1. Spirit Fanfics >
  2. Ligados por um laço >
  3. Era atual. Pt1

História Ligados por um laço - Capítulo 3



Notas do Autor


Oi amores, eu sou anete thaisho, aqui está mais um capítulo esperamos que gostem. 😘😘😊🌹

Capítulo 3 - Era atual. Pt1


Fanfic / Fanfiction Ligados por um laço - Capítulo 3 - Era atual. Pt1

Kagome. On. 



Eu venho caminhando na floresta de inuYasha sorrindo com umas coisas que eu trouxe de minha era para meus amigos, as batatas de inuYasha, os doces do shippou, o Bento pra vovó kaede, uns produtos de beleza, pra sango, uns charutos, e garrafas de saque para miroku. ando tranquila, quando vejo vários carregadores de almas, em volta da árvore sagrada, apressou meu passos até chegar perto da árvore, vejo inuYasha abraçado a Kikyou. Logo lágrimas desce dos meus olhos, e uma dor imensa no meu peito. 


—inuYasha? Você realmente me ama? Ou prefere aquela garota? Você acha ela mais bonita e importante do que eu? Me diz inuYasha eu quero a verdade! Por que se casou com Ela? Grita - Kikyou, olhando pra ele. 


—Claro que eu te amo. Minha Kikyou, você sempre será minha preferida e importante pra me, e estou falando a verdade, quando o maldito Naraku a empurrou daquele penhasco, fiquei sem chão, só me casei com a inútil da kagome para ter acesso a Jóia de quatros almas. 



Então é isso.? Ele só me ver como segunda opção? Ele só quer ter posse da joia de quatros almas. "Eu deveria sabe. 


—inuYasha por que? Por que fez isso comigo? Se tudo que ele fiz foi te ama?! - grito chorando mais ainda. 



Fim de sonho


Acordo, ofegante com dor de cabeça, com o corpo dolorido,  Rin está ao meu lado com Sesshoumaru, ela está com lágrimas nos olhos. 


—Ainda bem que você acordou kah - chan. Você estava gritando o nome do tio inu e chorando muito. Você está ardendo em febre. ", disse - rin chorando. 


Sesshoumaru coloca a mão em minha testa. 

—Jaken! Prepare o aru rum, e venha com a rin nele, vou levar - lá até a aldeia do bastardo." disse - me pegando no colo, como uma criança recém nascida. 


Estou tão ruim que não digo nada, só fecho os olhos, e sinto o cheiro de Sesshoumaru, ele cheira tão bem me acalma. ele coloca meu rosto em seu pescoço, e com sua única mão ele apoia em minha bunda, e levanta o voou. Sinto o vento bate em nós. 


Kagome. Off. 


Sesshoumaru chega na aldeia com pressa, leva kagome até a cabana de kaede, deixando todos ali preocupados, e surpresos. 


—Kagome minha amiga. ", diz - sango. 

—senhorita kagome." disse - miroku. 

—minha menina! "disse - kaede. 


—a senhora pode cuidar dela?! - pergunta o albino olhando pra kaede. 


—sim por favor. a deite aqui.", disse - a senhora apontando para um furton. 


—desculpe por perguntar Sesshoumaru Sama, mais o que aconteceu com minha amiga? - pergunta- sango olhando pro albino. 


—Humm.. A humana salvou rin de um youkai urso, mas o motivo da febre tem a ver com o bastardo. Ela estava gritando o nome dele  e chorando, enquanto dormia. "disse - sério prestando atenção na senhora kaede. 


—Eu sabia,... Aquele miserável não se cansa de fazer a minha amiga sofrer. Quando eu ver ele vou exterminar - lo até a alma." disse - sango com raiva. 



—Eu ajudo sangozinha! "disse - miroku passando a mão na bunda de sango. 


—Não me toque seu devasso." disse - sango dando um tapa no rosto do monge. 



—Isso não é bom..! Diz - kaede olhando kagome preocupada. 


—o que houve vovó kaede? Pergunta - sango preocupada. 


