O que está acontecendo comigo? -Perguntei o encarando!

-Como assim? -Ele me olhou confuso!

-Sei lá, parece que estou enlouquecendo... -Disse olhando pra baixo segurando o choro! -Eu disse que está tudo bem, mas não está! Por que tudo é tão difícil? Tenho que ficar fingindo o tempo todo para evitar chorar sempre!

Ele ficou calado me olhando e voltei a me arrumar na cama me deitando! Ele pegou uma caneta na escrivaninha e pegou meu pulso, começou a desenhar um pulsamento...

-"Na vida se não tiver altos e baixos você morre!" -Disse ele lembrando de uma das minhas postagens onde havia esse desenho que ele soube fazer direitinho!

Dei-lhe um sorriso e fechei meus olhos com ele ainda segurando meu pulso, senti o balanço da cama e abri um olho, ele havia ido guardar a caneta e levantou puxando a coberta do outro lado da cama se deitando do meu lado!

-Seria estranho eu dizer que gosto de você depois do que aconteceu? -Perguntei quando ele chegou perto!

Ele discordou com a cabeça com um sorriso de lado!

-Eu não acharia estranho porque é exatamente o que eu queria dizer pra você...-Disse ele e ficou um silêncio no quarto!

Deitei em seu peito escutando seu coração, o abracei e fechei meus olhos dormindo rapidamente!

•••

Ana~

Entrei no quarto para dormir com a Duda mas o Anderson já havia ocupado o lugar, soltei um sorriso e sai, o pessoal havia acabado de pedir uma pizza para comermos porque somos famintos e o hambúrguer não tinha enchido... Quer dizer a Duda ficou "cheia" com a batata... A Gabi contou pra mim, pra Laura e pra Karine do Diego e até tentei ver se a Duda me falava o que aconteceu mas ela inventou uma dor de barriga então não insiste! Não sei como não matei ele ainda mas a Gabi deixou bem claro que ela não se machucou! Amanhã primeiro dia de aula e não estou preparada!

-Ana, vem comigo por favor? -Perguntou o Isaac!

-Claro! -Disse ele me puxou indo até a frente de casa!

-Fecha os olhos! -Disse ele com um sorriso e tampei meus olhos com a mão! -Vou te guiar, okay? -Disse e concordei com a cabeça!

Ele me levou devagar e senti a areia tocando em meus pés e um vento gelado vindo pra cima de mim! Escutei o som do mar e soltei um sorriso!

-Pode abrir os olhos! -Disse e vi estar na praia na frente de cerca!

Ele me virou e vi um coração formado por pedras com as nossas siglas!

-Eu te amo Ana, sei que já "assumimos" que a gente está ficando juntos mas quero algo mas sério, quero estar todo dia com você e poder saber que você é "minha"...-Disse ele dando uma risada baixa e se aguachou no chão pegando uma caixa! -Ana, você aceita namorar comigo?

-Claro que sim! -Disse eu não conseguindo tirar o sorriso do rosto!

Eu me virei com lágrimas de felicidade no rosto e ele me deu um beijo na cabeça me abraçando!

•••

João~

Acordei com uma dor de cabeça e percebi já ser 6h da manhã, um hora pra se arrumar apenas pois hoje teríamos aula! Comecei a bater na porta de cada quarto para acordar o pessoal!

-Vamos Duda, faculdade hoje! -Gritei abrindo a porta da Duda e vi que ela ainda dormia com o Anderson!

Ela acordou imediatamente levando um susto e vendo a hora correndo pro banheiro e o Anderson fez o mesmo indo pro quarto onde devia estar!

-Ei, Ana, o que aconteceu ontem? -Perguntei ao ver a Ana sair do quarto com o Isaac!

-Sei lá, só sei que fui deitar com a Duda mas o Anderson já estava lá! -Disse ela dando um sorriso malicioso me fazendo rir!

Corremos pra cozinha e comemos algo rápido, uma fruta, um biscoito e fomos pra vã que alugamos! A Duda pegou uma maçã e sentou no banco de trás, o resto do pessoal se sentou ainda morto de sono e tive que ir dirigindo!

•••

-Amor, o pessoal já dormiu! -Disse a Luara rindo olhando pra trás!

-Já estamos chegando grita o povo aí! -Disse rindo!

A Luara fez um final e olhei rápido pra trás vendo a Duda e a Luna acordada e já me preparei pro grito pra acordar o pessoal!

