História Liga Da Justiça - Capítulo 32


Escrita por:

Postado
Categorias Liga da Justiça
Personagens Arthur Curry (Aquaman), Barry Allen (Flash), Billy Batson (Capitão Marvel / Shazam), Carter Hall (Gavião Negro), Clark Kent (Superman), Diana Prince (Mulher Maravilha), Dinah Lance (Canário Negro), Hal Jordan (Lanterna Verde), John Smith (Tornado Vermelho), J'onn J'onzz "John Jones" (Caçador de Marte), Kara Zor-El (Supergirl), Nathaniel Adam (Capitão Átomo), Oliver Queen (Arqueiro Verde), Shiera Hall (Mulher-Gavião)
Tags Ação, Batman, Ficção Cientifica
Visualizações 4
Palavras 1.920
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Musical (Songfic), Policial, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Mordru mostra todo o seu poder e superioridade contra os lanternas que lutam valentemente, mas nada conseguem fazer diante do poder do lorde do caos, até que Hannu resolve mostrar seu verdadeiro poder.

Capítulo 32 - A Tropa Dos Lanternas Verdes - A Fúria De Hannu


Fanfic / Fanfiction Liga Da Justiça - Capítulo 32 - A Tropa Dos Lanternas Verdes - A Fúria De Hannu

 

Na base de defesa de Tunis, soldados corriam e se preparavam pegando seus armamentos e entrando em suas naves de guerra depois que seus radares de defesa detectaram uma grande explosão de energia além das montanhas. Enquanto isso nas montanhas os Lanternas Verdes comandados por Tomar Tu não sabiam que logo seriam atacados pela frota do ditador Kindar, mas derrotar o mago Mordru era a maior preocupação para eles no momento.

Longe dali em outro ponto de Zamaron, um raio esmeralda atravessava o deserto em uma velocidade impressionante e se dirigia ao campo de batalha onde os lanternas lutavam.

Enquanto isso no deserto, Tomar Tu e Soranik Natu voavam ao redor de Mordru e disparavam todo o poder do anel criando raios de todos os níveis. Mordru  nada sentia, pois uma fumaça  amarela estava ao redor do seu corpo e funcionava como um campo de força protegendo Mordru de todos os ataques. Hannu correu em direção a Mordru e dando um grande salto, tenta acertar Mordru, mas se choca contra a fumaça e acaba sendo jogado no chão.

-Que espécie de fumaça é essa? Parece uma parede de aço. Temos que quebrar essa barreira. – falava  Hannu depois de cair no chão e se levantar já se preparando para outro ataque.

-Deve haver um ponto fraco nessa defesa.  – disse Tomar Tu que continuava seu ataque.Mas Mordru não ficaria apenas na defesa, então em um movimento rápido batendo as duas mãos, cria uma explosão jogando os lanternas para longe.  A fumaça que protegia Mordru começa a se tornar vermelha e vai em direção dos lanternas que estão no chão depois de receberam o ataque do mago gigante. Soranik Natu  cria uma cobra gigante que consegue agarrar Mordru, mas o mago desaparece e surge em outro lugar a esquerda atacando Soranik Natu com a fumaça vermelha deixando ela presa em uma nuvem de fumaça.

Tomar Tu lança correntes contra Mordru, mas outra vez ele se solta desaparecendo e lançando outro ataque em Tomar Tu que consegue escapar usando um escudo de energia do anel. Hannu agarra uma enorme rocha e arremessa contra Mordru que agarra a rocha e esmaga com suas próprias mãos.

Hannu salta em direção a Mordru e acerta um forte golpe no chão,causando um forte tremor e fazendo Mordru perder o equilíbrio.  A fumaça começa a se dissipar e Tomar Tu aproveita e atira com todo o poder do seu anel acertando a cabeça de Mordru. Mas o mago fica atordoado com uma das mãos no rosto por pouco tempo e logo se recupera. O lorde do caos não seria derrotado tão facilmente. Apontando um dos dedos para o céu, ele evoca várias criaturas voadoras que partem para cima de Hannu e Tomar Tu enquanto  Soranik Natu está presa em uma fumaça vermelha e tenta se soltar para ajudar seus companheiros, mas nada consegue fazer contra a redoma de fumaça a sua volta.

