História Ligados pelo Amor (Imagine Jungkook - BTS) - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Amor, Bangtan Boys, Bts, Casamento, Filhos, Hentai, Hoseok, Imagine Jungkook, Jeon Jungkook, Jimin, Jin, Jungkook, Namjoon, Papais De Primeira Viagem, Romance, Segunda Temporada, Taehyung, Violencia, Xputh, Yoongi
Visualizações 7.128
Palavras 1.856
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Antes de tudo:

➤ Essa é a segunda temporada da fanfic “Ligados pelo Desejo”;
➤ Se ainda não leu, leia para o entendimento dessa temporada;
➤ Link de Ligados pelo Desejo nas notas finais;

Obrigada a @cryprinss pela capa e banner maravilhosos! 💖

Aqui estou com a segunda temporada, amores. Eu espero muito que vocês gostem. Vai ter muito ciúme, lágrimas, sorrisos apaixonados e outras coisinhas. Como leram na sinopse, alguns “fantasmas” do passado do nosso casal irão aparecer, assim como novos personagens.

Tenham uma boa leitura e sejam-vindos a continuação de LPD! 💕

Capítulo 1 - Um aninho do Enzo.


Fanfic / Fanfiction Ligados pelo Amor (Imagine Jungkook - BTS) - Capítulo 1 - Um aninho do Enzo.

Londres, Reino Unido, Inglaterra.

Quarta-Feira, às 17h20min.

Casa da Família Jeon.

Terminei de encher as bexigas vermelhas e amarelas, rolando os olhos pela a sala efeitada. Enzo estava fazendo um aninho e eu me surpreendi ao perceber como o tempo tinha passado tão rápido. Jungkook estava organizando o som para colocar algumas músicas infantis durante o aniversário do nosso pequeno. Papai mantinha-se sentado em uma das cadeiras, segurando o seu netinho no colo, este que vestia uma pequena armadura do homem de ferro. O tema do aniversário era de super-herois, especialmente o homem de ferro.

— Kookie, terminei de encher os balões. — Avisei.

— Eu irei pendurá-los, querida. — Papai comentou, colocando o Enzo de volta no carrinho.

— Tudo bem. — Sorri e me levantei do chão, indo até o meu filho. — Quer colinho, meu príncipe?

— Pensei que o seu príncipe fosse eu, amor. — Jungkook reclamou.

Soltei um riso e o encarei.

— Você é, amor. — Expliquei.

— Querida, onde posso pendurar essas aqui? — Papai questionou.

— Ali perto da porta, pai. — Respondi sorrindo. — Vem com a mamãe.

Peguei o meu pequeno no colo, cheirando os seus cabelinhos negros. Enzo sorriu fofo e segurou o meu rosto com as suas pequenas mãozinhas, fazendo um biquinho manhoso. Beijei a sua testa e ele apertou as minhas bochechas, voltando a sorrir. Ele cresceu muito pouco, entretanto, é um bom menino. Enzo já não chora tanto e agora parece se encantar cada vez em que eu o pego no colo. Seus grandes olhinhos redondos me encaram com intensidade e às vezes o meu bebê nem pisca enquanto me olha.

— Acho que já pode tirar o bolo da geladeira, amor. — Comentei e o meu marido assentiu, se retirando da sala e indo para a cozinha. — Obrigada pela ajuda, papai.

— Não foi nada, minha linda. — Beijou a minha testa carinhosamente, se afastando e beijando a testa do Enzo. — Vou para casa tomar banho. Voltarei mais tarde.

— Tudo bem. — Sorri.

— Consegue terminar de arrumar tudo sozinho, Jeon? — Indagou ao meu homem.

— Pode ir, Ryan. O mais pesado já acabou. — Kookie sorriu, passando a mão atrás da nuca.

— Certo.

— Obrigado mesmo pela ajuda.

— Farei tudo por meu neto e por minha filha. — Comentou, todo sorridente.

O mais velho se despediu outra vez e retornou para casa. Deixei o meu filho no carrinho e acariciei a sua bochecha, indo para perto do Jeon. Arrumei os docinhos sobre a mesa e sorri ao ver que tudo estava pronto. O aniversário começaria às seis. Jungkook e eu ainda não tínhamos tomado banho, apenas o Enzo.

— Pode ir tomar banho primeiro, amor. Depois eu vou. — Kook ditou sorrindo, me dando um beijo rápido.

— Tudo bem. Fique de olho no Enzo. — Ordenei.

— Tá bem, mandona. — Soltou um riso e eu o abracei manhosamente, enchendo o seu peito de selares. — Eu te amo.

— Eu também te amo muito. — Confessei sorrindo.