-ACORDA BANDO DE CONDENADOS! -Gritou a Duda!

Todos começaram a resmungar e eu comecei a rir muito!

-Te odeio! -Disse o Rafael resmungando!

-Pode ter certeza que eu odeio mais! -Falou o Kauan tentando se manter acordado!

-Também amo vocês! -Disse a Duda sarcasticamente!

-Chegamos gente! -Disse ao terminar de estacionar a vã!

Descemos e a diretora veio até nós!

-Que bom que chegaram, vocês ainda tem tempo até às aulas começarem pois terá uma festinha antes então vão a grade e vejam as suas salas, quartos e se organizem! -Disse a Diretora com um sorriso simpático! -Se precisar de algo me chamo Charlotte, me procurem na diretoria!

-Obrigado! -Dissemos em uníssono!

Ela saiu e percebi que ela não era tão velha quanto achei, só porque queria atentar não vou poder... Brincadeira!

Duda~

-Vem! Espero ter caído no mesmo quarto que alguém daqui! -Disse soltando uma risada!

Puxei todos e fomos ver a grade, estava meio vazio e havia pouca gente por alí perto!

-Eu cai no mesmo dormitório que a Laura, o Gustavo e o João! -Disse a Ana batendo na mão deles rindo!

-Espera aí... Qual a sala de cada um? -Perguntei!

-Sala B! -Disseram a Ana Clara, o João, a Gabi, o Anderson e o Jão de Hollywood!

-Sala A! -Disseram a Luara, a Laura, a Ana, o Matheus, a Karine e a Brenda!

-Sala C! -Disse junto do restante!

-Isso são as matérias normais que todos tem que fazer ou já é da área que escolhermos trabalhar? -Perguntou a Ana Clara!

-Aulas obrigatórias! -Respondeu a Karine!

-Os dormitórios ficaram quase todos entre si apenas a Duda ficou com o Anderson, uma menina que eu não conheço e a Fran (namorada do Jão)! -Disse a Ana olhando a grade!

-Vamos então pro dormitório! -Disse porque estava morta de cansaço!

-Eu e os meninos vão conhecer a escola quer ir? -Perguntou a Karine!

-Vou nada, vou é tirar um cochilo enquanto dá! -Disse soltando uma risada!

Fui em direção ao dormitório, já conhecia a escola pois tinha vindo antes trazer a documentação de todos e aproveitei pra conhecer! Subi pro Bloco C onde ficavam os dormitórios e era bem legal que os dormitórios não eram divididos em meninas e meninos! Entrei no quarto e as colegas de quarto ainda não haviam chegado, coloquei minha mala embaixo e comecei a preparar o local, subi na beliche e coloquei minha coberta e umas fotos do pessoal e da minha família na parede perto da cama, olhei o quarto e estava até organizado, não era grande demais e nem pequeno demais e havia duas beliches e uma janela enorme onde a vista dava pra ver o campo de futebol! Entrei no banheiro do quarto e tomei uma ducha rápida, vesti minha roupa e coloquei minha roupa suja no cesto que havia ali, deitei na minha cama e fiquei mechendo no celular!

•••

Estava quase dormindo quando a porta se abriu fazendo um barulho enorme!

-Desculpa não queria te acordar! -Disse a garota ao perceber ter me dado na verdade um susto!

-Relaxa! -Disse e pulei da cama para vê-la! -Maria Eduarda mas me chame de Duda! -Disse estendendo a mão!

-Isabela mas me chama de Isa! -Disse ela apertando minha mão!

-Você me lembra minha amiga, perdi contato quando ela saiu do Brasil e eu fui pra São Paulo! -Disse dando um sorriso!

Ela ficou um tempo parada me encarando e me roubou um abraço em seguida!

-Não acredito que depois desse tempo iria te encontrar, você mudou muito! -Disse ela soltando uma risada e consegui reconhecer ela e retribui o abraço!

•••

Colocamos o papo em dia e a Fran entrou me dando um susto de novo!

-Oi filha! -Brincou ela vindo fazer nosso antigo toque!

-Oi mãe! -Brinquei rindo e fizemos o toque!

-Oi, qual seu nome? -Disse ela com um sorriso tão grande que achei que as bochechas dela não aguentaria!

-Isabela, me chama de Isa! -Disse a Isa timidamente!

-Posso chamar de Bela? -Perguntou a Fran sentando ao seu lado!

