1. Spirit Fanfics >
  2. Liga da Justiça:Última Crise >
  3. 24 horas de esperança

História Liga da Justiça:Última Crise - Capítulo 5



Notas do Autor


Olha so ja estamos chegando no final fa temporada kkk

Capítulo 5 - 24 horas de esperança


Fanfic / Fanfiction Liga da Justiça:Última Crise - Capítulo 5 - 24 horas de esperança

Lois Lane (alguns messes atrás) :


Eu olho para a covas de meus pais...eles estavam em Smallville para...sinceramente eu não me lembro,só sei que eles estão no lugar errado e na hora errada.Enquanto eu...estava tentando afogar as minhas tristezas,por ter falhado em conseguir o emprego no planeta diário e não tive coragem de ligar,para eles,talvez eles me entendessem e falariam palavras de conforto,mas agora vou ter que viver com isso.


E sabe a pior parte ? Eu comprei mais uma garra...eu ainda não bebi,mas estou quase.Eu estou tentando falar alguma coisa para eles ja faz 3 horas,mas tudo que consegui foi chorar,em meio a chuva.


-EU PROMETO QUE VOU VIVER !-Então eu jogo a garrafa de bebida no chão,meus pais não me criaram para chorar e lamentar...eles me criaram para ser uma mulher forte.-...EU VOU HONRAR VOCÊS,EU JURO POR TUDO NESSE MUNDO QUE EU VOU LUTAR PELO O AMANHÃ.


E então eu vejo um lampejo azul que me faz cobrir os olhos,mas eu não sinto medo...eu sinto paz e ao olhar para frente eu vejo um anel azul.


"Lois Lane da terra,seu coração transborda de esperaça,você foi escolhida para ser,a última sentinela azul"-O anel então para de "falar" e eu o pego...eu sinto algo dentro dele,algo que tinha morrido dentro de mim.


Então eu o coloco.


Marly Grayson :


-Doutora Marly Grayson,gravação 36:


Os meus metagens estão se desenvolvendo mais rápido que eu estava pensando,após o meu acidente com matéria escura adquiri a habilidade de absorção de energia cinética,que me permite absorver toda a energia cinética ao redor, deixando tudo ao meu redor num estado temporário de energia potencial, ou seja, impossibilitando qualquer coisa de se mover.Isso era no começo,mas agora eu consigo roubar energia cinética para mim,me permitindo correr em super-velocidade,creio que se continuar o meu treinamento e "meus testes" noturnos.


Ontem consegue confrontar 1 bandido com uma M 16,ele fez disparos mas eu os parei com muita facilidade além de conseguir revidar com um soco.Com um soco médio eu consegui deslocar a mandíbula dele, mostrando que eu estou desenvolvendo uma certa força e resistência.


Fim da gravação.


Então eu largo o gravador e pego uma garrafa de cafe e tomo diretamente dela,então eu volto para as minhas anotações,a minha vida sempre foi bem vazia tanto em relações quanto a prestígio,mas graças aos meus poderes consegui conquistar o título de cientistas chefe dos laboratórios Star.


...mas então alguém bate na porta e eu reviro os olhos,odeio quando alguém vem entrar em meu laboratório.


-Professora Grayson !-Entra Barry desesperado pela porta,mas ele acaba tropeçando em seus próprios pés e cai de cara no chão...pelo menos ele aceita trabalhar por um metade de um salário.


-O que foi Allen ? -Pergunto,enquanto o encaro ele se levantar.


-Ahhh ligaram do Sanatório,uma tal de Lois Lane,colocou o seu nome na lista de emergência.


...Puta merda


Quebra de tempo (agora):


-Era para termos pego ele também.-Fala Lois,depôs de resgatarmos o morcego e amazona de serem capturados pelos Titãs.Eu usei o meu poder o máximo que pude,então eu conseguimos salvar eles dois e todas pessoas que estavam na rua enquanto os deuses lutavam nós céus...mas ao fazer isso deixamos,a joia do poder com eles.


-Lois,cala a sua boquinha por um minuto.-Depôs que uso os meus poderes em uma escala muito grande,tenho uma dor de cabeça horrível,então eu vou até o sofá de nosso "esconderijo secreto" estamos aqui em Coast City,desde que eu tirei Lois do sanatório,estamos aqui.


-Temos que voltar.-Ela fala enquanto já estava indo para a saido do galpão.Mas eu uso os meus poderes mais uma vez,paralisando tudo a minha volta,então eu caminho até ela e retiro o seu anel de lanterna azul,fazendo ela perder os seus poderes e então eu volto para o sofá desfaço os meus poderes.


Ela então percebe e se vira com uma cara de brava.


-Lois...24 horas é so isso que precisamos,temos dois super nocauteados,eu to com dor de cabeça e você está quase sem carga.Então por favor,ajude o morcego e amazona enquanto eu tiro um soninho.-Eu me deito no sofa e fecho os meus olhos,mesmo eu não conseguindo dormir eu preciso pensar.


