1. Spirit Fanfics >
  2. Liga da Justiça:Última Crise >
  3. A crise da fênix púrpura(Parte 1)

História Liga da Justiça:Última Crise - Capítulo 11



Notas do Autor


Ola 23 legionários,td bem ?

Gente a ideia era fazer um Cap só,mas ia ficar muito pesado para vcs além de ser lais fácil de editar.

Metron vai ter um papel de mediador,ele vai narrar todas as 3 crises fa terra 53.

Próxima sexta teremos o final dessa crise e então vamos para a NOVA FRONTEIRA.

Capítulo 11 - A crise da fênix púrpura(Parte 1)


Fanfic / Fanfiction Liga da Justiça:Última Crise - Capítulo 11 - A crise da fênix púrpura(Parte 1)

Narrador (Metron,o Deus do conhecimento)

-"Chega de heróis"

Essas 3 palavras me levaram até aqui 3 palavras que destruíram o tecido da própria realidade, 3 palavras que afetaram a fonte e criou uma anomalia chamada de terra 53...um lugar que nasceu de algo desconhecido,mas essa nova realidade me intriga,esses heróis desse mundo tem algo...de diferente.E por isso estou aqui,para ver as crises que esses "heróis" irão enfrentar e devo admitir que estou ansioso para ver o que estar por vir.

Órion e sua amada estão na cama depôs de uma noite totalmente jogada fora,por causa do ato de "fazer amor",não entendo a fascinação por algo tão bárbaro.

-Bom eu não quero parecer um otário...mas por quê você fez isso ? Por quê tão do nada-Pergunto o homem de aço para a sentinela,que está repousando sua cabeça em meu peito,mas ainda continua com aquela expressão de tristeza.

-Por que estamos preso em uma tempestade de areia.Existe tanta dor e conflito...todo mundo fica esperando a poeira baixar e depois percebe que a poeira é a nossa vida indo embora.-Ela se levanta da cama e bota o seu anel,se transformando,mas sem contanto visual com Órionque está tentando entender as palavras da fêmea a sua frente,mas sem sucesso.

-se em meio a esse tempestade de poeira,a felicidade aparecer...temos que agarrar ela com todas as nossas forças e aproveitar o máximo possível,porque ela está aqui e depôs...já era.-Então ela se vira para o seu amado com um sorriso bem forçado em seu rosto.

Orion,tentou conversar mais com ela,mas não adiantou de nada,Lois Lane viu o seu futuro e sabe a sua missão nessa CRISE,e mesmo ela não gostando dele,ela percebe...que é necessário.

Diana Prince

Se olha no espelho e vê seu reflexo e vislumbra seu novo traje e meu novo braço,que é uma réplica sintética de um braço humano,não se compará a tecnologia da extinta nova gênese.Diana luta contra duas próprias dúvidas,ela sente medo,pois um erro dela fez a perder o braço e agora como líder ela não tem esse luxo de errar,pois quais dos seus amigos vão ter que pagar o preço ?

-Bem que Ravena poderia estar aqui,eu e ela começos isso tudo seria justo ela estar aqui para ver como termina,mas perdi contato com ela faz tempo.- Falando sozinha ? Compreensivo,mas não se preocupe princesa logo logo vocês vão estar juntas.

-Pela vida,arrancarei a cabeça de Darkseid ! -Faço esse juramento,em nome da liga da justiça e do meu lar a ilha paraiso.-Uma pena que,você não é...

O homem morcego e a campeã dos antigos deuses,são os mais dispensáveis para mim,dois mortais que não tem papel algum na trama,patético.

Krypyon(Neo-apocolipsy)

A Liga da Justiça se encontra no topo da torre Wayne de frente para antiga bateria amarela,que agora está purificada tomando um tom azul.Todos sabem a missão,atacar de forma rápida e letal,mas por estarem indo para território inimigo isso,todos estão equipados com comunicadores de longo alcance,para se manterem unidos.Então tudo começa,Alan Scott ativa o teletransportador para o destino incerto,fazendo cruzar por vários anos luz até o destino deles.

Uma pena que a bateria amarela da anti-vida,bagunço o trajeto deles os fazendo se dividir por Neo - Apokolips,ou se preferirem...Krypton.A muito tempo esse planeta foi pouco de uma guerra,mas depois da queda de seu maior campeão (Zod) o planeta serve ao Império da Anti-vida.

Órion está se recuperando do salto temporal depôs do salto especial,ele vomitao o que comeu no café da manhã,ele se encontra sozinho,em uma das prisões de Krypton.Ambos não se gostam,mas sabe que a missão é mais importante do que isso.

-Liga da justiça,na escuta ? -Fala Órion por seu comunicador.

-Batman,na escuta.Vejo que estamos no mesmo complexo.-Constata o cavaleiro das trevas.

-Sim,temos que nós reencontrar.

-Não,aqui você é fraco se lembra ? Conserve a sua energia para o Darkseid.

-Você têm razão mas e você ?

-Ficarei bem.Consegue ver algo de interessante a sua volta ?

