História Light In The Darkness - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ação, Drama, Suspense, Terror
Visualizações 5
Palavras 2.423
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Científica, Luta, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Mutilação, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Desculpa a demora !
Aproveitem ! Espero que gostem.

Capítulo 22 - Voltando pra casa - parte 3


Fanfic / Fanfiction Light In The Darkness - Capítulo 22 - Voltando pra casa - parte 3

    Autora on

Em Denver, sempre á bêbados a noite, Freddie era um deles.

- Droga é a última vez que eu vou naquela bosta de bar ! Nunca tem uma mulher bonita lá. - Fala Freddie cambaleando.

Ele anda com a garrafa quase vazia na mão até que ele vê duas garotinhas olhando para o mesmo perto do prédio em construção.

- ei meninas ! estão sozinhas ? - pergunta e elas ascenam com a cabeça positivamente.

- que tal as duas me fazerem companhia ?

Assim que ele pergunta eles andam um pouco para trás e o chamam.

- vem com a gente ? - pergunta uma das meninas.

Freddie olha para elas e vê que as duas são de belezas naturais e únicas. Uma tinha a pele um pouco bronzeada e com cabelos longos e loiros. A outra tinha uma pele branca e com os cabelos tão claros que pareciam ser brancos.

"não vai ter problema se eu me divertir um pouco com elas" - pensa Freddie.

Ele vai em direção as mesmas mas elas começam a andar mais para dentro do prédio.

- ei me esperem ! - chama Freddie começando a correr atrás delas.

Ele corre atrás delas até o 5° andar, até que ele as encontra paradas mo centro bem embaixo de uma abertura no teto para o 6° sexto andar.

- então meninas, preparadas para se divertirem ? - pergunta Freddie jogando a garrafa que tinha em mãos no chão e tirando sua jaqueta.

- infelizmente ninguém irá se divertir aqui hoje - fala a menina mais pálida.

Freddie ia falar algo, mas começa a ouvir uns rosnados altos. Ele olha para trás procurando o animal.

- eu sinto muito ! - fala a outra - mas eles tem que comer.

Então ele vê um garoto caindo entre elas, e abraçando as mesmas.

- eu sugiro que corra o mais rápido que puder ! - fala o garoto e então pula para o sexto andar com as garotas.

- suas miseráveis ! aonde é que vocês me trouxeram ?

Freddie começa a ouvir passos e rosnados de animais que não conseguia identificar, então ele começa a correr. Enquanto corria desesperado, ele começou a ver vultos, como se algo estivesse correndo do seu lado. Ele vira em uma lacuna e fecha os olhos, então os rosnados simplesmente param. Ele abre os olhos e sai de trás da lacuna ele anda caltelosamente até que sente uma respiração atrás da sua nuca. Ele se vira lentamente e vê dois monstros de olhos brancos, com dentes de tubarão, orelhas de lobo bem longas e duas caudas em cada um. Freddie apavorado corre novamente mas um dos monstros acaba por arranhar gravemente sua perna, ele manca até chega onde as meninas pararam antes, e acaba caindo no chão. ele olha para cima e vê que além das duas meninas e do garoto, havia mais duas meninas, uma de morena com cabelos cacheados e outra branca de pele rosada com cabelos loiros.

- Por favor me ajudem !! - pede nervoso.

Porém as crianças não moviam um músculo. Freddie sente a respiração bem perto, e quando se vira vê os monstros se aproximando, ele pega a garrafa que estava em suas mãos e joga em um dos monstros direto em sua cabeça, fazendo o monstro parar e o olhar com mais ódio ainda. Ele não tem tempo de gritar por socorro pois um dos monstros morde sua perna arrancando a mesma e o outro seu braço fazendo o mesmo gritar de dor até finalmente morrer.

Amara P.O.V. on

Eu não conseguia deixar de ver Daken e Logan comendo aquele homem. Florence e Kelly tinham escondido seus rostos no peito de Dakota para não olharem a cena, mas eu, Dakota e Julieta continuavamos a olhar sem sentir nada.

- porque não sentimos nada ao ver isso ? - pergunta Julieta.

- porque somos Dragon - fala Dakota - fazer isso é parte do que somos !

- ele tem razão - falei.

Depois de alguns minutos os garotos se afastam do corpo, nas quando olhamos vimos que só restaram roupas e uma poça enorme de sangue no chão. Dakota então desce nós quatro e vamos até os meninos. Julieta vai até Daken que já estava em forma humana.

- como se sente ? - pergunta Julieta preocupada.

- me sento revigorado - fala olhando para a mesma.

Eu e Dakota vimos Logan se afastar de todos e fomos vê-lo, porém quando fomos até ele vimos ele caído no chão já em sua forma humana com um corte enorme na cabeça.

- Logan você consegue falar ? - pergunto de joelhos em frente a ele.

Ele olha pra mim e segura minha mão e logo desmaia. Não sei porque mais começo a chorar.

- Dakota temos que tirar ele daqui e levar ele para o hospital.

- não podemos ! se levarmos ele irão descobrir que ele não é humano.