-Claro! -Disse a Isa timidamente!

-Vamos ser grande amigas, agora vem você vai dormir na mesma beliche que eu! -Disse a Fran arrancando uma risada minha e da Isa!

-Ela é meio doidinha assim mesmo! -Disse soltando uma risada fazendo a Fran me olhar emburrada!

-Algo contra meu bem? -Perguntou ela e discordei com a cabeça rindo! -Bom mesmo! Aliás obrigado vocês duas porque vai ter uma festinha de boas vindas para os intercambistas então vão logo se preparem!

-Então era disso que a diretora tava falando! -Sussurrei pra mim mesma rindo!

Como já havia tomado banho apenas esperei as meninas terminarem lá enquanto trocava de roupa, coloquei um moletom gigante com um short por baixo e uma bota, fiz um coque despojado no meu cabelo e apenas passei um gloss e sai me encostando na porta pras meninas se trocarem rapidamente!

-O que a princesa faz tão arrumada assim? -Perguntou o Anderson dando um sorriso!

-Vai ter uma festinha de boas vindas e não reclama me arrumei simples até de mais! -Disse revirando os olhos soltando uma risada!

-Pra quê o Gloss? Não vai beijar ninguém mesmo! -Disse ele me olhando rindo implicantemente!

-Quem disse? Eu vi vários gatinhos aqui! -Disse soltando uma risada e ele me olhou com os olhos arregalados!

-Eu tava brincando! -Disse ele revirando os olhos!

-Aham sei! -Disse rindo! -Mas eu não estou brincando vai que eu beijo um gatinho aí!

-Você não é nem doida! -Disse ele chegando perto me forçando ter de olhar mais pra cima!

-Ah se sou! -Disse arqueando a sombrancelha!

Ele me olhou sério e saiu calado esperando as meninas abrirem a porta!

-Ei, eu tô brincando! -Disse rindo ao ver que ele não ia mais falar comigo!

Ele continuou calado olhando pra porta com os braços cruzados!

-Ih Alá o monstro não vai falar comigo vai ficar sem pegar ninguém que gosta de você! -Disse rindo ficando em sua frente de pontinha mesmo assim ficando mais baixa!

-Você é muito baixinha, sabia? -Disse ele rindo! -E não voltei a falar com você pra pegar alguém é só porquê sei que uma dessas pessoas é você e você não aguentaria ficar longe de mim! -Disse ele dando um sorriso malicioso e revirei os olhos me encostando de novo na parede!

As meninas saíram em seguida e ele entrou se trocando rapidamente!

•••

Fomos ao pátio onde estava tendo a festa, parecia um baile de formatura mas não era! Eu me sentei em uma cadeira, não estava com ânimo pra festas e Luna e a Fran foram pra pista me deixando sozinha com a Isa!

-Mas então, você ainda escreve? -Perguntou a Isa!

Peguei minha bolsa e tirei de lá um caderninho!

-Tenho alguns textos mas nada tão interessante quanto você e eu escreviamos antes! -Disse dando um sorriso cabisbaixo!

-Posso ver? -Perguntou ela!

Afirmei com a cabeça e ela começou a ler em voz alta quase em um sussurro pra ninguém escutar!

-Secando meu cabelo imagino como seria viver com você! Imagino um universo paralelo onde eu e você existe! Onde eu e você somos felizes! Não estou dizendo para criarmos uma família com dois filhos e um cachorro muito pelo contrário estou pedindo que enquanto fiquemos aqui nesta merda de mundo você me faça bem, me fazer sentir o calor do amor, me fazer arrepiar dessa vez por querer quando me tocar, me fazer sentir o calor dos seus lábios, me ajudar sempre que quiser, me trazer vida e alegria que se foram quando aquele canalha fez tudo que fez comigo, me fazer me sentir amada! Sei que é impossível, sei que estou imaginando demais só que é a única coisa que desejo, você nunca vai saber desse texto e como normalmente faço vou apenas agir como se nada tivesse acontecido, que não é por você que sou apaixonada, mesmo você já sabendo, você sabe que só é suas sardas e pintas que me fascinam, sim estou alterada demais e vivo falando merda e sei que você não sente o mesmo e nunca vai sentir, sei que estrago nossa amizade cada vez que falo sobre isso... Apenas desculpas por tudo! Mas obrigado por realizar o desejo de me fazer sentir o amor! -Parou ela com algumas lágrimas descendo! 