-Consegui ver uma concentração de pessoas à 5 andares acima.

-Como você...

-Visão de raio X

-Você é cheio de surpresas,mas recomendo não se esforçar muito,não tem sol amarelo para você esbanjar seus poderes e o traje não vai ter energia infinita para você usar.-O mortal tem razão,o traje Kryptoniano só absorve uma certa quantidade de energia solar.

-Bem lembrado mas não pretendo me limitar hoje,esse era o meu lar e por causa de Darkseid...não tive a oportunidade de conhecer os meus pais...e por isso vou socar a cara dele até abrir um buraco.

-Que bom que eu não sou esse cara.

Clark então desliga o comunicador, e atravessa alguns andares com sua força.Então eles tem uma visão deveras...inusitada,vários para-demônios sendo mortos por um jovem deus,mas ele estava muito desgastado a ponto de não poder ficar de pé sem o apoio da parede,ele encara Orin e tema um susto ao ver a sua face.

-Orion ? -Fala o jovem deus.

-Você me conhece ? - Clark pergunta com uma cara de surpreso.

-Eu...-Ele então revela o seu rosto,fazendo Órion quase cair no chão com tal revelação,ambos tem o mesmo rosto.-...acho que a gente já se viu saca ?

-------------------------------------------------------------------

Enquanto isso acontece,Batman se encontrava correndo pelos corredores,mas então ele parou de correr e pensou "porque estou correndo ?" e a resposta era Diana Prince.

Mas então ele ouve os gritos de dor de uma mulher,e quase automaticamente ele muda de direção indo até os gritos.Normalmente ele não faria isso...mas a gentileza da Amazona,o mudou bastante.

Ele foi até os gritos e teve uma GRANDE surpresa,o homem morcego tem a visão de uma deusa com o nome de Grande Barda,Ex membro da eliete de Darkseid...até que se apaixonou por Scott Free.

Ela avança contra batman,que estava bem assustado por ver uma mulher gigantesca com um bastão cósmico vindo em sua direção.Mas ignorando esse sentimento ele joga um bat-rang de flash em sua adversária a fazendo parar pela cegueira.

Batman então vai até as costas de Barda e acerta as parte de trás de seus joelhos,a fazendo cair de joelhos então ele pula em sua cabeça e ativa a função de suas luvas as deixando com eletricidade então ele coloca na cabeça de sua oponente que grita de dor.Mas Barda já passou por muita coisa...muita coisas piores e esse golpe é literariamente NADA para ela.Ela então salta ainda com o homem morcego em suas costas,o fazendo ser esmagado contra o teto.

Então Bruce cai no chão todo quebrado pelo impacto.

-Tempo.-Fala ele com seu orgulho e corpo feridos.

-Você é fraco demais para ser um servo de Darkseid e valente demais para ser um deus,quem é você ?!-Barda não é a deusa mais...cortês,mas ela tem um bom olho para aliados.

Ela e seu marido estão em uma missão de resgate...bom seria de resgate caso tivesse alguém para resgatar,mas Darkseid torturou e matou todos os deuses de nova gênese,que estavam nessa prisão.

-Eu sou o Batman, e vim aqui para matar um deus.-Barbada gargalha pelas tolas palavras do mortal e o ajuda a se levantar,pois nenhum espião de Darkseid teria uma missão tão suicida.E eles então se entendem e Batman explica a situação para Barda,que então decidem ir atrás de seu marido e de Órion para terem mais chance...uma pena que essa chance se apagou como uma chama em meio a uma nevasca,quando Zod se teletransportar na frente da dupla usando a joia do espaaço.

Batman e Barda ficam em posição de combate,mas Zod nada fala apenas avança contra Barda que revida com o seu bastão cósmico mas com apenas uma dás mãos ele para o golpe da jovem deusa.Devo admitir,que o trabalho que Darkseid se superou com Zod,uma mescla de tecnologia e tortura,todo o potência que Zod tinha e poderia ter sendo usado para a glória do homem que ele jurou matar...kkkk um pouco irônico,não é ?

Zod então dispara com o seu anel amarelo na barriga de barda atravessando ela com uma lâmina de energia,Barda cai de joelhos mas surpreende o Cyborg com um Surplex o esmagando no chão,Barda é uma deusa não pode ser morta por meios triviais,mas ele usa a joia mais uma vez indo para trás dela e acertando um soco em seu rosto a fazendo cair no chão nocauteada.Batman pula encima de Zod que o segura pelo pescoço,ele acha intrigante um ser tão patético ir de encontro a ele,mas então Batman o surpreende tirando o anel amarelo de Zod de uma maneira que ele não percebesse até tarde demais.

Então com essa brecha Barda ataca com um disparo de seu bastão cósmico,depôs de se recuperar do último golpe de Zod.Batman se solta do golpe joga um bat-rang especial feito de Kryptonita em zod mas ele o segura e o esmaga com apenas uma das mãos.

-Fraco !-Grande Barda e Batman podem ser bons...mas isso basta para sobreviver a mais ao poder de Zod ?

