História Light At The End Of The Tunnel - Eminem (Marshall Mathers) - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Eminem
Personagens Eminem, Personagens Originais
Tags Eminem, Romance
Visualizações 5
Palavras 1.300
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Perdoem-me pelos erros. Mesmo a imagem não estando nos padrões de tamanho do Spirit, eu acho que vcs tem uma ideia de como ela vai estar vestida.
Ah e a roupa de Marhsall será a que ele está vestido no vídeo de Best Friend

Capítulo 12 - Capítulo 10


Fanfic / Fanfiction Light At The End Of The Tunnel - Eminem (Marshall Mathers) - Capítulo 12 - Capítulo 10

Marshall Mathers' POV



    Meu Deus, eu estou muito nervoso. O que ela vai achar de mim? Um cara legal? Chato? Bonito? Feio? Eu estou pensando como um adolescente em seu primeiro encontro.

    O meu coração está preste a sair pela boca ou até mesmo ir para os pés.  A minha respiração está descompassada, e nem estou na porta da casa dela. Eu não consigo ficar quieto um segundo sequer. Meus olhos não param de procurar algo interessante para me distrair. 

- B-Rabbit, se você continuar mordendo seus lábios não poderá beijar a garota - Denaun comenta.

- Eu não consigo - falo nervosamente.

- Eu não te aconselho beijar a garota no primeiro encontro, você vai ser julgado por ela. É melhor ir com calma - Andre me avisa.

- Nada disso, se ele seguir o seu conselho a garota vai escapar das mãos dele - Denaun rebate.

- Não, não, ela pode se assustar, ela parece ser uma garota que gosta de ir com calma. Ela é delicada - Andre fala com um tom de calma.

    Minha mente me leva para outro mundo, no qual não existe as vozes dos meus amigos nem de ninguém. Parece ser um transe onde o meu psicológico quer me ajudar a me acalmar. Tudo é branco, mas esse branco é substituído por uma praia e uma brisa fria que me faz fechar os olhos para aproveitar um pouco mais do momento. Uma voz surge me fazendo olhar para os lados atordoado sem achar quem é o dono dela.

- Se acalme, ela com certeza vai gostar de ti. Basta ser você mesmo, não escute o que os outros lhe dizem, mesmo que eles tenham a intenção de te ajudar, os mesmo estão lhe deixando mais nervoso do que o normal - uma mão toca em meu ombro, tentando me passar segurança - Não abaixe a cabeça, vá com confiança, assim ela terá a impressão de que você não é uma pessoa que se abala com qualquer coisa, ela que alguém que seja o seu porto seguro, onde ela pode buscar ajuda.

    Da mesma maneira que a voz surgiu rapidamente ela se foi.

- Marshall! Graças, achei que tiveste perdido a audição. Vamos, você tem que se arrumar!


#Quebra de tempo#


Katherina Smith's POV



- Vista esse, você ficará sexy sem ser vulgar - Jessie me entrega um vestido preto com um decote em forma de "V" ente os seios.

- Não! Ela não foi convidada para uma grande festa, precisa ser algo mais simples. Que tal este? - Ariana tirou rapidamente algo preto de uma das sacolas e jogou em minha direção - Esse conjunto vai ficar perfeito em ti. E não adianta procurar outra roupa, Senhorita Smith, pois será com essa que iras.

- Okay - resolvo me conformar, porque sei que ela não me deixaria ir com outra roupa, por fim dou os ombros e sigo rumo ao banheiro, já que não gosto de me trocar nas presença de ninguém, e elas estavam em meu closet.

    Terminando de me vestir me olho imediatamente no espelho se o vestido preto com transparências havia me caído bem. Os meus braços, o meu abdômen eram cobertos por um  tule transparente preto, as únicas partes que estavam cobertas por um tecido preto eram os meus seios, o meu quadril e uma parte da minhas coxas.

    Sai do banheiro e andei ate as minhas amigas que estavam todos sentadas em minha cama.