Então começamos a ouvir uma voz.

- Eu posso ajudar vocês !!

- Quem está aí ? - perguntou Dakota.

Antes que mais alguém falasse, uma fumaça veio do nada é foi pra cima de nós.

- Dakota...temos que proteger....o Logan!

Então eu apaguei mas antes ouvi uma voz de uma mulher.

- não se preocupe criança ! irei cuidar do seu amigo.

Amara P.O.V. off

Logan P.O.V. on

Aquele bêbado idiota jogou uma garrafa em mim quando estavamos atrás dele. Quando eu voltei a forma humana eu não estava me aguentando de dor, eu cai e vi Amara bem perto de mim, eu não consegui lhe dizer nada, só consegui segurar sua mão e antes de desmaiar vi a mesma começar a chorar. Agora eu acordei em um lugar totalmente diferente do prédio. Eu estava em uma cama com a cabeça enfaixada. Eu olho para o meu lado e vejo Amara deitada do meu lado da cama, eu fico observando ela até ela acordar.

- você está se sentindo melhor ? - perguntou Amara se sentando e tocando em minha cabeça enfaixada.

- sim estou ! A propósito, aonde estamos ?

- estamos na casa da senhora Úrsula.

- Quem ? - pergunto confuso.

- Ela não disse muita coisa ! Só disse que mora em Atlânta, veio fazer compras, e que sabe que somos da família Dragon.

- como ela sabe de tudo isso ? - perguntei desconfiado.

- eu não sei mas ela disse que assim que você melhorasse ela ia nos dizer a verdade.

- Bom então vamos logo ver ela - falei me levantando porém senti ela me segurando. - o que foi ?

- você ainda não está bem o suficiente, pode voltar pra cama - falou tentando me puxar de volta pra cama.

Nessa tentativa eu puxo ela pra mim fazendo ela me abraçar, eu fiquei encarando ela, e a mesma começou a ficar corada. Isso me fez rir.

- porque fez isso ? - pergunta nervosa.

- eu adoro você assim ! - falei rindo.

- assim como ?

- nervosa, tímida...

- eu não fico assim.

Eu me aproximei mais, e toquei seu rosto. Ela não se mexeu, eu não estava conseguindo me controlar, eu me aproximei e a beijei. Fiquei com receio de que ela se afastasse mas ela me abraçou e deixou que eu continuasse. Estava tão bom, porém alguém abriu a porta com tudo estragando o momento.

Logan P.O.V. off

Autora P.O.V. on

Todos estavam tomando café com Úrsula, então a mesma pede que Dakota suba e vá acordar Logan e Amara. Ele vai até o quarto e quando abre vê os dois aos beijos.

- Pelo visto já acordaram - fala Dakota rindo dos dois.

Logan estava sério, Amara estava vermelha de tanta vergonha.

- venham tomar café !

Logo os três descem e se sentam com os outros.

- então Úrsula - começa Logan - quem é a senhora e como sabe tanto sobre nós ?

- eu moro em Atlânta menino desconfiado - fala Úrsula fazendo os outros rirem - e...eu sou uma bruxa.

Assim que ela fala todos param de comer. Logan olha Daken, e o mesmo pega a faca ao seu lado e rapidamente atira em Úrsula. Porém, a mesma pega a faca rapidamente sem nenhum esforço.

- se eu quisesse matar vocês teria feito quando o nervosinho - apontou para Logan - estava ferido, aliás, eu nem teria curado ele ! teria esperado ele morrer .

- tem razão ! - fala Amara deixando todos surpresos - nos desculpe.

Então Amara dá uma pequena cotovelada em Logan.

- é nós desculpe - fala Logan emburrado.

- Bom eu vou contar como uma história pra vocês.

Úrsula P.O.V. on

- Eu tinha 18 anos e morava em Atlânta, eu me relacionava com O Rock, e ele era uma sombra e também sabia que eu era uma bruxa. Nós estavamos planejando nos casar, só que então aconteceu aquela maldita guerra, e acabou que quando tentei ajudar eles ficaram com medo de mim, me acusaram de ter ajudado os bruxos ! Rock até tentou me proteger, mas eles iam expulsa-lo de lá e eu não queria isso.

Flashback on

- Rock por favor ! Eu não vou me perdoar se você for expulso por minha causa. - falei triste.

- Sem você aqui eu não vou ficar e vou embora atrás de você !

- não ! por favor, eu sei que você ama ser professor não vou deixar você estragar o seu sonho.

- não adianta ! olha eu sei que vamos ficar em dificuldades no começo mais vamos dar um jeito !

- está bem Rock.

No resto do dia eu agi normalmente, porém quando anoiteceu eu joguei um feitiço em Rock fazendo ele se esquecer de mim, então fui embora.

Flashback off

- então depois disso eu fiquei morando na cidade como uma humana normal, mas eu ficava sabendo das coisas principalmente porque Emelly é minha amiga e sempre me contava as coisas.

Úrsula P.O.V. off

Autora P.O.V. on

Depois todos ficaram calados, mas logo falaram.