Sesshoumaru, Rin, jaken, miroku, se aproxima, 


—a febre dela, não está baixando. Se continuar assim vamos perder - lá, o único jeito dela sobreviver é na era dela. "disse - a senhora colocou um pano molhado na testa da morena. 


—aí não e agora? Senhor Sesshoumaru você pode levar minha amiga até a era atual? Pode deixa eu tomo de conta da rin, por favor? - pede sango com os olhos marejados. 


—Humm… Certo este Sesshoumaru vai, pode mostrar o caminho e como se faz? - pede o albino se abaixando e pegar a jovem no colo como antes. 



—obrigada Sesshoumaru me acompanha! Pede a moça. Andando na frente sendo seguida pelo o albino, miroku. 


Ao chegar no poço o youkai ficou confuso, por que diabos ele ia fazer ali,. 


—Eu sei que deve está confuso, sobre esta fazendo aqui, mais esse poço é a passagem que kagome usar pra ir a era dela. Você só tem que pular, por favor cuidar de minha amiga. "disse - sango triste. 



(...) 


Enquanto isso em uma caverna. 



—aí minha Kikyou como eu te amo.!" disse - inuYasha abraçado a  mulher. 


—Ae? Então inuYasha se você me amar então por que se casou com aquela cópia? Pergunta - a mulher magoada. 


—a isso? eu só me casei com ela por que quero ter a Jóia de quatros almas. Para  trazer você de volta," disse - o hanyou beijando o ombro da mulher nu. 


—Tá inuYasha… você me ama, mais não gosto de saber da ideia que é com ela que você é casado, e faz isso que você acabou de fazer comigo." disse - a mulher com ciúmes. 


—bom isso é verdade… Mais não se preocupe minha Kikyou. Ela não é gostosa como você." disse - hanyou com um sorriso. 



(...) 


Enquanto isso em um castelo macabro… 



—Maldita Kikyou! Maldito hanyou! Vocês me pagam na próxima vez que eu os pegar juntos, vou trata de mandá-los para o inferno, se a Kikyou não foi minha não será de ninguém." disse - hanyou aranha com ódio olhando o casal pelo o espelho de kanna. 


—E o meu Sesshoumaru com aquela humana nojenta nos braços. ai que raiva, na próxima vez que eu ver ela vou mata - lá,", disse - kagura. 

Mais sente uma dor no peito cair de joelhos ofegante. 

Olha para o naraku, e o ver com o seu coração. 


—Kagura! Nunca se esqueça que você faz parte do meu corpo, será que quer voltar para ele? Não ouse se aproxima do lorde, e da reencarnação da Kikyou. Eles serão os que vão fazer o maldito inuYasha sofrer. - Kkkkkkk-dar uma revisada. 


—Maldito… diz kagura. 



(...) 



Enquanto isso… 



Sesshoumaru chegar na era atual e fica abismado com esse novo mundo que nem de longe se parece com que um dia foi a era feudal. 

O youkai fica olhando pra todos os lados com admiração. 

Quando o avô de kagome aparece com um pergaminho nas mãos. 


—youkai maligno chegou sua hora. Vai pagar pelo o que fez com minha neta. "disse - colando um dos seus pergaminhos sagrados na perna do Sesshoumaru. 

Que o olhar friamente. Como esse velho humano ousa? 


—vovô pare com isso, ele deve ser da família do menino cachorro." - disse - souta aparecendo com a mãe de kagome. 


—Vocês são parentes desta miko?! Perguntou o albino os olhando. 


—Eu sou a mãe dela o que houve? Pergunta a senhora higurashi preocupada. 


—a senhora pode cuidar dela? Ela está com febre muito alta, -" pergunta - youkai olhando a mulher. 


—claro que sim… Venha vamos entrar. Qual o seu nome rapaz bonito!? - pergunta pergunta - a senhora andando na frente, sendo seguida pelo o albino , por souta, e o vô dela. 



—Humm.. Thaisho Sesshoumaru. 


—belo nome obrigada por trazer minha filha Sesshoumaru Sama. "disse - agradecer a senhora ao albino com um sorriso. 


—Humm… De Nada. 



Continua… 













Notas Finais


Então o que acham?!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...