O meu marido sentou em uma das cadeiras e ficou babando em nosso filho. Atravessei a sala e fui para o nosso quarto, fechando a porta e me despindo. Peguei a toalha e entrei no banheiro, ligando o box. Molhei os cabelos e alcancei o shampoo, despejando uma boa quantidade em minha mão, passando em minhas madeixas. Lavei os fios com cuidado, massageando bastante o meu couro cabeludo. Após lavar com o shampoo, passei um pouco de condicionador nas pontas. Peguei o sabão e bucha, passando por meu corpo com cautela, lavando minhas partes íntimas. Depois de me enxaguar, enrolei-me na toalha e deixei o banheiro, retornando ao quarto.

Me enxuguei e passei um pouco de creme corporal em meu corpo. Vesti uma calcinha, me olhando no espelho. Peguei a saia jeans sobre a cama a vestindo, assim como fiz com o body. Calcei uma sapatilha preta e sentei em frente a cômoda, pegando o pente e passando entre os meus fios. Após penteá-los, liguei o secador e comecei a secar os meus cabelos. Fiz uma maquiagem leve, passando um batom rosa e colocando bincos grandes. Finalizei o meu look com bastante perfume, dando algumas voltinhas em frente ao espelho. Deixei o quarto retornando para a sala, fitando o meu homem e o nosso filho.

— Estou pronta, Jungkookie. — Avisei.

— Está linda. — Me elogiou sorrindo, rolando os olhos por todo o meu corpo. Ele nunca deixava o seu jeito safado e sedutor de lado. — Enzo está muito animado hoje.

— Ainda bem. — Soltei um risinho e o moreno me acompanhou.

— Sente aqui um pouco. — Bateu em suas coxas fartas. — Quero te mimar.

— Ah Jeon... — Mordi os lábios, me aproximando. — É melhor você ir tomar banho, não?

— Daqui a pouco. — Me deu um selinho. — Enzo, olha como a sua mãe está bonita.

O pequeno riu dengoso e ergueu os bracinhos para que eu o pegasse. Depois de pegá-lo, cheirei os seus cabelinhos e beijei suas bochechas gordinhas. Seus olhinhos redondos brilhavam. Jungkook se despediu e foi para o quarto tomar banho e se arrumar, pois faltavam poucos minutos para os convidados chegarem. Caminhei pelo jardim, indo até o portão e o abrindo. A rua estava um pouco movimentada e fiquei ali por alguns minutos, observando os carros passarem. Enzo adorava quando eu e o seu pai sentávamos ali com ele. O nosso filho gosta de barulhos, seja eles quais forem.

— Um dia vai ser você dirigindo um desses carros, meu bem. — Falei e o pequeno bateu palminhas, como se tivesse entendido o que eu falei. — Vou te proteger para sempre, Jeon Enzo. — Segredei.

— Oi amiga! — Maia desceu do carro com várias sacolas nas mãos, acompanhada por seu namorado, Matthew.

— Oi! — Sorri. — Como você está?

— Estou ótima. — Beijou as minhas bochechas, pegando o Enzo no colo e entregando algumas sacolas para o Matt e para mim.

— Oi Matt. — Cumprimentei o padrinho do meu filho.

— Oi. — Sorriu.

— Vem, vamos entrar. — Caminhamos pela grama, entrando na casa. — Vocês foram os primeiros a chegarem.

— Vamos roubar um brigadeiro, pequeno? — Minha melhor amiga sussurrou para o meu filho, me arrancando um riso.

— Minha namorada não toma jeito mesmo. — Matthew gargalhou. — Deixa que eu te ajudo. — Pegou as sacolas das minhas mãos.

— Obrigada. — Sorri.

— Comprei várias roupinhas para o meu afilhado, viu? — Maia disse com a boca suja de chocolate.

— Tudo bem, amiga. Obrigada. — Falei sincera.

— E o Jeon? — Matthew perguntou.

— Ele está no banho.

— Olá. — Jungkook sorriu, vindo até mim e beijando a minha testa. — Matthew, Maia. — Os cumprimentou.

— Oi Jeon. — O casal respondeu em uníssono.

— Acho que mais convidados chegaram. — Kookie comentou assim que um barulho de carro se fez presente.

— Irei atendê-los. Ligue o som, amor. — Beijei a sua bochecha.

— Certo.

Liam e sua namorada Natalie surgiram em meu campo de visão.

— Oi gente. — Sorri.

— Oi (S/A). — Natalie me abraçou apertado.

— Oi linda. — Liam imitou o ato da namorada, me abraçando e beijando a minha testa.

— Sejam bem-vindos. — Desejei a ambos.

— Onde podemos colocar os presentes? — A morena questionou.