- Vou esmaga-los até os ossos sem piedade.  A temida Tropa Dos Lanternas Verdes não é nada para mim.gritava Mordru  rindo com todo seu orgulho  enquanto Tomar Tu desviava dos ataques das criaturas voadoras que pareciam pequenos dragões furiosos.

Hannu consegue golpear uma das criaturas e joga ela contra outra enquanto três partem para cima dele atingido Hannu que acaba caindo e rolando junto com as três criaturas pela areia do deserto de Zamaron. O calor era insuportável e uma nova tempestade de areia começava a se formar e aos poucos a escuridão ia tomando conta do local. Tomar Tu cria uma lança e consegue acertar duas das criaturas, mas eles eram muitos e persistentes. Mordru aproveitando que os lanternas estavam distraídos pelas criaturas, começa a lançar várias bolas de fogo contra os lanternas e contra as suas próprias criaturas que não significavam nada para o maléfico mago. Soranik Natu começava a ficar sem ar dentro da redoma de fumaça e sem forças caiu de joelho com uma mão para cima pedindo ajuda e a outra no pescoço. A situação era desesperadora para os lanternas, até que três criaturas voam pelos ares mortas depois de um raio  de luz verde ser disparado para o alto pelo anel de Hannu. Tomar Tu olha espantado mesmo sendo perseguido por várias criaturas e não acreditava que via pela primeira vez Hannu usando o anel. Depois de acabar com as três criaturas que o atacava, Hannu parte com toda velocidade para onde estava Tomar Tu e elimina as quatro criaturas que atacavam seu companheiro e criando um arco imenso atira três flechas que acertam em cheio mais três criaturas. Depois Hannu olha para Soranik Natu e como um relâmpago parte com imenso martelo que golpeia a redoma de fumaça, mas nada acontece. Mordru começa a rir e lança várias bolas de fogo atingindo Hannu. Tomar Tu não consegue salvar Hannu e vê seu companheiro ser atingido por dezenas de bolas de fogo e Hannu desaparece no meio da explosão. Tomar Tu se desespera vendo seus companheiros caindo no campo de batalha, mas quando a fumaça abaixa, Hannu segue de pé olhando para Mordru sem nenhum arranhão.

-É só isso que você pode fazer velho idiota? – disse Hannu formando uma imensa metralhadora disparando centenas de tiros em Mordru que se surpreende em ver Hannu ainda de pé depois de todos aqueles golpes e se pergunta se aquele lanterna é um ser inferior como ele imaginava, ou era alguém mais poderoso do que ele pensava.

-Não adianta atirar em mim. Minha energia é mais poderosa que seus pequenos e insignificantes anéis. – dizia Mordru até que um dos tiros causa uma rachadura no campo e atinge em cheio o ombro do mago que não acredita no que vê.

Depois disso, vários tiros começam a atravessar a barreira de fumaça de Mordru  sendo atingido várias vezes pelos tiros de Hannu.  Tomar Tu aproveitando que Mordru está ocupado com o poderoso ataque de Hannu, parte para onde está Soranik Natu e começa a golpear a barreira para libertar Soranik que está caída no chão inconsciente. Tomar Tu usando um machado, usa a força que resta para tentar salvar Soranik Natu e aos poucos a barreira começa a rachar e Tomar Tu usa mais energia, até que a barreira é destruída e Tomar Tu pega Soranik e leva para longe da batalha.

Hannu continua atacando sem parar em Mordru que tenta se defender atirando raios contra o lanterna que mesmo sendo atingido, não cessa o ataque. Enquanto isso Soranik Natu acorda e vê Tomar Tu ao seu lado.

-Você está bem? Achei que não teria tempo de salvar você. Se não fosse por Hannu, estaríamos mortos agora. – disse Tomar Tu cansado olhando para Soranik que ainda estava meio perdida, sem saber onde estava, até que recuperou a memória e lembrou que Mordru estava enfrentando eles.

-Onde está Hannu? – perguntou preocupada Soranik que se levantou rapidamente e viu Hannu atirando sem parar em Mordru.

-Espere, você ainda está fraca, tome cuidado. – disse Tomar Tu segurando o braço de Soranik Natu que se solta e diz. –Temos que ajudar Hannu. Se ele continuar atacando daquele jeito, sua energia vai acabar e Mordru vai acabar com ele.

-Eu vou ajuda-lo, mas você deve sair daqui e avisar a tropa que nós falhamos.  – disse Tomar Tu indo em direção à batalha.