-Sei que está horrível...-Disse antes de ser pausada com um fungada e um sorriso!

-Isso está incrível, desculpa estar chorando é que me pegou de surpresa, está muito melhor que antes! -Disse ela com um sorriso enorme com a mão no coração checando se estava bem!

Cocei minha nuca com um sorriso envergonhado e logo senti alguém me cutucar, olhei pra trás vendo o João!

-Oi, precisa de alguma coisa? -Perguntei com um sorriso!

-Só queria sentar aqui mesmo! -Disse ele soltando uma risada! -Sobre o que vocês estão falando?

-Sobre o texto da Duda! -Disse a Isa com um sorriso de lado no rosto!

-Aquele que você escreveu sobre...-Disse ele parando ao ver que o olhava brava!

-Sobre ninguém! Só tive uma idéia, okay? -Disse balançando a cabeça me recusando a pensar que me inspirei nele!

-Duda, eu sei que é dele! Além do mais ele é o único do grupo que tem sardas, sabia? -Disse a Isa rindo e coloquei meu rosto na mão soltando um suspiro frustrado!

-Relaxa, vocês formam um casal bonito! -Disse o João brincando e o olhei incrédula balançando negativamente a cabeça e ele ficou calado!

-Mas então, o que acha da gente dançar? -Disse a Isa mudando o assunto!

-Eu acho uma boa! -Disse o João passando as mãos na minha costa!

-Vou procurar a Fran, o Jão de Hollywood e a Luna, vão lá já volto! -Disse saindo mandando beijos pra ele!

Corri dali o mais rápido e fui no banheiro me trancando, recuperei o fôlego que percebi só agora que segurava! A única coisa que quero é deitar na cama e me preparar pra amanhã pois será aberta a inscrição pras aulas de dança, atividades extras, do que quiserem chamar! Preciso treinar simplesmente muito... Sai dali e fui a uma banquinha que tinha alí e pedi emprestado um tênis e sapatilhas de balé (utensílios que a escola dão para as aulas extras como essa!) Fui até as arquibancadas da quadra de futebol americano e fiquei mexendo na fita da sapatilha sentei no último degrau da arquibancada e fiquei cantarolando qualquer música pra passar o tempo!

-Sem fone dessa vez? Que milagre é esse? -Escutei uma voz já familiar até demais pra mim brincando!

-As vezes gosto de escutar só minha voz! -Disse saindo em um tom debochado!

-Ei, porquê está puta? -Perguntou o Anderson!

-Não estou, só estou nervosa pra amanhã! -Disse dando um sorriso falso!

-Vem, vamos sair! -Disse ele esticando a mão pra me puxar!

-E quem disse que quero sair? -Perguntei revirando os olhos!

-Vem logo! Você precisa relaxar a cabeça! -Disse ele me puxando para ir com ele!

Descemos a escada correndo e ele me levou a saída!

-A gente vai perder as aulas se demorarmos sabia? -Perguntei!

-É o primeiro dia de aula, não faz mal! -Disse ele revirando os olhos! -Fecha os olhos!

Eu fechei os olhos e ele ainda assim tampou com suas mãos, ele começou a me guiar para um lugar com um pouco de dificuldade me fazendo dar um sorriso de vez em quando! Senti ele tirar as mãos dos meus olhos mas ainda estava com os olhos fechados!

-Pode abrir dragãozinho! -Disse ele soltando uma risada e olhei uma moto na minha frente!

-Porque tu me trouxe até uma moto? -Disse o olhando com um sorriso debochado!

-Porque como eu disse nos vamos sair! Quer dirigir? -Perguntou ele!

-Eu não estou com minha carteira! -Disse como se fosse impossível eu voltar e pegar!

Ele mecheu em seu bolso e tirou minha carteira de motorista!

-Você foi no meu quarto pegar? -Disse rindo!

-Vai logo, para de enjoo, vou te guiando! -Disse ele e subi na moto! 

Olhei um pouco e liguei ela escutando o barulho do motor me fazendo soltar um sorriso! O Anderson se sentou atrás e encaixou o capacete na minha cabeça e na dele! Dei partida e comecei a andar enquanto o Anderson mandava eu seguir em frente, ir para a esquerda ou para a direita! Senti o vento bater em meu rosto com um sorriso e não sei porque não fiz isso antes! Queria saber onde ele achou dinheiro pra alugar isso porque certeza que ele não comprou! Ele pediu pra eu parar e estacionei a moto!