- que triste ! - fala Kelly

- A senhora nunca pensou em voltar pra casa ? - pergunta Emelly.

- Bom... já mais sabe como é o líder, ele nunca vai aceitar - fala Úrsula triste.

- claro que vai ! - falou Amara se levantando - eu sou filha do líder slenderman, e você salvou não só eu mais como meus amigos também, é claro que irá lhe aceitar de volta.

- Amara - chama Logan - acho que não é do tio Joshua que ela tem medo !

Então Amara olha para a mesma - está pensando no Rock não é ?

- Bom sim...mas não vamos pensar nisso agora ! Nós vamos voltar para Atlânta ainda hoje, antes que Aquele outro bruxo venha atrás de vocês, tem roupas novas para vocês nos quartos ! andem - fala levantando e empurrando os menores para a escada.

Depois de uns minutos todos voltam já vestidos.

- porque tivemos que nos trocar ? - pergunta Amara.

- eu coloquei um feitiço nelas - fala Úrsula - assim poderemos voltar para Atlânta sem que Yamato nos encontre.

- que bom ! mas Úrsula - chamou Dakota - você sabe onde nossos pais estão ?

- infelizmente eu soube que eles estão procurando vocês ! então teremos que ir para lá e esperar por eles.

XxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxX

Enquanto isso Joshua e os outros estavam em Osaka.

- quero que se espalhem e achem qualquer rastro que nós possa levar até Yamato. Pelo que descobrimos ele se esconde por essas bandas.

Todos ascentiram e depois se espalharam. Joshua estava andando até que sente um cheiro famíliar, ele vai andando até chegar em uma floricultura, ele entra e seu coração fica acelerado.

- Rosalya ? - pergunta abismado.

- sim sou eu ! - fala rosalya mas logo fica surpresa - você ?!

- você... você sabe quem eu sou ?

- não sinto muito...mais eu já vi você em algum lugar.

- e conhece - falou Joshua se aproximando da mesma.

- de onde ? - falou já um pouco envergonhada pela aproximação.

- pode parecer loucura mas....

- mas ? - pergunta rosalya.

Joshua não perdeu tempo e logo a beijou, ela ficou surpresa mais ainda sim correspondeu o beijo, eles ficaram assim até alguém entrar na loja fazendo os dois se separarem.

- me desculpem - fala o freguês - eu volto outra hora.

- porque fez isso ? - pergunta um tanto furiosa.

- porque eu te amo - fala Joshua a deixando surpresa.

- mas... nós acabamos de nos conhecer.

- você diz isso porque não sabe quem é ! - fala pegando no cordão da mesma - eu lhe dei isso quando nos separamos.

- eu não estou entendendo !

- eu tenho que ir agora - fala Joshua se afastando - mas eu prometo que virei lhe buscar e lhe explicar tudo. - falou por fim de retirando.

Joshua andando pensando em Rosalya nem se tocou que seu celular tocava.

Ligação on

* estou ouvindo - fala Joshua.

* sou eu Zack ! achamos Yamato.

* já estou a caminho !

Ligação off

Logo todos estavam reunidos com Yamato amarrado no centro.

- onde está meu filho seu bruxo miserável ? - falava Mary sendo segurada por seu marido.

- não vou contar sua vadia - fala Yamato com um sorriso no rosto.

- ele não fala porque não sabe onde eles estão ! - fala Valkiria se aproximando.

- se ele não sabe é inútil para nós - fala Emilly.

- Joshua ? - chama Erick como se esperasse uma ordem dele.

Porém antes que Joshua falasse algo, Yamato interviu.

- se me matar ! nunca terá sua esposa de volta.

Joshua depois de ouvir isso se transforma em Slenderman.

- então foi você ?

- é claro que foi - fala Yamato com sorriso - quem você acha que tirou a memória dela ?

Joshua pega Yamato pelo pescoço e com os tentáculos começa a puxar seus braços e pernas até serem arrancados dele. Depois ele joga os restos no chão.

- queimem os restos até não sobrar nada ! vamos voltar para Atlânta.

Logo ele desaparece sem notar que um casal havia presenciado tudo.

XxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxX

Em Denver Tanto Úrsula quanto as crianças já estavam no trem prontos para voltarem para Atlânta.

- acha que eles estão lá ? - pergunta Julieta.

- se não estiverem iremos mandar alguém chama-los - fala Úrsula tranquilamente - vocês estão ansiosos ?

- com certeza ! - fala Dakota - minha mãe vai gritar pra todo o mundo quando eu voltar.

Todos riem com o comentário de Dakota.

- bom durmam um pouco - fala Úrsula - a viagem vai ser um pouco longa.

Então todos relaxam, uns nas camas, outros no sofá, Úrsula senta perto da janela olhando a paisagem.

*Estou voltando Rock ! Espero que quando eu voltar, você possa me perdoar ! - pensa Úrsula antes de adormecer.

Continua....


Notas Finais


Desculpem os erros.
Me dêem opiniões sobre próximos capítulos !!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...