-Nada disso, juntos podemos derrotar esse monstro. – disse Soranaki  Natu com confiança, para Tomar Tu que parou e voltou para Soranik e disse.

-Estou quase sem energia, mas posso segura-lo por um tempo, junto com Hannu, e isso será tempo suficiente para você voltar e levar os dois recrutas que ficaram para trás e avisar a tropa que terá que fazer um novo ataque.

-Não posso fazer isso. Vamos lutar e acabar com isso Tomar Tu.

-Você não precisa morrer e nem aqueles recrutas. Pense bem Soranik. Tem muita coisa em jogo aqui além de nossas vidas. O exército de Kindar já deve estar a caminho daqui e logo atacaram Torja se não estivermos aqui para impedir. A magia de Mordru deve estar impedindo a nossa comunicação com O.A, por isso, um de nós precisa sair daqui e chamar os outros lanternas. Você precisa ir agora Soranik. – gritava Tomar Tu para Soranik que olhava para Hannu que continuava atirando, mas estava também sendo acertado por vários raios de Mordru, até que Hannu fica apoiado por um de seus joelhos e seus tiros diminuem quando a energia de seu anel começa a acabar.

- “Um verdadeiro Lanterna Verde cumpre a sua missão, mesmo que tenha que abandonar seus companheiros ou até sacrificar sua vida.” Lembra do que disse para aqueles recrutas? Você sabe o que tem que fazer Soranik, então faça. – disse Tomar Tu para Soranik Natu que fechou os olhos e baixou a cabeça por uns segundos. Soranik olha desesperada para Hannu e depois para Tomar Tu que acena com a cabeça positivamente para ela ir embora e Soranik voa com lágrimas nos olhos para longe da batalha, mas a tempo de olhar para trás e ver Hannu cair no chão enquanto Mordru criava uma poderosa bola de energia e arremessava contra Hannu que estava caído e não tinha como se defender. Soranik parou por um instante e pensou em ir ajudar, mas não daria tempo, pois ela não tinha mais energia para voar tão rápido e salvar Hannu e nem Tomar Tu que partia na direção da luta para impedir que Mordru mata-se Hannu. 

Soranik olhava para cena quando do seu lado como uma flecha, passa um brilho muito forte de energia e passa também por Tomar Tu. Hannu tenta se levantar a tempo de ver uma bola de raios vindo em sua direção, mas de repente, uma luz esverdeada circula Hannu e detém a bola de energia de Mordru formando um campo de força em volta de Hannu.

-O que está fazendo aqui ? Eu posso dar conta dele sozinho. – disse Hannu para o ser que estava a sua frente e estava coberto por uma energia verde e poderosa.

-Não é o que parecia Hannu. Recarregue sua energia e depois a de Soranik e Tomar Tu que estão fracos também. Eu cuido do resto. – disse a misteriosa figura para Hannu entregando uma lanterna para seu companheiro.

-Quem salvou Hannu. Quem é aquele lanterna Tomar Tu?

-Não consigo ver daqui por causa da energia Soranik. Vou tentar me aproximar.

-Mais um lanterna para morrer aqui. Vocês não entendem que será inútil qualquer tentativa de me derrotar. Seus poderes são insignificantes diante do meu imenso poder. – dizia Mordru até que percebeu quem era o lanterna e seu excesso de confiança começou a diminuir.

-Você subestima o poder da Tropa Dos Lanternas Verdes e por isso você irá cair aqui  Mordru.  – disse o Lanterna que agora saia do campo de força e caminhava calmamente em direção a Mordru.

-Então era você Abin Sur! – gritava Tomar Tu com alívio enquanto do seu lado Soranik Natu olhava com um leve sorriso para o salvador dos três lanternas.

-Nós temos uma missão aqui  em Zamaron e ninguém e nem você Mordru, vai impedir que terminemos isso. – disse Abin Sur dando um salto em direção a Mordru e acertando o lorde do caos com um potente soco de uma mão gigante formada pelo poder de seu anel e jogando Mordru  no chão  pela primeira vez na batalha. Abin Sur derrubava o poderoso Mordru com apenas um golpe e mostrava porque era considerado um dos lanternas mais poderosos de todo o universo. Mas Mordru se levantava e a luta contra Abin Sur só estava começando.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...