- Dê uma volta, Katherina! - faço o pedido de Louise e me permito ouvir os elogios de todas elas.


#Quebra de tempo#


- Vamos ver se está faltando o que está faltando? - diz Ariana mexendo em seu celular - você já encontrou a roupa e os calçados, a maquiagem já foi feita, já está usando os acessórios, já passou o perfume... de acordo com a minha lista não lhe falta mais nada - ela fez uma expressão pensativa - ah, só falta o cara da pele mais macia que os meus pompomsinhos, de acordo com você, chegar - a fala da Ariana causou rissos entre nós.

- Ari, nada é mais macio que os seus pompons - diz Louise entre gargalhadas - Se a Katherina já está pronta, vamos para a sala de estar.

- Você suspeita o lugar que ele vai te levar? - Jessie me lança um olhar curioso.

- Não faço a mínima ideia

    Enquanto minhas amigas conversavam eu estava observando as minhas mãos, que estavam começando a suar por causa do nervosismo, e pensando em tudo o que poderia dar errado em um encontro.

- Pare de pensar no que pode dar errado hoje, você já está nervosa demais - Ariana acolhe as minhas mãos entre as suas - Por que não pensas nas coisas que podem dar certo? Vocês podem virar amigos ou até mais que isso, vocês podem dar muitas risadas, descobrir curiosidades um do outro. Pense em coisas positivas, pois essa é a primeira vez que você vai ter um encontro.

- Mas e se der errado? 

- A fila anda, amiga. E quem ficar para trás é porque não percebeu o seu brilho natural - ela me lança um sorriso contagiante que eu não pude deixar de retribuir da mesma forma. Porém a campainha toca e o meu sorriso diminui lentamente - Vamos, eu preciso descobrir se a pele dele é mais macia que os meus pompomsinhos e você precisa mostrar o seu brilho e a nossa produção a ele.

- Katherina, eu já abri a porta, se você demorar mais eu vou no seu lugar.

- Já estamos chegando - Ariana me olha dos pés a cabeça e sorri - Seja você mesma - fala e imediatamente me puxa pela mão esquerda.

-  Ari, tire a sua conclusão - Louise desvia o seu olhar de Marshall - que estava tentando disfarçar a sua vergonha olhando para o chão e com as mãos nos bolso da calça jeans - para Ariana.

- Você não perdeu nada no chão, então não tem porquê você está com a cabeça abaixada, garoto - ela anda em direção ao único homem presente no ambiente, o mesmo levanta a cabeça sem entender o que está acontecendo, porém não ousa pronunciar uma só palavra diante de uma Ariana completamente curiosa.  

    Ela leva as mãos até as bochechas dele rapidamente, ele tenta desviar do toque, mas ela começa a apertas e massagear as mesmas, fazendo com que ele desistisse de se afastar. O seu rosto ainda carregava uma expressão perceptível de confusão, mas ela estava se desfazendo pouco a pouco.

- Por que você está fazendo isso? - pela primeira vez algo sai de sua boca, mesmo com um pouco de dificuldade.

- Cale a boca. Você tem tem o direito de dirigir sequer uma palavra a minha pessoa. Não ouse mais falar comigo - ligeiramente ela retira a suas mão do rosto dele e lhe dá as costas - Eu não consigo acreditar nisso. A pele dele é mais macia que os meus pompomsinhos -dito isto, ele faz passa por nós e caminha até a sala de estar.

- Não ligue para o que ela fez ou falou. É porque a Katherina disse que a sua pele era mais macia que os pompons da nossa amiga - Louise aponto na direção que Ariana foi.

- Louise! - repreendo-a com um olhar de fúria - Vamos, Marshall - rapidamente me desloco até o garoto envergonhado e o puxo pela mão direita, e em seguida fecho a porta atrás de mim - Juro que nunca mais deixo elas abrirem a porta para você - posso ouvir a risada dele, por mais que ela seja muito baixa.

- Tenho uma pequena surpresa depois que nós jantarmos - ele dá uma piscadela para mim e um meio sorriso.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...