Uma hora o Bruce vai acordar e a nossa conversa vai ser intensa.


Bruce Wayne:


Sonho on:


-Não ! -Grito com muita raiva para Dick por suas palavras,nós acabamos de sair de uma reunião aqui mesmo em Ghotam com o presidente careca.


-Você não pode dizer simplesmente "não",é uma nova chance para o povo de Gotham.


-Sério que é por Gotham ? Porque para mim tudo que você fazer foi babar por aquela prostituta de pele laranja !


-Não fale da,Kori assim !-Ele então se exalta e me pega pelo colarinho de minha jaqueta,mas eu não estou aqui para ser o "amigo" eu estou aqui para ser o líder.Então em um movimento eu retiro as suas mãos de mim e dou um soco em seu queixo o fazendo se afastar de mim com a boca cheia de sangue.


-Você acha que Gotham se importa com o seu namoro ? Você acha que Gotham ficará bem nas mãos de Lex Luthor ? Você acha que as suas palavras vão me fazer desistir do meu amor ?


-A mesma Gotham que matou Alfred ?


E com essas palavras ele se vai do meu escritório,me deixando com as suas últimas palavras.


Sonho off


Eu acordo em um movimento brusco,dando uma cambalhota para atrás e ficando em postura de luta,mas eu só vejo 3 mulheres comendo cereal,sentadas em uma mesa enquanto me encaram.


-Diana,mais que poha ta acontecendo ?


-Cereal.-Fala a amazona me oferecendo uma um pouco.Eu reviro os olhos em resposta.


Uma delas está usando uma roupa azul bem estranha que emana algum tipo de energia e a outra eu sei muito brm quem é...Marly Greyson irmã mais velha do Dick.Eu me recomponho e ignoro as 3 mulheres e vou até o meu traje e minhas pistolas que estão em uma bancada e me equipo.


Então eu fico a certa distância delas enquanto repouso a minha mão em minhas armas,elas percebem e então a mulher de azul se levanta.


-Está na hora de colocar os pingos nos "i"...-ela então sai FLUTUANDO da mesa e vai até uma espécie de cofre.(todo voa menos eu !)


-O universo está em guerra de cores já faz milênios,a anti-vida do medo de Darkseid...superou todos os outros espectros emocionais,so restando uma centelha de esperança e...-ela então tira do cofre uma antiga lanterna de mineração verde do cofre.-...e uma de força de vontade.


-Elas me falaram sobre a missão Bruce,Lois é uma sentinela azul,a última do universo e o anel dela mostrou a chave para a nossa vitória,as amazonas tinham lendas sobre,seres que com um pensamento poderiam criar qualquer coisa.-Fala Diana,animada como sempre.


-Então você que me dizer que...um "deus" está fazendo uma guerra universal está acontecendo ? E que nossa esperança é...uma lanterna Verde ?- isso é inacreditável,uma coisa eram as joias do infinito,com elas eu poderia ajudar Gotham e trazer meus pais,mas agora vou ter que me preocupar em salvar Gotham de um "deus" ?


-Isso não é uma lanterna é a arma mais poderosa do universo.-Mas ainda se parece uma lanterna para mim.-...ela foi criada na mesma base do meu anel azul,mas infelizmente nenhum ser no universo tem a força de vontade de para usa-lá...bom com ecessão da humanidade.


-Como assim ?


-O antigo lanterna azul,estava vindo para a terra com essa lanterna Verde e com as joias do infinito...mas ele foi atacado por Zod e...morreu.-Ela então bota a lanterna encima da mesa enquanto está visivelmente triste.


-E como você sabe disso tudo ?


-Você não confia em ninguém mesmo ne,Batman ?-Pronúncia Marly,em um tom de deboche.


-Não ! E muito menos em covardes.-Ela entendeu as minhas palavras e se levanta com raiva,mas Diana toca em seu ombro a deixando mais calma.


-O meu anel tinha instruções deixadas pelo antigo lanterna.Estou honrando o seu sacrifício...mas não posso fazer isso sozinha,preciso de vocês e preciso do Clark.


-Como assim ? -Pergunta Diana.


-O anel chama por ele,ele canta para ele desde que o botei,a uma fonte infinita de esperança dentro dele,mas está submersas em uma onda de medo e ódio.Por isso tenho que ir atrás dele,a esperança dele com a força de vontade de vocês,é maior que qualquer joia do infinito !-Ela então joga para nois dois,anéis verdes bem parecidos com os dela.Mas quando eu coloco nada acontece,talvez eu não tenha força de vontade o suficiente,ou esteja realmente enlouquecendo.


Então sem dizer nada eu saio do galpão para tomar um ar.


Eu olho para os céu azul de Coast City,mesmo depois de um desastre como ontem a cidade ainda é agraciada com um belo sol,ao contrário de Gotham que todos dias parecem noites.