— Aqui. — Matt quem respondeu, apontando para a caixa de papelão, coberta por um tecido vermelho.

— Vou servir o refrigerante — Expliquei ao meu marido. — Maia, não dê muito chocolate para o Enzo.

— Pode deixar, amiga.

Peguei o refrigerante que estava na geladeira e levei para a sala. Liam quem me ajudou a servir. Papai chegou um tempo depois, trazendo uma bola e vários carrinhos para o seu neto. Os únicos amigos do Kookie que puderam vir foi o Jimin, o Yoongi e o Hoseok. Namjoon, Jin e Taehyung estavam trabalhando e não puderam sair da Coreia. Enzo se divertia no meio de todas as pessoas e seus olhinhos redondos brilhavam pela alegria que o pequeno sentia. O coloquei no andador que o Liam o presenteou há alguns meses atrás e o baixinho riu dengoso, olhando todos os convidados. O meu bebê ergueu os bracinhos para que o seu pai lhe pegasse e Jungkook o pegou prontamente, beijando o rostinho do nosso filho.

— Não acredito que o meu neto já está fazendo um aninho. O tempo passa muito rápido. — Papai comentou com a voz embargada, segurando as lágrimas.

— O tempo passa rápido mesmo. — Yoongi coçou a nuca, sorrindo ladino. — Ele se parece muito com o Jeongguk.

— Muito mesmo. — Sorri abobada, observando os dois homens da minha vida, fora o meu pai. — Às vezes paro no tempo e penso em tudo que já aconteceu. — Fiz uma pausa, bebendo do meu refrigerante. — Em tudo que já passamos juntos.

— Vocês fazem um belo casal. — Hoseok sorriu.

— Nunca deixe o Jungkook sozinho, (S/N). — Jimin me alertou. — Ele te ama muito.

— Eu também o amo demais. — Falei chorosa. — Daqui alguns meses faremos um ano de casados.

— Desejo toda a felicidade do mundo pra vocês três, amiga. — Maia segurou as minhas mãos. — Vocês merecem.

— Verdade. — Liam e Natalie concordaram.

— Que tal um brinde? — Papai sugeriu.

— Brinde de refrigerante. — Falei rindo.

Fizemos o brinde e o Enzo soltou um gritinho, fazendo todos rirem com a sua fofura. Kookie sentou ao meu lado e foi a vez de Liam pegá-lo no colo, pois ele também era um dos padrinhos. Jeongguk entrelaçou nossas mãos e beijou a minha aliança, sussurrando que me amava. Sussurrei de volta que também o amava muito, movendo minha cadeira para perto da sua. Recebi um beijo na testa e sorri apaixonada, contemplando o seu rosto tão jovial. Jungkook é o amor da minha vida, eu tenho toda a certeza do mundo quanto a isso.

— Vamos cortar o bolo? — Indaguei.

Todos se posicionaram em frente a mesa do bolo e o meu marido colocou a espátula na mão do nosso pequeno, o ajudando a cortar o bolo e assim cantamos o parabéns. Várias fotos foram tiradas e eu já me desmanchava em lágrimas, chorando como uma boba. Era o primeiro aninho do nosso homenzinho e esse fato me deixava sensível demais. Maia e Natalie me ajudaram a servir os docinhos e o bolo para os poucos convidados. Kookie me olhava de longe enquanto conversava com os rapazes, incluindo meu pai. Sorri apaixonada e sentei em uma das cadeiras, colocando o Enzo em meu colo.

— Só um pouquinho, bebê da mamãe. — Falei baixinho e o pequeno enfiou a mão no pedaço de bolo, levando os dedinhos gordinhos até a boca.

Ri com a cena e o Enzo passou o bolo por todo o seu rostinho, achando graça de se sujar todo. Maia tirou várias fotos do pequenino coberto pelo bolo. Esse dia ficaria para a história.

— Quer ajuda, amor? — Jungkook agachou ao meu lado, segurando o riso.

— Quero. — Sujei o seu nariz de glacê, o fazendo resmungar.

— Agora você vai ver!

O Jeon passou o dedo nas laterais do pratinho, sujando as minhas bochechas de glacê. Enzo apenas ria dengoso e despreocupado, observando os seus pais brincarem de sujar um ao outro. Eu não trocaria a minha família por nada no mundo. Jamais.


Notas Finais


O Enzo já tem um aninho, iti malia! 💙
Muitas coisas estão por vir, amores.
Comentem para deixarem a tia Brubs feliz. 😍

➤ Primeira Temporada: https://www.spiritfanfiction.com/historia/ligados-pelo-desejo-imagine-jungkook--bts-13120254

Amo vocês e não desistam de mim! 🙈💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...