-------------------------------------------------------------------

Scoot Free,um dos maiores símbolos da resistência contra a anti-vida más tem um péssimo "time cômico" suas piadas para aliviar a situação só deixaram Órion bravo,que avançou em sua direção e o pegou pelo pescoço e depôs acerta um soco em seu rosto o fazendo sair voando pelo corredor.Se Scoot não fosse um deus ele estaria morto agora.

-JA CANSEI DE SEUS JOGOS DOOM ! -Orion estava prestes a usar sua visão de calor em Scott por causa de suas alucinações.

-Calma Calma eu não sou esse Doom,eu sou seu irmão ! -O jovem deus se levanta o bastão cósmico de sua esposa,que tem poder de uma estrela.

-MENTIROSO !-Órion dispara os raios,mas algo estranho acontece com o seu poder,os raios mudam de direção indo para lados diferentes mas emitindo uma grande explosão destrutiva.Orion fica com uma grande dor nos olhos a ponto de perder temporariamente a sua visão.

-Eu sou Scott Free,ou se preferir "falha 52".A 25 anos,Darkseid invadiu Krypton embusca do "deus perfeito" a mescla de :Divindade e tecnologia...

Clark avança contra Scoot o pressando contra a parade.

-Eles de início falharam 52 vezes,mas ai veio você irmão,o herdeiro de Darkseid e a prova disso é os seus raios ômega.

Clark larga Scoot ao ouvir uma voz em sua cabeça,a voz de seu maior oponente...Doom.

-"Eu bem que eu te avisei Clark,esse corpo não é seu,ele é meu você não passa de uma anomalia causada pela joia do infinito,mas não se preocupe quanto mais você usar mais o poder da joia mais o meu poder vai crescer, então vou ter força o suficiente para recuperar o meu corpo e matar aqueles seus super-amigos ! "

O choque de realidade foi tão grande que Órion cai de joelhos enquanto sente as lágrimas cairem de seu rosto.

-"Mas não se preocupe,você pode ficar com o nome de "Órion" pois Doom(apocalipse) é bem melhor."

-Eu também passei por isso,mas você não pode se render a isso,irmão.

-Como você superou isso ? -As palavras saem como um sussurro de um abismo dor.

-Uma grande mulher e um propósito de achar um irmão perdido.-Então Scoot ajudá o seu irmão a se levantar,Orion está ainda tentando processar tudo que ele ouviu,mas ele sabe que sua equipe precisa dele.

-Scott...eu preciso matar o nosso "pai" me diga aonde posso acha-lo ?

-Ao sair daqui você vai ver uma bateria central amarela gigantesca,na parte inferior dela à um templo onde ele está.Irmão...eu me juntaria a você,mas eu preciso me reencontrar com a minha esposa,mas lhe uma única coisa:Exploda as bolas daquele maldito.

-Scott eu já disse que te amo ? -Órion abraça o seu irmao expressão a felicidade e o medo que se passa em sua mente,Scoot também o abraça de volta por finalmente não está se sentindo só no universo.

Então Órion usa seu vôo para romper o teto da prisão e tem visão dá bateria amarela,então ele vai com vários sentimentos mistos em sua mente:raiva,medo,tristeza e felicidade.

Mas ele tem esperança de que mesmo com esse sangue maldito em suas veias,ele pode ser algo amais,algo que um deus maldito...ele é um herói...pobre tolo,não existem heróis nesse mundo.

Ele chega atravessando o templo amarelo com a sua super força e pousando em frente ao trono do templo,mas sentado nele à um ser de outro universo,um ser muito poderoso tão poderoso que conseguiu subjulgar uma entidade que até mesmo os novos deuses temem.

-Eu acho que você não é o meu pai.

-Ahhh o tão procurado Órion,meu mestre não está aqui na terra 53 e sim no meu mundo.Mas não se preocupe prince Rubro,logo irei leva-lo ao seu lar.

Mas antes ele foi bem específico na parte de extirpar a podridão de sua mente,pela força e clara.

Então ele estrala os seus dedos e uma figura de fogo se manifestar e acerta Orion,fazendo ele sair voando de dentro do templo,ele sente seu peito queimar como se chamas as tivessem a consumindo,destruindo o símbolo de seu peito.Então a Fênix-Púrpura se manifesta no corpo de Ravena,pairando nós céus na frente de Órion.

-Novo Deus,a fênix-púrpura já consumiu as outras 3 mulheres e em questões de segundo você também !

-Você você...

-"Isso Órion ela matou os suas amigas,e caso você não use o poder da joia TUDO será consumido por ela,então Orion...a minha prisão valhe a destruição do universo ?

_______________________________________

Apesar de Órion está tendo uma luta intensa no mundo material,a verdadeira batalha está dentro da joia da alma,onde se encontra o reino da alma,onde Trigon estava aprisionado mas com a chegada da fênix ele se libertou e está usando o corpo de sua propia filha para seu bel prazer.Mas com uma coleira o limitando a Vulcano...por hora.

Então a maior batalha da terra 53 estar a prestes a começar.


Notas Finais


Hope


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...