História Life Upside Down - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Akdong Musician (AKMU), AOA, ASTRO, Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Block B, EXO, F(x), G-Friend, Girls' Generation, Got7, Huang Zitao "Z.Tao", IKON, Jessica Jung, Kris Wu, Lu Han, Momoland, Monsta X, Neo Culture Technology (NCT), Orange Caramel, Pristin, Red Velvet, SHINee, Super Junior, TWICE, Zico
Personagens Amber Liu, B.I, Baekhyun, BamBam, Bobby, Chaeyoung, Chanyeol, D.O, Dahyun, Daisy, Eunha, Haechan, Henry Lau, Huang Zitao "Z.Tao", Hyoyeon, I'M, Irene, Jackson, JB, Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jessica, Jessica Jung, Jihyo, Jimin, Jinki Lee (Onew), Jinyoung, Jisoo, Jisung, Johnny, Jonghyun Kim, Joo E, Joo Heon, Joy, Jung Hoseok (J-Hope), Jungyeon, Kai, Ki Hyun, KiBum "Key" Kim, Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Kris Wu, Krystal Jung, Lay, Lee Chan-hyuk, Lee Soo-hyun, Lisa, Lu Han, Lucas, Luna Parker, Mark, Mark, Min Hyuk, Min Yoongi (Suga), Mina, Minho Choi, Momo, Nana, Nayeon, Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Pinky, RenJun, Rosé, Sana, Sanha, Sehun, Seulgi, Show Nu, SinB, Suho, Sunny, Taeil, Taemin Lee, Taeyong, Tzuyu, U-Kwon, Victoria Song, Wendy, Xiumin, Yeri, Yoona, Youngjae, Yugyeom, Zico
Tags Amizade, Aoa, Astro, Blackpink, Bts, Colegial, Eric Nam, Exo, Exotwice, Exovelvet, Gfriend, Got7, Gotwice, Ikon, Jbw Produções, Jiho, Kpop, Monsta X, Nct, Red Velvet, Shinee, Snsd, Twice
Visualizações 8
Palavras 1.491
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Famí­lia, Festa, Ficção, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi pessoas!
Desculpem pela a demora.
Mas aqui está capitulo novo.

Antes, gostariam que vocês dessem uma olhada na minha nova fic e digam o que acharam.

https://www.spiritfanfiction.com/historia/destined-for-you-13905789

Capítulo 11 - Capitulo 11- 20-01


Choi Youngjae

Mark teimou em querer vir dormir aqui em casa, eu deixei, mas ele foi inventar história de "lanchinho da meia-noite" e acabou com a comida.

Acordei as 6:00 para estar na escola as 8:00. - ACORDEM! ACORDEM!- Ando pelo o corredor gritando, logo aguns saem do quarto com o rosto amassado e resmungando.


[...]


Alguns já estavam prontos e outros estavam tomando café-da-manhã, Mina estava sentada na calçada e não parava de dizer bom dia para todos que passavam, ela estava treinando o seu inglês e Mark a zuava por causa disso.

-Tchau pessoal, eu e JooE vamos a casa dos Lee's para esperar o Taeil e a Daisy.- Diz Jisung e todos dão tchau.

-Vamos, se não vamos chegar atrasados.- Diz Mark e começamos a nossa rota.


[...]

Já estavamos quase chegando quando penso estar esquecendo algo.

-Gente, eu estou esquecendo algo?- Pergunto para eles.

-Talvez você esteja esquecendo do que você não tá lembrando.- Diz Mark.

Aplaudo.- Como não pensei nisso?

É sério, tem algo faltando... Olho em volta, minha mochila está aqui, todos estão aqui, Joy, Mark, Chanyeol, Yeri, Eunha, Mina, Jisung e JooE foram para a casa dos Lee's, mas cadê...


Tzuyu.

Eu esqueci dela, eu esqueci de acordar a Tzuyu, ela não me escultou eu gritar. Como sou irresponsável

-Pessoal, eu esqueci o livro de algébra, eu tenho que voltar para pegar.- Digo já voltando.

-Você vai se atrasar.- Diz Joy.

-Eu dou um jeito para chegar a tempo.- Digo e começo a correr, quando dou conta, já estou correndo nas largas ruas de Palo Alto.

Minha casa, estou perto.

