1. Spirit Fanfics >
  2. Ligados Por Vidas Passadas >
  3. Capítulo IV.

História Ligados Por Vidas Passadas - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


se você ler até o final, ganha um moranguinho.

Capítulo 4 - Capítulo IV.


Fanfic / Fanfiction Ligados Por Vidas Passadas - Capítulo 4 - Capítulo IV.

Narração Naruto 

Sinto mãos me puxando e sou tirado daquela sala vermelha, me sinto aliviado por sair de lá, mas esse alívio se torna medo por saber que fui vendido. Quem é você, Uchiha? 

A essa altura só posso desejar que ele seja uma pessoa boa, mas, pensando bem...uma pessoa boa não estaria em um lugar como esse, não é? O medo toma conta de mim, e sinto um desejo enorme de apenas sair daqui e gritar, mas o que eu fiz? Apenas suspirei e fechei os olhos esperando que fosse tudo apenas um pesadelo e quando acordasse perceberia que tenho apenas 5 anos e Kushina, minha mãe, estava acariciando meus cabelos e cantando uma canção qualquer para me fazer dormir. 


Sou tirado de meus pensamentos ao ouvir uma voz que me deu nojo e raiva. Era ele. Meu pai. 


- E então sua putinha? Não é que você me deu um bom dinheiro mesmo? Haha! Realmente tem pessoas com um gosto péssimo para comprar um Ômega tão insignificante como você, não é mesmo? - Ele se aproximou de mim e apertou minhas bochechas me fazendo fazer um bico com os lábios. - Uma vadia mesmo, igual a sua mãe. Nojento! 


- Vai se fud- 


Sou cortado ao sentir minhas bochechas arderem, como aquele vagabundo teve a coragem de me dar um tapa na cara? Eu odeio ele, odeio com todas as minhas forças. Viro meu rosto novamente para ele e percebo que minha visão ficou avermelhada e sem conseguir me controlar rosno para ele, como se eu fosse um alfa. O que está acontecendo? 


- SEU MONSTRO! - Aquele filho da puta, doador de esperma ( isso mesmo não se pode chamar algo assim de pai ), me chamou de monstro? Eu realmente sou o monstro dessa história? Tem certeza? - Andem logo, dopem esse animal! Levem-no ao Sr. Uchiha, e quanto a você Uzumaki nojento, espero que nunca mais tenha que te ver na vida! 


- NÃO PRECISA NEM FALAR ISSO! VOCÊ NUNCA ME VERÁ NOVAMENTE, EU TENHO NOJO DE VOCÊ! QUERO QUE VOCÊ MORRA DA PIOR FORMA POSSÍVEL E Quero também que... - Tudo foi ficando escuro, meu corpo ficou mole, sinto meus olhos penderem e minha cabeça cair para frente. - eu odeio vo... cê...


Narração Autora


Sasuke apenas permanecia parado na porta observando a cena, talvez aquele Uzumaki não fosse tão submisso assim, mas o Uchiha iria o colocar na linha rapidinho. 


- Quem permitiu que você mandassem fazê-lo dormir? - Diz o moreno, encostado no batente da porta, uma franja negra lhe caia perfeitamente sob o rosto pálido. O terno em perfeito estado, nem nenhum amasso se quer. - Ele é meu agora. Não tem o direito de lhe dar ordens.


- V-você é o Sr. Uchiha? D-desculpe, não sabia que estava ai. - O mais velho sentia fortemente a presença do outro alfa que era extremamente forte e sombria. Mesmo Iruka sendo um alfa, sentiu suas pernas vacilarem por um segundo quando o vermelho sangue do Sharingan, olhos da linhagem dos Uchiha, o encararam como se pudessem ler seus pensamentos mais escuros. - Bom, ele é todo seu agora. 


- Que bom que sabe. Vamos, levem o Ômega para o meu carro, se eu ver algum arranhão se quer nele, eu juro que mato quem foi. 


Narração Sasuke


Por que estou agindo assim? Nem conheço esse garoto, o que tem de mais nele? Que saber, não importa, só não gostei de ver ele sendo tratado desse jeito. Sim, deve ser apenas isso. Ainda faltam pouco mais de uma semana para o meu cio, vou fazê-lo se acostumar com o meu jeito de lidar com as coisas até lá, por bem ou por mau. 


Sigo em direção ao meu carro que estava no estacionamento do local, já que eu tinha reservado isso a alguns dias atrás, pois sabia que iria estar lotado. 


A chuva caia fina do céu, sempre gostei da chuva, me trás uma enorme paz e sensação de liberdade. Olho para as estrelas e penso como seria apenas sumir para algum lugar distante e ser apenas um desconhecido, porém, isso está fora da minha realidade e não tenho tempo para ficar pensando em coisas sem sentido. Alguns pingos da leve garoa gotejam em meu terno, mas estou pouco me fudendo para isso, o vento bate em meu rosto como se pudesse levar para longe minhas preocupações e angústias. Isso é realmente bom. Quem diria que em meio a essa noite chuvosa eu encontraria um Sol? Uzumaki Naruto...


Entro no veículo e me acomodo no banco de trás, ao meu lado vejo uma cena linda. Um garoto com belos cabelos amarelos, desalinhados pela sua cabeça, alguns fios lhe caiam rebeldemente pela face bronzeada. Pude ver de perto como seu rosto é bonito e como aqueles risquinhos em seu rosto o faziam parecer um gato, ou quem sabe até, uma raposa? Confesso que gostaria que ele estivesse acordado para poder olhar mais uma vez em suas belas orbes azuis. 


Em um ato inconsciente o puxo pela coleira que o mesmo usava, assim que ele está perto o suficiente, levanto sua cabeça pelo queixo, passo meu polegar em uma das marquinhas em sua bochecha e lhe dou um beijo na testa. Em seguida encosto sua cabeça em meu ombro, tão indefeso...


Notas Finais


parabéns! aqui está seu moranguinho
🍓

lembrando que está fanfic também está disponível no wattpad!
https://my.w.tt/76uUP9EpJ7
me siga no twitter: (@venusbaka): https://twitter.com/venusbaka?s=09


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...