"Sera que um dia eu poderei dar a minha cidade um céu assim ?"


-Você não gosta de cereal ? -Sou tirada dos meus pensamentos por Diana que agora se encontra ao meu lado.


-Por que você ficou tão empolgada por aque-la luta ? Você nem ao menos parou para me escutar.


-Porque a batalha me chama ! Eu nasci para isso é o meu destino,afinal eu sou amazona mais forte do mundo.


-Você não pode ser imprudente assim e se você se machucar ? -Ai ela começa s rir e depôs de eu perceber o quando ridículo soou o quê eu disse eu também acabo rindo.


-Não precisa se preocupar comigo,você sabe disso não é ? -"Eu sei disso...mas alguma coisa dentro de mim só me fez agir,quando te vi em perigo...eu realmente não sei o que deu em mim".


-Então vai me contar o final da história ?


-Bom,não tem muito o que falar sobre o resto.-Minto,mas ela percebeu então ela enro-la o laço da verde em volta dos meus braços e depôs o puxa nos fazendo nós aproximar,então ela sorri.


-Fale,por favor.


-Depôs de ser amarrado a uma cadeira e verem espancar até a morte,o homem que foi literalmente o meu pai em momentos difíceis,a Selina me deixou vivo como uma cortesia pelo nosso passado.


Então o Batman morreu ali...Gotham não precisa de uma sombra precisa de um homem,precisa de Bruce Wayne ! Então eu fui atrás dela...lutamos com tudo de si

,o resultado foi um tiro de .762 na cabeça dela e um arranhão no meu peito,então eu uso isso como emblema desde então...


Ela não está mais com o seu sorriso radiante,agora ela tem uma expressão de tristeza,como se entendesse pelo que passei.Geralmente as pessoas tem medo de mim ou me chamam de louco pelos meus métodos...mas ela tenta me entender ela...sorri para mim.


"Bruuu brumm" -Celular tocando.


Diana então de uma maneira atrapalhada me solta do laço e então eu atendo a ligação.Esse é um celular de emergência só quem tem acesso a isso é Harley.


-Ola Bruce,feliz em ouvir a minha voz ?-Bane


-Eu vou arrancar o seu coração ! -eu tenho um acesso de raiva e dou um soco na parede atrás de mim fazendo dar um soco na parede atrás de mim.


-Eu conto com isso Bruce,mas como tudo a seu tempo,estarei te esperando no topo de Gotham,não se atrase.-Então ele desliga então eu esmago o celular com as minhas próprias mãos o celular.


Eu coloco o meu capacete e aciono um comando nele,que faz o jato invisível vir até mim e pousar perto de nós.O barulho atraiu as outras duas que estavam no galpão,então Diana toma a minha frente me impedindo de avançar.


-Não,você não vai me impedir de salvar Gotham ! Você me tira de lá por 24 horas e veja o que aconteceu ! -Eu não posso deixar essa loucura continuar,eu sai para brincar de herói e deixei o meu lar desprotegido.


-Bruce,eu sei que sua cidade é tudo para você,mas ela não é nossa prioridade.Temos que achar a joia do poder,caso o contrário teremos problemas muito maiores.


-Gotham é o meu coração,minha alma,meu tudo ! Para você não é prioridade mas,para mim é !


Se você quer tanto invadir o CADMUS,vai na fé,mas eu vou salvar a minha cidade.


-Porque você da tanto para uma cidade que ja te tirou tanto ? Por que ela tem que vir na frente do MUNDO ?


-Porque ela é o meu mundo !


-Sinceramente Batman,eu achei que você fosse por um momento,o homem mais inteligente do mundo,mas agora eu vejo quem você é realmente...uma criança morrendo de medo,que escolheu proteger a cidade que matou os seus pais,do que punir ela.


Você pode da o seu sangue,corpo,alma até mesmo a vida das pessoas mais próximas a você,mas isso não vai satisfazer Gotham,ela vai QUEBRAR você !


-Fácil para você falar princesa,você vem de um lugar mágico onde e fantasioso,que só colocou na sua cabeça que o mundo precisa de você,que você é especial e que você vai levar a paz !


Mas deixa eu te falar uma coisa...você é apenas uma mulher ingênua em uma missão patética.O mundo precisa de sua ingenuidade infantil !


E com essas palavras ela cerra os punhos.Eu passo ao lado dela indo em direção ao jato invisível,estou sendo seguido por Marly,mas eu não me importo.


Estou indo para Casa,Bruce Wayne esta


Diana Prince:


Homem patético e medroso,ele pode ficar em sua cidade com medo da luz,mas eu não !


-Sentinela,seu anel consegue achar Clark ?-Ela confirma com a cabeça,pegamos a lanterna verde de dentro do galpão e partimos para onde Clark está.


Eu vou salvar esse mundo,eu fui escolhida para isso !


O mundo precisa de mim,eu sou a mulher maravilha.


Notas Finais


Próximo cap
24 horas de medo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...