Chego, abro a porta e me deparo com Tzuyu sentada a mesa tomando café da manhã. Ela dá um leve sorriso quando me vê. Se vocês estivessem assistindo, não iriam entender nada.

_"Me desculpa"_ Digo a ela.

_"Tudo bem, isso sempre acontece."_ Ela diz._"Não precisava ter voltado, eu já estava de saída."

_"Então eu te acompanho, afinal, temos que arrumar um jeito de chegar lá rápido."_ Digo e olho no rélogio._"Rápido Tzuyu, 8:04."

Só havia uma solução...



Kim Jisung

No caminho da escola o pneu da bicicleta de Daisy furou, tivemos que ir caminhando empurrando nossas bicicletas, nossa escola era longe demais para irmos andando, de bicicleta levava quase 30 minutos, imagine andando.

- Me desculpem pessoas.- Diz Daisy -Vamos nos alegrar, UHUU estamos indo para a escola e isso não foi tão legal quanto eu pensei.

- Tudo bem Daisy, ninguém tem culpa do médico ter te derrubado assim que você nasceu.- Diz Taeil, eu deixo escapar uma risada.- Sério, quando a Daisy nasceu o médico era um novato, era o primeiro dia dele e ele derrubou a Daisy.

- Fez igual ao primeiro Iphone do mundo.- Diz JooE.

- Ploft.- Intera Daisy

- Estou imaginando a reação de todos.- Não consigo conter minha risada enquanto falo isso.

-Deve ter sido engraçado, mas eu não lembro, queria ter visto.- Diz Taeil.

- Todos caem, pelo menos uma vez na vida, eu fui sortuda e não caí uma vez, mas eu fui derrubada.- Assim que Daisy cala a boca ela tropeça no meio-fio de uma calçada.- Agora eu caí, sou um ser humano comum.

-Não é não.- Nós dizemos e Daisy bufa.



Park Jihyo

Eu moro bem próximo da escola. Saío de casa e coloco os fones em meus ouvidos. Porque música é vida.

De repente sinto alguém puxar meu celular, péssima hora para ser assaltada.

-HAHA! Te assustei!- Diz Jackson balançando o meu celular.

-Só não te bato, porque te respeito, mas da próxima vez...

-Relaxa Thomas.- No momento que ele falou isso, um senhor da 3° idade ficou a nos encarar.- Não, o nome dela não é Thomas.- O senhor assente e continua a caminhar.

-Só me assustei por que achei que fosse um ladrão.- Digo.

-O único ladrão da sua vida sou eu, que roubei seu coração.- Diz ele sorridente.

-Vai sonhando, Romeu.- Digo.

Ele olha para o seu braço e percebe uma cicatriz de infância. -OLHA JIHYO! Lembra disso? Foi daquele dia em que caímos no fosso dos golfinhos na expedição geográfica do 2° ano.- Ele diz animado.

-Como esquecer...- Falo mostrando a cicatriz que carrego no cotovelo.


11 anos atrás


"-Aqui é o lago dos anfíbios, vocês podem ver varias espécies, principalmente sapos.- Diz o instrutor.

-Í, ô lá Chanyeol, tú.- Diz Baekhyun apontando para um chimpanzé.- Aquela é a Chaeyoung.- Ele aponta para um mico-leão-dourado.

-Aquele é o Youngjae.- Diz Chanyeol apontando para uma lontra.

-Ó lá Baek, tú.- Diz Chaeyoung apontando para uma cobra.

-Ó ali vocês três.- Youngjae aponta para três macacos se catando.

Chanyeol, Baekhyun, Chaeyoung e Youngjae eram amigos inseparáveis.

-Por favor, Chanyeol, Youngjae, Baekhyun e Charlene fiquem na fila.- Diz o intrutor e os quatro caem na risada.

-Charlene, nome rídiculo.- Diz Chaeyoung rindo.

O instrutor não deu importancia e contiuou a falar. -Essa fenda é o fosso dos golfinhos, eles são muito fofos, porém essa fenda é bastante perigosa.

-Eles devem ser fofos.- Diz Jackson ao meu lado.

-Claro.- Digo.

Ele espera que todos sigam em frente.

-Eu vou lá.- Diz ele.

-Tá doido? Ele disse que aí é perigoso.- Digo.

-Ele está mentindo, só para ficar com os golfinhos só para ele.- Diz Jackson.- Você vem?

-... Então eu vou...- Digo.

-Só nós pularmos e vamos cair na terra mágica.- Ele diz.