-Me responde uma coisa, onde você alugou a moto? -Perguntei!

-Peguei emprestado do Kauan, não sei se percebeu mas o carro que ele tem é dos pais! -Disse ele soltando uma risada!

Ele me puxou e me fez um sinal pra eu esperar na frente de uma loja, ele entrou e fiquei literalmente parada sem o que fazer olhando ao redor... Ele demorou 15 minutos mas pareceu anos! Ele me virou e puxou um pouco meu cabelo pro lado!

-Sei que não tem motivos mas só quis te dar! -Diz ele terminando de colocar o colar!

-Sério,onde você achou dinheiro pra isso? -Disse soltando uma risada olhando o pingente com um avião e um coração escrito algo!

-Ta escrito "Friends", o mundo é por causa da sua tatuagem na nuca, sei que representa algo pra você! -Disse ele dando um sorriso sem graça!

-Você não respondeu minha pergunta! -Disse arqueando as sombrancelhas! 

-O dinheiro é meu relaxa, não assaltei um banco! -Disse ele em um tom brincalhão!

-Obrigado! -Disse dando um sorriso de volta pra ele!

-Mas então, não sei exatamente o que falar porque minutos atrás a gente tava enchendo o saco um do outro e nesse exato eu estou querendo me declarar pra você! -Disse ele soltando uma risada coçando a nuca!

Eu tenho certeza que estou corada agora porque ele está me olhando com um sorriso envergonhado!

-Preciso continuar essa vergonha ou você entendeu? -Disse ele soltando uma risada!

-Já entendi! -Disse rapidamente ficando vermelha que nem pimentão!

-Você precisava se ver agora! Tá parecendo um pimentão! -Disse ele tentando descontrair!

Fiquei calada e ele ficou me encarando por um tempo!

-Seria estranho dizer que estava esperando isso a um bom tempo? -Perguntei nervosa com a minha respiração desregulada!

Ele deu um sorriso e chegou perto me roubando um beijo, comecei a perder o equilíbrio mas antes que começasse a andar pra trás ou cair ele segurou minha cintura me trazendo pra mais perto! Paramos por falta de ar de ambos!

-Então, quer tentar algo porque é o que mais quero! -Disse ele nervosamente!

Afirmei com a cabeça ainda nervosa, confusa e até mesmo tímida demais pra falar!

-É melhor a gente ir! -Disse apertando os lábios nervosa!

Ele colocou o capacete e também coloquei dessa vez quem estava dirigindo de volta era ele, acho que acabaria batendo em um carro porquê ainda estou completamente perdida! Decidimos ainda não falar nada pra ninguém porquê ainda não sabemos se vai dar certo... Espero que dê na verdade!

Ana~

A festa havia acabado e fomos nos arrumar, colocamos o uniforme e fomos pras salas! As aulas eram as mesmas coisas de sempre, os professores eram até legais mas a professora de geografia dava até preguiça de olhar pra ela! Por incrível que pareça as aulas passaram rápidas e agradecemos mentalmente por isso! Cheguei e a Laura e o Gustavo desapareceram e o João havia saído com a Luara pelo que me lembro então chamei o Isaac pra ficar um pouco comigo, ficamos conversando e vendo filme no celular, via ele olhar um pouco mais do que o normal pro meu corpo!

-Ana...-Disse ele chamando minha atenção!

Ele me olhou e me roubou um beijo, não entendi bem mas retruibui, ele me levou ao seu colo distribuindo beijos pelo meu maxilar e pescoço! Escutamos a porta abrir e sai de cima dele fingindo continuar a ver o filme com ele! Vi o João olhando desentendido...

-O Isaac vai dormir aqui? -Perguntou ele!

-Não, o filme já acabou melhor ir né Isaac! -Disse dando um sorriso pra ele o lançando na porta delicadamente!

-Tchau pra vocês! -Disse o Isaac revirando os olhos olhando pra mim!

Okay! O que acabou de acontecer? Deitei na cama e tentei dormir mas simplesmente ainda tô confusa com o que acabou de acontecer! 

•••

Mexi um pouco mais no celular e peguei no sono rapidamente desejando que o dia de amanhã seja bom porque as inscrições pra aula de dança vai ser amanhã e eu e a Duda precisa ir bem!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...