Isso é o que fazemos.

Terra mágica? Não sabia que na terra mágica só existia pedras e um pequeno lago.

Terra mágica sem graça."






[...]




Chou Tzuyu

É, conseguimos chegar cedo. Sei que Youngjae não queria chamar atenção ao chegar na escola, mas o nosso "auto-móvel" fez isso por nós. Haviamos ido para a escola em um triciclo. As pessoas faziam gestos e apontavam os dedos para nós.

_"Eles estão com inveja"_ Diz Youngjae.

Youngjae é um cara legal, mesmo tendo esquecido de mim, ele é muito gentil e cuidadoso, antes de sairmos de casa, ele revirou a casa inteira a procura de algo para me prender a ele, enquanto estivessemos em cima do triciclo, ele disse que tinha medo que eu caísse. Nem em minha própria casa me sentia tão acolhida quanto me sentia na casa de Youngjae, na verdade, meus pais só cuidavam de mim porque não queriam ser criticados por outros pais.

_ "O que ele estão falando?"_ Pergunto a Youngjae.

_ "São palavras feias." _ Ele diz.

Sinto algo bater contra as minhas costas e me empurrar, me seguro em Youngjae. Era uma pedra, grande de preferência, Kyle havia jogado-a, ele é do jornal da escola. Youngjae olha para trás e eu aponto para Kyle que se levanta e vem em nossa direção.





Oh Sehun

É, hoje o dia está sendo muito complicado e engraçado, pelo menos até agora. Youngjae e Tzuyu se meteram em uma briga, eles dois contra os jornalistas e os jogadores do time, no começo foi só eles dois, mas depois a nossa galera começou a se juntar, foi uma briga feia, muitos sairam feridos, principalmente Youngjae e Tzuyu.

-Eu e você estamos na mesma aula de educação fisíca.- Digo para Mina.

-Sério? Ah, pelo menos eu não vou ficar sozinha.- Ela diz. -... Vão ficar me zuando ainda mais, isso se não me deixarem desconfortável.

-É, quem não odeia roupa de educação fisíca?- Digo.- Estou pronto para os apelidos de lacraia.

-Pelo menos não vai ser pela a forma de falar, pela a cor da pele ou quem sabe pelo o tamanho do bum bum.- Ela diz.

-Argh!... Machistas.- Digo.- Entõ a garôtá quee falar achim pode ficar do meu lado, sou seu escudo humano na queimada.



[...]



Dito e feito, o lacraia e a bumbum granada, são os únicos novatos da turma.

-Então alunos, não existe jogo melhor para fortalecer os muscúlos do que, se acham que é queimada, vocês estão errados, vocês não contavam com a velha brincadeira do carrinho-de-mão.- O professor diz.- Podem escolher os parceiros.

-Eí Japinha, que tal empinar para mim, ein?- Diz Flynn, o babaCÃO.

-Deixa ela em paz.- Digo ao babaCÃO.

-Sehun, eu não quero jogar.- Diz Mina.

-Então vamos falar com o professor.- Caminhamos em direção ao professor.

-Antes que peçam, não, todos vão participar, é só deixar o preconceito de lado, bem que eles tem razão.- Diz o professor. Mina já estava ficando constrangida.

-Eu vou te denunciar.- Digo a ele.

-Sehun, eu não quero, eles vão ficar falando de mim.- Diz ela, dá para perceber o quanto ela está constrangida.

-Ô Japa, eu já falei, estou me oferecendo, juro que é de graça.- Diz Flynn, ele ri como se aquilo carregasse graça.

-Sehun...- Ela choraminga.

-Tá tudo bem Mina, aliás, esse popozão é só meu.- Ela olha para mim com uma cara de interrogação.- É só uma forma de falar. Eles não vão mais insultar com você.

-Espero.- Ela diz.

-PREPAREM-SE PARA A CORRIDA!- Grita o professor.- Vai ser simples, vocês vão vir até aqui.- Ele diz apontando para o outro lado da quadra.- Depois, voltar, sem que o que estava representando o carrinho encoste os pés no chão.

-Fácil.- Digo.




[...]


Notas Finais


O próximo capitulo vai ser uma breve narração do Jin. Beijãoo.

Não esqueçam de dar uma olhada na nova fic:

https://www.spiritfanfiction.com/historia/destined-for-you-13905789


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...